SÃO PAULO 463 ANOS – Zeca Baleiro, Sandra de Sá, Rashid, MC Soffia, Tássia Reis e Filipe Catto em shows gratuitos

São Paulo faz 463 anos hoje e o novo prefeito da cidade, João Doria, escolheu espalhar os festejos por toda a cidade _que já conheçam na parte da manhã. Tem música que vai do samba ao rap, passando por MPB, teatro, dança, atores famosos, circo, eventos voltados para crianças e muito mais. Tudo de graça, não dá para perder!

Zeca Baleiro, convidado da banda Rastapé, hoje, às 14h, na Chácara do Jockey
Zeca Baleiro, convidado da banda Rastapé, hoje, às 14h, na Chácara do Jockey

Zeca Baleiro, as novas e já sucesso MC Soffia e Tássia Reis, Filipe Catto, com sua voz única para homenagear Cassia Eller, Wilson Simoninha e Max de Castro, Demônios da Garoa, claro, o tenor que cantou para o papa Francisco Jean William são alguns destaques dos shows.

A atriz Bárbara Paz faz leitura dramática na Biblioteca Mário de Andrade,
A atriz Bárbara Paz se apresenta na Biblioteca Mário de Andrade, 18h

As comemorações também vão contar com as famosíssimas atrizes Bárbara Paz e Regina Duarte, além do grande ator Pascoal da Conceição, a trupe de circo Parlapatões e muito, muito mais.

Confira abaixo a programação completa de hoje com horários, endereços e condições para ingressos nos shows ou outros eventos:

MÚSICA

Centro

FILIPE CATTO CANTA CÁSSIA ELLER

Filipe Catto canta Cassia Eller às h no
Com sua voz incrível, Filipe Catto canta Cássia Eller às 19h no Centro Cultural São Paulo

Com Filipe Catto, Fabiana Ricardo de Oliveira Rodrigues, Lucas Weier Vargas, Michelle Abu e Ana Karina Sebastião.
No show, o cantor interpreta canções de Cássia Eller, de quem se diz grande admirador.
| Centro Cultural São Paulo – Sala Adoniran Barbosa. R. Vergueiro, 1.000, Paraíso. Próximo da estação Vergueiro do metrô. Dia 25, 19h (retirar ingresso 1h antes). 60 min. Livre.

CLUBE DO CHORO
O Clube do Choro de São Paulo é composto por cerca de 300 músicos atuantes no cenário atual paulistano. No aniversário de São Paulo, alguns desses artistas se apresentam em um dos cartões-postais da cidade, o famoso Mercadão, que completa 84 anos de fundação também no dia 25 de janeiro. Músicos da cena paulistana se revezarão durante a apresentação, executando clássicos do gênero e composições de chorões paulistas.
| Mercado Municipal – Mercadão. R. da Cantareira, 360. Dia 25h, 11h (não é necessário retirar ingresso). 60 min. Livre.

OSVALDINHO DA CUÍCA

Repertório de 18 músicas do sambista paulistano, entre elas “Frigideira” e “Pirapora”.
| Mercado Municipal – Mercadão. R. da Cantareira, 360. Dia 25, 13h (não é necessário retirar ingresso). 60 min. Livre.

Tássia Reis, no Centro Cultural da Juventude, 16h, canta junto com a MC Soffia
Tássia Reis, no Centro Cultural da Juventude, 16h, canta junto com a MC Soffia

DEMÔNIOS DA GAROA
Com Sérgio Rosa, Ricardo Cassimiro Rosa, Roberto Barbosa, Wilder Benedito Paraíso e Izael Caldeira.
O Demônios da Garoa surgiu em 1943 como Grupo do Luar e, até hoje, foi a única banda a receber a classificação de mais antiga em atividade pelo Guinness Book, no ano de 1994. Com 73 anos de atividade ininterrupta, Demônios gravou 80 discos e tem, entre seus maiores sucessos, canções como “Trem das Onze”, “Samba do Arnesto”, “As Mariposas”, “Tiro ao Álvaro”, todas de Adoniran Barbosa, e muitas outras.
| Mercado Municipal – Mercadão. R. da Cantareira, 360. Dia 25, 15h (não é necessário retirar ingresso). 60 min. Livre.

