PRE-PA-RA! 10 Dicas de alimentação para a chegada do verão

A busca por um corpitcho magro, muitas vezes até magro demais demais, faz as pessoas buscarem artifícios para perder peso que não condizem com a própria realidade e que prejudicar a saúde. Por isso o Ministério da Saúde adverte para as principais dicas para uma boa alimentação no período que antecede o verão _e também posterior. Ah, cuidado com as dietas restritivas!

Vegetais, folhas e tubérculos in natura para uma alimentação saudável

Olha só o que é importante:

1. Faça de alimentos in natura ou minimamente processados a base de sua alimentação
2. Crie hábitos alimentares saudáveis que condizem com sua realidade
3. Dê preferência a alimentos produzidos na hora
4. Frutas, verduras, legumes e água são importantes para manter a hidratação do corpo.
5. Pratique atividade física regularmente
6. Cuidado com dietas de última hora com restrição de nutrientes
7. Evite ao máximo os alimentos ultraprocessados
8. Evite alimentos processados.
9. Evite o consumo de refrigerantes e bebidas açucaradas.
10. Adote esses hábitos durante o ano todo

Suco de cenouras in natura

“De forma geral, dietas restritivas podem causar deficiências nutricionais e potenciais riscos à saúde, se conduzidas por um longo período”, alerta a coordenadora de Alimentação e Nutrição do Ministério da Saúde, Michele Lessa.

Por isso, o ideal é fazer de alimentos in natura ou minimamente processados a base de sua alimentação. Também é importante utilizar óleos, gorduras, sal e açúcar em pequenas quantidades ao temperar e cozinhar alimentos e criar preparações culinárias.

Igualmente, limite o uso de alimentos processados, consumindo-os, em pequenas quantidades, como ingredientes de preparações culinárias ou como parte de refeições baseadas em alimentos in natura ou minimamente processados. Evite ao máximo os alimentos ultraprocessados.

No Verão – O consumo de frutas, verduras, legumes e água são ainda mais importantes, pois auxiliam na hidratação e reposição de sais minerais perdidos no suor. Se possível, prefira os tipos e variedades produzidos localmente e que estejam no período de safra, que tem menor preço, maior qualidade e mais sabor.

Água de coco

Hidratação – Água, água de coco e sucos de frutas naturais, sem adição de açúcar, também podem ser ingeridos com maior frequência. A água é um alimento indispensável ao funcionamento adequado do organismo humano, é essencial à vida. É fundamental lembrar que toda água para consumo humano deve ser potável, ou seja, tratada, filtrada ou fervida.

Cuidados – Para assegurar a qualidade da alimentação e evitar riscos de infecções ou intoxicações, os alimentos devem ser escolhidos, conservados e manipulados adequadamente. É fundamental estar atento às condições de higiene do local e da pessoa que prepara ou vende os alimentos.

Os alimentos devem ser adquiridos em mercados, feiras, sacolões, açougues e peixarias limpos e organizados e que ofereçam opções de boa qualidade e em bom estado de conservação. É importante que alimentos que necessitam de refrigeração fiquem o menor tempo possível exposto à temperatura ambiente.

Lavar as mãos antes de lidar com alimentos é uma atitude saudável

A preocupação com a qualidade higiênico-sanitário dos alimentos envolve também o processo de manipulação e preparo. Alguns cuidados devem ser tomados a fim de reduzir os riscos de contaminação: lavar as mãos antes de manipular os alimentos; evitar consumir carnes e ovos crus; higienizar frutas, legumes e verduras em água corrente e coloca-los em solução de hipoclorito de sódio; manter os alimentos protegidos em embalagens ou recipientes.

 ❤ Receba as boas notícias de vale mais no celular 📲.
Salve o número
011 9 9985-3577 e
envie a frase Eu Quero no WhatsApp. Pronto!
 vale mais

 Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções; links rompidos ou inexistentes; informações enviadas com incorreções. Imagens dos sites das empresas citadas. Com informações do Blog da Saúde, do governo federal com licença Creative Commons.

 

Anúncios

Deixe seu recado!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s