Arquivo da categoria: Cultura

DE GRAÇA – Sesc Avenida Paulista inaugura domingo com shows de Vanessa da Mata, Hermeto, Fafá e muito mais

Domingão promete muito em São Paulo. Depois de amanhã, 29 de abril, o Sesc inaugura a tão esperada unidade da avenida Paulista com três dias de atrações gratuitas. UAU! Situado no número 119, simplesmente na esquina vizinha ao Itaú Cultural, o novo centro cultural abre com show na rua por volta das 12h com Vanessa da Mata e a Orquestra Heliópolis (segundo o site Divirta-se do Estadão), além de outros shows com Hermeto Pascoal e Fafá de Belém, entre tantas outras atividades culturais.

Novo centro cultural Sesc na avenida Paulista: abertura domingo, 29 de abril, com show de Hermeto Pascoal, Fafá de Belém e muito mais*

O Sesc informa que a nova unidade tem vocação para atividades para o corpo, arte e tecnologia. Para quem não sabe, o Sesc já ocupou esse mesmo prédio com atividades administrativas. Mas fechou para fazer essa reforma _que promete, pois tem energia solar para aquecer chuveiros e torneiras, jardim para melhorar a temperatura (não aberta à visitação), e até energia limpa para recarregar cadeiras e carros elétricos!

Programação do domingo de abertura completa abaixo

Só para lembrar: o Sesc todo é dedicado a receber funcionários do comércio, serviços e em turismo. Mas também tem atividades gratuitas ou pagas para quem se interessar. Quem nunca foi a um show no Sesc?

DE GRAÇA – Instituto Moreira Salles abre na Paulista com exposição de fotos de Robert Frank

Para a abertura, tudo indica que as atividade serão abertas a todos. Vai ter muita atividade rolando nos 17 andares (2 subsolos) com salas de espetáculos e para exposições (várias com pé direito duplo, muito bacana para instalações grandes) e oficinas culturais, práticas esportivas e do corpo, clínica odontológica, espaço para crianças brincarem, bibliotecas e outros equipamentos comuns à outras unidades (não vai ter piscina nem ginásio).

Com esta inauguração, a mais paulista das avenidas passa a contar com vários centros culturais mais o Masp: IMS Avenida Paulista, Itaú Cultural e Casa das Rosas.

Saca só como vai ser o prédio novo do Sesc, que também vai ter energia solar: (clique na imagem para ampliar):

Ah, muita coisa boa: comedoria e café com um mirante na cobertura, mais bicicletário no térreo para quem vai de bike. E vai ter gente sobre duas rodas na unidade, com a Paulista cheia de ciclistas passeando e curtindo!

Cheque a programação completa dos 3 dias aqui (sujeita a alterações):

Domingo, dia 29 de abril: 

12h às 16h

TÉRREO

Audiotour Avenida Paulista 
Por meio do aplicativo Sesc Avenida Paulista

Corpo Equilibrado 
Com Flavia Saraiva, Jade Barbosa, Eduardo Garbin e José Bueno

Experimentações Eletrônicas
Com DJ ChicoCorrea

Intervenção de Dança
Com Clássicos do Passinho

Memórias inventadas exatamente agora
Tulipa Ruiz inspirada por Manoel de Barros

Onipotência do Sonho
Com Centro Teatral e Etc e Tal

Sambas Sociais
Com Gê de Lima, Grazi Brasil e Naruna Costa

2º ANDAR

Escola de Libras
Com Corpo Sinalizante

Sobre Árvores
Com agentes de Educação Ambiental

3º ANDAR

Flou
Com Ieltxu Ortueta

Jogos e Brincadeiras do Congo e da Síria 

Jogos e Brincadeiras Indígenas
Com povo indígena Kalapalo

4º ANDAR

Empatias Mapeadas
Por Guto Requena

Explode! Paulista
Por João Simões e Claudio Bueno, com diversos artistas

Ocupação Birdo
Com Estúdio Birdo

Que lugar é esse?
Intervenção com Óculos de Realidade Virtual

Viração
Com coletivo de educomunicação jovem

5º ANDAR

Exposição Visões do Tempo – Bill Viola
(Em cartaz até 9/9)

Placas para coletar energia solar na nova unidade Sesc Avenida Paulista (foto Instagram @sescavpaulista)

8º ANDAR

Risus – O sorriso como elemento de interação social
Instalação

10º ANDAR

Agilidade e Esgrima
Com Yane Marques

Flexibilidade e Ginástica Artística
Com Seleção Brasileira de Ginástica

Velocidade e Atletismo
Com Robson Caetano

11º ANDAR

Apresentação do Programa de Ginástica Multifuncional

12º ANDAR

Demonstração da Prática de Pilates

13º ANDAR

Corpo Resistente
Com Rafaela Silva, Diogo Silva e Antônio Tenório

Hermeto Pascoal & Grupo

Simbad, o navegante
Com Circo Mínimo

Transformações – O Tempo do Corpo
Com Dorothy Lenner

15° ANDAR

Caixa de Contos
Instalação literária

Mediação de Leitura
Com Collectivus de Leitura

Mensagens de Mulheres Sábias
Com Coletivo As Rutes

17º ANDAR

Sobre Hortas
Com União das Hortas Comunitárias de São Paulo

16h às 19h

TÉRREO

A Breve História de Quase Tudo
Com Luciana Paes

Audiotour Avenida Paulista 
Por meio do aplicativo Sesc Avenida Paulista

Canções do Beco Com Mauro Braga
DJ Benjamin Ferreira

Fafá de Belém em Guitarradas do Pará
Com Manoel Cordeiro e Felipe Cordeiro

Ocupação Circo no Beco

2º ANDAR

Sobre Árvores
Com agentes de Educação Ambiental

3º ANDAR

Brincayoga
Com Renata Von Poser

Coreocolagem
De Elisabete Finger

4º ANDAR

Empatias Mapeadas
Por Guto Requena

Explode! Paulista
Por João Simões e Claudio Bueno, com diversos artistas

Ocupação Birdo
Com Estúdio Birdo

Que lugar é esse?
Intervenção com Óculos de Realidade Virtual

Viração
Com coletivo de educomunicação jovem

5º ANDAR

Exposição Visões do Tempo – Bill Viola
(Em cartaz até 9/9)

8º ANDAR

Risus – O sorriso como elemento de interação social
Instalação

Espaço da ginástica multifuncional no novo Sesc Avenida Paulista

10º ANDAR

Força e Levantamento Olímpico
Com Fernando Reis e Roseane dos Reis Santos

Resistência e Jiu Jitsu
Com Kyra Gracie

11º ANDAR

Apresentação do Programa de Ginástica Multifuncional

12º ANDAR

Demonstração da Prática de Pilates

13º ANDAR

Anátema 1
Com Grupo Cena 11 Cia. de Dança

Ecos das Juventudes
Com Triz Rutzats, Luiza Romão e Bobby Baq

Mahmundi convida Alice Caymmi

Ritual: eu, mulher, rainha
Com Vânia Oliveira

15° ANDAR

Caixa de Contos
Instalação literária

Mediação de Leitura
Com Collectivus de Leitura

Mensagens de Mulheres Sábias
Com Coletivo As Rutes

17º ANDAR

Sobre Hortas
Com União das Hortas Comunitárias de São Paulo

Programação do dia 30 (segunda-feira): 
Cadeiras e carros elétricos podem ser recarregados na nova unidade Sesc Avenida Paulista

10h às 12h

TÉRREO

Audiotour Avenida Paulista 
Por meio do aplicativo Sesc Avenida Paulista

Meditação performance com gongos tibetanos
Com Jorge Peña

Onipotência do Sonho
Com Centro Teatral e Etc e Tal

2º ANDAR

Sobre Árvores
Com agentes de Educação Ambiental

3º ANDAR

Flou
Com Ieltxu Ortueta

4º ANDAR

Empatias Mapeadas
Por Guto Requena

Explode! Paulista
Por João Simões e Claudio Bueno, com diversos artistas

Ocupação Birdo
Com Estúdio Birdo

Que lugar é esse?
Intervenção com Óculos de Realidade Virtual

Viração
Com coletivo de educomunicação jovem

8º ANDAR

Risus – O sorriso como elemento de interação social
Instalação

10º ANDAR

Agilidade e Patins
Com Fabíola Silva

Circuito Infantil de Habilidades
Com instrutores do Sesc

5º ANDAR

Exposição Visões do Tempo – Bill Viola
(Em cartaz até 9/9)

11º ANDAR

Apresentação do Programa de Ginástica Multifuncional

12º ANDAR

Demonstração da Prática de Pilates

13º ANDAR

Duet
De Diogo Granato e Leandro Cabral

15° ANDAR

Caixa de Contos
Instalação Literária

Cinema de Realidade Virtual 

Mediação de Leitura
Com Collectivus de Leitura

Mensagens de Mulheres Sábias
Com Coletivo As Rutes

17º ANDAR

Sobre Hortas
Com União das Hortas Comunitárias de São Paulo

12h às 16h

TÉRREO

Audiotour Avenida Paulista 
Por meio do aplicativo Sesc Avenida Paulista

A Breve História de Quase Tudo
Com Luciana Paes

Botica Poesia – Sarau lítero-musical
Com Sérgio Vaz e Renato Gama

Corpo Equilibrado
Com Daniele Hypólito, Isabel Barbosa, Eduardo Garbin e José Bueno

Ecos das Juventudes
Com Triz Rutzats, Luiza Romão e Bobby Baq

Enxame
Com Circo Enxame

Canções do Beco
Com Mauro Braga

Ritual do Jawari
Com povo indígena Kalapalo

Sambas Sociais
Com Gê de Lima, Grazi Brasil e Naruna Costa

2º ANDAR

Escola de Libras
Com Corpo Sinalizante

Sobre Árvores
Com agentes de Educação Ambiental

3º ANDAR

EnCantos de São Paulo
Com Ana Luisa Lacombe

Jogos e Brincadeiras Indígenas
Com povo indígena Kalapalo

4º ANDAR

Empatias Mapeadas
Por Guto Requena

Explode! Paulista
Por João Simões e Claudio Bueno, com diversos artistas

Ocupação Birdo
Com Estúdio Birdo

Que lugar é esse? 
Intervenção com Óculos de Realidade Virtual

Viração
Com coletivo de educomunicação jovem

5º ANDAR

Exposição Visões do Tempo – Bill Viola
(Em cartaz até 9/9)

8º ANDAR

Risus – O sorriso como elemento de interação social
Instalação

10º ANDAR

Circuito Infantil de Habilidades
Com instrutores do Sesc

Coordenação e Vôlei Sentado
Com Seleção Brasileira Feminina

Velocidade e Futebol
Com Maurine

11º ANDAR

Apresentação do Programa de Ginástica Multifuncional

12º ANDAR

Demonstração da Prática de Pilates

13º ANDAR

Corpo Resistente
Com Rafaela Silva, Diogo Silva e Antonio Tenório

Caxiri na cuia – Sarau lítero-musical indígena
Com Daniel Munduruku, Márcia Kambeba e Cristino Wapichana

Danilo Grangeia em ato cênico

Deslocamentos
De Marta Soares

Experimentações Eletrônicas
Com DJ ChicoCorrea

Meditação com Tambores Flow
Com Mônica Jurado

Transformações – o tempo do corpo
Com Dorothy Lenner

15° ANDAR

Caixa de Contos
Instalação literária

Cinema de Realidade Virtual 

Mediação de Leitura
Com Collectivus de Leitura

Mensagens de Mulheres Sábias
Com Coletivo As Rutes

17º ANDAR

Sobre Hortas
Com União das Hortas Comunitárias de São Paulo

16h às 19h

TÉRREO

Audiotour Avenida Paulista 
Por meio do aplicativo Sesc Avenida Paulista

Leo Moreira Sá em ato cênico

Supernada
De Clarice Lima

Três é Bom
Com Maurício Pereira, Wandi Doratiotto e Paulo Freire

Passeio Noturno: A Avenida Paulista e a Construção da Esfera Pública na Cidade
Com Coletivo Pisa (ponto de encontro: em frente à unidade, às 19h15)

2º ANDAR

Sobre Árvores
Com agentes de Educação Ambiental

3º ANDAR

Instrumentos da Natureza
Com Parque de Bambu

4º ANDAR

Empatias Mapeadas
Por Guto Requena

Explode! Paulista
Por João Simões e Claudio Bueno, com diversos artistas

Ocupação Birdo
Com Estúdio Birdo

Que lugar é esse? 
Intervenção com Óculos de Realidade Virtual

Viração
Com coletivo de educomunicação jovem

5º ANDAR

Exposição Visões do Tempo – Bill Viola
(Em cartaz até 9/9)

8º ANDAR

Risus – O sorriso como elemento de interação social
Instalação

10º ANDAR

Agilidade e Rope Skipping
Com Vivien Vajda

Dança dos Blocos Afro: Legado e Resistência
Com Vânia Oliveira

11º ANDAR

Apresentação do Programa de Ginástica Multifuncional

12º ANDAR

Demonstração da Prática de Pilates

13º ANDAR

Dança dos Parafusos
Com Grupo folclórico Parafusos

Protetor de proximidade humana para valsa (bem como para danças de casal em geral que não empreguem rodopios)
Por Renan Marcondes

Ritual: eu, mulher, rainha
Com Vânia Oliveira

Siba, Mestre Galo Preto, Mestre Zé de Teté convidam Alessandra Leão e Coco de Oyá

15° ANDAR

Caixa de Contos
Instalação literária

Cinema de Realidade Virtual 

Mediação de Leitura
Com Collectivus de Leitura

Mensagens de Mulheres Sábias
Com Coletivo As Rutes

17º ANDAR

Sobre Hortas
Com União das Hortas Comunitárias de São Paulo

Programação do dia 1º de maio (terça-feira):

10h às 12h

TÉRREO

A Sanfonástica Mulher Lona
Com Lívia Mattos

Audiotour Avenida Paulista 
Por meio do aplicativo Sesc Avenida Paulista

Corpo Equilibrado
Com Daniele Hypólito, Isabel Barbosa, Eduardo Garbin e José Bueno

Meditação com Tambores Flow
Com Mônica Jurado

Onipotência do Sonho
Com o Centro Teatral e Etc e Tal

2º ANDAR

Sobre Árvores
Com agentes de Educação Ambiental

3º ANDAR

Instrumentos da Natureza
Com Parque de Bambu

4º ANDAR

Empatias Mapeadas
Por Guto Requena

Explode! Paulista
Por João Simões e Claudio Bueno, com diversos artistas

Ocupação Birdo
Com Estúdio Birdo

Que lugar é esse?
Intervenção com Óculos de Realidade Virtual

Viração
Com coletivo de educomunicação jovem

5º ANDAR

Exposição Visões do Tempo – Bill Viola
(Em cartaz até 9/9)

8º ANDAR

Risus – O sorriso como elemento de interação social
Instalação

10º ANDAR

Coordenação motora e Bocha Paralímpica
Com Dirceu Pinto

Yoga: Equilibrio para Corredores
Com Instrutores do Sesc

11º ANDAR

Apresentação do Programa de Ginástica Multifuncional

12º ANDAR

Demonstração da Prática de Pilates

13º ANDAR

Caxiri na cuia – Sarau lítero-musical indígena
Com Daniel Munduruku, Márcia Kambeba e Cristino Wapichana

Corpo sobre tela
Com Marcos Abranches

15° ANDAR

Caixa de Contos
Instalação literária

Mediação de Leitura
Com Collectivus de Leitura

Mensagens de Mulheres Sábias
Com Coletivo As Rutes

17º ANDAR

Sobre Hortas
Com União das Hortas Comunitárias de São Paulo

12h às 16h

TÉRREO

Audiotour Avenida Paulista 
Por meio do aplicativo Sesc Avenida Paulista

Grace Passô em ato cênico

Intervenção de dança
Com Os Clássicos do Passinho

Ritual do Jawari
Com povo indígena Kalapalo

Sambas Sociais
Com Gê de Lima, Grazi Brasil e Naruna Costa

Sobrevoltas
Com Circo Enxame

Venga Venga

2º ANDAR

Escola de Libras
Com Corpo Sinalizante

Sobre Árvores
Com agentes de Educação Ambiental

3º ANDAR

Instrumentos da Natureza
Com Parque de Bambu

Jogos e Brincadeiras do Congo e da Síria 

Jogos e Brincadeiras Indígenas
Com povo indígena Kalapalo

4º ANDAR

Empatias Mapeadas
Por Guto Requena

Explode! Paulista
Por João Simões e Claudio Bueno, com diversos artistas

Ocupação Birdo
Com Estúdio Birdo

Que lugar é esse? 
Intervenção com Óculos de Realidade Virtual

Viração
Com coletivo de educomunicação jovem

5º ANDAR

Exposição Visões do Tempo – Bill Viola
(Em cartaz até 9/9)

8º ANDAR

Risus – O sorriso como elemento de interação social
Instalação

10º ANDAR

Agilidade e Esgrima em Cadeira de Rodas
Com Jovane Guissone

Força e Rugby
Com Associação Hurra

Velocidade e Mini Tênis
Com Instrutores do Sesc

11º ANDAR

Apresentação do Programa de Ginástica Multifuncional

12º ANDAR

Demonstração da Prática de Pilates

13º ANDAR

A Melhor Hipótese
Com Celso Frateschi

Corpo Resistente
Com Rafaela Silva, Diogo Silva e Antônio Tenório

Deslocamentos
De Marta Soares

Memórias inventadas exatamente agora
Tulipa Ruiz inspirada por Manoel de Barros

Sarau dos Refugiados
Com diversos artistas

Simbad, o navegante
Com Circo Mínimo

15° ANDAR

Caixa de Contos
Instalação literária

Mediação de Leitura
Com Collectivus de Leitura

Mensagens de Mulheres Sábias
Com Coletivo As Rutes

17º ANDAR

Sobre Hortas
Com União das Hortas Comunitárias de São Paulo

16h às 19h

TÉRREO

Audiotour Avenida Paulista
Por meio do aplicativo Sesc Avenida Paulista

Ritmo e Poesia
Com Karina Buhr, Thayde e Caco Pontes

Samba de Roda
Com Nega Duda

Supernada
De Clarice Lima

2º ANDAR

Sobre Árvores
Com agentes de Educação Ambiental

3º ANDAR

Brincayoga
Com Renata Von Poser

EnCantos de São Paulo
Com Ana Luisa Lacombe

4º ANDAR

Empatias Mapeadas
Por Guto Requena

Explode! Paulista
Por João Simões e Claudio Bueno, com diversos artistas

Ocupação Birdo
Com Estúdio Birdo

Que lugar é esse?
Intervenção com Óculos de Realidade Virtual

Viração
Com coletivo de educomunicação jovem

5º ANDAR

Exposição Visões do Tempo – Bill Viola
(Em cartaz até 9/9)

8º ANDAR

Risus – O sorriso como elemento de interação social
Instalação

10º ANDAR

Flexibilidade e Taekwondo
Com Diogo Silva

Ritmos do Congo
Com Os Escolhidos

11º ANDAR

Apresentação do Programa de Ginástica Multifuncional

12º ANDAR

Demonstração da Prática de Pilates

13º ANDAR

A Melhor Hipótese
Com Celso Frateschi

Anátema 1
Com Grupo Cena 11 Cia. de Dança

Hermeto Pascoal & Grupo

Protetor de proximidade humana para valsa (bem como para danças de casal em geral que não empreguem rodopios)
Por Renan Marcondes

15° ANDAR

Caixa de Contos
Instalação literária

Mediação de Leitura
Com Collectivus de Leitura

Mensagens de Mulheres Sábias
Com Coletivo As Rutes

17º ANDAR

Sobre Hortas
Com União das Hortas Comunitárias de São Paulo

LInk para o site do Sesc Avenida Paulista, aqui.