BARBATUQUES E BADI ASSAD
Com Badi Assad (violão e voz). Barbatuques: André Hosoi, André Venegas, Charles Raszl, Giba Alves, Helô Ribeiro e João Simão.
O grupo Barbatuques apresenta “Ayú”, seu quarto disco, que traz canções e músicas instrumentais explorando a fonética, assim como os aspectos rítmicos, harmônicos e melódicos.
| Theatro Municipal de São Paulo. Pça. Ramos de Azevedo, s/nº. Dia 25, 11h (retirar ingresso 1h antes). 90 min. Livre.

No Theatro Municipal, o tenor Jean William, às h
No Theatro Municipal, o tenor Jean William, às 15h

ORQUESTRA BACHIANA E TENOR JEAN WILLIAM
Regência: João Carlos Martins.
| Theatro Municipal de São Paulo. Pça. Ramos de Azevedo, s/nº. Dia 25, 15h (retirar ingresso 1h antes). 90 min. Livre.

ILÚ OBÁ DE MIN COM JUÇARA MARÇAL E FABIANA COZZA
Bloco Afro Ilú Obá De Min. Com Cleib Aparecida Martins Vieira Cupertino (líder do grupo), Wanderléia Martins Vieira Cupertino, Maria José de Almeida Cintra, Ducineia Cardoso, Sandra Maria Luciano, Tatiana Mohr, Ana Célia Martins Nogueira, Isabela Rocha Tsuji Cunha, Andreia Alves dos Santos, Maria do Carmo de Almeida Cintra, Silvana Silvestrini, Maria Cristina da Silva, Sandra Regina Gonçalves Cavalcanti, Marlene Cristiane Gomes Britos, Roberta da Silva Santos, Lenita Rosa Sena e Silvana Aparecida dos Santos (percussionistas). Cantoras convidadas: Fabiana Cozza e Juçara Marçal.
| Theatro Municipal de São Paulo. Pça. Ramos de Azevedo, s/nº. Dia 25, 17h (retirar ingresso 1h antes). 60 min. Livre.

Logo whatsapp Receba as boas notícias de vale mais no celular 📲 . Crie um contato para vale mais no número  011 9 9985-3577 e envie a frase Eu quero no WhatsApp. Pronto!

LINIKER E OS CARAMELOWS + ENSEMBLE VOCAL PAULISTA
Com Liniker (vocais), Rafael Barone (baixo), William Zaharanszki (guitarra), Pericles Zuanon (bateria), Márcio Bortoloti (trompete) e Renata Éssis (backing vocal). Ensemble Paulista: Ana Luisa Ramos, Ludmila Thompson, Luisa Aguilar, Alessandra Carvalho, Alessandra Wingter, Camila Honorato e Marilia Vargas.
A cultuada e performática cantora Liniker se apresenta com integrantes do Ensemble Vocal Paulista, grupo formado por alunos da Escola de Música do Estado de São Paulo e da Escola Municipal de Música de São Paulo.
| Theatro Municipal de São Paulo. Pça. Ramos de Azevedo, s/nº. Dia 25, 19h (retirar ingresso 1h antes). 90 min. Livre.

MC Soffia, no Centro Cultural da Juventude, 16h, canta junto com Tássia Reis
MC Soffia, no Centro Cultural da Juventude, 16h, canta junto com Tássia Reis

Zona Norte

TÁSSIA REIS + MC SOFFIA
Com letras maduras e bem estruturadas, Tássia Reis lançou no final de 2016 o disco “Outra Esfera”, o segundo de sua carreira. As sete faixas do álbum mostram uma artista heterogênea e consciente da sonoridade que é capaz de produzir. Entre as músicas de destaque estão “Desapegada”, “Se Avexe Não” e o remix da música “Ouça-me”. MC Soffia traz sucessos de sua carreira, entre eles “Meu RapJazz”.
| Centro Cultural da Juventude – Espaço Arena. Av. Deputado Emílio Carlos, 3.641, Vila Nova Cachoeirinha. Próximo do Terminal de Ônibus Cachoeirinha. Dia 25, 16h (não é necessário retirar ingresso). 60 min. Livre.

