Todos os posts de vale mais

Sobre vale mais

vale mais - www.sigavalemais.com.br - blog com boas noticias de como curtir coisas boas e economizar, mesmo nesta crise. Tudo com muitas fotos e links diretos para compras nos sites das lojas abordadas no blog. Dicas de consumo, prestação de serviços, compras online, comparação de preços, lojas com preços acessíveis, roupas, comidas, música, cinema, arte, comportamento, delícias & outros baratos. Valorize seu dinheiro com vale mais. Posts às segundas, quartas e sextas-feiras, preferencialmente. Conteúdo de produção própria. vale mais está presente no Facebook, Instagram, Tumblr, Twitter, Google +, Pinterest, Snapchat e no Flickr. Abrimos um canal no WhatsApp com o número 011 9-9985-3577 para você receber direto no celular um resumo dos posts e um link que te leva ao blog. INOVAÇÃO! Editora e jornalista responsável: Filomena Sayão. Filomena Sayão trabalhou nos jornais norte-americanos USA Today e The Tennessean (Gannett Corp.) como bolsista da Fundação Alfred Friendly Press Fellowships. Também trabalhou na Folha de S.Paulo, Exame, INFO, Gazeta Mercantil, TV Globo e O Globo. Na Folha, criou e editou o suplemento Consumo. * * * * * sigavalemais@sigavalemais.com.br - (011) 3541-3577. É permitida a publicação de conteúdo de www.sigavalemais.com.br desde que citada a fonte de forma clara ao menos duas vezes, no início e no final do texto com link www.sigavalemais.com.br, e com autorização prévia da redação. www.sigavalemais.com.br - Todos os direitos reservados.

Feliz Páscoa!

Anúncios

COMPRA ONLINE – Aliexpress anuncia megapromoção de 28 a 30 de março

Semana que vem uma boa oportunidade de se conseguir bons descontos em itens importados. De 28 a 30 de março, o AliExpress, um dos maiores sites de venda online do mundo, comemora seu 8º aniversário com uma mega-promoção: mais de 200 milhões de produtos com ofertas de mais de 50% e chances de conseguir descontos extra. Como o site fica na China, o horário de início e término para o Brasil será anunciado em breve. Vamos aguardar.

Smartphone que vai entrar em oferta na mega-promoção que vai de 28 a 30 de março do site chinês Aliexpress, aqui
Vale lembrar que toda importação vinda de pessoa jurídica está sujeita a impostos de 60%, mesmo que seja valor inferior a 50 dólares. Portanto, não estranhe se sua compra for barrada no baile. Comemore, se chegar ilesa da silva 🙂 .

Mas, olha só: cerca de 100 milhões de pessoas ao redor do mundo compram no Aliexpress hoje. Durante a promoção, os consumidores poderão receber cupons de descontos ainda maiores, anuncia o site. A promoção de aniversário promete abranger mais de 40 categorias do site, entre elas moda, tecnologia, casa e jardim, decoração, entre outras.

O aquecimento para a grande promoção já começou, veja aqui. Até o dia 27 de março, os clientes podem se familiarizar com as negociações e descontos e deixar seu cadastro em dia para aproveitar os 3 dias de promoção.

A partir do dia 27 de março, blogueiros do mundo todo e também do Brasil vão contar suas experiências de compra e fazer review de produtos no AliExpress Live, o canal online e ao vivo da AliExpress. Quem estiver ao vivo ainda poderá ganhar brindes e prêmios.

Cartaz da promoção de 28 a 30 de março do site de vendas online Aliexpress

Durante a super venda, várias promoções-relâmpago serão realizadas com os membros efetivos do site, que vai premiar conforme o nível do comprador: quanto maior a interatividade com a AliExpress, maior o valor dos cupons distribuídos. Além disso, haverá um “Pague e Ganhe”, no qual os clientes que gastarem acima de 100 dólares poderão participar do “Flip & Win Game”, que premiará com cupons de marcas famosas e viagem de 3 dias para duas pessoas no exclusivo Westin Blue Bay Resort and Spa, em Hainan, paraíso tropical ao sul da China.