 ❤ Receba as boas notícias de vale mais no celular 📲.
Salve o número
011 9 9985-3577 e
envie a frase Eu Quero no WhatsApp. Pronto!

vale mais

 Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções; links rompidos ou inexistentes; informações enviadas com incorreções. *Foto Matheus José Maria/Sesc e do blog; Galeria de imagens com fotos do site do Sesc.

SÃO PAULO 464 ANOS – Anitta, Paula Fernandes e Karol Conka, destaques dos shows amanhã

O Vale do Anhangabaú é o principal palco da comemoração dos 464 anos de São Paulo, amanhã. O evento começa às 11h e vai até o meio-dia do dia 26 de janeiro. A sertaneja Paula Fernandes abrirá a programação de shows a partir das 15h da tarde com um tributo à cantora Rita Lee mas a poderosa Anitta manda ver com seu show em horário nobre, 23h15 do dia de aniversário da maior cidade do país.

Anitta dá show às 23h15 no Anhangabaú nas comemorações do aniversário de São Paulo

Karol Conka e Tulipa Ruiz também têm shows garantidos. Muitas atividades vão acontecer por toda a cidade (programação completa abaixo)!

No Anhangabaú o clima vai incluir objetos infláveis, partidas de Gaymada e Hocus Pocus, interação de magicas e um palco de karaokê.

Para garantir que todos tenham acesso e possam conhecer os espaços culturais, as atividades acontecerão em diversos outros pontos da cidade. São eles o Centro Cultural de Cidade Tiradentes (zona leste), Centro Cultural da Juventude (zona norte), Centro Cultural do Grajaú (zona sul), Centro Cultural Tendal da Lapa (zona oeste) e os teatros Décio de Almeida Prado e Paulo Eiró (zona sul) e Cacilda Becker (zona oeste).

Quem quiser curtir a festa no centro, poderá conferir apresentações dos corpos artísticos do Theatro Municipal de São Paulo. A Orquestra Sinfônica Municipal, regida por Roberto Minczuk, traz no dia 25, às 14h, ópera “O Guarani”, de Carlos Gomes.

O Balé da Cidade se apresenta, às 19h, com a coreografia “Das tripas…coração”. Já na sexta-feira (26), às 12h, a Orquestra Experimental de Repertório apresenta diversas aberturas de óperas.

Veja a programação completa para se programar: 

VALE DO ANHANGABAÚ
Dia 25
11h às 7h – Festas
12h – Paula Fernandes
15h – Tributo à Rita Lee com Thiago França, Letrux, Raquel Virgínia e Tulipa Ruiz
18h – Tributo a David Bowie com André Frateschi e Banda Heroes
20h30 – BaianaSystem e Karol Conka
23h15 – Anitta

Dia 26
2h – Banda Uó, Jaloo e Glória Groove
4h-Gilmelândia.
11h30 – Orquestra Brasileira de Música Jamaicana (OBMJ)

Karol Conka com show às 20h30, antes de Anitta, no Anhangabaú

THEATRO MUNICIPAL DE SÃO PAULO
Os ingressos vão ser distribuídos duas horas antes de cada espetáculo, sendo 1 Ingresso por pessoa.

Dia 25
14h – Orquestra Sinfônica Municipal
19h – Balé da Cidade de São Paulo – Coreografia: “Das tripas…coração”, de Ismael Ivo.

Dia 26
12h – Orquestra Experimental de Repertório

PRAÇA DA REPÚBLICA – Hip Hop Celebration
Do meio-dia às 22h.
Com Dexter, Sampa Crew, Ndee Naldinho, Thaíde, Negredo, entre outros.

CENTROS CULTURAIS
Centro Cultural Grajaú
10h – Parque do Circo apresenta: Dr. Friky
10h às 13h – Itinerantes com Circle: Agência de Circo
10h às 13h – Casinha de Rodas – Ônibus Brincante
10h às 13h – Madri Recreações
11h – Canta História apresenta: A Criação do Mundo
11h às 13h – Desinvenções – Coletivos de Projetos para Infância apresenta: Oficina Desinventando a Cidade
12h – Circo di SóLadies apresenta: O Estupendo Circo di SóLadies
16h – Denise Alves
17h – Msário + DJ SouJazz
18h – Uterço
19h – Rael

Nos intervalos entre os shows – discotecagem com a Dj Zeme.

A cantora de música sertaneja Paula Fernandes vai homenagear Rita Lee na abertura dos shows, às 15h no Anhangabaú

Centro Cultural Cidade Tiradentes
10h – Kiara Terra apresenta: História Colaborativa para Viver o Tempo Como um Presente
10h às 13h – Madri Recreações
10h às 13h – Itinerantes com Circle: Agência de Circo
11h – Cia Bonecos Urbanos apresenta: Na Curva do Rio
11h às 13h – Animaníacos Entretenimentos apresenta: Oficina de Instrumentos Recicláveis
12h – Cantoria Animada apresenta: Divertidas Canções do Repertório Tradicional e Também Atual
15h – Show Aliança Negra. Local: Área do Circo
16h – Odisseia das Flores. Local: Área do Circo
17h – Show Viegas. Local: Área do Circo
19h – Show GOG

Centro Cultural da Juventude Ruth Cardoso
10h – Mad Science apresenta: Watchatchá
11h – Cia Malas Portam apresenta: Viajando com a Mala Treco
12h – Trupe Pé de Histórias apresenta: Conto dos Pássaros
10h às 13h – Ateliê Sucatinha Luxo apresenta: Oficina de Aviõezinhos de Garrafa Pet
10h às 13h – Itinerantes com Circle: Agência de Circo
10h às 13h – Madri Recreações

Centro Cultural Grajaú
16h – Denise Alves
17h – Msário + DJ SouJazz
18h – Uterço
19h – Rael

Nos intervalos entre os shows – discotecagem com a DJ Zeme.

Centro Cultural Cidade Tiradentes
10h – A Rua é de Brincar
15h – Show Aliança Negra. Local: Área do Circo
16h – Odisseia das Flores. Local: Área do Circo
17hrs – Show Viegas. Local: Área do Circo
19hrs – Show GOG

Centro Cultural Tendal da Lapa
10h às 11h30 – Contação de histórias, cantigas e brincadeiras infantis.
11h30 – De Lucca Circus Show (circo)
12h30 – Cortejo Suno (circo)
13h30 – Intervenções circenses com Circo de Ébano, TIC Cultural e ciclistas bonequeiros.
14h – A Carta (circo)
14h40 – Intervenções circenses com Circo de Ébano, TIC Cultural e ciclistas bonequeiros.
15h – Mjiba – A boneca guerreira (circo)
16h40 – Circo de Doisdo
17h30- Banda Paralela
19h – Tânia Alves – show Alma Latina

TEATROS

ARIGÓS – PRIMEIROS RISCOS DA BORRACHA
Onde: Teatro Paulo Eiró
Quando: 25/1/2018
Horário: Quinta às 21h
Valor: Gratuito
10 Anos

Tulipa Ruiz solta a voz em show de aniversário de São Paulo

MÁRTIR
Onde: Teatro Cacilda Becker
Quando: 25/1/2018
Horário: Quinta às 21h
Valor: Gratuito
14 Anos

CHORONAS SAMPA
Onde: Teatro Décio de Almeida Prado
Quando: 25/1/2018
Horário: Quinta às 20h (WORKSHOP)
Horário: Quinta às 21h (SHOW)
Valor: Gratuito
Livre

BIBLIOTECA MÁRIO DE ANDRADE
Dia 25 de janeiro

11h Cida Moreira e Roberto Camargo
14h Marquinhos Moura canta Adoniran Barbosa
16h Leitura Encenada: Rosi Campos

EXPOSIÇÕES

Casa do Tatuapé
Exposição Inundações em São Paulo
A exposição apresenta a documentação fotográfica sobre enchentes na cidade realizada entre os séculos 19 e 20. As imagens enfatizam os diversos transbordamentos e dedica uma sala especial aos flagrantes da enchente de 1918. Todas as imagens pertencem ao acervo fotográfico do Museu da Cidade de São Paulo. De 25/01 a 25/03
Das 9h às 17h. De terça a domingo. Classificação Livre

Centro Cultural Olido
CLICK CULTURALSP
Exposição de fotografias vencedoras do concurso #ClickCulturalSP, fruto da parceria da Secretaria Municipal de Cultura com a plataforma digital São Paulo da Garoa. A exposição reúne trabalhos de mais de 15 fotógrafos amadores e profissionais que lançaram seu olhar para temas como Diversidade Cultural, Pôr do Sol e Artistas de Rua.
Até 28/02
Das 9h às 20h. De terça a domingo. Classificação Livre

vale mais

 Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

 vale mais não se responsabiliza por alterações de horários de show e eventos, substituições de artistas, alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções; links rompidos ou inexistentes; informações enviadas com incorreções. Imagens divulgação da Prefeitura de São Paulo, das páginas do Facebook dos artistas, e com licença Creative Commons.

DI CAVALCANTI DE GRAÇA – Pinacoteca libera entrada nos feriados e em dezembro

Feriado é bom porque a gente dá um descanso. Pode ficar ainda melhor se incluir um programa cultural gratuito. Pois saiba que dá ver Di Cavalcanti, artista brasileiro, que tem sua obra em retrospectiva na Pinacoteca do Estado de São Paulo, de graça. A instituição liberou o ingresso até o dia 20 de novembro, próxima segunda, e… feriado! A última novidade é que em dezembro a entrada será gratuita todos os dias. Ótima notícia!

Obra de Di Cavalcanti em exposição na Pinacoteca, de graça, em São Paulo

“No subúrbio da modernidade – Di Cavalcanti 120 anos”, a maior exposição desse artista brasileiro desde sua morte, em 1976, traz cerca de 200 peças entre pinturas, desenhos e ilustrações produzidos ao longo de seis décadas da carreira do artista. Essas peças pertencem a algumas das mais importantes coleções públicas e particulares do Brasil e de outros países da América Latina, como Uruguai e Argentina.

Obras icônicas e outras pouco vistas estarão distribuídas em sete salas do primeiro andar da Pina Luz, sob a curadoria de José Augusto Ribeiro. Segundo o pesquisador, a exposição pretende investigar como o artista desenvolve e tenta fixar uma ideia de “arte moderna e brasileira”, além de chamar a atenção para a condição e o sentimento de atraso do Brasil em relação à modernidade europeia no começo do século 20. “Ao mesmo tempo, o título se refere aos lugares que o artista costumava figurar nas suas pinturas e desenhos: os bordeis, os bares, a zona portuária, o mangue, os morros cariocas, as rodas de samba e as festas populares – lugares e situações que, na obra do Di, são representados como espaços de prazer e descanso”, explica Ribeiro.

Receba as boas notícias de vale mais no celular 📲.
Salve o número
011 9 9985-3577 e
envie a frase Eu Quero no WhatsApp. Pronto!

“No subúrbio da modernidade – Di Cavalcanti 120 anos” – até 22 de janeiro de 2018, no primeiro andar da Pina Luz – Praça da Luz, 02. A visitação é aberta de quarta a segunda-feira, das 10h00 às 17h30 – com permanência até às 18h00. A Pina Luz fica próxima à estação Luz da CPTM.

vale mais

Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções; links rompidos ou inexistentes; informações enviadas com incorreções. Imagens de divulgação.

DE GRAÇA – Instituto Moreira Salles abre na Paulista com exposição de fotos de Robert Frank

Instituto Moreira Salles da  Paulista

São Paulo ganha um novo local para quem quer curtir arte, fotografia, filmes, exposições, workshops com mestres renomados e muito mais. O Instituto Moreira Salles inaugura hoje sua nova sede situada na avenida Paulista com uma exposição de 83 fotos de Robert Frank, “Os americanos”. A entrada é gratuita!

Pertencente à coleção da Maison Européenne de la Photographie, de Paris, é uma das poucas séries completas da obra de Frank; É resultado de uma jornada de 9 meses do fotógrafo por  boa parte dos Estados Unidos.

Esse trabalho foi possível graças à uma bolsa da Guggenheim Fellowship. A viagem ocorreu entre 1955 e 1957 e originou mais de 28 mil fotografias _que se tornaram verdadeiros retratos de uma América multifacetada.

No projeto, concebido e construído em intensa interação com o fotógrafo Walker Evans, seu amigo e mentor, o registro dos personagens do país em recortes sociais, econômicos, culturais e políticos distintos deram

Foto da exposição Os americanos, de Robert Frank, no IMS Paulista

origem a um livro homônimo, cuja versão brasileira será publicada pelo IMS em parceria com a célebre editora alemã Steidl.

 ❤ Receba as boas notícias de vale mais no celular 📲.
Salve o número
011 9 9985-3577 e
envie a frase Eu Quero no WhatsApp. Pronto!
Cineteatro do IMS Paulista

O novo centro cultural 

O Instituto Moreira Salles tem acervos nas áreas de fotografia, música, literatura e iconografia.  Presidido por João Moreira Salles, documentarista, realiza exposições de artes plásticas de artistas brasileiros e estrangeiros, além de mostras de cinema. Tem sedes no Rio de Janeiro e Poços de Caldas.

O novo centro cultural situado na avenida Paulista, próximo da avenida Consolação, tem sete andares, todos com pé-direito duplo, em um projeto realizado a partir de conceitos sustentáveis. São 3 salas de exposição e um dos destaques é a Praça IMS, acessível diretamente a partir do vão livre do térreo por escadas rolantes até o quarto andar.

Além das áreas para exposições, com mais de 1.200 metros quadrados, o IMS Paulista conta também com um cineteatro – onde vão acontecer mostras de filmes, eventos musicais, seminários e debates –, uma biblioteca de fotografia, salas de aula, a loja/livraria IMS por Travessa e o café-restaurante Balaio.

É fácil chegar: metrô Consolação ou as linhas de ônibus que servem as avenidas Paulista e Consolação _veja as linhas todas aqui.

Ingressos

As exposições e a visita ao IMS Paulista têm entrada gratuita.  Para o cinema, os ingressos podem ser adquiridos no balcão da Praça IMS ou pelo site ingresso.com. Os preços variam de R$ 8 a R$ 26, de acordo com o filme.

Shows, cursos e determinados eventos: dependendo do programa, os ingressos podem ser comprados no site eventbrite  ou quando há senhas, serão distribuídas gratuitamente meia hora antes do início da atividade. Acompanhe a programação no site, aqui.

Área interna do IMS Paulista

IMS São Paulo

  • Avenida Paulista, 2.424, São Paulo, SP, fone (11) 2842-9120
  • Horários: terça a domingo e feriados, das 10h às 20h; quintas, das 10h às 22h
  • WiFi e guarda-volumes gratuito
  • Bicicletário gratuito das 10h às 20h
  • Site, aqui

vale mais

 Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções; links rompidos ou inexistentes; informações enviadas com incorreções. Imagens do site do IMS. Preços de 20 de setembro de 2017.

TERÇA É DE GRAÇA – Exposição mostra o vasto mundo de Renato Russo 🎶

O universo de Renato Russo 🎶 poderá ser visto de pertinho a partir de amanhã, 6 de setembro, em São Paulo. O MIS, Museu da Imagem e do Som, inaugura exposição com o nome do músico, morto em outubro de 1996, com objetos pessoais 🎸 📖 📝de um dos maiores ícones do rock brasileiro. Às terças-feiras a entrada é gratuita.

Renato durante apresentação da Legião Urbana no Metropolitan, Rio de Janeiro, turnê do álbum “O Descobrimento do Brasil”

São peças de vestuário, fotografias, discos, livros, manuscritos, instrumentos musicais, documentos escolares, desenhos, cartas de fãs, além de prêmios, fanzines, folhetos e impressos variados que irão mostrar a trajetória e carreira de Renato Russo. Com curadoria de André Sturm, a exposição nasceu quando Giuliano Manfredini, único filho do artista, o procurou depois de ver a exposição do MIS sobre David Bowie.

Violão Yamaha de Renato

Giuliano permitiu à equipe do MIS total acesso ao apartamento de seu pai, onde quase tudo do músico estava confinado.

Ouça uma playlist com 10 música de Renato Russo – no final do post!

O público poderá mergulhar no caráter multifacetado do líder da banda “Legião Urbana”, que, além de grande letrista, também produziu desenhos e pinturas, bem como uma peça de teatro e projetos cinematográficos.

Particularidades como suas coleções de anjos e de baralhos de tarô também poderão ser vistas.

“Na ocasião ele me perguntou se eu gostaria de fazer uma exposição sobre seu pai, pois ele tinha adorado o que tínhamos feito na exposição sobre o inglês Bowie. Convidou-me para ir ao apartamento de Renato no Rio de Janeiro, fechado e preservado. Lá, ele guardava tudo, do boletim escolar a rascunhos de músicas que se tornaram sucesso nacional. Muitos objetos de seu uso cotidiano também estavam lá: roupas, sapatos, livros… sua sala e quarto continham os móveis intactos usados por ele”.

Desenho de “Eduardo e Mônica”, música icônica de Renato Russo que você pode ouvir na play list no final do post

❤ Receba as boas notícias de vale mais no celular 📲. Salve o número 011 9 9985-3577 e envie a frase Eu Quero no WhatsApp. Pronto!