RASHID
Michel Dias Costa, mais conhecido como Rashid, aos 12 anos já escrevia suas próprias letras e, como vários garotos criados na periferia, sonhava um dia subir ao palco. A “Coragem da Luz” é o primeiro disco de estúdio de Rashid. Lançado em março de 2016, teve participações de Mano Brown, Criolo, Xênia França (Aláfia), Alexandre Carlos (Natiruts), Izzy Gordon e Max de Castro. Marechal, Nave e Parteum assinaram a produção de canções do álbum. Hoje em turnê por todo o país, Rashid tem o apoio de uma banda formada por backing vocal, guitarra, baixo e bateria, além do inseparável DJ Mr. Brown.
| Centro Cultural da Juventude – Espaço Arena. Av. Deputado Emílio Carlos, 3.641, Vila Nova Cachoeirinha. Próximo do Terminal de Ônibus Cachoeirinha. Zona Norte. Dia 25, 20h (não é necessário retirar ingresso). 60 min. Livre.

Rashid manda ver às h no
Rashid manda ver às 20h no Centro Cultural da Juventude

AS BAHIAS E A COZINHA MINEIRA
Com Assucena Assucena (voz), Raquel Virgínia (voz), Rafael Acerbi (guitarra e violão), Rob Ashtoffen (baixo), Carlos Eduardo Samuel (piano/teclado), Vitor Coimbra (bateria) e Danilo Moura (percussão).
Assucena, Rafael e Raquel se conheceram na faculdade de História da USP em 2011. Desde então, iniciaram uma intensa amizade em torno de ideias musicais e artísticas. O nome da formação se deve ao fato de que as duas cantoras e compositoras, transexuais, coincidentemente tinham o mesmo apelido “Bahia”, e o guitarrista mineiro Rafael formaria a “cozinha” sonora da banda. “Mulher”, o primeiro álbum do grupo, foi lançado em 2015 com grande aceitação de público e mídia. Em 2016, após apresentações pelo Brasil, a banda lança seu show mais recente “ETC & Tal”, com direção artística de Marcos Xuxa Levy, atingindo novos públicos. Com notória influência da música brasileira tropicalista, a banda integra a cena atual com canções que versam sobre o universo feminino, de forma contundente.
| Centro Cultural da Juventude – Espaço Arena. Av. Deputado Emílio Carlos, 3.641, Vila Nova Cachoeirinha. Próximo do Terminal de Ônibus Cachoeirinha. Dia 25, 18h (não é necessário retirar ingresso). 60 min. Livre.

Zona Sul

LUANA BAYÔ E PAGODE DA 27
Apresentação de artistas da região da zona sul. A cantora Luana Bayô traz em seu repertório composições próprias e releituras, em gêneros musicais diversos, entre eles bolero, salsa e samba. Nascido na rua 27 do Grajaú, o Pagode da 27 toca em seu show o mesmo samba que leva todos os domingos do mês ao bairro.
| Centro Cultural do Grajaú. R. Prof. Oscar Barreto Filho, 252, Capela do Socorro. Dia 25, 14h (Luana Bayo) e 16h (Pagode). Não é necessário retirar ingresso. 60 min. Livre.

BICHO DE PÉ
O grupo mostra a diversidade dos ritmos brasileiros por meio de músicas de sua autoria e de artistas consagrados, como Luiz Gonzaga, Jackson do Pandeiro, Dominguinhos, Zé Ramalho e Fagner.
| Centro Cultural do Grajaú. R. Prof. Oscar Barreto Filho, 252, Capela do Socorro. Dia 25, 18h (não é necessário retirar ingresso). 60 min. Livre.

MORAES MOREIRA E DAVI MORAES
No show “Pai e Filho”, o repertório traz parcerias inéditas e homenagens a grandes compositores brasileiros, como Ari Barroso, Assis Valente, além de músicas do grupo Novos Baianos.
| Centro Cultural do Grajaú. R. Prof. Oscar Barreto Filho, 252, Capela do Socorro. Dia 25, 20h (não é necessário retirar ingresso). 60 min. Livre

Zona Leste

RAEL
Até o início de 2017, Rael faz os últimos shows da turnê “Diversoficando”, com a qual lota casas por todo o país em mais de 150 apresentações. Agora, ele começa a dar mostras do que prepara para o show de seu recém-lançado disco “Coisas do Meu Imaginário”. Reformulados para esses meses de encerramento, os shows passam a ter como grande atrativo o lançamento da faixa “Rouxinol”, primeiro single do novo trabalho. Estão no repertório também “Estrada” e “Minha Lei”, que também ganhou clipe.
| Parque do Carmo. Dia 25, 14h (não é necessário retirar ingresso). 60 min. Livre.