Informações: Promoção de Vendas AliExpress

Alguns produtos que estarão na Promoção de Vendas AliExpress:

Tênis de corrida masculina, R$ 257, aqui
Tênis de corrida masculina, aqui

Óculos HD, aqui

 

 ❤ Receba as boas notícias de vale mais no celular 📲.
Salve o número
011 9 9985-3577 e
envie a frase Eu Quero no WhatsApp. Pronto!

vale mais

 Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções; links rompidos ou inexistentes; informações enviadas com incorreções. Imagens dos sites das empresas citadas. Preços de 21 de março de 2018.

MEU BRASIL BRASILEIRO – Receita da verdadeira caipirinha

A verdadeira caipirinha, que leva apenas limão, açúcar, gelo e cachaça que, dizem, foi criada em Piracicaba, ganhou o mundo nestes últimos 100 anos e virou símbolo da bebida mais brasileira. A centenária é tão brasileira que em 2003 foi considerado patrimônio nacional pelo Governo Federal garantindo a propriedade de criação.

Caipirinha tradicional do Botequim Carioca, que fica em Santo André, na Grande São Paulo

Por não menos, que durante esse tempo fizeram várias versões com mistos de frutas e substituições da cachaça, mas nada se compara com a boa e velha caipirinha. Segundo Chef Melchior Neto, que comanda premiado Botequim Carioca e dispõe de um vasto cardápio de caipirinhas, o que conquista na bebida é a simplicidade que deu certo “A caipirinha é, sem sombra de dúvidas, a bebida favorita nacional. Poucos ingredientes, não precisa de muito para ser apreciada e aprovada pelos consumidores. É a bebida mais pedida do nosso cardápio.” afirma Neto.

Para o chef, o segredo de quem prepara a bebida é a escolha dos ingredientes, pensando sempre que os produtos devem ser de qualidade e legítimos da receita. Um exemplo é o limão, que o mais apropriado é o taiti, pois é menos ácido.

A cachaça também faz diferença na degustação da caipirinha, há boatos que cachaças artesanais e envelhecidas combinam mais com o toque crítico do limão, mas há quem prefira a cachaça branca, conhecida por ser engarrafada logo após a destilação. “Essa substituição normalmente é realizada por conta da facilidade de encontrar a cachaça branca, mas vale lembrar que não há uma desvantagem de sabor em nenhuma das duas.” explica o chef Melchior Neto.

Depois desses ingredientes um tanto quanto amargos, a açúcar vem para finalizar a caipirinha com o gelo e está pronta para apreciar com moderação… há 100 anos. Abaixo segue a receita de caipirinha que é preparada no Botequim Carioca.

Ingredientes:

1 limão taihti

2 colheres de sopa de açúcar

100 ml de cachaça

Modo de Preparo:

Corte o limão ao meio de cima para baixo e remova a parte branca do centro (isso que amarga a caipirinha).

Faça cortes na casca das metades para facilitar a maceração.

Coloque as duas partes no copo, em seguida acrescente o açúcar e dê apenas duas espremidas no limão para não tirar suco da casca que também amarga.

Coloque gelo picado até a borda do copo, complete com as doses de cachaça e mexa bem.

 ❤ Receba as boas notícias de vale mais no celular 📲.
Salve o número
011 9 9985-3577 e
envie a frase Eu Quero no WhatsApp. Pronto!

Link:

Botem Carioca

vale mais

 Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções; links rompidos ou inexistentes; informações enviadas com incorreções. Imagens dos sites das empresas citadas. Preços de x de x de 2017.

SAUDÁVEL- Nutricionista dá dicas de alimentos pós-Carnaval

 

Final de semana pós-Carnaval merece um pouco de descanso e atenção voltada para a alimentação. A nutricionista das estrelas Patrícia Davidson sugere estes alimentos para todo folião que entrou na folia. E agora merece se cuidar bem!

Alimentos indicados para o pós-Carnaval pela nutricionista das estrelas Patricia Davidson em seu Instagram

Os vegetais verde-escuros, entre os quais brócolis, e grão de bico e lentilhas são boas pedidas para a comida salgada. As frutas que ela destaca são abacate, coco seco, água do coco verde, kiwi e abacate.