O curador fala que Renato Russo anotava tudo. “Diários, páginas soltas, tesouros para alguém interessado em montar uma exposição. Eu e a equipe do acervo do museu ficamos impressionados!”. A exposição tem como fio condutor a narrativa poética do líder da Legião Urbana. “Renato marcou as pessoas pela poesia, por essa capacidade de falar da vida de uma maneira que transcende a época em que ele viveu e o local. Por isso continua a ter tantos fãs e a conquistar novos”, relata Sturm.

O MIS está com inscrições abertas para o curso Renato Russo e os anos 80, que vai de 15 de setembro a 6 de outubro.

Letra manuscrita de “Geração Coca-Cola”, que você pode ouvir na playlist prepara pelo blog, no final do post

Além do curso, o MIS prepara uma programação paralela à exposição, que se estende até 28 de janeiro próximo, com filmes, shows, debates, lançamento do catálogo da exposição e outras atrações.

Ingressos na bilheteria

Ingressos para o dia 7 de setembro, feriado, somente na bilheteria do MIS. Os valores são de R$ 12 (inteira) e R$ 6 (meia). O mesmo valor é válido para todos os domingos, também com venda exclusiva na bilheteria.

As terças-feiras são gratuitas com retirada de ingresso na recepção do museu. Crianças até 5 anos não pagam.

Venda de ingressos antecipados

É possível comprar ingressos antecipadamente no site Ingresso Rápido. As entradas são para a pré-estreia – primeiro dia de visitação à exposição – e para as três primeiras semanas: 6 (pré-estreia), 8, 9, 13, 14, 15, 16, 20, 21, 22 e 23 de setembro. Vale mais saber que o site cobra uma taxa de R$ 6 ou R$ 3 (meia).

Camiseta com o músico David Bowie

Pré-estreia e “Campanha Leia um livro”: Os fãs que optarem por visitar a mostra no primeiro dia (6 de setembro) ganham um pôster exclusivo da exposição e os ingressos para a data custam R$ 80 (inteira) e R$ 40 (meia).

Além da meia-entrada para estudantes, idosos e professores da rede pública, o MIS volta com a campanha “Leia um livro”, que concede 50% de desconto para quem doar um livro de ficção em bom estado no dia da visitação. Os livros arrecadados na campanha seguirão para instituições selecionadas pelo museu.

Primeiras semanas pelo site Ingresso Rápido: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia).

Saiba mais: Renato Russo

Baralho de tarô, que Renato costumava colecionar

Nome artístico de Renato Manfredini Júnior (1960-1996), Renato Russo foi um célebre cantor e compositor brasileiro, vocalista e fundador da banda de rock Legião Urbana. Influenciou gerações de músicos e pessoas entre os anos 1980 e 1990.

Como integrante e líder da Legião Urbana, Renato lançou sete álbuns de estúdio e um álbum ao vivo (Música para acampamento). Gravou ainda dois discos solo e cantou ao lado de diversos artistas como Dorival Caimmy, Adriana Calcanhotto, Flávio Venturini (14 BIS) e Marisa Monte. Sua obra continua reverberando até os dias de hoje.

Renato (1º à dir.), com irmã, mãe e pai, reprodução de Cinthia Bueno, MIS

Exposição Renato Russo no Museu da Imagem e do Som, MIS, aqui

Avenida Europa, 158, Jardim Europa, São Paulo, fone (11) 2117 4777. Acesso e elevador para cadeirantes. Ar condicionado.

Horário 10h às 21h (terça a sábado); e 9h às 19h (domingos e feriados). A bilheteria abre 30 minutos antes da visitação.

vale mais

Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções; links rompidos ou inexistentes; informações enviadas com incorreções. Imagens dos sites das empresas citadas. Preços de 4 de setembro de 2017.

📽 DE GRAÇA OU BEM BARATO – Festival Anima Mundi traz 345 filmes do mundo todo

Quem curte filmes de animação pode se sentir no paraíso a partir de hoje. O Anima Mundi, conhecido festival que já rola há  25 anos, acontece em várias salas de cinema em São Paulo até domingo próximo. Bacana é que tem 345 produções de 45 países, entre elas 70 nacionais. Boa parte delas com entrada gratuita. E nas sessões pagas, o preço da inteira é bem atraente: R$ 4 ou R$ 10 (preços de inteiras), dependendo do cinema. Baixe a programação completa no final do post.

“Cavalos na Janela”, longa de animação de Ann Marie Fleming, um dos destaques do Anima Mundi

Entre os destaques: a presença de Robert Feng, diretor de arte da premiada abertura da série “Game of Thrones”, também produtor de “Rock Dog, no Faro do Sucesso”, curta metragem, que está no festival. Ele irá ministrar uma aula sobre a produção de seu trabalho que se tornou mundialmente famoso.

O pré-lançamento do longa “Lino”, que narra as agruras de um azarado animador de festas e conta com as vozes dos atores Selton Mello, Paolla Oliveira e Dira Paes. O longa da Fox Films estreia em setembro no Brasil.

Com uma programação especialíssima, convidados internacionais e oficinas para quem quer aprender cinema de animação, o festival conta com 470 filmes, incluindo as mostras. Realizado desde 1993 pelos animadores Aída Queiroz, Cesar Coelho, Lea Zagury e Marcos Magalhães, o Anima Mundi acontece no Rio e em São Paulo. Ajuda a fomentar os filmes de animação no Brasil e é responsável pela formação de toda uma geração de realizadores e de um público apaixonado.

Acontece de hoje a domingo na: Caixa Belas Artes, Centro Cultural Banco do Brasil, Centro Cultural São Paulo, Cinemateca Brasileira e no Circuito Spcine, com salas localizadas em todas as regiões da cidade.

As mostras competitivas reúnem 182 produções nas categorias Curta (82 títulos), Curta Infantil (49), Longa-Metragem (4), Longa-Metragem Infantil (3), Galeria (20 filmes experimentais) e Portfólio (24 filmes publicitários ou feitos sob encomenda). O Anima Mundi é qualificado pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas dos EUA e o curta vencedor do Grande Prêmio Anima Mundi é selecionado para a disputa do Oscar.

A programação inclui mostras não competitivas e palestras e bate-papos para profissionais, amadores e amantes da animação, além do Estúdio Aberto Petrobras, que acontece no CCSP, onde crianças e adultos poderão experimentar como é criar imagens animadas como as exibidas nas sessões do festival. As técnicas apresentadas são pixilation e massinha. O Estúdio Aberto acontece no CCBB e as crianças aprenderão o que é um zootrópio.

Entre os destaques da edição 2017 estão as Sessões Petrobras apresentando os filmes que foram premiados nos 25 anos do festival; uma retrospectiva dos cem anos da animação brasileira; além do Foco Canadá, que contempla uma mostra com quatro sessões especiais incluindo produções do National Film Board para crianças e adultos e um documentário sobre o célebre Norman McLaren. Em 2017, o Canadá completa 150 anos e para comemorar, o Anima Mundi traz ao Brasil em parceria com o Consulado do país o animador canadense Robert Valley e o residente Theodore Ushev.

“Processo Criativo: Norman McLaren”, documentário de 1990 de Donald McWilliams sobre o gênio da animação

A exposição interativa Flora, do artista multimídia alemão Philipp Artus, apresenta, no Centro Cultural São Paulo  (CCSP), animações experimentais que exploram as manifestações da vida através dos movimentos, criando formas que se assemelham à aparência de plantas. O público pode controlar interativamente a animação com um touchpad, e assim projetar novos padrões.

Para o público adulto – Os aguardados longas-metragens são ‘Pequenos Heróis’ (Pequeños Heroes  – Venezuela), sobre três crianças que ajudam Simon Bolívar em sua luta pela liberdade, com direção de Juan Pablo Buscarini (um dos produtores do sucesso do cinema argentino Um Conto Chinês); ‘Ethel e Ernest’, de Roger Mainwood (Reino Unido/Luxemburgo), desenhado a mão e dirigido por Roger Mainwood, que faz um retrato íntimo do estilo de vida londrino de seus pais; e o delicado ‘Cavalos na Janela’ (Window Horses – Canadá), de Ann Marie Fleming, que conta a história de uma jovem poetisa canadense com pais chineses e persas que viaja até o Irã para se apresentar em um festival de poesia. Do Brasil, serão exibidos curtas esperados como ‘Sob o Véu da Vida Oceânica’, de Quico Meirelles; ‘Em Crise’, de Amir Admoni; ‘Mundo de Wander’, de Lisandro Santos; ‘Finito’, de Mauricio Bartok Ruiz, entre muitos outros.

Para as crianças – São quatro longas infantis na programação deste ano: ‘Barkley’, de Li-Wei Chiu (Taiwan); ‘Os Comedores de Pés de Meia’, de Galina Miklínová (República Tcheca/Eslováquia); ‘Pixi Post, Os Entregadores de Presentes’, de Gorka Sesma (Espanha) e ‘Rock Dog – No Faro do Sucesso’, de Ash Brannon, produção que une China e Estados Unidos. Além de 49 curtas-metragens de todos os cantos do planeta, haverá a exibição de episódios inéditos da segunda temporada da série de animação Irmão do Jorel, do Cartoon Network, com participação do criador, Juliano Enrico.

“Rock Dog, no Faro do Sucesso”, curta produzido por Robert Feng, diretor de arte da abertura de Game of Thrones

Papos Animados – Além da exibição dos filmes, o Anima Mundi promove os ‘Papos Animados’, que reúnem conversas com grandes diretores de animação do Brasil e do mundo. Este ano, entre os convidados, está o holandês Michael Dudok, vencedor do Oscar de melhor curta de animação pelo filme ‘Pai e Filha’ (Father and Daughter), em 2001. Além da estatueta, ele acumula um prêmio César para melhor curta-metragem de animação e uma indicação ao Oscar, com ‘O Monge e o Peixe’ (The Monk and the Fish – 1994). Dudok, vencedor do prêmio de melhor longa do Anima Mundi 2016, no Rio e em SP, também foi indicado, no mesmo ano, ao Oscar por ‘The Red Turtle’. Robert Valley, indicado ao Oscar pelo filme ‘Cidra de Pêra e Cigarros’ (Pear Cider and Cigarretes – 2017), apresenta sua marcante linguagem de HQ e videoclipes de bandas como Gorillaz e Metallica.Também estarão presentes o diretor uruguaio Walter Tournier, premiado em diversos países com os filmes “O Chefe e o Carpinteiro’ (El jefe y el carpintero), ‘Natal Caribenho’ (Caribbean Christmas), ‘Apesar de Tudo’ (A pesar de todo), entre outros; o búlgaro Theodore Ushev, que teve seu filme Blind Vaysha premiado como melhor roteiro da edição de 2016 no Anima Mundi e, em 2017, foi indicado ao Oscar de melhor curta de animação; e o brasileiro Guilherme Alvernaz, filho do animador Ruy Perotti – um dos pioneiros da animação nacional – e sócio na produtora Oca Filmes, que participa do papo “Família Perotti – três gerações de animadores”, que reúne pai e filho, além do irmão, Bruno Avila Barbosa.

Momento de “O Sonho”, curta de Samira Daher, mostra “Olho Neles”

Maratona Animada SENAI – O Anima Mundi, em parceria com o SENAI, lança um desafio criativo para um grupo de animadores previamente inscritos. Eles precisam desenvolver um curta-metragem em sete dias contendo tema e elemento obrigatório escolhido pelo festival. As produções vão ser avaliadas por um júri técnico nos quesitos animação, roteiro, arte, edição e som. Os três filmes finalistas serão exibidos no encerramento do Anima Mundi. A equipe vencedora ganhará R$ 5 mil, além de bolsas de estudo para cursos de animação do SENAI.

Circuito SPcine – Nesta edição, o Anima Mundi chega também às salas do Circuito Spcine através da maior rede de salas públicas de cinema do Brasil. O Festival estará presente nas salas SPcine Olindo, SPcine Roberto Santos, SPcine Cidade Tiradentes e nos CEUs. Serão exibidas cerca de 50 produções de diversos países como Rússia, Alemanha, Hungria, Brasil, Lituânia, Irlanda e Israel.

Cena de “Juros Unidos”, da mostra Panorama do Anima Mundi

Anima Forum 2017 – Pensado também para os profissionais do ramo, o Anima Forum promoverá 17 palestras e mesas redondas em São Paulo (de 26 a 28 de julho, no SENAC), além de masterclasses voltadas para os interessados no mercado de animação.  Outras masterclasses serão ministradas por Robert Valley, que revela seu processo criativo, dos quadrinhos à animação; e Walter Tournier, mestre do stop motion uruguaio, que conta como é possível produzir filmes do gênero com baixo orçamento.

As mesas redondas, sempre muito concorridas, abordam diversos assuntos relevantes ao universo da animação. Em São Paulo os temas das mesas redondas são “Dando vida aos personagens – Como criamos as vozes originais do Irmão do Jorel”, “Mecanismos de financiamento à animação” e “Atravessando a fronteira – animação e games”. “Criação e produção de trilha sonora para longa-metragem e séries de animação”, “Primeira Vista – ‘Tito e os Pássaros’” e “Tratado Brasil-Inglaterra: oportunidades para a animação brasileira” são os assuntos abordados nas palestras.

 ❤ Receba as boas notícias de vale mais no celular 📲.
Salve o número
011 9 9985-3577 e
envie a frase Eu Quero no WhatsApp. Pronto!

O Anima Mundi acontece nestas salas de hoje a 30 de julho (domingo) em São Paulo:

➡ De graça:

Sessões pós-festival:

➡  Com ingressos de R$ 4 a R$ 10:

  • Caixa Belas Artes – Rua da Consolação, 2423 – Consolação – Funcionamento: Quarta a Domingo, das 13:00 às 21:00 | Informações: (11) 2548-7553 – Ingressos: inteira R$ 10 e meia R$ 5
  • CCBB – Centro Cultural Banco do Brasil – Rua Álvares Penteado, 112 – Centro –  Funcionamento: Quarta a Segunda, das 9:00 às 21:00 | Informações: (11) 3113-3651 – Ingressos: inteira R$ 10 e meia R$ 5
  • CCSP – Centro Cultural São Paulo – Rua Vergueiro, 1000 – Paraíso – Funcionamento: Terça a Domingo, das 10:00 às 22:00| Informações: (11) 2253-1580 – Ingressos: inteira R$ 4 e meia R$ 2

Sessões pós-festival:

  • CCBB São Paulo – Centro Cultural Banco do Brasil – 31/07 – Rua Álvares Penteado, 112 – Centro – Funcionamento: Quarta a Segunda, das 9:00 às 21:00 | Informações: (11) 3113-3651 – Ingressos: inteira R$ 10 e meia R$ 5

➡ ANIMA MUNDI – PROGRAMAÇÃO COMPLETA

Link direto: Festival Anima Mundi

vale mais

 Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções; links rompidos ou inexistentes; informações enviadas com incorreções. Imagens de divulgação e YouTube.05

TERÇA É DE GRAÇA – Exposição de Toulouse-Lautrec aborda sexualidade

Ver de pertinho obras de arte consagradas é uma oportunidade que não dá para deixar escapar. Pois vem aí “Toulouse-Lautrec em vermelho”, a maior exposição dedicada à obra de Henri de Toulouse-Lautrec (1864-1901) já realizada no Brasil. Abre no dia 30, sexta-feira próxima, no Masp, Museu de Arte de São Paulo. Às terças-feiras, a entrada no Masp é gratuita! Salve a data!

“A Grande Maria”, quadro parte da exposição Toulouse-Lautrec em Vermelho”, que abre nesta sexta-feira no Masp, em São Paulo

A mostra vai girar em torno de um tema que todo mundo gosta de pensar, abordar, discutir: sexualidade. Oi! Serão 75 obras, entre pinturas, cartazes e gravuras das mais emblemáticas do artista francês.  O artista gostava de retratar cenas do cabaré que frequentava, bailarinas, prostitutas e amigos.

O Divã
 ❤ Receba as boas notícias de vale mais no celular 📲.
Salve o número 011 9 9985-3577 e
envie a frase Eu Quero no WhatsApp. Pronto! ❤
“Rolande”, uma obra com muita intimidade

No Masp, as obras apresentam cenas de apresentações em cabarés, danças em bares, bailes de máscaras, retratos de figuras da sociedade e do célebre bairro Montmartre, que lhe renderam a fama ainda em vida. A exposição traz também cenas interiores das maison closes, como eram chamados os bordéis da época, com suas trabalhadoras em momentos de descanso e intimidade, em seus afazeres cotidianos.

Das onze obras de Toulouse-Lautrec que pertencem ao Masp, 9 estarão expostas; o restante são vem de museus como Musée d’Orsay, de Paris; Tate, de Londres; The Art Institute of Chicago; National Gallery of Art, de Washington; Museo Thyssen-Bornemisza, de Madrid; e Rijksmuseum, de Amsterdã. Isso além de coleções particulares. Uau!

“Moulin de la Galette”

Toulouse-Lautrec foi um dos artistas centrais da Paris do final do século 19, ao capturar a efervescência noturna da capital que despertava para a modernidade, quando suas ruas foram iluminadas a gás e as mais diversas figuras passaram a se encontrar nos espaços públicos, entre burgueses, boêmios, prostitutas, dançarinos e artistas.

Com curadoria de Adriano Pedrosa, diretor artístico, e Luciano Migliaccio, curador adjunto de arte europeia e assistência de Mariana Leme, “Toulouse-Lautrec em vermelho” dialoga de maneira próxima com outras duas exposições que também abrem no mesmo dia, em um eixo pautado por representações da prostituição.

Paul Viaud em almirante do século XVIII (O almirante Viaud)

Uma delas reúne fotografias de Miguel Rio Branco feitas em torno da prostituição no bairro do Pelourinho, em Salvador, em 1979; a outra exibe três vídeos de Tracey Moffatt — Puta, Other e Love —, feitos a partir de colagens de cenas de vídeo do cinema de Hollywood do século 20.

Essas três mostras, por sua vez, estão em diálogo com outras monográficas: de Teresinha Soares e Wanda Pimentel, atualmente em exibição no 2º subsolo e mezanino do 1º subsolo, respectivamente; e, no segundo semestre, de Guerrilla Girls, Pedro Correia de Araújo (1874-1955) e de Tunga (1952-2016). Todas essas exposições voltam-se para a mostra coletiva “Histórias da sexualidade”, que também reúne obras de diferentes períodos, territórios, meios, e com núcleos dedicados à prostituição, ao nu, ao homoerotismo, aos jogos sexuais, ao ativismo feminista e queer, entre outros.