TRIBO DE JAH + EX-INTEGRANTES DO CIDADE NEGRA

A banda icônica de reggae Tribo de Jah comemora sua trajetória de 30 anos convidando os ex-Cidade Negra: Ras Bernardo e Da Ghama para fazerem parte do show.
| Parque do Carmo. Dia 25, 16h (não é necessário retirar ingresso). 60 min. Livre.

Zona Oeste

RASTAPÉ COM PARTICIPAÇÃO DE ZECA BALEIRO
Rastapé, banda que ficou conhecida pela música “Colo de Menina”, apresenta canções de seu sexto CD, “Fundamental”. O cantor e compositor Zeca Baleiro é convidado especial do show.
| Chácara do Jockey. Dia 25, 14h (não é necessário retirar ingresso). 60 min. Livre

Sandra de Sá é uma das convidadas do Baile do Simonal, h, no
Sandra de Sá é uma das convidadas do Baile do Simonal, 16h, na Chácara do Jockey

BAILE DO SIMONAL COM PARTICIPAÇÃO DE SANDRA DE SÁ
Com Marcelo Maita, Márcio Forte, Robinho Tavares, Sidmar Vieira, Josue dos Santos, Will Bone, Simoninha, Max de Castro e Sandra de Sá.
O Baile do Simonal é mais que uma homenagem, trata-se de uma verdadeira festa. O show, concebido e produzido por Max de Castro e Wilson Simoninha, filhos do cantor Simonal, convidam a cantora Sandra de Sá para esta apresentação.
| Chácara do Jockey. Dia 25, 16h (não é necessário retirar ingresso). 60 min. Livre

 TEATRO

Centro

A MERDA (LA MERDA)
Texto: Cristian Ceresoli. Direção e interpretação: Christiane Tricerri. Baseado na criação original de Silvia Gallerano e Cristian Ceresoli.
Arrebatada por seu fluxo de consciência, mulher luta, com obstinação, coragem e resistência, manifestando-se em sua bulímica e revoltada confidência pública para abrir seu próprio espaço como celebridade em uma sociedade de “coxas e liberdade”. Sentada como um animal em um pedestal circense, nua, sob os holofotes, com sua voz amplificada por um microfone, a fêmea protagonista avança com ferocidade brutal e fúria assassina rumo ao “mundo que conta“, disposta a tudo para alcançar seu objetivo de chegar lá e acontecer.
| Centro Cultural Olido – Sala Paissandu. Av. São João, 473. Dia 25, 18h (retirar ingresso uma hora antes). 90 min. + 16 anos.

BICHOS DO BRASIL
Cia. PiA FraUs.
O espetáculo é composto de 15 esquetes que retratam a riqueza da fauna brasileira, por meio de bonecos e música, procurando criar o ambiente da mata e o cotidiano dos animais numa selva tropical.
| Centro Cultural São Paulo. R. Vergueiro, 1.000, Paraíso. Próximo da estação Vergueiro do metrô. Dia 25, 14h (não é necessário retirar ingresso). 50 min. Livre.

LEITE DERRAMADO
Texto original: Chico Buarque. Adaptação, direção e cenografia: Roberto Alvim. Elenco: Juliana Galdino, Renato Forner, Diego Machado, Taynã Marquezone, Caio D’Aguilar, Marcel Gritten, Luis Fernando Pasquarelli e Nathalia Manocchio. Trilha sonora original: Vladimir Safatle. Iluminação: Domingos Quintiliano. Figurinos: João Pimenta.
Versão teatral do livro de Chico Buarque ganhador do Prêmio Jabuti. Ambientada em um hospital público, a história acompanha um homem falido, com mais de 100 anos de idade, que foi abandonado em uma maca de um hospital público. Nessa situação humilhante, tem de lidar com a precariedade de um sistema construído pela mesma elite da qual sua família, vinda com a coroa portuguesa ao Brasil, fez parte.
| Centro Cultural São Paulo – Sala Jardel Filho. R. Vergueiro, 1.000, Paraíso. Próximo da estação Vergueiro do metrô. Dia 25, 20h30 (retirar ingresso 2h antes). 60 min. + 14 anos.