Ela diz em seu Instagram que uma boa dica é se alimentar nos lanches e refeições com vegetais e frutas em sucos e shakes. “Evite também a proteína animal em excesso por alguns dias, pois assim o corpo não fica sobrecarregado e o processo de eliminação de toxinas é otimizado. Descansem também, hein!”, ensina.

Logo whatsapp Receba as boas notícias de vale mais no celular 📲 . Crie um contato para vale mais no número  011 9 9985-3577 e envie a frase Eu quero no WhatsApp. Pronto!

vale mais

 Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

 vale mais não se responsabiliza por links rompidos ou inexistentes; informações enviadas com incorreções. Imagens da conta de Patricia Davidson do Instagram.

CARNAVAL- 24 makes pra ninguém ficar de cara limpa

 

É Carnaval e tá em cima da hora para ir para a rua e entrar no bloco ou curtir na praia, no clube, na casa dos amigos. Na roda de cerveja. No bar da esquina.  Mas antes, importante dar aquele trato no visual e nos cabelos. Selecionei algums makes para ninguém ficar sem inspiração. E se bater aquela crise de imaginação, só copiar ou adaptar com a maquiagem que você já tem.

Nove makes de Carnaval para ninguém ficar com a cara limpa

Os cabelos são importantes e vale mais prender em lugares onde o calor vai pegar.

Penteado bem preso ou solto com brilho – faça sua escolha para brincar com cabeça feita
Logo whatsapp Receba as boas notícias de vale mais no celular 📲 . Crie um contato para vale mais no número  011 9 9985-3577 e envie a frase Eu quero no WhatsApp. Pronto!
Mais nove makes que incluem a Juliana Paes, gatinha e looks exóticos
Olha as borboletas pousando e causando um arranjo de diva
Bom Carnaval tem pouco pano e muita criatividade

vale mais

 Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

 vale mais não se responsabiliza por links rompidos ou inexistentes; informações enviadas com incorreções. Imagens do Instagram.

EU ME CUIDO – Carnaval terá 100 milhões de camisinhas de graça

A folia está chegando e além do confete, serpentina e glitter, quem é esperto carrega camisinhas. Se você está duro para comprar, não precisa se preocupar: o Ministério da Saúde garante o preservativo de graça:  no Carnaval, 100 milhões serão distribuídos em todo o país.

Cidades onde as 100 milhões de camisinhas serão distribuídas durante o Carnaval. Pegue a sua é de graça!

Pudera. Dados da Pesquisa de Conhecimento, Atitudes e Práticas apontam queda no uso regular de camisinhas entre a faixa etária de 15 a 24 anos, tanto com parceiros eventuais – de 58,4% em 2004 para 56,6%, em 2013 – como com parceiros fixos – queda de 38,8% em 2004 para 34,2% em 2013.

“Esse quantitativo é relevante porque, como um dos motes da campanha é #vamoscombinar, queremos que os foliões se conscientizem da importância do uso de preservativos” explicou o ministro Ricardo Barros, que comanda o ministério.

Ao todo, durante o mês de fevereiro, o Ministério da Saúde está distribuindo 106 milhões de preservativos masculinos, 200 mil femininos e 3,8 milhões de unidades de gel lubrificante para todo o Brasil.

 

Prevenir é Viver o Carnaval #VamosCombinar é o tema da Campanha de Prevenção. A campanha dá continuidade à lançada durante o Dia Mundial de Luta Contra a Aids, em 1º de dezembro, e visa fortalecer às diversas formas de prevenção às infecções sexualmente transmissíveis como o HIV/aids junto ao público jovem.

O lançamento da campanha foi ontem, em Salvador. O cantor Léo Santana, o grupo Fit Dance e os blocos Olodum e Ilê Aiyê deram aquele esquenta no evento. A campanha terá continuidade ao longo do ano de 2018, com ações nas principais festas populares do Brasil (São João, Parada LGBT, carnavais fora de época, eventos regionais).