“Artista com luvas verdes”

“Toulouse-Lautrec em Vermelho”

  • 30 de junho a 1 de outubro de 2017
  • Masp, 1º andar,  Avenida Paulista, 1578, São Paulo, SP, fone (11) 3149-5959
  • Terça a domingo: das 10h às 18h (bilheteria aberta até as 17h30); quinta-feira: das 10h às 20h (bilheteria até 19h30)
  • Ingressos: R$30  e R$ 15 (meia-entrada). Entrada gratuita às terças-feiras.
  • O ingresso dá direito a visitar todas as exposições em cartaz no dia da visita.
  • Estudantes, professores e maiores de 60 anos pagam R$ 15,00.
  • Menores de 10 anos de idade não pagam ingresso.
“Mulher com Cachorro”
Descaso durante o baile de máscaras

vale mais

 Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções; links rompidos ou inexistentes; informações enviadas com incorreções. Imagens de divulgação.

📽 DE GRAÇA ATÉ DOMINGO – Rock, pop, rap, punk e mais música no festival de documentários In-Edit

Astros do rock internacional e músicos de primeiríssima aqui do Brasil e de tantos outros países são os personagens centrais do In-Edit, 9º Festival Internacional do Documentário Musical, que termina domingo em São Paulo. Tem muitos filmes de fazer a gente babar e, melhor, a entrada é gratuita (com exceção do SESC).

“O Som do Tempo”, documentário de Arthur Azevedo Moura

Para quem não conhece, o festival nasceu em Barcelona em 2003. Atualmente rola em vários países, entre os quais Espanha, Chile, Grécia, México e Colômbia. No Brasil, o InEdit acontece desde 2009.

 ❤ Receba as boas notícias de vale mais no celular 📲.
Salve o número
011 9 9985-3577 e
envie a frase Eu Quero no WhatsApp. Pronto!

Tem docs de vários lugares do mundo em várias mostras. E este ano comemora-se 40 anos do surgimento do punk, movimento ou explosão contracultural que estourou de forma inesperada e deixou todos de cabelo em pé. Em meses, um novo som, uma nova estética, uma nova maneira de viver e pensar que saiu do mundo underground em vários países e foi parar na mídia.

Olha só a programação de hoje até domingo, 25 de junho:

Sexta, 23/06
SPCINE OLIDO
15h00 – SOTAQUE ELÉTRICO
17h00 – EU, MEU PAI E OS CARIOCAS*
19h00 – O PIANO QUE CONVERSA*
CCSP – SPCINE LIMA BARRETO
15h30 – ONILDO ALMEIDA – GROOVE MAN
17h30 – O SOM DO TEMPO
20h00 – SUPER ORQUESTRA ARCOVERDENSE
MATILhA CULTURAL
15h30 – BREAKING A MONSTER
17h30 – PUNK ATTITUDE
19h30 – THE FILTH AND THE FURY
“A plebe é rude”, documentário de Diego da Costa e Hiro Ishikawa sobre a banda de rock de Brasília
Sábado, 24/06
SPCINE OLIDO
15h00 – SERGUEI, O ÚLTIMO PSICODÉLICO*
17h00 – PERDIDO EM JÚPITER
19h00 – BOTINADA! A ORIGEM DO PUNK NO BRASIL
CCSP – SPCINE LIMA BARRETO
15h00 – SEM DENTES
17h30 – 82 MIN.
20h00 – PLEBE RUDE*
CINEMATECA – SALA BNDES
16h00 – RUMBLE: THE INDIANS WHO ROCKED THE WORLD
18h00 – CHASING TRANE
20h00 – WHITNEY “CAN I BE ME”
CINEMATECA – SALA PETROBRAS
15h30 – ROGÉRIO DUARTE, O TROPIKAOSLISTA
17h15 – LOKI – ARNALDO BAPTISTA
19h30 – FILME VENCEDOR – JURI OFICIAL
MATILhA CULTURAL
15h30 – CURTAS 2
Domingo, 25/06
SPCINE OLIDO
14h00 – IMAGINE WAKING UP TOMORROW
16h00 – WHITNEY “CAN I BE ME”
18h00 – LIBERATION DAY
CCSP – SPCINE LIMA BARRETO
15h30 – BOTINADA! A ORIGEM DO PUNK NO BRASIL
17h30 – PUNK ATTITUDE
20h00 – GAROTOS DO SUBÚRBIO + JOÃO BRANDÃO
CINEMATECA – SALA BNDES
16h00 – TROPICÁLIA
18h30 – OS DOCES BÁRBAROS (ÁREA EXTERNA)
Rita Lee na época dos Mutantes no documentário “Tropicália”, de Marcelo Machado
  O In-Edit acontece nestas salas:
CineSesc
Cinemateca Brasileira
Spcine OLIDO
Centro Cultural São Paulo
MIS – Museu da Imagem e do Som
Matilha Cultural
Spcine ROBERTO SANTOS
CENTRO DE FORMAÇÃO CULTURAL TIRADENTES
CEU ARICANDUVA
CEU BUTANTÃ
CEU CAMINHO DO MAR
CEU FEITIÇO DA VILA
CEU JAÇANÃ
CEU JAMBEIRO
CEU MENINOS
CEU PARQUE VEREDAS
CEU PAZ
CEU PERUS
CEU QUINTA DO SOL
CEU SÃO RAFAEL
CEU TRÊS LAGOS
CEU VILA ATLÂNTICA
CEU VILA DO SOL

E dê ouvidos à Plebe Rude:

Link direto:

In-Edit

vale mais

 Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções; links rompidos ou inexistentes; informações enviadas com incorreções. Imagens dos filmes citados/In-Edit.

📽 DE GRAÇA – Mostra Ecofalante vai falar de comida, natureza, índios e meio ambiente

Alimentação, gastronomia, meio ambiente, natureza e até o mundo virtual estão presentes na 6ª Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental, que vai rolar de 1 a 14 de junho próximo em São Paulo. Serão 100 filmes brasileiros e de mais 25 países que irão mostrar e discutir questões importantes do mundo hoje, principalmente entre os jovens. Detalhe: os  filmes são gratuitos e estarão em 30 salas de cinema.

Uma Caçadora e Sua Água, documentário que mostra como uma garota de 13 anos da Mongólia tenta se tornar a primeira mulher caçadora de águias de sua família cazaque de doze gerações – veja o trailer legendado aqui

Serão três pré-estreias mundiais e 38 títulos inéditos no Brasil. As produções têm participações de astros hollywoodianos como Emma Thompson, Oscar Isaac, Rachel McAdams, a oscarizada Tilda Swinton e Daisy Ridley.

O brasileiro “Efeito Reciclagem” traz reflexões sobre a necessidade urgente de reciclar materiais, produtos e atitudes e ideias

O indigenista e premiado documentarista Vincent Carelli (de “Corumbiara” e “Martírio”) é o homenageado do ano, com exibição de vários de seus filmes e um debate com a sua participação.

Cena de “Eis os Delírios do Mundo Conectado”, de Werner Herzog

Haverá também uma sessão especial do inédito “Eis os Delírios do Mundo Conectado”. Do alemão Werner Herzog, o filmes aborda o mundo virtual desde as suas origens até os seus maiores desenvolvimentos. Promete, moçada, pois teve première mundial no importante Sundance Festival, nos EUA.

“Desejo de Carne” traz o dilema entre o amor pela carne e os argumentos racionais contra os produtos dessa indústria

Na mostra Panorama Histórico,  “A Amazônia no Imaginário Cinematográfico Brasileiro” traz obras de André Luiz Oliveira, Carlos Diegues, Gustavo Dahl, Hector Babenco , Hermano Penna e Zelito Viana.

A Mostra Contemporânea Internacional discute sete temas: alimentação & gastronomia, cidades, contaminação, economia, mudanças climáticas, povos & lugares e trabalho.

Junho é um mês estratégico para a mostra: acontece a Semana

“Mar Ensurdecedor” trata do impacto do ruído industrial e militar sobre as baleias, e o que se pode fazer a respeito

Nacional do Meio Ambiente (que acontece na primeira semana do mês) e o o Dia Mundial do Meio Ambiente, 5 de junho, criado em 1972 durante a Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente Humano, com o intuito de chamar a atenção para os problemas ambientais e para a importância da preservação dos recursos naturais.

Cena de “Auto-Fitness”, da mostra Escola e Circuito Universitário

Já a Mostra Contemporânea Internacional, voltada a produções recentes vindas de diversas partes do planeta, traz 39 títulos (34 deles inéditos no Brasil) organizados em sete eixos temáticos: alimentação & gastronomia; cidades; contaminação; economia; mudanças climáticas; povos & lugares; e trabalho. Cada um desses temas é acompanhado por debates específicos, que ocorrem de 2 a 8 de junho, no Cine Reserva Cultural.

Nesta seção estão astros e estrelas do cinema mundial atuando como narradores em obras inéditas no Brasil, como é o caso dos protagonistas da saga “Star Wars” Daisy Ridley e Oscar Isaac. Ridley participa de “Uma Caçadora e Sua Águia”, sobre uma garota que está tentando se tornar a primeira mulher de sua família a domar águias, enquanto Isaac é o narrador de “É Hora de Decidir”, que trata dos desafios e soluções mundiais em relações às mudanças climáticas dirigido pelo cineasta premiado com o Oscar Charles Ferguson.

“Sonhos Conectados”, narrado pela ganhadora do Oscar Tilda Swinton

A atriz e roteirista Emma Thompson conduz a produção canadense “Até o Fim da Terra” e Rachel McAdams empresta seu talento a “Mar Ensurdecedor”, um alerta para o impacto dos ruídos sobre as baleias que conta também com o músico Sting. Já “Sonhos Conectados” tem narração da atriz Tilda Swinton e resgata desejos e ansiedades do mundo atual registrados desde mais de cem anos atrás, quando o telefone, o cinema e a televisão eram novidades.

Também na Mostra Contemporânea Internacional está o filme eleito como melhor documentário nos prêmios César (o “Oscar” do cinema francês), “Amanhã”, que tem na direção Mélanie Laurent, premiada atriz de “Bastardo Inglórios” e realizadora do longa “Respire”. A obra trata de uma jornada por várias partes do mundo em busca de soluções nos campos da agricultura, energia, economia, democracia e educação.

Haverá também exibição de “Máquinas”, vencedor do prêmio de melhor documentário da mostra World Cinema do Sundance.

“Ciclo Urbano”, curta brasileiro que mostra quem pedala em São Paulo

A programação traz ainda uma nova edição do Concurso Curta Ecofalante, dedicado à produção audiovisual de estudantes universitários e de escolas técnicas de audiovisual, que contempla o melhor trabalho com R$ 3 mil.

A mostra Ecofalante vai rolar nestes cinemas: Cine Reserva Cultural, Cine Caixa Belas Artes, salas do Circuito Spcine – Centro Cultural São Paulo, Cine Olido, Centro Cultural Cidade Tiradentes, Biblioteca Roberto Santos e nos CEUs Aricanduva, Butantã, Caminho do Mar, Feitiço da Vila, Jaçanã, Jambeiro, Meninos, Parque Veredas, Paz, Perus, Quinta do Sol, São Rafael, Três Lagos, Vila Atlântica e Vila do Sol. Completam a lista as seguintes unidades das Fábricas de Cultura: Vila Curuçá, Sapopemba, Itaim Paulista, Parque Belém, Brasilândia, Capão Redondo, Jaçanã, Jardim São Luís e Vila Nova Cachoeirinha.

 ❤ Receba as boas notícias de vale mais no celular 📲.
Salve o número
011 9 9985-3577 e
envie a frase Eu Quero no WhatsApp. Pronto!

vale mais

 Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções; links rompidos ou inexistentes; informações enviadas com incorreções. Imagens de divulgação e de trailers.

 

VIRADA CULTURAL – Imagens com programação dos principais shows para WhatsApp

Esta é para espalhar: imagens para WhatsApp dos shows e eventos que mais prometem da 13ª Virada Cultural, evento que acontece por toda São Paulo a partir das 18h do próximo sábado e termina somente 24 horas depois.

A cantora Mariana Aydar, voz da nova geração que canta sábado, 19h30, no Centro Cultural São Paulo, na Virada Cultural

Fizemos uma seleção dos principais shows _e os que mais prpometem_ com o nome do artista ou grupo, dia, horário e local onde vão acontecer. Ótimas notícias para espalhar para amigos e grupos que você participa. Coloridas, as imagens também podem ser compartilhadas no Telegram, Messenger ou Instagram. Como estão em formato quadrado, também podem ser incluídas na linha do tempo do Facebook e Twitter.

≡ DE GRAÇA – Shows e espetáculos da Virada Cultural vão rolar na cidade toda

Dê uma checada nos show que selecionamos nas imagens abaixo. Ah, não esqueça: a Virada Cultural é de graça! Aproveite!

Para compartilhar no PC, clique com o mouse na imagem, arquive no computador e espalhe como quiser, inclusive por email. No celular, toque e segure nas imagens escolhidas até que apareça a janela com as opções de baixar ou compartilhar a imagem. Envie nas redes sociais e mídias que quiser.

 ❤ Receba as boas notícias de vale mais no celular 📲.
Salve o número
011 9 9985-3577 e
envie a frase Eu Quero no WhatsApp. Pronto! ❤

Mídia social é que não vai faltar pra você informar onde pretende ir e não perder hora quando combinar com os amigos e a cara-metade.

Se quer saber todos os shows do evento, consulte a programação completa nos links abaixo:

VIRADINHA CULTURAL – PROGRAMAÇÃO

VIRADA CULTURAL 2017 – PROGRAMAÇÃO COMPLETA.

vale mais

 Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

 vale mais não se responsabiliza por alterações nos locais e horários dos shows, nem por links rompidos ou inexistentes. Informações e fotos da Prefeitura de São Paulo e das contas oficiais dos artistas no Facebook.

DE GRAÇA – Shows e espetáculos da Virada Cultural vão rolar na cidade toda

Salve a virada cultural que vai lacrar em São Paulo logo logo! No próximo final de semana, 20 e 21 de maio, vai ter muuuuito show de graça no maior evento musical e cultural do Brasil. Entre os destaques estão Daniela Mercury, Titãs, Erasmo Carlos, Thiago Abravanel, Martnália, Fundo de Quintal, Simoninha, Liniker, Gaby Amarantos, Wanderléa, Zélia Duncan,  É o Tchan, MC Sofia, Mariana Aydar, Tassia Reis, Diogo Nogueira, Alcione e taaantos outros.

Daniela Mercury, um dos principais nomes da Virada Cultural que vai rolar no próximo finde – foto de foto Celia Santos

Neste ano, vai rolar show no centro, em bairros, praças públicas, no Autódromo de Interlagos, no Parque Anhembi, centros e institutos culturais da Prefeitura e parceiros. E também em CEUs.

➡ Durante a semana que vem, vale mais vai destacar os principais shows e espetáculos da Virada Cultural de 2017. Fique de olho!
A Virada Cultural também tem Titãs, foto de Silmara Ciuffa

Uma das novidades desta 13ª  Virada Cultural, que começa às 18h do sábado, 20, e termina às 18h do domingo, é que o centro de São Paulo, vai ter sete circuitos para serem percorridos a pé com programação diversificada. O que está sendo chamado de cortejo vai circular entre as ruas Xavier de Toledo, Conselheiro Crispiniano, e as avenidas São João, Ipiranga e São Luís.

Trix Mix Cabaré, com visual de cair o queijo, tem encontro marcado na Virada Cultural

O lance começa na madrugada do domingo e se estende por todo o dia. Destaques : a banda É o Tchan, que se apresenta com seus cantores originais, Beto Jamaica e Compadre Washington, seguida pelo Grupo Molejo, pela cantora Gretchen e um inusitado encontro entre o cantor Tiago Abravanel e o Ballet Plus Size.

 ❤ Receba as boas notícias de vale mais no celular 📲.
Salve o número
011 9 9985-3577 e
envie a frase Eu Quero no WhatsApp. Pronto!
Zélia Duncan no musical Alegria, Alegria, que vai rolar nesta Virada Cultural

Os espetáculos vão além dos shows de música. Vão rolar sessões gratuitas no sábado à noite nos 40 teatros independentes que integrarão a programação da Virada Cultural, assim como os circos localizados em vários bairros da cidade.

O cantor Liniker tá na agenda da Virada Cultural que vai rolar no próximo final de semana, dia 20 e 21 de maio

Como nas outras edições, a criançada tem chance na Viradinha Cultural. Veja tudo o que vai rolar neste link: VIRADINHA CULTURAL – PROGRAMAÇÃO.

Para saber todos os locais e horários, veja ➡ VIRADA CULTURAL 2017 – Programação completa.

vale mais

 Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

 vale mais não se responsabiliza por alterações nos locais e horários dos shows, nem por links rompidos ou inexistentes. Informações e fotos da Prefeitura de São Paulo.

📽 DE GRAÇA – 5 documentários com muita música no festival ‘É Tudo Verdade’

O festival de documentários mais quente do país, o “É Tudo Verdade”, que acontece em São Paulo e no Rio de Janeiro, traz nesta 22ª edição vários filmes que tem a música como tema central. A abertura, dia 19 passado, no Rio de Janeiro, começou com o filme “Os Cariocas”, da atriz e agora diretora Lucia Veríssimo, que promete voltar no circuito comercial.

Veja abaixo os documentários que estão rolando até o dia 30. No final do post, a programação completa para você baixar e escolher as sessões, que são gratuitas. Basta chegar uma hora antes e pegar o ingresso.

“O Berimbau”, filme de Sérgio Muniz

“O Berimbau”,  direção de Sergio Muniz, Brazil, 1977, 9 minutos.
A partir de um depoimento do instrumentista Papete, explica-se a história do berimbau na África e a chegada do instrumento à Bahia. O curta fez parte do movimento da ABD (Associação Brasileira de Documentaristas) numa luta, desde 1975, para que um curta brasileiro acompanhasse obrigatoriamente a exibição de todo longa-metragem estrangeiro.

Cena de “A Cuíca”, de Sérgio Muniz

➡ 📽 Documentário de João Moreira Salles é destaque do festival É Tudo Verdade

“A Cuíca”, direção de Sergio Muniz, Brazil, 1977, 9 minutos.
O instrumentista Osvaldinho da Cuíca conduz uma apresentação histórica sobre a presença da cuíca em vários países do mundo e sua popularização no Brasil. Assim como “O Berimbau”, fez parte do movimento pela obrigatoriedade da exibição de um curta brasileiro antes de todo longa-metragem estrangeiro, determinada por uma lei nunca revogada mas não cumprida até hoje.

