📽 DE GRAÇA – Documentários mostram olhar dos jovens sobre grandes centros urbanos

O documentário está em alta em São Paulo. De hoje até 27 de abril (depois de amanhã), o Jovem.Doc, festival com 10 filmes feitos por jovens entre 18 e 29 anos que mostram suas visões sobre questões cotidianas nos centros urbanos brasileiros, assim como as conexões que eles estabelecem com a mídia digital e como essa geração se apropria da construção dos processos sociais de cidadania.

Cena de “Deixa a Chuva Cair”, documentário dirigido por Juscelino Ribeiro que mostra o rap e a violência em Terezina, no Piauí

Os filmes são resultado de um edital público realizado em 2015 que destinou R$ 100 mil a cada projeto. O festival rola na Cinemateca Brasileira, situada na Vila Clementino, em São Paulo e a entrada é gratuita.

“É um projeto feito pela juventude, para mostrar suas questões, pelo seu olhar”, resume a professora e coordenadora do projeto, Clélia Rejane Antonio-Bertoncini.

📽 DE GRAÇA – Festival É Tudo Verdade começa hoje com 82 documentários de 30 países

Os documentários têm 26 minutos de duração e serão exibidos em seis sessões duplas (programação completa com horários no final do post).

 ❤ Receba as boas notícias de vale mais no celular 📲. Salve o número
011 9 9985-3577 e 
envie a frase Eu Quero no WhatsApp. Pronto! ❤

Alguns dos filmes participam de mostras e festivais pelo Brasil e no mundo, como é o caso do filme de Juscelino Ribeiro de Oliveira Júnior, “Deixa a Chuva Cair”, exibido no Festival de Cannes de 2016 na França. O documentário conta a história da violência na periferia de Teresina, capital do Piauí. Foi inspirado em composições do rapper Preto Kedé. Veja o trailer:

 

Documentários da mostra:

  • “A Batalha de São Brás”, de Adrianna Samara da Silva Oliveira
  • “Aquém Margens: Juventude e Exclusão Social em Áreas de Mineração?”, de Alexandra Araújo Duarte
  • “Confirmou Presença”, de Ana Carulina Vindilino Roelis
  • “Deixa a Chuva Cair”, de Juscelino Ribeiro de Oliveira Júnior
  • “Enquadro”, de Lincoln Péricles Maximiano Pinto
  • “Faixa”, de Pedro Rocha de Oliveira
  • “Intervenções Urbanas”, de Lorena da Silva Figueiredo
  • “Ônibus Hacker: Ah, se eu fosse ficção!” De João Cobbett Stael Markun
  • “Relatos do exílio”, de Elder Gomes Barbosa
  • “Tomada da Casa do Povo”, de Alexandre Moroso Guilhão

A realização do Jovem.Doc  “é um fio de esperança num contexto de desestabilização da cultura nacional. Mantém viva a cultura em nosso país”, diz a coordenadora Clélia.

A iniciativa é resultado do Programa de Fomento à Produção de Conteúdo Audiovisual Brasileiro, parceria da Universidade Federal de São Paulo, Unifesp, e Cinemateca Brasileira. Os recursos são originados do Ministério da Cultura (Minc) e a Fundação de Apoio à Universidade Federal de São Paulo, FapUnifesp, é a instância responsável pelo seu gerenciamento.

≡ DE GRAÇA – Jovens falam suas verdades em documentário que abre festival

➡  FESTIVAL JOVEM.DOC -Programação Completa da Cinemateca Brasileira

Cinemateca Brasileira: Largo Senador Raul Cardoso, 207, Vila Clementino, São Paulo, fone (11) 3512-6111.

vale mais

♥  Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  ♥

⇒ vale mais não se responsabiliza por links rompidos ou inexistentes; informações enviadas com incorreções. Imagens de divulgação.
Anúncios

Deixe seu recado!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s