Também serão distribuídos preservativos e folders em estradas de pedágio em Minas Gerais e Goiás. As ações de prevenção são realizadas nos carnavais de rua durante a passagem dos blocos e das escolas de samba em Salvador, Recife, Olinda, Belo Horizonte, Brasília, Ouro Preto, Diamantina (MG), João Pessoa, Rio de Janeiro e São Paulo.

Atualmente, 830 mil pessoas vivem com HIV/Aids no Brasil e, destas, 548 mil em tratamento. Durante as ações, também estão confirmadas a presença do homem e da mulher camisinha.

Estima-se que 136 mil pessoas ainda não sabem que estão com HIV e que 196 mil sabem que tem o HIV e não estão em tratamento.

De acordo com pesquisa do Ministério da Saúde, os jovens são os que menos usam preservativos, razão pela qual são foco da campanha.

Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar (Pense), realizada nas escolas de todo o país com adolescentes de 13 a 17 anos, reforça esse cenário: 35,6% dos alunos não usaram preservativos em sua primeira relação sexual. O mesmo estudo aponta que, quanto mais jovem, menor é o uso da camisinha. Enquanto 31,8% dos jovens de 16 e 17 anos não usaram preservativos em sua primeira relação sexual, esse índice sobe para mais de 40% entre os jovens de 13 a 15 anos.

O hábito de não usar camisinha tem impacto direto no aumento de casos de e aids entre os jovens. No Brasil, a epidemia avança na faixa etária de 20 a 24 anos, na qual a taxa de detecção subiu de 14,9 casos por 100 mil habitantes, em 2006, para 22,2 casos em 2016. Entre os jovens  de 15 a 19 anos, o índice aumentou, passando de 3,0 em 2006 para 5,4 em 2016.

Panorama – Estima-se que 830 mil pessoas vivem com o HIV. De acordo com o Boletim Epidemiológico de HIV e Aids divulgado no final do ano passado, a epidemia no Brasil está estabilizada, com taxa de detecção de casos de aids em torno de 18,5 casos a cada 100 mil habitantes, em 2016. Isso representa 40,9 mil casos novos, em média, no último cinco anos.

O Brasil apresentou, em 2016, queda de 5,2% dos casos de taxa de detecção de aids em relação a 2015, com 18,5 registros para cada grupo de 100 mil habitantes em relação a 2015 (19,5 casos). Já a mortalidade apresenta redução desde 2014, passando de 5,7 óbitos por 100 mil habitantes em 2014 para 5,2 casos, em 2016.

Em relação à faixa etária, a taxa de detecção quase triplicou entre os homens de 15 a 19 anos, passando de 2,4 casos por 100 mil habitantes, em 2006, para 6,7 casos em 2016. Entre os com 20 a 24 anos, passou de 16 casos de aids por 100 mil habitantes, em 2006, para 33,9 casos em 2016. Já nas mulheres, houve aumento da doença entre 15 a 19 anos – passou de 3,6 casos para 4,1.

Quanto à forma de transmissão, a doença cresce entre homens que fazem sexo com homens, mudando o perfil, nos últimos 10 anos, quando a proporção maior de caso era de transmissão heterossexual. Na comparação a 2006, observa-se aumento de 33% nos casos de transmissão de homens que fazem sexo com homens.

Dolutegravir – Atualmente, o SUS disponibiliza às pessoas vivendo com HIV o medicamento  dolutegravir, considerado como o melhor tratamento contra o HIV/aids no mundo. Cerca de 300 mil pacientes portadores do vírus receberão o tratamento em 2018. O novo medicamento apresenta um nível muito baixo de eventos adversos, o que é importante para os pacientes que devem tomar o medicamento todos os dias, para o resto da vida. Com menos eventos adversos, os pacientes terão melhor adesão e maior sucesso no tratamento.

Com Agência Saúde, do Ministério da Saúde

vale mais

 Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana 

 vale mais não se responsabiliza por: alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções; links alterados ou corrompidos; informações passadas com incorreções. Foto Ministério da Saúde.

SAUDÁVEL E GOSTOSO – 21 receitas salgadas e doces com inhame

Agora que todo mundo já sabe que o inhame é um aliado e tanto na prevenção e tratamento de febre amarela, dengue e malária, hora de colocar a mão na massa. A jornalista e escritora ligada a assuntos da saúde Sonia Hirsch, dona do blog que leva seu nome e que gosto de acompanhar, traz várias receitas fáceis fáceis com o tal, gostoso e nutritivo.