“Roda e Outras Histórias”, de Sergio Muniz

“Roda & Outras Estórias”, direção de Sergio Muniz, Brasil, 1965, 9 minutos
Apresentando cinco canções do então desconhecido cantor Gilberto Gil, o filme, produzido a partir de contribuições de amigos, propôs-se como um protesto contra a ditadura civil-militar recém-iniciada em 1964 e como um ato de agitação cultural em tempos de autoritarismo ufanista.

Risos – cena do filme “A Arte Existe Porque a Vida Não Basta”, homenagem a Ferreira Gullar

“A Arte Existe Porque a Vida Não Basta!”, direção de Zelito Viana e  codireção de Gabriela Gastal, 2016.
Um resumo da vida e da obra do Gullar, tendo por linha mestra um espetáculo musical comandado por Marco Nanini e com participações de Paulinho da Viola, Adriana Calcanhoto e Laila Garin.

“Paulo Moura – Alma Brasileira”, de Eduardo Escorel

“Paulo Moura – Alma Brasileira”, direção Eduardo Escorel, Brasil 2013, 86 minutos.
A trajetória do clarinetista, saxofonista, compositor, arranjador e regente paulista Paulo Moura (1932-2010) é recuperada em imagens de toda a carreira.

Até 30 de abril online no canal Itaú Cultural, aqui.

➡ É Tudo Verdade 2017 – Programação São Paulo

➡ É Tudo Verdade 2017 – Programação Rio de Janeiro

                                    ❤ Receba as boas notícias de vale mais no celular 📲.
                                                       Salve o número   011 9 9985-3577 e
                                          envie a frase Eu Quero no WhatsApp. Pronto! ❤

≡ DE GRAÇA – Jovens falam suas verdades em documentário que abre festival

Rio de Janeiro
De 20 a 30 de abril

São Paulo
De 21 a 30 de abril

Brasília
De 4 a 7 de maio

Porto Alegre
De 3 a 7 de maio

vale mais

 Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

 vale mais não se responsabiliza por links rompidos ou inexistentes; informações enviadas com incorreções. Imagens de divulgação e do Youtube.

📽 DE GRAÇA – Documentários mostram olhar dos jovens sobre grandes centros urbanos

O documentário está em alta em São Paulo. De hoje até 27 de abril (depois de amanhã), o Jovem.Doc, festival com 10 filmes feitos por jovens entre 18 e 29 anos que mostram suas visões sobre questões cotidianas nos centros urbanos brasileiros, assim como as conexões que eles estabelecem com a mídia digital e como essa geração se apropria da construção dos processos sociais de cidadania.

Cena de “Deixa a Chuva Cair”, documentário dirigido por Juscelino Ribeiro que mostra o rap e a violência em Terezina, no Piauí

Os filmes são resultado de um edital público realizado em 2015 que destinou R$ 100 mil a cada projeto. O festival rola na Cinemateca Brasileira, situada na Vila Clementino, em São Paulo e a entrada é gratuita.

“É um projeto feito pela juventude, para mostrar suas questões, pelo seu olhar”, resume a professora e coordenadora do projeto, Clélia Rejane Antonio-Bertoncini.

📽 DE GRAÇA – Festival É Tudo Verdade começa hoje com 82 documentários de 30 países

Os documentários têm 26 minutos de duração e serão exibidos em seis sessões duplas (programação completa com horários no final do post).

 ❤ Receba as boas notícias de vale mais no celular 📲. Salve o número
011 9 9985-3577
envie a frase Eu Quero no WhatsApp. Pronto! ❤

Alguns dos filmes participam de mostras e festivais pelo Brasil e no mundo, como é o caso do filme de Juscelino Ribeiro de Oliveira Júnior, “Deixa a Chuva Cair”, exibido no Festival de Cannes de 2016 na França. O documentário conta a história da violência na periferia de Teresina, capital do Piauí. Foi inspirado em composições do rapper Preto Kedé. Veja o trailer:

 

Documentários da mostra:

  • “A Batalha de São Brás”, de Adrianna Samara da Silva Oliveira
  • “Aquém Margens: Juventude e Exclusão Social em Áreas de Mineração?”, de Alexandra Araújo Duarte
  • “Confirmou Presença”, de Ana Carulina Vindilino Roelis
  • “Deixa a Chuva Cair”, de Juscelino Ribeiro de Oliveira Júnior
  • “Enquadro”, de Lincoln Péricles Maximiano Pinto
  • “Faixa”, de Pedro Rocha de Oliveira
  • “Intervenções Urbanas”, de Lorena da Silva Figueiredo
  • “Ônibus Hacker: Ah, se eu fosse ficção!” De João Cobbett Stael Markun
  • “Relatos do exílio”, de Elder Gomes Barbosa
  • “Tomada da Casa do Povo”, de Alexandre Moroso Guilhão

A realização do Jovem.Doc  “é um fio de esperança num contexto de desestabilização da cultura nacional. Mantém viva a cultura em nosso país”, diz a coordenadora Clélia.

A iniciativa é resultado do Programa de Fomento à Produção de Conteúdo Audiovisual Brasileiro, parceria da Universidade Federal de São Paulo, Unifesp, e Cinemateca Brasileira. Os recursos são originados do Ministério da Cultura (Minc) e a Fundação de Apoio à Universidade Federal de São Paulo, FapUnifesp, é a instância responsável pelo seu gerenciamento.

≡ DE GRAÇA – Jovens falam suas verdades em documentário que abre festival

➡  FESTIVAL JOVEM.DOC -Programação Completa da Cinemateca Brasileira

Cinemateca Brasileira: Largo Senador Raul Cardoso, 207, Vila Clementino, São Paulo, fone (11) 3512-6111.

vale mais

 Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

 vale mais não se responsabiliza por links rompidos ou inexistentes; informações enviadas com incorreções. Imagens de divulgação.

📽 DE GRAÇA – Festival É Tudo Verdade começa hoje com 82 documentários de 30 países

Começa hoje a 22ª edição do “É Tudo Verdade”, festival internacional de documentários com a exibição de 82 filmes de 30 países, sendo que 16 deles são brasileiros.  As sessões são gratuitas e mostram a realidade vista de diferentes formas em várias partes do mundo. Basta chegar uma hora antes e pegar o ingresso.

Cena do documentário “Eu, Meu Pai e Os Cariocas”, da atriz Lucia Veríssimo, que promete muita música brasileira

O festival começa com o filme Eu, Meu Pai e Os Cariocas”, da atriz Lúcia Veríssimo, no Rio de Janeiro, em sessão para convidados. O filme mostra o pai dela, maestro Severino Filho, que liderava o grupo “Os Cariocas”. Promessa de muita música na telona.

Cena de Cidade de Fantasmas, documentário de Matthew Heineman que é exibido no festival “É Tudo Verdade”

Amanhã, em São Paulo,  também para convidados, tem exibição de “Cidade de Fantasmas”, de Matthew Heineman, que mostra como jornalistas ativistas filmam, com todos os riscos, as atividades do Estado Islâmico na cidade de Raqqa, na Síria.

Em Brasília, o festival vai rolar de 4 a 7 de maio. Em Porto Alegre, de 3 a 7 de maio.

Fogo na Floresta, filme em realidade virtual de Tadeu Jungle

➡ O festival traz o lançamento mundial do curta “Fogo na Floresta”, do brasileiro Tadeu Jungle, que foi feito em VR, ou realidade virtual. Com sete minutos, o documentário mostra índios Waurá no drama para conter incêndios que ameaçam as florestas e a vida no Xingu. Dia 27 de abril, 18 no Centro Cultural São Paulo. Promete!

Cena de “No Intenso Agora”, documentário de João Moreira Salles, foto Gaumont Pathé Archives

➡ 📽 Documentário de João Moreira Salles é destaque do festival É Tudo Verdade

Duas escolas abrigam a oficina teórica “O que é o documentário?”, comandada pelos jornalistas e professores de Comunicação Sergio Rizzo e Patrícia Rebello, mais o filme “UMA NOITE EM 67”, de Renato Terra e Ricardo Calil para estudantes da rede pública de ensino:

  • No Rio de Janeiro, 20 de abril: Escola Técnica Estadual Adolpho Bloch – FAETEC, com Patricia Rebello;
  • Em São Paulo, 29 de abril, EE Prof.ª Maria Luiza De Andrade Martins Roque, com Sérgio Rizzo.

                                    ❤ Receba as boas notícias de vale mais no celular 📲.
                                                       Salve o número   011 9 9985-3577 e
                                          envie a frase Eu Quero no WhatsApp. Pronto! ❤

O festival realiza também a Mostra BNDES, com nove produções nacionais e estrangeiras que focalizam perfis e temáticas contemporâneas do documentário mundial.

Durante todo o período do festival, permanecem disponíveis no site do Itaú Cultural os filmes “A Paixão Segundo Callado”, de José Joffily; “Onde a Terra Acaba”, de Sergio Machado; “Os Irmãos Roberto”, de Ivana Mendes e Tiago Arakilian; “A Paixão de JL”, de Carlos Nader; e “Paulo Moura – Alma Brasileira”, de Eduardo Escorel.

≡ DE GRAÇA – Jovens falam suas verdades em documentário que abre festival

Festival É Tudo Verdade – Programação completa, aqui

Rio de Janeiro
De 20 a 30 de abril

São Paulo
De 21 a 30 de abril

Brasília
De 4 a 7 de maio

Porto Alegre
De 3 a 7 de maio

vale mais

 Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

 vale mais não se responsabiliza por links rompidos ou inexistentes; informações enviadas com incorreções. Imagens de divulgação.

📽 Documentário de João Moreira Salles é destaque do festival É Tudo Verdade

O novo filme de João Moreira Salles tem estreia brasileira no festival de documentários “É Tudo Verdade”, que vai rolar de 19 a 30 de abril em São Paulo e no Rio de Janeiro. É um dos destaques já anunciados pela direção da mostra, que está em sua 22ª edição.

Cena do documentário “No Intenso Agora”, de João Moreira Salles

“No Intenso Agora”, do premiado diretor de documentários, partiu de filmes feitos pela sua mãe na China de 1966. Nesse período, o país começou a viver a chamada Revolução Cultural empreendida por Mao Tsé-tung, líder do Partido Comunista Chinês.

                                    ❤ Receba as boas notícias de vale mais no celular 📲.
                                                       Salve o número   011 9 9985-3577 e
                                          envie a frase Eu Quero no WhatsApp. Pronto! ❤

O documentário mostra também outros grandes movimentos do século 20, como a Primavera de Praga, a revolução estudantil de Paris  em maio de 1968, e o golpe militar ocorrido no Brasil em 1964, que teve entre suas vítimas o estudante Edson Luis, morto no Rio de Janeiro.

Cena de “No Intenso Agora”, documentário de João Moreira Salles – foto de William Klein – Films Paris New York

“No Intenso Agora” teve estreia mundial no Festival de Cinema de Berlim na mostra “Panorama” há pouco mais de um mês. Foi muito bem recebido pelo público e crítica.

≡ DE GRAÇA – Jovens falam suas verdades em documentário que abre festival

Diretor de “Santiago” e “Nelson Freire” e um dos donos da produtora VideoFilmes, João reflete neste documentário sobre a natureza efêmera dos momentos de grande intensidade.

A ideia é investigar como aqueles que tomaram parte nesses grandes acontecimentos seguiram depois do arrefecimento das paixões. As imagens, todas elas de arquivo, revelam não só o estado de espírito das pessoas filmadas – alegria, encantamento, medo, decepção, desalento – como também a relação entre registro e circunstância política.

João Moreira Salles, documentarista, foto de Ivone Perez

Festival É Tudo Verdade

19 a 30 de abril em São Paulo e Rio de Janeiro

vale mais

 Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

 vale mais não se responsabiliza por links rompidos ou inexistentes; informações enviadas com incorreções. Imagens de divulgação.

SÃO PAULO 463 ANOS – Zeca Baleiro, Sandra de Sá, Rashid, MC Soffia, Tássia Reis e Filipe Catto em shows gratuitos

São Paulo faz 463 anos hoje e o novo prefeito da cidade, João Doria, escolheu espalhar os festejos por toda a cidade _que já conheçam na parte da manhã. Tem música que vai do samba ao rap, passando por MPB, teatro, dança, atores famosos, circo, eventos voltados para crianças e muito mais. Tudo de graça, não dá para perder!

Zeca Baleiro, convidado da banda Rastapé, hoje, às 14h, na Chácara do Jockey
Zeca Baleiro, convidado da banda Rastapé, hoje, às 14h, na Chácara do Jockey

Zeca Baleiro, as novas e já sucesso MC Soffia e Tássia Reis, Filipe Catto, com sua voz única para homenagear Cassia Eller, Wilson Simoninha e Max de Castro, Demônios da Garoa, claro, o tenor que cantou para o papa Francisco Jean William são alguns destaques dos shows.

A atriz Bárbara Paz faz leitura dramática na Biblioteca Mário de Andrade,
A atriz Bárbara Paz se apresenta na Biblioteca Mário de Andrade, 18h

As comemorações também vão contar com as famosíssimas atrizes Bárbara Paz e Regina Duarte, além do grande ator Pascoal da Conceição, a trupe de circo Parlapatões e muito, muito mais.

Confira abaixo a programação completa de hoje com horários, endereços e condições para ingressos nos shows ou outros eventos:

MÚSICA

Centro

FILIPE CATTO CANTA CÁSSIA ELLER

Filipe Catto canta Cassia Eller às h no
Com sua voz incrível, Filipe Catto canta Cássia Eller às 19h no Centro Cultural São Paulo

Com Filipe Catto, Fabiana Ricardo de Oliveira Rodrigues, Lucas Weier Vargas, Michelle Abu e Ana Karina Sebastião.
No show, o cantor interpreta canções de Cássia Eller, de quem se diz grande admirador.
| Centro Cultural São Paulo – Sala Adoniran Barbosa. R. Vergueiro, 1.000, Paraíso. Próximo da estação Vergueiro do metrô. Dia 25, 19h (retirar ingresso 1h antes). 60 min. Livre.

CLUBE DO CHORO
O Clube do Choro de São Paulo é composto por cerca de 300 músicos atuantes no cenário atual paulistano. No aniversário de São Paulo, alguns desses artistas se apresentam em um dos cartões-postais da cidade, o famoso Mercadão, que completa 84 anos de fundação também no dia 25 de janeiro. Músicos da cena paulistana se revezarão durante a apresentação, executando clássicos do gênero e composições de chorões paulistas.
| Mercado Municipal – Mercadão. R. da Cantareira, 360. Dia 25h, 11h (não é necessário retirar ingresso). 60 min. Livre.

OSVALDINHO DA CUÍCA

Repertório de 18 músicas do sambista paulistano, entre elas “Frigideira” e “Pirapora”.
| Mercado Municipal – Mercadão. R. da Cantareira, 360. Dia 25, 13h (não é necessário retirar ingresso). 60 min. Livre.

Tássia Reis, no Centro Cultural da Juventude, 16h, canta junto com a MC Soffia
Tássia Reis, no Centro Cultural da Juventude, 16h, canta junto com a MC Soffia

DEMÔNIOS DA GAROA
Com Sérgio Rosa, Ricardo Cassimiro Rosa, Roberto Barbosa, Wilder Benedito Paraíso e Izael Caldeira.
O Demônios da Garoa surgiu em 1943 como Grupo do Luar e, até hoje, foi a única banda a receber a classificação de mais antiga em atividade pelo Guinness Book, no ano de 1994. Com 73 anos de atividade ininterrupta, Demônios gravou 80 discos e tem, entre seus maiores sucessos, canções como “Trem das Onze”, “Samba do Arnesto”, “As Mariposas”, “Tiro ao Álvaro”, todas de Adoniran Barbosa, e muitas outras.
| Mercado Municipal – Mercadão. R. da Cantareira, 360. Dia 25, 15h (não é necessário retirar ingresso). 60 min. Livre.

BARBATUQUES E BADI ASSAD
Com Badi Assad (violão e voz). Barbatuques: André Hosoi, André Venegas, Charles Raszl, Giba Alves, Helô Ribeiro e João Simão.
O grupo Barbatuques apresenta “Ayú”, seu quarto disco, que traz canções e músicas instrumentais explorando a fonética, assim como os aspectos rítmicos, harmônicos e melódicos.
| Theatro Municipal de São Paulo. Pça. Ramos de Azevedo, s/nº. Dia 25, 11h (retirar ingresso 1h antes). 90 min. Livre.

No Theatro Municipal, o tenor Jean William, às h
No Theatro Municipal, o tenor Jean William, às 15h

ORQUESTRA BACHIANA E TENOR JEAN WILLIAM
Regência: João Carlos Martins.
| Theatro Municipal de São Paulo. Pça. Ramos de Azevedo, s/nº. Dia 25, 15h (retirar ingresso 1h antes). 90 min. Livre.

ILÚ OBÁ DE MIN COM JUÇARA MARÇAL E FABIANA COZZA
Bloco Afro Ilú Obá De Min. Com Cleib Aparecida Martins Vieira Cupertino (líder do grupo), Wanderléia Martins Vieira Cupertino, Maria José de Almeida Cintra, Ducineia Cardoso, Sandra Maria Luciano, Tatiana Mohr, Ana Célia Martins Nogueira, Isabela Rocha Tsuji Cunha, Andreia Alves dos Santos, Maria do Carmo de Almeida Cintra, Silvana Silvestrini, Maria Cristina da Silva, Sandra Regina Gonçalves Cavalcanti, Marlene Cristiane Gomes Britos, Roberta da Silva Santos, Lenita Rosa Sena e Silvana Aparecida dos Santos (percussionistas). Cantoras convidadas: Fabiana Cozza e Juçara Marçal.
| Theatro Municipal de São Paulo. Pça. Ramos de Azevedo, s/nº. Dia 25, 17h (retirar ingresso 1h antes). 60 min. Livre.

Logo whatsapp Receba as boas notícias de vale mais no celular 📲 . Crie um contato para vale mais no número  011 9 9985-3577 e envie a frase Eu quero no WhatsApp. Pronto!

LINIKER E OS CARAMELOWS + ENSEMBLE VOCAL PAULISTA
Com Liniker (vocais), Rafael Barone (baixo), William Zaharanszki (guitarra), Pericles Zuanon (bateria), Márcio Bortoloti (trompete) e Renata Éssis (backing vocal). Ensemble Paulista: Ana Luisa Ramos, Ludmila Thompson, Luisa Aguilar, Alessandra Carvalho, Alessandra Wingter, Camila Honorato e Marilia Vargas.
A cultuada e performática cantora Liniker se apresenta com integrantes do Ensemble Vocal Paulista, grupo formado por alunos da Escola de Música do Estado de São Paulo e da Escola Municipal de Música de São Paulo.
| Theatro Municipal de São Paulo. Pça. Ramos de Azevedo, s/nº. Dia 25, 19h (retirar ingresso 1h antes). 90 min. Livre.