GRANDES ATORES, GRANDES TEXTOS
Na Biblioteca Mário de Andrade, cinco atores e atrizes fazem a leitura dramática de textos e/ou poesias que consideram importantes para suas vidas.

REGINA DUARTE
| Dia 25, 15h

PASCOAL DA CONCEIÇÃO
| Dia 25, 16h

JUCA DE OLIVEIRA
| Dia 25, 17h

BÁRBARA PAZ
| Dia 25, 18h

FÚLVIO STEFANINI
| Dia 25, 19h

 
| Biblioteca Mário de Andrade – Auditório. R. da Consolação, 94, Consolação. Próximo da estação Anhangabaú do metrô. Dia 25, a partir das 15h (retirar ingresso 1h antes de cada apresentação). 45 min. Livre. 
 
LANÇAMENTO REVISTAS RBMA 70 – MEDO E RBMA 71 – SONHO

| Biblioteca Mário de Andrade – Auditório. R. da Consolação, 94, Consolação. Próximo da estação Anhangabaú do metrô. Dia 25, 20H30. 45 min. Livre.

Zona Norte

CANTO PARA RINOCERONTES E HOMENS
Com Cia. Teatro do Osso. Direção: Rogério Tarifa. Texto Original: “O Rinoceronte”, de Eugene Ionesco. Elenco: Guilherme Carrasco, Isadora Titto, João Victor Toledo, Luísa Valente, Renan Ferreira, Rubens Alexandre e Viviane Almeida. Dramaturgia: Jonathan Silva, Rogério Tarifa e elenco. Músicos: Bruno Pfefferkorn e Filipe Astolfi.
Será que nós, seres humanos, gostaríamos de virar rinocerontes? A partir desse questionamento e da obra “O Rinoceronte”, de Eugene Ionesco, o ato-espetáculo musical traz para o palco temas como a brutalização do ser humano, a falta de sonhos e a extinção do homem.
| Teatro Municipal Alfredo Mesquita. Av. Santos Dumont, 1.770, Santana. Dia 25, 20h (retirar ingresso 1h antes). 180 min. + 14 anos.

Zona Sul

CAIS OU DA INDIFERENÇA DAS EMBARCAÇÕES
Com Velha Companhia. Texto e direção: Kiko Marques. Elenco: Alejandra Sampaio, Kiko Marques, Marcelo Diaz, Marcelo Laham, Marcelo Marothy, Marco Aurélio Campos, Maurício de Barros, Patrícia Gordo, Roberto Borenstein, Rose de Oliveira, Tatiana de Marca e Virgínia Buckowski.
O espetáculo é uma reconstrução poética de três gerações de uma família moradora de Ilha Grande, contada a partir da perspectiva de um barco.
| Teatro Municipal João Caetano. R. Borges Lagoa, 650, Vila Clementino. Dia 25, 20h (retirar ingresso 1h antes). 180 min. + 14 anos.

Zona Leste

SOBRE RATOS E HOMENS
Com DENDILEÃO Produções Artísticas Ltda. Direção artística: Kiko Marques. Elenco: Ricardo Monastero, Daniel Kronenberg, Luiz Amorim, Natallia Rodrigues, André Magalhães, Tom Nunes, Cássio Inácio e Pedro Paulo Eva.
Dois amigos, George e Lennie, o primeiro de raciocínio ágil e o segundo tão forte quanto ingênuo, estão unidos pelo sonho de trabalhar e juntar dinheiro para comprar um pedaço de terra onde possam finalmente viver. Forçados a lidar com a realidade, só a verdadeira amizade permitirá que continuem sonhando. No enredo repleto de tensão masculina, a única mulher em cena é Mae, esposa de Curley, filho do patrão. Ela joga com seu charme e persuasão para desestabilizar a ordem dos funcionários da fazenda.
| Teatro Municipal Arthur Azevedo. Av. Paes de Barros, 955, Mooca. Dia 25, 20h (retirar ingresso 1h antes). 100 min. + 10 anos.