Inhame ou taro fica muito bom em vários pratos, salgados ou até doces – receitas mais abaixo da jornalista e escritora Sonia Hirsch*

Tem sopa, mousse, torta e muito mais. Mas antes, bom saber um pouco mais sobre o inhame com a própria Sonia:

O inhame limpa o sangue
É um dos alimentos medicinais mais eficientes que se conhece: faz muitas impurezas do sangue saírem através da pele, dos rins, dos intestinos. No começo do século já se usava elixir de inhame para tratar sífilis. Acredita-se que foi uma das primeiras plantas cultivadas no planeta.

FORTALECE O SISTEMA IMUNOLÓGICO
Os médicos orientais recomendam comer inhame para fortificar os gânglios linfáticos, que são os postos avançados de defesa do sistema imunológico. Curioso que a forma do inhame seja tão semelhante à dos gânglios. Ele é riquíssimo em zinco, que aumenta nossas defesas.

É MAIS PODEROSO QUE A BATATA
E tem a vantagem de ser nativo, enquanto a semente da batata é importada. Inhame dá com fartura em qualquer lugar úmido. Em vez de apodrecer na cesta, como a batata, ele brota e produz mais inhames. Nas mulheres aumenta a fertilidade porque contém fitoestrógenos, hormônios vegetais, importantes na menopausa e após.

MEDICINAL É O PEQUENO, CABELUDO
Marronzinho por fora, com a pele variando de roxo a branco. Existem ainda o inhame-do-norte e o cará, maiores e mais lisos, que são muito bons para comer mas não têm o mesmo poder curativo do inhaminho (também chamado de inhame chinês ou cará chinês).

Inhame não é tubérculo. Pasme: é cormo. Com M.

COMA E AME! RECEITAS

CRU

Salada de inhame
Rale e tempere com sal marinho e limão ou com molho de soja. É muito forte. Um leproso que se escondeu no mato e só tinha inhame cru para comer ficou inteiramente curado depois de alguns meses.

Vitamina com inhame
Ponha no liquidificador um inhame, uma cenoura, alguns ramos de salsa (ou outra folhinha verde, como coentro ou hortelã) e o suco de duas laranjas, com mais água se desejar. Tudo cru. Dá para dois copos.

O inhame às vezes pinica
tanto nas mãos quanto na boca. Isso indica que aquele inhame específico é rico demais em cristais de ácido oxálico e, nesse caso, é bom cozinhá-lo para neutralizar o ácido. Como há muita variação nos cultivares de inhame, o conteúdo de ácido oxálico (que pode dar pedra nos rins e dificultar a absorção de cálcio e ferro) também varia. O inhame branco japonês parece ser o mais apurado de todos, com teor baixíssimo do ácido.

DE CUSCUZEIRA

Cozido no vapor
Ponha alguns inhames com casca e tudo na parte superior da cuscuzeira, ou numa peneira sobre uma panela com água fervendo, e tampe. Depois de meia hora espete com o garfo para ver se estão macios. Nessa altura a casca solta com muita facilidade, basta puxar que sai inteirinha. É aí que o inhame tem o sabor mais simples e gostoso.

Purê de inhame
Depois de cozinhar os inhames no vapor ou na água, solte a casca e amasse com um garfo; junte um pouquinho de manteiga e de sal marinho, ou molho de soja, e misture bem. Só precisa ir ao fogo de novo se for para esquentar.

Pastinhas de inhame
São ótimas para passar no pão e substituem muito bem as pastas de queijo nas festas. A base é um purê de inhames cozidos e amassados, ao qual se acrescentam azeite ou manteiga, folhas verdes picadinhas (salsinha, manjericão, coentro, cebolinha) ou orégano; uma beterraba cozida e batida no liquidificador com inhame e um tantinho de água vai produzir uma pasta rosada; inhame batido com azeite, alho, água e sal faz uma delícia de molho tipo maionese. Use a criatividade e ofereça aos amigos uma coisa nova de cada vez!

