GRIPE H1N1 2017 – Atenção, vacina gratuita só até 26 de maio

Falta apenas uma semana para a campanha de vacinação contra gripe acabar _e somente 28,7 milhões de pessoas se imunizaram. Isso significa 53% do objetivo do Ministério da Saúde. A informação, divulgada ontem, leva em conta os números de todo o país até o dia 17 passado. Hora de se ligar e saber que até o dia 26 de maio é tempo de ir até uma UBS, Unidade Básica de Saúde, ou um Centro de Saúde integrante do SUS para proteção contra a influenza,  e a terrível gripe H1N1.

Vacina contra gripe da campanha do Ministério da Saúde sendo preparada para aplicação no Rio de Janeiro, foto de Tânia Rego, Agência Brasil

Carla Domingues, coordenadora do Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde,  considera muito importante que as pessoas se vacinem neste momento para estarem protegidas no inverno, quando os vírus da Influenza começam a circular com maior intensidade.

👉👀 GRIPE H1N1 2017 – Lista de doenças crônicas que dão direito à vacina grátis para WhatsApp

“A vacina demora cerca de 15 dias para fazer efeito após aplicada, por isso é necessário que as pessoas, integrantes do público-alvo, se conscientizem e procurem os postos de saúde para se vacinarem antes do período de inverno”, aconselhou a coordenadora.

Vamos relembrar quais os grupos chamados prioritários que estão incluídos na campanha de 2017 e têm direito a receber a vacina gratuitamente:

  • Crianças de seis meses a menores de cinco anos;
  • Pessoas com 60 anos ou mais;
  • Trabalhadores de saúde;
  • Gestantes;
  • Puérperas (até 45 dias após o parto);
  • Pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis ou com outras condições clínicas especiais;
  • Professores das redes pública e privada.
  • Povos indígenas;
  • População privada de liberdade;
  • Funcionários do sistema prisional;

➡  Portadores de doenças crônicas não transmissíveis, o que inclui pessoas com deficiências específicas, devem apresentar prescrição médica no ato da vacinação. Pacientes cadastrados em programas de controle das doenças crônicas do SUS deverão se dirigir aos postos em que estão registrados para receber a vacina, sem a necessidade de prescrição médica.

A escolha dos grupos prioritários segue recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS).

É importante lembrar que, mesmo pessoas vacinadas, ao apresentarem os sintomas da gripe – especialmente se são integrantes de grupos mais vulneráveis às complicações – devem procurar imediatamente o médico.

Os sintomas da gripe são:

  • febre;
  • tosse ou dor na garganta
  • dor de cabeça;
  • dor muscular e nas articulações.

O agravamento pode ser identificado por falta de ar, febre por mais de três dias, piora de sintomas gastrointestinais, dor muscular intensa e prostração.

Logo cortado Receba as boas notícias de vale mais no celular 📲. Envie uma msg para 011 9 9985-3577 e pronto! Clique aqui e saiba mais

GRIPE H1N1 – Saiba como se prevenir e se cuidar

Para a campanha deste ano, o Ministério da Saúde adquiriu 60 milhões de doses da vacina, garantindo estoque suficiente para a vacinação em todo o país. Os estados com a maior cobertura de vacinação no país, até o momento, são: Amapá (76%), Paraná (69,8%), Santa Catarina (68%), Rio Grande do Sul (67%), e Goiás (60,6%). Já os estados com menor cobertura são: Roraima (34,7%), Pará (35,8%), Rondônia (39,9%), Mato Grosso (41,7%), Piauí (43,2%) e Maranhão (43,8%).

As pessoas com mais de 60 anos foram as que mais procuraram a campanha,  com 13 milhões de doses aplicadas, o que representa 62,3% deste público, seguido pelas puérperas (59,7%) e trabalhadores de saúde (54,7%).

Os grupos que menos se vacinaram foram os indígenas (31,2%), crianças (39,6%), gestantes (44,6%) e professores (44,7%).

Entre as regiões do país, o Sul apresentou o melhor desempenho em relação à cobertura vacinal contra a influenza, com 68,3%, seguida pelas regiões Centro-Oeste (53,1%), Sudeste (52,9%); Nordeste (47,8%) e Norte (43%).

Quem não se encaixa nos critérios do Ministério da Saúde para receber a vacina gratuitamente,  pode procurar uma clínica de vacinação particular.

Veja o vídeo sobre a gripe feito pela OMS em espanhol, aqui, no canal do blog no Youtube.

vale mais

 Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

 vale mais não se responsabiliza por informações transmitidas com incorreções. Imagens com licença Creative Commons: *16 de maio de 2015 fotos públicas.
Anúncios

Deixe seu recado!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s