Zona Oeste

OS ARQUEÓLOGOS
Com Empório de Teatro Sortido. Texto: Vinicius Calderoni. Direção: Rafael Gomes. Elenco: Guilherme Magon e Vinicius Calderoni.
Dois locutores esportivos transmitem cenas corriqueiras de vidas comuns. Pessoas caminham pelas ruas sem se dar conta de que os papéis rabiscados que trazem nos bolsos serão documentos históricos dentro de centenas de anos. Um pai tenta ensinar ao filho como se usa uma câmera de filmagem. Arqueólogos do futuro dialogam sobre os vestígios dessa estranha civilização, avaliando relíquias recolhidas no início do século 21.
| Teatro Municipal Cacilda Becker. R. Tito, 295, Lapa. Dia 25, 20h (retirar ingresso 1h antes). 60 min. +10 anos.

DANÇA
Centro

A trupe Os Parlapatões mostra sua arte circense no Masp, h
A trupe Os Parlapatões mostra sua arte circense no Masp, h

DANÇA POR CORREIO
Zumb.Boys.
Na rua, o espetáculo procura se comunicar com os transeuntes e utiliza os corpos para traduzir sensações do ser urbano.
| Galeria do Rock. Av. São João, 439 (não é necessário retirar ingresso). Dia 25, 11h. 50 min. Livre.

YEBO
Grupo Gumboot Dance.
Segundo espetáculo de dança do grupo. Gumboot dance é uma forma de dança criada no século 19 pelos trabalhadores das minas de ouro e de carvão da África do Sul. O espetáculo aborda a exploração tanto das minas quanto dos sete povos levados para a extração do minério, a criação de um dialeto sonoro a partir das batidas nas botas de borracha e a espera das mulheres por seus maridos mineiros.
| Largo do Paissandu. Av. São João, em frente 473. Dia 25, 13h (não é necessário retirar ingresso). 50 min. Livre.

JAM OLIDO DE DANÇAS
A Jam de Danças Urbanas tem a intenção de abrir espaço para os praticantes das diversas linguagens das danças de rua. O projeto possibilita um ambiente para a improvisação de seus praticantes e também do público, gerando uma interação entre profissionais e amadores.
| Centro Cultural Olido – Vitrine da Dança e corredor. Av. São João, 473. Dia 25, 14h (não é necessário retirar ingresso). 240 min. Livre.

PELE NEGRA MÁSCARAS BRANCAS
Cia. Treme Terra.
Inspirado no livro “Pele Negra Máscaras Brancas”, escrito por Frantz Fanon, a companhia cria este espetáculo de dança negra baseado em estudos sobre as relações étnico-raciais no Brasil, traçando um paralelo com a mitologia dos orixás e experiências pessoais relatadas em depoimentos pelos artistas do elenco.
| Centro Cultural Olido – Sala Olido. Av. São João, 473. Dia 25, 20h (retirar ingresso 1h antes). 80 min. Livre.

FESTA

Centro

CALEFAÇÃO TROPICAOS
O coletivo Calefação Tropicaos traz DJs para embalar esta festa.
| Praça das Artes. Av. São João, 281. Dia 25, das 14h às 22h (não é necessário retirar ingresso). Livre.

ROTEIROS SPSAFARI

Pateo do Colégio, por Rogério Tomazela, setembro de 2014, parte de vários passeios liderados por quem entende da cidade
Pateo do Colégio, por Rogério Tomazela, setembro de 2014, parte de vários passeios liderados por quem entende da cidade

Quatro roteiros que contam parte da cidade de São Paulo.

Centro

PÁTIO DO COLÉGIO E A HISTÓRIA DA CIDADE
Com João Carlos Kuhn (mestre em arquitetura e urbanismo pela FAU/USP).
Poucas cidades têm a certeza do ponto onde começaram. Não é o caso de São Paulo, que surgiu onde hoje está o Pátio do Colégio. Lá, os jesuítas construíram sua primeira cabana, em 1554. O percurso relatará as transformações ocorridas na cidade, com a presença e a expulsão dos jesuítas, a transformação do local em Palácio do Governador e a reviravolta a partir da década de 1950, quando o terreno é devolvido aos jesuítas e o conjunto religioso é reconstruído como parte das festividades do IV Centenário de São Paulo, em 1954.
| Dia 25, das 10h às 12h e das 14h às 16h (cada horário é uma turma diferente). Ponto de encontro: Pátio do Colégio. Inscrições: http://www.spsafari.com/contato (até 30 pessoas, por ordem de inscrição)