DE FRIGIDEIRA

Inhame sauté
Depois de cozidos e descascados, corte os inhames em rodelas ou pedaços; esquente manteiga ou azeite numa frigideira; ponha os inhames, e sobre eles bastante folhas verdes picadinhas (salsa ou cebolinha ou manjericão ou coentro ou orégano ou…); umas pitadinhas de sal marinho; mexa rapidamente, baixe o fogo e deixe grudar um pouquinho no fundo para ficar crocante.

Inhame frito
É muito mais gostoso do que batata. Faça exatamente como faz com ela: corte em rodelas finas ou palitos, frite em óleo bem quente e deixe escorrer sobre um papel que absorva a gordura.

Pizza de frigideira
Rale inhames crus, misture com farinha de arroz ou de milho, tempere a gosto; achate a massa numa frigideira antiaderente e deixe assar dez minutos de um lado, dez do outro. Com alguma prática dá para fazer isso numa chapa bem quente, levemente untada. O ponto da massa não deve ser nem seco nem aguado.

DE PANELA

Inhoque de inhame
Faça exatamente como faz inhoque de batata: cozinhe os inhames, descasque, amasse com farinha de trigo e uma pitada de sal marinho até a massa ficar com a consistência do lóbulo da orelha. Enrole em cordões, corte, ponha para cozinhar de pouco em pouco numa panela com água fervendo. Quando os inhoques subirem é que estarão cozidos. Se puder, substitua parte da farinha de trigo comum por outra que seja integral. E o molho? Ao gosto do freguês…

Engrossando o caldo
Cozinhe um ou dois inhames junto com o feijão, que eles desmancham e o caldo fica bem grosso.

DE FORNO

Bolinhos de inhame
Cozinhe, descasque e amasse ligeiramente os inhames com um pouco de cebola ralada, cebolinha verde picadinha ou alho-porró em fatias fininhas, umas pitadas de cominho e outras de sal; junte farinha de trigo para dar liga, pincele com gema de ovo e asse no forno até a superfície secar. Ou frite.

Forminhas de inhame
Descasque e rale os inhames crus na parte mais fina do ralador, para obter uma papa líquida. Junte fubá de milho ou farinha de arroz integral (que se faz tostando o arroz e batendo aos pouquinhos no liquidificador) até conseguir uma consistência boa, mas ainda úmida. Tempere a seu gosto: com sementes de cominho ou de erva-doce, umas pitadinhas de sal, talvez um queijo ralado ou uma azeitona. Unte forminhas, encha com a massa e ponha em forno bem quente durante cinqüenta minutos.

Pizza de sardinha
Cozinhe, descasque e amasse os inhames; unte um tabuleiro, achate com as mãos bocados do inhame amassado e vá cobrindo com eles o fundo e os lados do tabuleiro. Asse quinze minutos em forno alto. Numa panela, refogue bastante cebola e ponha por cima sardinhas frescas pequenas, abertas, sem espinha, temperadas com alho socado, sal e limão. Deixe cozinhar com tampa por quinze minutos. Tire a massa do forno, despeje o recheio, enfeite com rodelas de tomate ou de pimentão, pique bastante cheiro-verde e espalhe por cima. Leve novamente ao forno por mais dez minutos. Como variação desta receita, você pode não assar a massa antes de colocar o recheio; pode também reservar parte da massa para tampar a pizza, que aí vira um pastelão.

Bolo salgado de inhame
Deixe de molho duas xícaras de triguilho durante duas ou três horas e esprema; junte a duas xícaras de inhame cozido e duas de farinha de arroz. À parte, refogue alguns legumes com um pouco de tempero, mas não deixe cozinhar. Tire do fogo e misture à massa. Ponha numa fôrma untada, espalhe queijo ralado por cima e leve ao forno alto por quinze minutos; aí ponha a chama em ponto médio e deixe mais quinze minutos. Cheirou, está pronto. Acrescente ovos cozidos se quiser um prato mais forte.