MC Soffia, no Centro Cultural da Juventude, 16h, canta junto com Tássia Reis
MC Soffia, no Centro Cultural da Juventude, 16h, canta junto com Tássia Reis

Zona Norte

TÁSSIA REIS + MC SOFFIA
Com letras maduras e bem estruturadas, Tássia Reis lançou no final de 2016 o disco “Outra Esfera”, o segundo de sua carreira. As sete faixas do álbum mostram uma artista heterogênea e consciente da sonoridade que é capaz de produzir. Entre as músicas de destaque estão “Desapegada”, “Se Avexe Não” e o remix da música “Ouça-me”. MC Soffia traz sucessos de sua carreira, entre eles “Meu RapJazz”.
| Centro Cultural da Juventude – Espaço Arena. Av. Deputado Emílio Carlos, 3.641, Vila Nova Cachoeirinha. Próximo do Terminal de Ônibus Cachoeirinha. Dia 25, 16h (não é necessário retirar ingresso). 60 min. Livre.

RASHID
Michel Dias Costa, mais conhecido como Rashid, aos 12 anos já escrevia suas próprias letras e, como vários garotos criados na periferia, sonhava um dia subir ao palco. A “Coragem da Luz” é o primeiro disco de estúdio de Rashid. Lançado em março de 2016, teve participações de Mano Brown, Criolo, Xênia França (Aláfia), Alexandre Carlos (Natiruts), Izzy Gordon e Max de Castro. Marechal, Nave e Parteum assinaram a produção de canções do álbum. Hoje em turnê por todo o país, Rashid tem o apoio de uma banda formada por backing vocal, guitarra, baixo e bateria, além do inseparável DJ Mr. Brown.
| Centro Cultural da Juventude – Espaço Arena. Av. Deputado Emílio Carlos, 3.641, Vila Nova Cachoeirinha. Próximo do Terminal de Ônibus Cachoeirinha. Zona Norte. Dia 25, 20h (não é necessário retirar ingresso). 60 min. Livre.

Rashid manda ver às h no
Rashid manda ver às 20h no Centro Cultural da Juventude

AS BAHIAS E A COZINHA MINEIRA
Com Assucena Assucena (voz), Raquel Virgínia (voz), Rafael Acerbi (guitarra e violão), Rob Ashtoffen (baixo), Carlos Eduardo Samuel (piano/teclado), Vitor Coimbra (bateria) e Danilo Moura (percussão).
Assucena, Rafael e Raquel se conheceram na faculdade de História da USP em 2011. Desde então, iniciaram uma intensa amizade em torno de ideias musicais e artísticas. O nome da formação se deve ao fato de que as duas cantoras e compositoras, transexuais, coincidentemente tinham o mesmo apelido “Bahia”, e o guitarrista mineiro Rafael formaria a “cozinha” sonora da banda. “Mulher”, o primeiro álbum do grupo, foi lançado em 2015 com grande aceitação de público e mídia. Em 2016, após apresentações pelo Brasil, a banda lança seu show mais recente “ETC & Tal”, com direção artística de Marcos Xuxa Levy, atingindo novos públicos. Com notória influência da música brasileira tropicalista, a banda integra a cena atual com canções que versam sobre o universo feminino, de forma contundente.
| Centro Cultural da Juventude – Espaço Arena. Av. Deputado Emílio Carlos, 3.641, Vila Nova Cachoeirinha. Próximo do Terminal de Ônibus Cachoeirinha. Dia 25, 18h (não é necessário retirar ingresso). 60 min. Livre.

Zona Sul

LUANA BAYÔ E PAGODE DA 27
Apresentação de artistas da região da zona sul. A cantora Luana Bayô traz em seu repertório composições próprias e releituras, em gêneros musicais diversos, entre eles bolero, salsa e samba. Nascido na rua 27 do Grajaú, o Pagode da 27 toca em seu show o mesmo samba que leva todos os domingos do mês ao bairro.
| Centro Cultural do Grajaú. R. Prof. Oscar Barreto Filho, 252, Capela do Socorro. Dia 25, 14h (Luana Bayo) e 16h (Pagode). Não é necessário retirar ingresso. 60 min. Livre.

BICHO DE PÉ
O grupo mostra a diversidade dos ritmos brasileiros por meio de músicas de sua autoria e de artistas consagrados, como Luiz Gonzaga, Jackson do Pandeiro, Dominguinhos, Zé Ramalho e Fagner.
| Centro Cultural do Grajaú. R. Prof. Oscar Barreto Filho, 252, Capela do Socorro. Dia 25, 18h (não é necessário retirar ingresso). 60 min. Livre.

MORAES MOREIRA E DAVI MORAES
No show “Pai e Filho”, o repertório traz parcerias inéditas e homenagens a grandes compositores brasileiros, como Ari Barroso, Assis Valente, além de músicas do grupo Novos Baianos.
| Centro Cultural do Grajaú. R. Prof. Oscar Barreto Filho, 252, Capela do Socorro. Dia 25, 20h (não é necessário retirar ingresso). 60 min. Livre

Zona Leste

RAEL
Até o início de 2017, Rael faz os últimos shows da turnê “Diversoficando”, com a qual lota casas por todo o país em mais de 150 apresentações. Agora, ele começa a dar mostras do que prepara para o show de seu recém-lançado disco “Coisas do Meu Imaginário”. Reformulados para esses meses de encerramento, os shows passam a ter como grande atrativo o lançamento da faixa “Rouxinol”, primeiro single do novo trabalho. Estão no repertório também “Estrada” e “Minha Lei”, que também ganhou clipe.
| Parque do Carmo. Dia 25, 14h (não é necessário retirar ingresso). 60 min. Livre.

TRIBO DE JAH + EX-INTEGRANTES DO CIDADE NEGRA

A banda icônica de reggae Tribo de Jah comemora sua trajetória de 30 anos convidando os ex-Cidade Negra: Ras Bernardo e Da Ghama para fazerem parte do show.
| Parque do Carmo. Dia 25, 16h (não é necessário retirar ingresso). 60 min. Livre.

Zona Oeste

RASTAPÉ COM PARTICIPAÇÃO DE ZECA BALEIRO
Rastapé, banda que ficou conhecida pela música “Colo de Menina”, apresenta canções de seu sexto CD, “Fundamental”. O cantor e compositor Zeca Baleiro é convidado especial do show.
| Chácara do Jockey. Dia 25, 14h (não é necessário retirar ingresso). 60 min. Livre

Sandra de Sá é uma das convidadas do Baile do Simonal, h, no
Sandra de Sá é uma das convidadas do Baile do Simonal, 16h, na Chácara do Jockey

BAILE DO SIMONAL COM PARTICIPAÇÃO DE SANDRA DE SÁ
Com Marcelo Maita, Márcio Forte, Robinho Tavares, Sidmar Vieira, Josue dos Santos, Will Bone, Simoninha, Max de Castro e Sandra de Sá.
O Baile do Simonal é mais que uma homenagem, trata-se de uma verdadeira festa. O show, concebido e produzido por Max de Castro e Wilson Simoninha, filhos do cantor Simonal, convidam a cantora Sandra de Sá para esta apresentação.
| Chácara do Jockey. Dia 25, 16h (não é necessário retirar ingresso). 60 min. Livre

 TEATRO

Centro

A MERDA (LA MERDA)
Texto: Cristian Ceresoli. Direção e interpretação: Christiane Tricerri. Baseado na criação original de Silvia Gallerano e Cristian Ceresoli.
Arrebatada por seu fluxo de consciência, mulher luta, com obstinação, coragem e resistência, manifestando-se em sua bulímica e revoltada confidência pública para abrir seu próprio espaço como celebridade em uma sociedade de “coxas e liberdade”. Sentada como um animal em um pedestal circense, nua, sob os holofotes, com sua voz amplificada por um microfone, a fêmea protagonista avança com ferocidade brutal e fúria assassina rumo ao “mundo que conta“, disposta a tudo para alcançar seu objetivo de chegar lá e acontecer.
| Centro Cultural Olido – Sala Paissandu. Av. São João, 473. Dia 25, 18h (retirar ingresso uma hora antes). 90 min. + 16 anos.

BICHOS DO BRASIL
Cia. PiA FraUs.
O espetáculo é composto de 15 esquetes que retratam a riqueza da fauna brasileira, por meio de bonecos e música, procurando criar o ambiente da mata e o cotidiano dos animais numa selva tropical.
| Centro Cultural São Paulo. R. Vergueiro, 1.000, Paraíso. Próximo da estação Vergueiro do metrô. Dia 25, 14h (não é necessário retirar ingresso). 50 min. Livre.

LEITE DERRAMADO
Texto original: Chico Buarque. Adaptação, direção e cenografia: Roberto Alvim. Elenco: Juliana Galdino, Renato Forner, Diego Machado, Taynã Marquezone, Caio D’Aguilar, Marcel Gritten, Luis Fernando Pasquarelli e Nathalia Manocchio. Trilha sonora original: Vladimir Safatle. Iluminação: Domingos Quintiliano. Figurinos: João Pimenta.
Versão teatral do livro de Chico Buarque ganhador do Prêmio Jabuti. Ambientada em um hospital público, a história acompanha um homem falido, com mais de 100 anos de idade, que foi abandonado em uma maca de um hospital público. Nessa situação humilhante, tem de lidar com a precariedade de um sistema construído pela mesma elite da qual sua família, vinda com a coroa portuguesa ao Brasil, fez parte.
| Centro Cultural São Paulo – Sala Jardel Filho. R. Vergueiro, 1.000, Paraíso. Próximo da estação Vergueiro do metrô. Dia 25, 20h30 (retirar ingresso 2h antes). 60 min. + 14 anos.

GRANDES ATORES, GRANDES TEXTOS
Na Biblioteca Mário de Andrade, cinco atores e atrizes fazem a leitura dramática de textos e/ou poesias que consideram importantes para suas vidas.

REGINA DUARTE
| Dia 25, 15h

PASCOAL DA CONCEIÇÃO
| Dia 25, 16h

JUCA DE OLIVEIRA
| Dia 25, 17h

BÁRBARA PAZ
| Dia 25, 18h

FÚLVIO STEFANINI
| Dia 25, 19h

 
| Biblioteca Mário de Andrade – Auditório. R. da Consolação, 94, Consolação. Próximo da estação Anhangabaú do metrô. Dia 25, a partir das 15h (retirar ingresso 1h antes de cada apresentação). 45 min. Livre. 
 
LANÇAMENTO REVISTAS RBMA 70 – MEDO E RBMA 71 – SONHO

| Biblioteca Mário de Andrade – Auditório. R. da Consolação, 94, Consolação. Próximo da estação Anhangabaú do metrô. Dia 25, 20H30. 45 min. Livre.

Zona Norte

CANTO PARA RINOCERONTES E HOMENS
Com Cia. Teatro do Osso. Direção: Rogério Tarifa. Texto Original: “O Rinoceronte”, de Eugene Ionesco. Elenco: Guilherme Carrasco, Isadora Titto, João Victor Toledo, Luísa Valente, Renan Ferreira, Rubens Alexandre e Viviane Almeida. Dramaturgia: Jonathan Silva, Rogério Tarifa e elenco. Músicos: Bruno Pfefferkorn e Filipe Astolfi.
Será que nós, seres humanos, gostaríamos de virar rinocerontes? A partir desse questionamento e da obra “O Rinoceronte”, de Eugene Ionesco, o ato-espetáculo musical traz para o palco temas como a brutalização do ser humano, a falta de sonhos e a extinção do homem.
| Teatro Municipal Alfredo Mesquita. Av. Santos Dumont, 1.770, Santana. Dia 25, 20h (retirar ingresso 1h antes). 180 min. + 14 anos.

Zona Sul

CAIS OU DA INDIFERENÇA DAS EMBARCAÇÕES
Com Velha Companhia. Texto e direção: Kiko Marques. Elenco: Alejandra Sampaio, Kiko Marques, Marcelo Diaz, Marcelo Laham, Marcelo Marothy, Marco Aurélio Campos, Maurício de Barros, Patrícia Gordo, Roberto Borenstein, Rose de Oliveira, Tatiana de Marca e Virgínia Buckowski.
O espetáculo é uma reconstrução poética de três gerações de uma família moradora de Ilha Grande, contada a partir da perspectiva de um barco.
| Teatro Municipal João Caetano. R. Borges Lagoa, 650, Vila Clementino. Dia 25, 20h (retirar ingresso 1h antes). 180 min. + 14 anos.

Zona Leste

SOBRE RATOS E HOMENS
Com DENDILEÃO Produções Artísticas Ltda. Direção artística: Kiko Marques. Elenco: Ricardo Monastero, Daniel Kronenberg, Luiz Amorim, Natallia Rodrigues, André Magalhães, Tom Nunes, Cássio Inácio e Pedro Paulo Eva.
Dois amigos, George e Lennie, o primeiro de raciocínio ágil e o segundo tão forte quanto ingênuo, estão unidos pelo sonho de trabalhar e juntar dinheiro para comprar um pedaço de terra onde possam finalmente viver. Forçados a lidar com a realidade, só a verdadeira amizade permitirá que continuem sonhando. No enredo repleto de tensão masculina, a única mulher em cena é Mae, esposa de Curley, filho do patrão. Ela joga com seu charme e persuasão para desestabilizar a ordem dos funcionários da fazenda.
| Teatro Municipal Arthur Azevedo. Av. Paes de Barros, 955, Mooca. Dia 25, 20h (retirar ingresso 1h antes). 100 min. + 10 anos.

Zona Oeste

OS ARQUEÓLOGOS
Com Empório de Teatro Sortido. Texto: Vinicius Calderoni. Direção: Rafael Gomes. Elenco: Guilherme Magon e Vinicius Calderoni.
Dois locutores esportivos transmitem cenas corriqueiras de vidas comuns. Pessoas caminham pelas ruas sem se dar conta de que os papéis rabiscados que trazem nos bolsos serão documentos históricos dentro de centenas de anos. Um pai tenta ensinar ao filho como se usa uma câmera de filmagem. Arqueólogos do futuro dialogam sobre os vestígios dessa estranha civilização, avaliando relíquias recolhidas no início do século 21.
| Teatro Municipal Cacilda Becker. R. Tito, 295, Lapa. Dia 25, 20h (retirar ingresso 1h antes). 60 min. +10 anos.

DANÇA
Centro

A trupe Os Parlapatões mostra sua arte circense no Masp, h
A trupe Os Parlapatões mostra sua arte circense no Masp, h

DANÇA POR CORREIO
Zumb.Boys.
Na rua, o espetáculo procura se comunicar com os transeuntes e utiliza os corpos para traduzir sensações do ser urbano.
| Galeria do Rock. Av. São João, 439 (não é necessário retirar ingresso). Dia 25, 11h. 50 min. Livre.

YEBO
Grupo Gumboot Dance.
Segundo espetáculo de dança do grupo. Gumboot dance é uma forma de dança criada no século 19 pelos trabalhadores das minas de ouro e de carvão da África do Sul. O espetáculo aborda a exploração tanto das minas quanto dos sete povos levados para a extração do minério, a criação de um dialeto sonoro a partir das batidas nas botas de borracha e a espera das mulheres por seus maridos mineiros.
| Largo do Paissandu. Av. São João, em frente 473. Dia 25, 13h (não é necessário retirar ingresso). 50 min. Livre.

JAM OLIDO DE DANÇAS
A Jam de Danças Urbanas tem a intenção de abrir espaço para os praticantes das diversas linguagens das danças de rua. O projeto possibilita um ambiente para a improvisação de seus praticantes e também do público, gerando uma interação entre profissionais e amadores.
| Centro Cultural Olido – Vitrine da Dança e corredor. Av. São João, 473. Dia 25, 14h (não é necessário retirar ingresso). 240 min. Livre.

PELE NEGRA MÁSCARAS BRANCAS
Cia. Treme Terra.
Inspirado no livro “Pele Negra Máscaras Brancas”, escrito por Frantz Fanon, a companhia cria este espetáculo de dança negra baseado em estudos sobre as relações étnico-raciais no Brasil, traçando um paralelo com a mitologia dos orixás e experiências pessoais relatadas em depoimentos pelos artistas do elenco.
| Centro Cultural Olido – Sala Olido. Av. São João, 473. Dia 25, 20h (retirar ingresso 1h antes). 80 min. Livre.

FESTA

Centro

CALEFAÇÃO TROPICAOS
O coletivo Calefação Tropicaos traz DJs para embalar esta festa.
| Praça das Artes. Av. São João, 281. Dia 25, das 14h às 22h (não é necessário retirar ingresso). Livre.

ROTEIROS SPSAFARI

Pateo do Colégio, por Rogério Tomazela, setembro de 2014, parte de vários passeios liderados por quem entende da cidade
Pateo do Colégio, por Rogério Tomazela, setembro de 2014, parte de vários passeios liderados por quem entende da cidade

Quatro roteiros que contam parte da cidade de São Paulo.