DE VILA A CENTRO DA METRÓPOLE PAULISTANA: UM PASSEIO PELA COLINA HISTÓRICA DE SÃO PAULO
Com Ana Castro e Joana Mello (professoras da FAU/USP).
O desenvolvimento do centro de São Paulo pode ser acompanhado por meio de seus edifícios e como seu espaço e vias foram planejados. Desde o uso da taipa até os arranha-céus de concreto armado, em meados do Século 20, várias imagens da cidade foram surgindo. Ao percorrer a colina histórica –núcleo original de formação de São Paulo–, o roteiro mostra como essas diferentes imagens se configuraram simbólica e materialmente na cidade.
| Dia 25, 15h. Ponto de encontro: Pátio do Colégio. Inscrições: joana-mello@usp.br (até 20 pessoas, por ordem de inscrição)

Zona Sul

PENSANDO COM OS BANDEIRANTES
Com Renato Cymbalista (professor de história da arquitetura e do urbanismo da FAU-USP).
A figura do bandeirante data do final do século XIX, quando aparece a imagem dos paulistas como heróicos desbravadores do território e construtores do território nacional. A partir dessa narrativa, a cidade está repleta de lugares que enaltecem a figura do bandeirante e suas explorações. Nos anos recentes, esses lugares tem sido objeto de protestos e manifestações que apontam para outros aspectos da presença dos bandeirantes no território, como a expulsão ou escravização dos índios. O percurso fará uma reflexão sobre essas representações e esses lugares.
| Dia 25, das 10h às 12h. Ponto de encontro:  Monumento às Bandeiras (Parque Ibirapuera). Inscrições: http://www.spsafari.com/contato (até 30 pessoas, por ordem de inscrição)

OBELISCO E A NARRATIVA HERÓICA DA REVOLUÇÃO DE 1932
Com Karoline Andrade.
O Obelisco do Ibirapuera é um dos maiores monumentos da cidade, mas poucos o conhecem por dentro. De lá, é possível recuperar a narrativa heróica da Revolução de 1932, incluindo painéis em mosaico que tratam da fundação, morte e ressurreição da cidade de São Paulo, sempre enaltecendo o caráter glorioso da luta paulista pela Constituição.
| Dia 25, das 14h às 16h. Ponto de encontro: saguão do Obelisco (Parque Ibirapuera). Inscrições: http://www.spsafari.com/contato (até 30 pessoas, por ordem de inscrição)

VISITAS À VILA ITORORÓ
A Vila Itororó estará excepcionalmente aberta, entre 13h e 17h, no aniversário de São Paulo. O público poderá fazer usos diversos e espontâneos no galpão (brincadeira livre, skate, pique-nique, conversas, ensaios artísticos etc.) e realizar uma visita ao pátio de casas históricas, sendo uma às 14h e outra às 16h. As visitas educativas ao pátio de casas compartilham o andamento do processo de restauro e descrevem a formação da Vila, que contém um pouco da formação da própria cidade. O visitante tem acesso às muitas histórias que compõem a Vila: a sua concepção como uma “casa-monumento” cercada por casas de aluguel, a questão da água como elemento estruturante, o Clube Eden Liberdade e a resistência das famílias que viveram no local nas últimas décadas. O público é estimulado a imaginar, debater e tomar parte nas discussões sobre os usos futuros do espaço, de modo que o sentido da preservação de um patrimônio público seja apropriado coletivamente.
| Dia 25, às 14h e às 16h. Duração: 1h30. Limite de público: até 30 pessoas, por ordem de chegada (não é necessário agendamento prévio). Vila Itororó Canteiro Aberto – Rua Pedroso, 238. Bela Vista/Bixiga. Próximo ao Metrô São Joaquim.

Mais atividades, só clicar:

➡ Programação de circo para adultos e crianças e outras atividades infantis

➡ Programação de teatro infantil

vale mais

 Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

 vale mais não se responsabiliza por alterações de horários de show e eventos, substituições de artistas, alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções; links rompidos ou inexistentes; informações enviadas com incorreções. Imagens divulgação da Prefeitura de São Paulo, das páginas do Facebook dos artistas, e com licença Creative Commons.
Anúncios

Deixe seu recado!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s