Torta de inhame em camadas
Cozinhe, descasque e amasse os inhames; cozinhe e amasse a terça parte de abóbora; refogue uma verdura picadinha tipo espinafre, acelga, agrião, chicória, folhas de nabo ou de cenoura, etc. Unte um pirex com manteiga, ponha uma camada de inhame e sobre ela uma de abóbora; outra de inhame e sobre ela a verdura refogada; mais uma de inhame. Pincele ou não com ovo, enfeite com rodelas de cebola, leve ao forno para secar durante 20 minutos.

SOPAS

Sopa de inhame com misso
O misso, que é desintoxicante, é um alimento tradicional japonês muito usado como tempero, feito de soja fermentada com cereais e sal. Vem em forma de pasta. É muito rico em enzimas, proteínas e vitamina B12, devido ao seu processo de fermentação. Limpa o pulmão dos fumantes, restaura a flora intestinal, e acima de tudo dá um gosto todo especial à sopa. Portanto cozinhe os inhames descascados com o mesmo tanto de água, uma ou duas folhinhas de louro e alguns dentes de alho inteiros; depois bata no liquidificador para obter um creme fino. Acrescente o misso, na base de uma colher de chá cheia por pessoa, ou dissolva com um pouco d’água numa tigelinha e deixe que cada um se sirva como quiser. (Algumas pessoas vão preferir sal.) Cebolinha verde picada, por cima, combina muito.

Creme de inhame com agrião
Faça como na receita anterior; depois de bater no liquidificador devolva ao fogo, ponha sal se for o caso, espere ferver e junte um bom punhado de agrião cru, lavado e cortado. Deixe cozinhar um minuto, apague o fogo e sirva. Com misso, se não tiver posto sal.

INHAME DOCE

Torta de inhame com abacaxi
Cozinhe os inhames, descasque, amasse e forre com essa massa uma assadeira untada; espalhe por cima uma compota de abacaxi feita com sementinhas de erva-doce e cravo-da-índia, quase sem água, pois o abacaxi solta caldo. Leve ao forno quente durante meia hora. Substitua por outra compota, se desejar.

Bolo doce de inhame
Misture duas xícaras de inhame cozido com duas de aveia em flocos e duas de farinha de arroz integral (toste o arroz, bata no liquidificador em pequenas porções); meio litro de suco de laranja (ou outro líquido doce, como chá de estévia, ou leite de coco adoçado com melado); uma colher de sopa de manteiga, se quiser; umas pitadas de noz-moscada e canela em pó; frutas secas e castanhas picadas, ou banana madura em rodelas. A consistência da massa deve ser pastosa, nem aguada nem dura. Unte uma fôrma e leve ao forno quente durante meia hora, mais ou menos, mantendo a chama alta durante quinze minutos e baixando então para um ponto médio. Você sabe que o bolo está no ponto quando cheira. A partir daí ele vai secando, e quanto mais tempo ficar no calor, mais firme será sua consistência. Se quiser um bolo mais fofo, junte uma colherinha de café de bicarbonato de sódio dissolvida em suco de laranja no final do preparo da massa. Esse bolo dá um ótimo panetone quando leva frutas cristalizadas e é assado em fôrma alta.

Biscoitos de inhame
A massa é a mesma do bolo. Unte um tabuleiro e despeje com a colher pequenas porções. Asse em forno alto até chegar ao ponto desejado. Como todo biscoito que leva aveia, este também só endurece depois que esfria.

Mousse de inhame com ameixa
Ponha no liquidificador uma parte de inhames cozidos com uma parte de ameixas-pretas, sem caroço, cozidas com canela; aproveite a calda para bater a massa. Repita a receita usando maçãs ou bananas em compota em vez de ameixas. Para fazer a compota, não é necessário adoçar, pois essas frutas já têm bastante açúcar natural. Basta que estejam bem maduras. Leva-se ao fogo baixo, em panela tampada, com uma pitadinha de sal e só um dedinho de água. Quanto mais cozinharem, mais doces ficam.

 Post (em azul) republicado do blog Sonia Hirsch, com autorização da jornalista e escritora promotora da saúde.

vale mais

 Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana 

 vale mais não se responsabiliza por: alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções; links alterados ou corrompidos; informações passadas com incorreções. *Foto Wikipedia.