Centro

PÁTIO DO COLÉGIO E A HISTÓRIA DA CIDADE
Com João Carlos Kuhn (mestre em arquitetura e urbanismo pela FAU/USP).
Poucas cidades têm a certeza do ponto onde começaram. Não é o caso de São Paulo, que surgiu onde hoje está o Pátio do Colégio. Lá, os jesuítas construíram sua primeira cabana, em 1554. O percurso relatará as transformações ocorridas na cidade, com a presença e a expulsão dos jesuítas, a transformação do local em Palácio do Governador e a reviravolta a partir da década de 1950, quando o terreno é devolvido aos jesuítas e o conjunto religioso é reconstruído como parte das festividades do IV Centenário de São Paulo, em 1954.
| Dia 25, das 10h às 12h e das 14h às 16h (cada horário é uma turma diferente). Ponto de encontro: Pátio do Colégio. Inscrições: http://www.spsafari.com/contato (até 30 pessoas, por ordem de inscrição)

DE VILA A CENTRO DA METRÓPOLE PAULISTANA: UM PASSEIO PELA COLINA HISTÓRICA DE SÃO PAULO
Com Ana Castro e Joana Mello (professoras da FAU/USP).
O desenvolvimento do centro de São Paulo pode ser acompanhado por meio de seus edifícios e como seu espaço e vias foram planejados. Desde o uso da taipa até os arranha-céus de concreto armado, em meados do Século 20, várias imagens da cidade foram surgindo. Ao percorrer a colina histórica –núcleo original de formação de São Paulo–, o roteiro mostra como essas diferentes imagens se configuraram simbólica e materialmente na cidade.
| Dia 25, 15h. Ponto de encontro: Pátio do Colégio. Inscrições: joana-mello@usp.br (até 20 pessoas, por ordem de inscrição)

Zona Sul

PENSANDO COM OS BANDEIRANTES
Com Renato Cymbalista (professor de história da arquitetura e do urbanismo da FAU-USP).
A figura do bandeirante data do final do século XIX, quando aparece a imagem dos paulistas como heróicos desbravadores do território e construtores do território nacional. A partir dessa narrativa, a cidade está repleta de lugares que enaltecem a figura do bandeirante e suas explorações. Nos anos recentes, esses lugares tem sido objeto de protestos e manifestações que apontam para outros aspectos da presença dos bandeirantes no território, como a expulsão ou escravização dos índios. O percurso fará uma reflexão sobre essas representações e esses lugares.
| Dia 25, das 10h às 12h. Ponto de encontro:  Monumento às Bandeiras (Parque Ibirapuera). Inscrições: http://www.spsafari.com/contato (até 30 pessoas, por ordem de inscrição)

OBELISCO E A NARRATIVA HERÓICA DA REVOLUÇÃO DE 1932
Com Karoline Andrade.
O Obelisco do Ibirapuera é um dos maiores monumentos da cidade, mas poucos o conhecem por dentro. De lá, é possível recuperar a narrativa heróica da Revolução de 1932, incluindo painéis em mosaico que tratam da fundação, morte e ressurreição da cidade de São Paulo, sempre enaltecendo o caráter glorioso da luta paulista pela Constituição.
| Dia 25, das 14h às 16h. Ponto de encontro: saguão do Obelisco (Parque Ibirapuera). Inscrições: http://www.spsafari.com/contato (até 30 pessoas, por ordem de inscrição)

VISITAS À VILA ITORORÓ
A Vila Itororó estará excepcionalmente aberta, entre 13h e 17h, no aniversário de São Paulo. O público poderá fazer usos diversos e espontâneos no galpão (brincadeira livre, skate, pique-nique, conversas, ensaios artísticos etc.) e realizar uma visita ao pátio de casas históricas, sendo uma às 14h e outra às 16h. As visitas educativas ao pátio de casas compartilham o andamento do processo de restauro e descrevem a formação da Vila, que contém um pouco da formação da própria cidade. O visitante tem acesso às muitas histórias que compõem a Vila: a sua concepção como uma “casa-monumento” cercada por casas de aluguel, a questão da água como elemento estruturante, o Clube Eden Liberdade e a resistência das famílias que viveram no local nas últimas décadas. O público é estimulado a imaginar, debater e tomar parte nas discussões sobre os usos futuros do espaço, de modo que o sentido da preservação de um patrimônio público seja apropriado coletivamente.
| Dia 25, às 14h e às 16h. Duração: 1h30. Limite de público: até 30 pessoas, por ordem de chegada (não é necessário agendamento prévio). Vila Itororó Canteiro Aberto – Rua Pedroso, 238. Bela Vista/Bixiga. Próximo ao Metrô São Joaquim.

Mais atividades, só clicar:

➡ Programação de circo para adultos e crianças e outras atividades infantis

➡ Programação de teatro infantil

vale mais

 Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

 vale mais não se responsabiliza por alterações de horários de show e eventos, substituições de artistas, alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções; links rompidos ou inexistentes; informações enviadas com incorreções. Imagens divulgação da Prefeitura de São Paulo, das páginas do Facebook dos artistas, e com licença Creative Commons.

FINDE – Nudez é destaque em performance e instalação em SP

A nudez é elemento marcante neste final de semana cultural em São Paulo em instalação e performance com entrada grátis.

A bailarina Marta Soares durante o espetáculo O Banho, que fica em cartaz até 16 de abril com entrada gratuita, em SP - foto de João Caldas
A bailarina Marta Soares durante o espetáculo O Banho, que fica em cartaz até 16 de abril com entrada gratuita, em SP – foto de João Caldas

Na Oficina Cultural Oswald de Andrade, a bailarina Marta Soares é a estrela única de O Banho, espetáculo sem palavras no qual dança nua dentro de uma banheira cheia de água no meio do palco.

Somente amanhã, o artista russo Fyodor Pavlov-Andreevich posa como modelo vivo _como os das escolas de belas artes_ em uma performance durante a mostra Educação como Matéria-Prima, no MAM, Museu de Arte Moderna.

O nude _ou nu, no melhor português, tem sido objeto quase corriqueiro na comunicação de muita gente no WhatsApp. Mas estes dois artistas utilizam a própria nudez para questionar aspectos da vida e da arte.

O russo Fyodor em performance onde a nudez é elemento importante, foto de Igor Afrikyan
O russo Fyodor Pavlov-Andreevich durante performance onde a nudez é elemento importante, foto de Igor Afrikyan

Marta Soares já encenou o espetáculo O Banho em 2012. Voltou agora para comemorar 20 anos de carreira.

Cena do espetáculo O Banho, foto de João Caldas
Cena do espetáculo O Banho, foto de João Caldas

A bailarina baseou-se em fotos de mulheres histéricas feitas pelo médico e cientista Jean-Martin Charcot.

E na história de dona Yayá (Sebastiana de Mello Freire), mulher da elite paulistana que ficou internada por mais de quatro décadas em sua própria casa após diagnóstico de doença mental.

Além da banheira de louça, estilo clássico, de aproximadamente 180 quilos e capacidade de 100 litros,  há projeções de vídeos.

O Banho é um ritual de limpeza e cura, um memorial para mulheres que viveram e vivem situações semelhantes a da dona Yayá”, relata Marta.

A nudez do artista russo, que mora parte do ano no Brasil e fala português, foi escolhida como forma de repensar o papel de modelos vivos no ambiente acadêmico das escolas de arte e a distância estabelecida com os desenhistas.

Fyodor durante performance realizada em Londres, foto de Daria Kravtsova
Fyodor durante performance realizada em Londres, foto de Daria Kravtsova

Na performance que poderá durar mais de 5 horas, Um retrato com o artista e o vazio, Fyodor irá convidar o público a desenhá-lo e a se juntar ao artista como modelos vivos posando nu, claro.

Logo whatsapp Receba as boas notícias de vale mais no celular 📲 .
Crie um contato para vale mais  no número  011 9 9985-3577
e envie a frase Eu quero no WhatsApp. Pronto!

“Apesar da nudez remeter, muitas vezes, à sexualidade e à erotização, os modelos vivos em escolas de arte, que posam durante horas e recebem baixa remuneração por isso, trazem um aspecto que beira à monotonia. No Brasil, praias naturistas ou locais onde se pode permanecer sem roupa são escassos, e é comum a associação desses à práticas de orgia”, reflete o artista.

Fyodor Pavlov-Andreevich é russo e vive entre Moscou, Londres e São Paulo. É artista, curador, escritor, diretor de teatro e cineasta. Fyodor já realizou outras performances usando sua própria nudez em outros países.

Para participar da performance com o artista, que só acontece amanhã, sábado, é preciso ser maior de 18 anos ou ter autorização dos pais.

O artista russo em plena performance, foto de Guta Galli
O artista russo em plena performance, foto de Guta Galli

Na longa performance, a cada 15 minutos um sinal alerta para que o artista troque de posição e os participantes troquem de cadeira em sentido anti-horário e iniciem um novo desenho.

Ninguém precisa se procupar com material: o museu vai oferecer pranchetas, papéis A4 e lápis carvão aos participantes.

Os desenhos feitos na performance vão fazer parte de “Educação como matéria-prima”, em cartaz até 5 de junho. Os retratos colados nas paredes ajudam a refletir ainda mais sobre processos educativos da produção de desenhos e da realização de performances.

Cena de O Banho, foto de João Caldas
Cena de O Banho, foto de João Caldas

O Banho – Instalação Coreográfica

  • Com Marta Soares, coreógrafa e bailarina
  • Não é permitido fotografar (nem com celular)
  • Ingressos gratuitos. Retirar 30 minutos antes.
  • Até 16 de abril.
  • Quintas, sextas e sábados, às 20h, na Oficina Cultural Oswald de Andrade.
  • Endereço: Rua Três Rios, 363 – Bom Retiro – São Paulo, SP.
  • Classificação: 12 anos.
  • Duração: 60 minutos.
  • Capacidade: 40 lugares.

Um retrato com o artista e o vazio – Performance

  • Artista: Fyodor Pavlov-Andreevich
  • Aberto ao público
  • Fotos permitidas
  • Local: Sala Paulo Figueiredo, Museu de Arte Moderna de São Paulo
  • Parque do Ibirapuera (av. Pedro Álvares Cabral, s/nº – Portão 3)
  • Dia: 9 de abril (sábado), das 13h às 18h
  • Para participar é necessário ter mais de 18 anos ou autorização dos responsáveis.

 Educação como matéria-prima

  • Curadoria: Felipe Chaimovich e Daina Leyton
  • Até 5 de junho
  • R$ 6,00 – Entrada gratuita aos domingos
  • Museu de Arte Moderna de São Paulo
  • Pque do Ibirapuera (av. Pedro Álvares Cabral, s/nº – Portão 3)
  • Terça a domingo, das 10h às 17h30 (com permanência até as 18h)
  • (11) 5085-1300
  • www.mam.org.br
  • Acesso para deficientes / ar condicionado
  • Restaurante/café

vale mais

 Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

 vale mais não se responsabiliza por alterações de horários e locais dos eventos.

NA FAIXA – Cinema de graça só hoje no Espaço Itaú

Quer ver filme vencedor do Oscar de graça num cinema bom? Pois todas as sessões do Espaço Itaú de Cinema estão na faixa somente hoje, 29 de fevereiro! \o/ Em várias cidades do Brasil!

Para participar, leve este post na bilheteria para retirar o seu ingresso!

Veja os cinemas participantes:

a.        Brasília

Shopping Casa Park (2º Piso)

SGCV Sul Lote 22 – Guará

b.        Curitiba

Shopping Crystal (Piso L1)

Rua Comendador Araújo, 731 – Batel

c.        Porto Alegre

Bourbon Shopping Country (2º Piso)

Av. Túlio de Rose, 80 – Passo da Areia

d.        Rio de Janeiro

Praia de Botafogo, 316 – Botafogo

e.        Salvador

Praça Castro Alves – Centro

f.        São Paulo

i.        Unidade Augusta

Rua Augusta, 1.475 (Salas 1, 2 e 3) – Consolação

Rua Augusta, 1.470 (Anexo, salas 4 e 5) – Consolação

ii.        Unidade Frei Caneca

Shopping Frei Caneca (3º Piso)

Rua Frei Caneca, 569 – Consolação

iii.        Unidade Pompéia

Bourbon Shopping São Paulo

Rua Palestra Itália, 500 – Perdizes

A utilização dos ingressos está condicionada à capacidade de lotação das salas e das sessões disponíveis na unidade do Cinema.

SÃO PAULO 462 anos – Daniela Mercury, Gil e Criolo nos shows de aniversário

São Paulo chega aos 462 anos na próxima segunda-feira. Para comemorar, shows com Daniela Mercury, Gilberto Gil, Criolo, Ratos de Porão, Jerry Adriani, Negra Li, Maria Gadu e tantas outras estrelas da música popular brasileira _e paulistana!

Programação completa no final do post

Daniela Mercury comemora os 462 anos de São Paulo com trio elétrico na Faria Lima dia 24 de janeiro, domingo próximo
Daniela Mercury comemora os 462 anos de São Paulo com trio elétrico na Faria Lima dia 24 de janeiro, domingo próximo

Melhor: como será feriado prolongado, as festividades começam sábado, dia 23, e vão até segunda, dia 25 de janeiro. Uau, uma maratona e tanto nos quatro cantos da maior cidade do país! A programação é da Prefeitura de São Paulo.

Gilberto Gil durante show no Sesc Itaquera
Gilberto Gil durante show no Sesc Itaquera

Os shows vão acontecer em palcos ao ar livre, teatros, centros culturais e CEUs. Também vai ter festival gastronômico com direito a um prato que ninguém bate os paulistanos: pastel! Como se sabe, paulistano que é paulistano e todos aqueles que vêm morar na cidade gostam de comer bem, nénão?

Logo whatsapp Receba as boas notícias de vale mais no celular 📲 . Crie um contato para vale mais  no número  011 9 9985-3577 e envie a frase Eu quero no WhatsApp. Pronto! IMPORTANTE: seu número não aparece para ninguém!

Destaques dos shows:

Dia 23 de janeiro

Criolo
Neste show, Criolo se apresenta no formato clássico do Hip Hop, acompanhado apenas por Dan Dan e DJ Marco, respectivamente.

Criolo durante show em outubro de 2012, por Olegário A. Filho
Criolo durante show em outubro de 2012, por Olegário A. Filho

No repertório, músicas mais conhecidas pelo grande público como “Grajauex”, “Subirusdoistiozin” e “Convoque Seu Buda” e também raps como “É o teste”, “Chuva ácida” e “No sapatinho”, clássicos de seu primeiro disco que foram revistos e rearranjados pelo produtor Daniel Ganjaman, responsável pela direção musical do show que se propõe a ser uma viagem pela trajetória icônica do rapper na música.
Serviço: 23 de janeiro, 18h. Classificação indicativa: Livre. Duração: 60 minutos.  No Palco Parelheiros, rua Terezinha Prado de Oliveira.

Luciana Mello em foto na página no Facebook
Luciana Mello em foto na página no Facebook

Luciana Mello e Jairzinho
Jair Oliveira e Luciana Mello herdaram e sempre carregaram a música e a alegria do pai, Jair Rodrigues, em suas veias. Neste show, cada um canta sucessos de seus repertórios individuais, além de cançoes marcantes de Jair Rodrigues.
Serviço: Teatro Arthur Azevedo – Avenida Paes de Barros, 955 – Mooca. 23 de Janeiro, 21h. Classificação indicativa: Livre. Duração: 60 minutos.

Ratos De Porão
Turnê Século Sinistro
Ratos de Porão é uma banda brasileira de hardcore rock formada em 1981 durante a explosão do movimento punk em São Paulo. No ano de 2014, lançaram o álbum “Século Sinistro” e desde então, a banda tem apresentado o show dessa turnê no Brasil e no exterior.
Serviço: CEU Aricanduva – Av. Olga Fadel Abarca, 1 – Jardim Santa Terezinha. 23 de Janeiro, 18h. Classificação indicativa: 18 anos. Duração: 60 minutos.

Raimundos
Turnê Raimundos 20 Anos de Estrada
Na turnê Raimundos 20 anos de estrada a banda apresenta show, com 20 “Hits” escolhidos pelos fãs em votação na internet e algumas músicas do trabalho mais recente, “Cantigas de Garagem”.
Serviço: CEU Alvarenga – Estr. do Alvarenga, 3752 – Balneário São Francisco. 23 de Janeiro, 18h. Classificação indicativa: 16 anos. Duração: 60 minutos.

A cantora Negra Li vai dar show no .......
A cantora Negra Li vai dar show no Centro Cultural da Penha

Negra Li
Show Tudo De Novo
“Tudo de Novo” é o título do mais recente álbum solo de Negra Li, em que apresenta mistura de gêneros como o pop, a mpb, o soul, o jazz e o reggae.
Serviço: Centro Cultural da Penha – Largo do Rosário, 20 – Penha. 23 de Janeiro, 20h. Classificação indicativa: Livre. Duração: 60 minutos.

Dia 24 de janeiro

Daniela Mercury
com seu Trio Elétrico
Uma das maiores representantes da axé music brasileira vai fazer um pré-carnaval em cima de seu trio elétrico. Além de cantar grandes sucessos de seu repertório, Daniela Mercury vai presentear os paulistanos cantando samba e rock´n roll.
Concentração: Avenida Faria Lima, altura do número 1635. 16h30 (concentração 1 hora antes). Classificação indicativa: Livre. Duração:  4 horas.

Dia 25 de janeiro

Gilberto Gil
Abertura: Demônios da Garoa
O músico baiano faz uma viagem musical que vai de clássicos como “Andar com fé”, “Realce”, “Vamos fugir” e “Toda menina” a hits mais recentes como “Esperando na Janela”.

O público poderá pular ao som de “Palco” e “Aquele abraço”, além de se emocionar com “Tempo rei”, “Drão”, “Não chore mais” e “A paz”.
Clube Tietê – Avenida Santos Dumont, 843 – Luz. 25 de Janeiro, a partir das 16h. Classificação indicativa: Livre. Duração: 60 minutos.

Garota em São Paulo, foto de Gabriel Cabral, 18 de abril de 2012
Garota em alto de prédio  em São Paulo, foto de Gabriel Cabral, 18 de abril de 2012

Além de música e muita arte, no Memorial da América Latina, haverá o 3º Festival Gastronômico até R$10 e 1º Festival do Pastel, que tem entrada gratuita, com sanduíches,  pratos da culinária baiana, mineira, mexicana, chilena e oriental, salgados em geral, massas, risoto, crepes, tapioca, pizza, sorvetes artesanais, picolés, paletas, milk shakes, donuts, pipoca, brigadeiros e outros docinhos, bolos, bombons, sucos, refrigerantes, água, chás, frapês, raspadinhas, chopp, cerveja.

Ufa. Ah, vai ter comida vegetariana e vegana.

Gostou? De 23 a 25 de janeiro. Horário: dias 23 e 24, das 10h às 21h; dia 25, das 10h às 22h, no Memorial da América Latina, Av. Auro Soares de Moura Andrade, 664 – Barra Funda. Estacionamento: Portão 15 (pago).

Confira aqui nestes links todas as informações dos shows:

PROGRAMAÇÃO DOS SHOWS DE DANIELA MERCURY E DE GILBERTO GIL

PROGRAMAÇÃO NOS CENTROS CULTURAIS E TEATROS MUNICIPAIS

PROGRAMAÇÃO NOS PALCOS DE RUA

PROGRAMAÇÃO NAS RUAS DE LAZER

PROGRAMAÇÃO NOS CEUs – CENTROS EDUCACIONAIS UNIFICADOS

Aniversário de São Paulo – Programação Completa – 23 a 25 de janeiro de 2016

Para terminar, um dos sucessos de Criolo:

Ponte Octávio Frias de Oliveira, Embratur, Fotos Públicas, 15 de agosto de 2014
Ponte Octávio Frias de Oliveira, uma São Paulo moderna – Embratur, Fotos Públicas, 15 de agosto de 2014

vale mais

 Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

Nas redes sociais, é só clicar:

facebook_logo_detail          Logo Pinterest          Twitter_logo_blue          Instagram_Icon_Large          Google+       Logo tumblr azul no transparente

 vale mais não se responsabiliza por alterações de informações fornecidas pela Prefeitura de São Paulo.

Troca-troca que faz bem à cabeça 📘 e ao estômago 🍞

No Rio de Janeiro, a famosa rede de lojas de roupas femininas Cantão, a agência de marketing Satrápia e o pequeno e badalado Empório Jardim colocaram em prática um “troca-troca” criativo e simpático!

Poesia de Mário de Andrade disponível para "troca-troca" na loja Cantão do shopping Leblon
Poesia de Mário de Andrade disponível para “troca-troca” na loja Cantão do Gávea Shopping, no Rio de Janeiro

Sem sustos! A ação que chama a atenção dos cariocas trata de cultura e meio ambiente.

Vestido Cantão tubinho, bazar online, R$ 119
Vestido Cantão tubinho, bazar online, R$ 119

Bem, vamos trocar em miúdos a ideia das empresas:

A Cantão, rede de lojas de roupa feminina, promove desde o dia 23 de junho nas lojas dos shoppings Gávea e Leblon, na zona sul da cidade maravilhosa, o “Troca-troca de livros” 📗.

O nome diz tudo e a proposta é supersimples: você leva um livro 📘 para uma dessas duas lojas, deixa lá e carrega prá casa outro 📙 que estiver disponível.

Muitas opções disponíveis na estante que estava na Lagoa
Muitas opções disponíveis na estante que estava na Lagoa*

A iniciativa faz parte de um projeto de incentivo à leitura 📚 que já incluiu uma outra troca de livros a céu aberto na Lagoa Rodrigo de Freitas _no qual qualquer pessoa interessada levava dois livros de literatura e tinha direito a pegar um outro.

A campanha feita em parceria com a biblioteca itinerante Livre.Ria (links no final do post) tem como objetivo valorizar o livro em tempos de tablets e smartphones.

“Ninho de livro” é uma ideia similar de uma agência de marketing que busca levar benfeitorias às cidades. Para isso, faz parcerias. Neste projeto conta com a editora Intrínseca e com a Prefeitura do Rio de Janeiro.

Ninho de livro na praia do Leblon, zona sul do Rio de Janeiro
Ninho de livro na praia do Leblon, zona sul do Rio de Janeiro

O “Ninho de livro” também funciona na base da troca de livros: você deixa um e tira outro que estiver em uma espécie de casinha de passarinho toda decorada.

Ninho desvendado!
Ninho desvendado!

Há vários pelo menos 12 deles no Rio de Janeiro e agora o projeto voou para Fortaleza, capital do Ceará, que já ostenta dez. Tudo com a parceria do Colégio 7 de Setembro. Bacana!

Com o objetivo de garantir o sucesso do projeto, a agência convocou alguns cariocas a um desafio: deixar um livro e tirar uma selfie, além de sugerir mais dois nomes para fazer o mesmo.

Claro, tem que postar com a hastag #desafiodoninho na página do Face que registra tudinho (links abaixo).

Ah! Tem mais: no Google Maps tem os mapas das duas capitais para você encontrar um ninho e participar (veja no final do post).

No Empório Jardim um pequeno cartaz explica a ideia de troca
No Empório Jardim um pequeno cartaz explica a ideia de troca

No badalado Empório Jardim, um misto de bistrô, padaria e pequeno empório situado no Jardim Botânico frequentado por quem gosta de comida natural e gourmet (incluindo queijo Canastra), o “troca-troca” também envolve papel.

Uma baguete que vale por 4 sacolas usadas do Empório Jardim
Baguete que vale por 4 sacolas usadas do Empório Jardim

Mas de embalagem. O consumidor que levar no empório quatro sacolas em bom estado do próprio empório fornecidas como embalagem pode trocá-las por uma baguete 🍞 no valor de R$ 2,30.

Proposta que faz bem ao estômago, ao meio ambiente que terá menos lixo e também ao bolso _uma economia que vale por meio cafezinho ☕ !

Onde fazer as trocas:

Cantão do Shopping da Gávea – rua Marquês de São Vicente, 52, 1 Piso, fone (21) 2294-8745, 2274-8260, Gávea, Rio de Janeiro;

Cantão do Shopping Leblon – rua Afrânio de Melo Franco, 290, fone (21) 3114-5501, 3114-5896;

Delícias do Empório Jardim
Delícias do Empório Jardim*

Empório Jardim –  rua Visconde da Graça, 51, Jardim Botânico, Rio de Janeiro, fone (21) 2535-9862.

Sites na Internet – clique em cima dos nomes:

CantãoEmpório Jardim – Intrínseca

Livre.Ria – Ninho de livro

  *  *  *  *  *  *  *  *  *  *  *  * image

vale mais

 O blog para quem quer curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

vale mais nas redes sociais _só clicar abaixo:

facebook_logo_detail           Twitter_logo_blue           Instagram_Icon_Large           Google+

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços e ausência de produtos nas bancas, lojas, sites e/ou estoque, tampouco durante promoções. Todas as fotos são do blog. Outras imagens têm fonte creditada. Pesquisa feita em 8 e 13 de agosto de 2015.*Imagens dos sites das empresas.

LIVRO 📗 📘 PRÁ CRIANÇA – Sugestões cheias de cor e fantasia

Volta às aulas 📚… Bem, não é necessário arrumar nenhuma desculpa para se comprar um livro próprio para meninos 👦 e meninas. 👧. Pode ser para quem já está alfabetizado. Ou para a criançada que está quase entrando na escola e precisa da leitura de um adulto 👨 👩 👴 👵 _pai, mãe, tio, tio ou um irmão mais velho.

Ivo Rocha, vendedor da Livraria Cultura do Conjunto Nacional, em São Pauo, indica alguns livros que estão entre os mais vendidos da seção infantil. Vamos dar uma olhada?

A Revolta dos Gizes de Cera, de Drew Daywalt, R$ 38

Página interna de
Página interna de “A Revolta”

Para ninguém esquecer _clique no nome do livro que o link te leva até o site da livraria:

A Revolta dos Gizes de Cera, de Drew Daywalt, R$ 38.

* * *

Os Problemas da Família Gorgonzola, de Eva Furnari, R$ 37
Os Problemas da Família Gorgonzola, de Eva Furnari, R$ 37

O Pequeno Príncipe, de Antoine de Saint-Exupery, R$ 9,70Os Problemas da Família Gorgonzola, de Eva Furnari, R$ 37.

* * *

O Pequeno Príncipe, de Antoine de Saint-Exupery, R$ 9,70. Esta edição de bolso vale a pena, pois tem ilustrações do próprio autor.

* * *

Charles na Escola de Dragões, de Alex Cousseau, R$ 65Charles na Escola de Dragões, de Alex Cousseau, R$ 65.

wpid-wp-1438131326092.jpeg

* * * * * * * * *

Olha só que coisa mais linda que rolou na seção de livros infantis:

A Livraria Cultura vende no site www.livrariacultura.com.br e oferece ao consumidor a possibilidade de se retirar o produto em loja, assim como a livraria Saraiva. Saiba mais clicando no post de vale mais Compra online – Mais redes permitem retirar o produto em loja.

vale mais lembra que, antes de clicar para comprar qualquer produto, é preciso pesquisar preços, beleza?

image*  *  *  *  *  *  *  *  *  *  *  * 

vale mais

 O blog para quem quer curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

vale mais nas redes sociais _só clicar abaixo:

facebook_logo_detail           Twitter_logo_blue           Instagram_Icon_Large           Google+

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços e ausência de produtos nas bancas, lojas, sites e/ou estoque, tampouco durante promoções. Todas as fotos são do blog. Outras imagens têm fonte creditada. Preços pesquisados em 18 e 28 de julho de 2015 não incluem frete.

FINDE – Conheça Miró 🎨 de perto

Sábado e domingo chegando. E o frio pede ficar protegido. Joan Miró, a Força da Matéria é uma boa dica de programa legal para quem está sozinho ou acompanhado. O artista espanhol que ficou famoso por seus traços e cores 🎨 surrealistas tem 112 de suas obras no Instituto Tomie Ohtake, em São Paulo. A exposição é badalada e fica na cidade até o dia 16 de agosto.

Joan Miró, La Equilibrada
Joan Miró, La Equilibrada**

São 41 pinturas, 22 esculturas, 20 desenhos, 26 gravuras e três objetos (pontos de partida de esculturas), além de fotografias sobre a trajetória do pintor, que era da Catalunha, região da Espanha.

Você pode receber as boas notícias de vale mais direto no seu celular. Clique aqui para saber como, é fácil: 011 9 9985-3577. Vem!
Joan Miró, Cabeça, 1979, óleo e lápis sobre compensado, 122 x 122 cm
Joan Miró, Cabeça, 1979, óleo e lápis sobre compensado, 122 x 122 cm**

As peças vieram da Fundação Joan Miró, de Barcelona, e de coleções particulares.  A exposição divide-se em três grandes blocos por ordem cronológica  que coincidem com momentos vitais do artista.

Esculturas de Miró em exposição no Instituto Tomie Ohtake
Esculturas de Miró em exposição no Instituto Tomie Ohtake**

Para evitar filas na bilheteria, a página do Facebook recomenda para quem quer ver a exposição de 1 a 16 de julho, já estão à venda ingressos online pelo site Ingresse.com (links no final do post).

Joan Miró, a Força da Matéria segue para Florianópolis (SC), no Museu de Arte de Santa Catarina, de 2 de setembro a 14 de novembro.

O famoso fotógrafo Man Ray fotografou Joan Miró em 1933*
O fotógrafo Man Ray retratou Joan Miró em 1933*

Instituto Tomie Ohtake

Avenida Faria Lima 201 (Entrada pela Rua Coropés 88), Pinheiros São Paulo.  Metrô 🚇 mais próximo – Estação Faria Lima/Linha 4 – amarela.

Joan Miró, a Força da Matéria

Terça-feira – entrada GRATUITA – Necessária retirada de senhas na bilheteria. O Instituto explica que podem ser retiradas 2 senhas por pessoa, até o término das senhas, com validade apenas para o dia em que forem retiradas.

Quarta-feira a domingo – R$ 10 (inteira) e  R$ 5 (meia entrada para estudantes, professores da rede pública e idosos (mediante documento que comprove). Crianças até 10 anos e deficientes têm entrada GRATUITA.

Geral da exposição
Geral da exposição**

Onde comprar ingressos:
Online:
www.ingresse.com (sem taxas), neste link aqui
Facebook do Instituto Tomie Ohtake, neste link aqui

Nas bilheterias do Instituto Tomie Ohtake – horário da bilheteria- terça a domingo, das 10h às 19h.

Horário de entrada na exposição – 11h às 15h30 e das 16h às 19h – Último horário de entrada para a exposição às 19h.

Fundação Joan Miró, neste link aqui

*  *  *  *  *  *  *  *  *  *  *  * 

vale mais

 O blog para quem quer curtir coisas boas com pouco dinheiro _ou nenhum!  

Siga a gente nas redes sociais  _ clique nos ícones abaixo:

facebook_logo_detail           Twitter_logo_blue           Instagram_Icon_Large           Google+

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços e de horários em exposições e eventos culturais. *Imagem do site do Fundação Joan Miró; ** Imagens do site e Facebook do Instituto Tomie Ohtake.

Com menos de R$ 5 comemore o Dia dos Namorados com os amores de Drummond

Capa do ebook da Breve Companhia
Capa do ebook da Breve Companhia

Dia dos Namorados! Hora de curtir poesia. E de um dos maiores poetas brasileiros, Carlos Drummond de Andrade.

“Daqui Estou Vendo o Amor” é um livro digital – ou ebook que você pode comprar por menos de R$ 5.

Da editora Companhia das Letras – Breve Companhia -, a obra reúne cerca de 30 poemas que retratam o amor em suas mais diversas manifestações, do nascimento do sentimento, das relações aos desenlaces.

No site da Companhia das Letras, o resumo da biografia de Drummond diz: “Nasceu em Itabira (MG), em 1902. Estreou em 1930, com Alguma poesia, e nos cinquenta anos seguintes publicou obras como Sentimento do mundo, A rosa do povoe Claro enigma. Drummond morreu no Rio de Janeiro em 1987, aos 84 anos”.

Tem também uma lista com as obras do poeta_neste link aqui.

Namoro moderno na versão do grafite de Banksy*
Namoro moderno na versão do grafite de Banksy*
Carlos Drummond de Andrade - foto no site da Companhia das Letras
Carlos Drummond de Andrade – foto no site da Companhia das Letras

Uma boa dica para comemorar com sua cara-metade! O ebook pode ser comprado e baixado por R$ 4,74 na Saraiva ou por R$ 4,99  na Cultura e Folha.

Cultura, neste link aqui

Folha, neste link aqui

Saraiva, neste link aqui

image*  *  *  *  *  *  *  *  *  * *  * 

vale mais

 O blog para quem quer curtir coisas boas e economizar!  

Siga a gente nas redes sociais  _ só clicar nos ícones abaixo:

facebook_logo_detail           Twitter_logo_blue           Instagram_Icon_Large           Google+

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços e ausência de produtos nas bancas, lojas, sites e/ou estoque, tampouco durante promoções. Preços pesquisados em 11 de junho de 2015 não incluem frete.

🎨 Picasso de graça só até segunda

Se ainda não foi, programe-se 📅. Porque “Picasso e a Modernidade Espanhola”, exposição que reúne parte da produção de um dos mais famosos pintores do século 20 e de outros pintores conterrâneos e contemporâneos, encerra sua temporada no Centro Cultural Banco do Brasil de São Paulo na próxima segunda-feira, 8 de junho.

Mulher sentada apoiada sobre os cotovelos, 1939, em foto de Pablo Ruiz Picasso
Mulher sentada apoiada sobre os cotovelos, 1939, em foto de Pablo Ruiz Picasso

A boa notícia é que dia 24 próxima, ela abre no Rio de Janeiro, no Centro Cultural Banco do Brasil, onde fica até o feriado de 7 de setembro.

🎨 Com quase 90 quadros, esculturas, desenhos e gravuras que fazem parte da Coleção do Museu Nacional Centro de Arte Rainha Sofía, que fica em Madri, Espanha, a exposição, desde que começou, tem atraído multidões.

Você pode receber as boas notícias do blog direto no seu celular 📱. Clique aqui e saiba como. É fácil e de graça. Vem!

São estudantes em grupos e pessoas de todas as idades 👪 que querem ver de perto o belíssimo “Retrato de Mira Maar” _mais tantas outras obras conhecidas de Picasso.

É programa que vale mais recomenda para este feriado que muitos irão emendar.

image

O Banco do Brasil informa que mais de 200 mil pessoas já visitaram a exposição. O CCBB fica no centro da cidade, entre duas estações de metrô 🚇: Sé e São Bento.

Você não poderá estar fora desta, claro!

Para ver obras de arte a centímetros de distância, você não vai gastar nada _a entrada é gratuita. Se prepare porque certamente vai ter fila para entrar _e vale mais aguardar. E o CCBB vai abrir normalmente no feriado de amanhã _mais um bom motivo para dar uma chegada lá.

O horário menos agitado é no final da tarde, informa o CCBB.

image

O que está exposto no CCBB mostra como o gênio e mito da pintura influenciou a arte moderna espanhola e como os seus traços e de outros artistas da época acabaram imprimindo sua marca na arte produzida em várias partes do mundo.

A exposição revela o caminho do pintor até sua obra mais famosa, Guernica, que retrata os horrores da Segunda Guerra Mundial. E fala de sua relação com outros mestres da arte moderna espanhola, como Gris, Miró, Dalí, Domínguez e Tàpies, que também podem ser vistos no centro cultural do Banco do Brasil.

Para dar água na boca, confira o site picassonobrasil.com.br, criado por iniciativa do grupo segurador Banco do Brasil e Mapfre.  Ótima ideia! 💡

Exemplos de como é o tour virtual do site Picasso no Brasil
Exemplos de como é o tour virtual do site Picasso no Brasil

Um dos destaques do site é o tour virtual por todos os andares do prédio onde está a exposição. Se pode ver várias obras dispostas nas paredes, de jeito muito parecido com o Google Street View. UAU!

Algumas dessas obras estão marcadas com o sinal “!“. Ao clicar na “!“, informações sobre a peça em foto de alta qualidade para você admirar na tela do seu 💻 ou📱.

Mas, óbvio, melhor ao vivo!

Brincando de Picasso com fotos de seu celular e o aplicativo da mostra
Brincando de Picasso com fotos feitas no celular e o aplicativo da mostra

Também foi criado um aplicativo gratuito para quem tem celular com plataforma Android ou iOS no qual você pode brincar com o cubismo, nome do movimento iniciado por Picasso que foi sua grande marca como artista.

Com duas fotos suas ou de alguém que você escolhe, uma de frente e outra de perfil, o app deixa sua imagem com cara de quadro cubista. UI!

Mais sobre Picasso e a Modernidade Espanhola:

Site Picasso no Brasil, neste link aqui

Aplicativo da exposição – disponível na Play Store e Apple Store. Só digitar PicassonoBR no campo de busca 🔍 que você chega lá. Gratuito.

Picasso e a Modernidade Espanhola – até 8 de junho – GRATUITO

Centro Cultural Banco do Brasil São Paulo, CCBB

rua Álvares Penteado, 112, centro de São Paulo;  (11) 3113-3651/3652;  ccbbsp@bb.com.br; Funcionamento: de quarta a segunda, das 9h às 21h.

+ + +

Centro Cultural Banco do Brasil Rio de Janeiro – de 24 de junho a 7 de setembro de 2015

Rua Primeiro de Março, 66, centro do rio de Janeiro, (21) 3808-2020

; Funcionamento: de quarta a segunda, das 9h às 21h.

Obras de Picasso no Museu Nacional Rainha Sofía, neste link aqui

*  *  *  *  *  *  *
Esta é uma cópia de foto que Man Ray fez de Picasso em 1933 e que faz parte do acervo do Museu Rainha Sofía
Cópia de foto que Man Ray fez de Picasso em 1933, acervo Museu Rainha Sofía

vale mais

 O blog para quem quer curtir coisas boas e economizar!  

Siga a gente nas redes sociais  _ só clicar nos ícones abaixo:

facebook_logo_detail           Twitter_logo_blue           Instagram_Icon_Large           Google+

vale mais não se responsabiliza por alterações de horários e dias de eventos e exposições culturais em qualquer instituição pública ou particular.

Confira como chegar 🚇 🚌 🚕 🚘 🚵🚶 no CCBB de São Paulo: