Arquivo da categoria: Cultura

DE GRAÇA – Sesc Avenida Paulista inaugura domingo com shows de Vanessa da Mata, Hermeto, Fafá e muito mais

Domingão promete muito em São Paulo. Depois de amanhã, 29 de abril, o Sesc inaugura a tão esperada unidade da avenida Paulista com três dias de atrações gratuitas. UAU! Situado no número 119, simplesmente na esquina vizinha ao Itaú Cultural, o novo centro cultural abre com show na rua por volta das 12h com Vanessa da Mata e a Orquestra Heliópolis (segundo o site Divirta-se do Estadão), além de outros shows com Hermeto Pascoal e Fafá de Belém, entre tantas outras atividades culturais.

Novo centro cultural Sesc na avenida Paulista: abertura domingo, 29 de abril, com show de Hermeto Pascoal, Fafá de Belém e muito mais*

O Sesc informa que a nova unidade tem vocação para atividades para o corpo, arte e tecnologia. Para quem não sabe, o Sesc já ocupou esse mesmo prédio com atividades administrativas. Mas fechou para fazer essa reforma _que promete, pois tem energia solar para aquecer chuveiros e torneiras, jardim para melhorar a temperatura (não aberta à visitação), e até energia limpa para recarregar cadeiras e carros elétricos!

Programação do domingo de abertura completa abaixo

Só para lembrar: o Sesc todo é dedicado a receber funcionários do comércio, serviços e em turismo. Mas também tem atividades gratuitas ou pagas para quem se interessar. Quem nunca foi a um show no Sesc?

DE GRAÇA – Instituto Moreira Salles abre na Paulista com exposição de fotos de Robert Frank

Para a abertura, tudo indica que as atividade serão abertas a todos. Vai ter muita atividade rolando nos 17 andares (2 subsolos) com salas de espetáculos e para exposições (várias com pé direito duplo, muito bacana para instalações grandes) e oficinas culturais, práticas esportivas e do corpo, clínica odontológica, espaço para crianças brincarem, bibliotecas e outros equipamentos comuns à outras unidades (não vai ter piscina nem ginásio).

Com esta inauguração, a mais paulista das avenidas passa a contar com vários centros culturais mais o Masp: IMS Avenida Paulista, Itaú Cultural e Casa das Rosas.

Saca só como vai ser o prédio novo do Sesc, que também vai ter energia solar: (clique na imagem para ampliar):

Ah, muita coisa boa: comedoria e café com um mirante na cobertura, mais bicicletário no térreo para quem vai de bike. E vai ter gente sobre duas rodas na unidade, com a Paulista cheia de ciclistas passeando e curtindo!

Cheque a programação completa dos 3 dias aqui (sujeita a alterações):

Domingo, dia 29 de abril: 

12h às 16h

TÉRREO

Audiotour Avenida Paulista 
Por meio do aplicativo Sesc Avenida Paulista

Corpo Equilibrado 
Com Flavia Saraiva, Jade Barbosa, Eduardo Garbin e José Bueno

Experimentações Eletrônicas
Com DJ ChicoCorrea

Intervenção de Dança
Com Clássicos do Passinho

Memórias inventadas exatamente agora
Tulipa Ruiz inspirada por Manoel de Barros

Onipotência do Sonho
Com Centro Teatral e Etc e Tal

Sambas Sociais
Com Gê de Lima, Grazi Brasil e Naruna Costa

2º ANDAR

Escola de Libras
Com Corpo Sinalizante

Sobre Árvores
Com agentes de Educação Ambiental

3º ANDAR

Flou
Com Ieltxu Ortueta

Jogos e Brincadeiras do Congo e da Síria 

Jogos e Brincadeiras Indígenas
Com povo indígena Kalapalo

4º ANDAR

Empatias Mapeadas
Por Guto Requena

Explode! Paulista
Por João Simões e Claudio Bueno, com diversos artistas

Ocupação Birdo
Com Estúdio Birdo

Que lugar é esse?
Intervenção com Óculos de Realidade Virtual

Viração
Com coletivo de educomunicação jovem

5º ANDAR

Exposição Visões do Tempo – Bill Viola
(Em cartaz até 9/9)

Placas para coletar energia solar na nova unidade Sesc Avenida Paulista (foto Instagram @sescavpaulista)

8º ANDAR

Risus – O sorriso como elemento de interação social
Instalação

10º ANDAR

Agilidade e Esgrima
Com Yane Marques

Flexibilidade e Ginástica Artística
Com Seleção Brasileira de Ginástica

Velocidade e Atletismo
Com Robson Caetano

11º ANDAR

Apresentação do Programa de Ginástica Multifuncional

12º ANDAR

Demonstração da Prática de Pilates

13º ANDAR

Corpo Resistente
Com Rafaela Silva, Diogo Silva e Antônio Tenório

Hermeto Pascoal & Grupo

Simbad, o navegante
Com Circo Mínimo

Transformações – O Tempo do Corpo
Com Dorothy Lenner

15° ANDAR

Caixa de Contos
Instalação literária

Mediação de Leitura
Com Collectivus de Leitura

Mensagens de Mulheres Sábias
Com Coletivo As Rutes

17º ANDAR

Sobre Hortas
Com União das Hortas Comunitárias de São Paulo

16h às 19h

TÉRREO

A Breve História de Quase Tudo
Com Luciana Paes

Audiotour Avenida Paulista 
Por meio do aplicativo Sesc Avenida Paulista

Canções do Beco Com Mauro Braga
DJ Benjamin Ferreira

Fafá de Belém em Guitarradas do Pará
Com Manoel Cordeiro e Felipe Cordeiro

Ocupação Circo no Beco

2º ANDAR

Sobre Árvores
Com agentes de Educação Ambiental

3º ANDAR

Brincayoga
Com Renata Von Poser

Coreocolagem
De Elisabete Finger

4º ANDAR

Empatias Mapeadas
Por Guto Requena

Explode! Paulista
Por João Simões e Claudio Bueno, com diversos artistas

Ocupação Birdo
Com Estúdio Birdo

Que lugar é esse?
Intervenção com Óculos de Realidade Virtual

Viração
Com coletivo de educomunicação jovem

5º ANDAR

Exposição Visões do Tempo – Bill Viola
(Em cartaz até 9/9)

8º ANDAR

Risus – O sorriso como elemento de interação social
Instalação

Espaço da ginástica multifuncional no novo Sesc Avenida Paulista

10º ANDAR

Força e Levantamento Olímpico
Com Fernando Reis e Roseane dos Reis Santos

Resistência e Jiu Jitsu
Com Kyra Gracie

11º ANDAR

Apresentação do Programa de Ginástica Multifuncional

12º ANDAR

Demonstração da Prática de Pilates

13º ANDAR

Anátema 1
Com Grupo Cena 11 Cia. de Dança

Ecos das Juventudes
Com Triz Rutzats, Luiza Romão e Bobby Baq

Mahmundi convida Alice Caymmi

Ritual: eu, mulher, rainha
Com Vânia Oliveira

15° ANDAR

Caixa de Contos
Instalação literária

Mediação de Leitura
Com Collectivus de Leitura

Mensagens de Mulheres Sábias
Com Coletivo As Rutes

17º ANDAR

Sobre Hortas
Com União das Hortas Comunitárias de São Paulo

Programação do dia 30 (segunda-feira): 
Cadeiras e carros elétricos podem ser recarregados na nova unidade Sesc Avenida Paulista

10h às 12h

TÉRREO

Audiotour Avenida Paulista 
Por meio do aplicativo Sesc Avenida Paulista

Meditação performance com gongos tibetanos
Com Jorge Peña

Onipotência do Sonho
Com Centro Teatral e Etc e Tal

2º ANDAR

Sobre Árvores
Com agentes de Educação Ambiental

3º ANDAR

Flou
Com Ieltxu Ortueta

4º ANDAR

Empatias Mapeadas
Por Guto Requena

Explode! Paulista
Por João Simões e Claudio Bueno, com diversos artistas

Ocupação Birdo
Com Estúdio Birdo

Que lugar é esse?
Intervenção com Óculos de Realidade Virtual

Viração
Com coletivo de educomunicação jovem

8º ANDAR

Risus – O sorriso como elemento de interação social
Instalação

10º ANDAR

Agilidade e Patins
Com Fabíola Silva

Circuito Infantil de Habilidades
Com instrutores do Sesc

5º ANDAR

Exposição Visões do Tempo – Bill Viola
(Em cartaz até 9/9)

11º ANDAR

Apresentação do Programa de Ginástica Multifuncional

12º ANDAR

Demonstração da Prática de Pilates

13º ANDAR

Duet
De Diogo Granato e Leandro Cabral

15° ANDAR

Caixa de Contos
Instalação Literária

Cinema de Realidade Virtual 

Mediação de Leitura
Com Collectivus de Leitura

Mensagens de Mulheres Sábias
Com Coletivo As Rutes

17º ANDAR

Sobre Hortas
Com União das Hortas Comunitárias de São Paulo

12h às 16h

TÉRREO

Audiotour Avenida Paulista 
Por meio do aplicativo Sesc Avenida Paulista

A Breve História de Quase Tudo
Com Luciana Paes

Botica Poesia – Sarau lítero-musical
Com Sérgio Vaz e Renato Gama

Corpo Equilibrado
Com Daniele Hypólito, Isabel Barbosa, Eduardo Garbin e José Bueno

Ecos das Juventudes
Com Triz Rutzats, Luiza Romão e Bobby Baq

Enxame
Com Circo Enxame

Canções do Beco
Com Mauro Braga

Ritual do Jawari
Com povo indígena Kalapalo

Sambas Sociais
Com Gê de Lima, Grazi Brasil e Naruna Costa

2º ANDAR

Escola de Libras
Com Corpo Sinalizante

Sobre Árvores
Com agentes de Educação Ambiental

3º ANDAR

EnCantos de São Paulo
Com Ana Luisa Lacombe

Jogos e Brincadeiras Indígenas
Com povo indígena Kalapalo

4º ANDAR

Empatias Mapeadas
Por Guto Requena

Explode! Paulista
Por João Simões e Claudio Bueno, com diversos artistas

Ocupação Birdo
Com Estúdio Birdo

Que lugar é esse? 
Intervenção com Óculos de Realidade Virtual

Viração
Com coletivo de educomunicação jovem

5º ANDAR

Exposição Visões do Tempo – Bill Viola
(Em cartaz até 9/9)

8º ANDAR

Risus – O sorriso como elemento de interação social
Instalação

10º ANDAR

Circuito Infantil de Habilidades
Com instrutores do Sesc

Coordenação e Vôlei Sentado
Com Seleção Brasileira Feminina

Velocidade e Futebol
Com Maurine

11º ANDAR

Apresentação do Programa de Ginástica Multifuncional

12º ANDAR

Demonstração da Prática de Pilates

13º ANDAR

Corpo Resistente
Com Rafaela Silva, Diogo Silva e Antonio Tenório

Caxiri na cuia – Sarau lítero-musical indígena
Com Daniel Munduruku, Márcia Kambeba e Cristino Wapichana

Danilo Grangeia em ato cênico

Deslocamentos
De Marta Soares

Experimentações Eletrônicas
Com DJ ChicoCorrea

Meditação com Tambores Flow
Com Mônica Jurado

Transformações – o tempo do corpo
Com Dorothy Lenner

15° ANDAR

Caixa de Contos
Instalação literária

Cinema de Realidade Virtual 

Mediação de Leitura
Com Collectivus de Leitura

Mensagens de Mulheres Sábias
Com Coletivo As Rutes

17º ANDAR

Sobre Hortas
Com União das Hortas Comunitárias de São Paulo

16h às 19h

TÉRREO

Audiotour Avenida Paulista 
Por meio do aplicativo Sesc Avenida Paulista

Leo Moreira Sá em ato cênico

Supernada
De Clarice Lima

Três é Bom
Com Maurício Pereira, Wandi Doratiotto e Paulo Freire

Passeio Noturno: A Avenida Paulista e a Construção da Esfera Pública na Cidade
Com Coletivo Pisa (ponto de encontro: em frente à unidade, às 19h15)

2º ANDAR

Sobre Árvores
Com agentes de Educação Ambiental

3º ANDAR

Instrumentos da Natureza
Com Parque de Bambu

4º ANDAR

Empatias Mapeadas
Por Guto Requena

Explode! Paulista
Por João Simões e Claudio Bueno, com diversos artistas

Ocupação Birdo
Com Estúdio Birdo

Que lugar é esse? 
Intervenção com Óculos de Realidade Virtual

Viração
Com coletivo de educomunicação jovem

5º ANDAR

Exposição Visões do Tempo – Bill Viola
(Em cartaz até 9/9)

8º ANDAR

Risus – O sorriso como elemento de interação social
Instalação

10º ANDAR

Agilidade e Rope Skipping
Com Vivien Vajda

Dança dos Blocos Afro: Legado e Resistência
Com Vânia Oliveira

11º ANDAR

Apresentação do Programa de Ginástica Multifuncional

12º ANDAR

Demonstração da Prática de Pilates

13º ANDAR

Dança dos Parafusos
Com Grupo folclórico Parafusos

Protetor de proximidade humana para valsa (bem como para danças de casal em geral que não empreguem rodopios)
Por Renan Marcondes

Ritual: eu, mulher, rainha
Com Vânia Oliveira

Siba, Mestre Galo Preto, Mestre Zé de Teté convidam Alessandra Leão e Coco de Oyá

15° ANDAR

Caixa de Contos
Instalação literária

Cinema de Realidade Virtual 

Mediação de Leitura
Com Collectivus de Leitura

Mensagens de Mulheres Sábias
Com Coletivo As Rutes

17º ANDAR

Sobre Hortas
Com União das Hortas Comunitárias de São Paulo

Programação do dia 1º de maio (terça-feira):

10h às 12h

TÉRREO

A Sanfonástica Mulher Lona
Com Lívia Mattos

Audiotour Avenida Paulista 
Por meio do aplicativo Sesc Avenida Paulista

Corpo Equilibrado
Com Daniele Hypólito, Isabel Barbosa, Eduardo Garbin e José Bueno

Meditação com Tambores Flow
Com Mônica Jurado

Onipotência do Sonho
Com o Centro Teatral e Etc e Tal

2º ANDAR

Sobre Árvores
Com agentes de Educação Ambiental

3º ANDAR

Instrumentos da Natureza
Com Parque de Bambu

4º ANDAR

Empatias Mapeadas
Por Guto Requena

Explode! Paulista
Por João Simões e Claudio Bueno, com diversos artistas

Ocupação Birdo
Com Estúdio Birdo

Que lugar é esse?
Intervenção com Óculos de Realidade Virtual

Viração
Com coletivo de educomunicação jovem

5º ANDAR

Exposição Visões do Tempo – Bill Viola
(Em cartaz até 9/9)

8º ANDAR

Risus – O sorriso como elemento de interação social
Instalação

10º ANDAR

Coordenação motora e Bocha Paralímpica
Com Dirceu Pinto

Yoga: Equilibrio para Corredores
Com Instrutores do Sesc

11º ANDAR

Apresentação do Programa de Ginástica Multifuncional

12º ANDAR

Demonstração da Prática de Pilates

13º ANDAR

Caxiri na cuia – Sarau lítero-musical indígena
Com Daniel Munduruku, Márcia Kambeba e Cristino Wapichana

Corpo sobre tela
Com Marcos Abranches

15° ANDAR

Caixa de Contos
Instalação literária

Mediação de Leitura
Com Collectivus de Leitura

Mensagens de Mulheres Sábias
Com Coletivo As Rutes

17º ANDAR

Sobre Hortas
Com União das Hortas Comunitárias de São Paulo

12h às 16h

TÉRREO

Audiotour Avenida Paulista 
Por meio do aplicativo Sesc Avenida Paulista

Grace Passô em ato cênico

Intervenção de dança
Com Os Clássicos do Passinho

Ritual do Jawari
Com povo indígena Kalapalo

Sambas Sociais
Com Gê de Lima, Grazi Brasil e Naruna Costa

Sobrevoltas
Com Circo Enxame

Venga Venga

2º ANDAR

Escola de Libras
Com Corpo Sinalizante

Sobre Árvores
Com agentes de Educação Ambiental

3º ANDAR

Instrumentos da Natureza
Com Parque de Bambu

Jogos e Brincadeiras do Congo e da Síria 

Jogos e Brincadeiras Indígenas
Com povo indígena Kalapalo

4º ANDAR

Empatias Mapeadas
Por Guto Requena

Explode! Paulista
Por João Simões e Claudio Bueno, com diversos artistas

Ocupação Birdo
Com Estúdio Birdo

Que lugar é esse? 
Intervenção com Óculos de Realidade Virtual

Viração
Com coletivo de educomunicação jovem

5º ANDAR

Exposição Visões do Tempo – Bill Viola
(Em cartaz até 9/9)

8º ANDAR

Risus – O sorriso como elemento de interação social
Instalação

10º ANDAR

Agilidade e Esgrima em Cadeira de Rodas
Com Jovane Guissone

Força e Rugby
Com Associação Hurra

Velocidade e Mini Tênis
Com Instrutores do Sesc

11º ANDAR

Apresentação do Programa de Ginástica Multifuncional

12º ANDAR

Demonstração da Prática de Pilates

13º ANDAR

A Melhor Hipótese
Com Celso Frateschi

Corpo Resistente
Com Rafaela Silva, Diogo Silva e Antônio Tenório

Deslocamentos
De Marta Soares

Memórias inventadas exatamente agora
Tulipa Ruiz inspirada por Manoel de Barros

Sarau dos Refugiados
Com diversos artistas

Simbad, o navegante
Com Circo Mínimo

15° ANDAR

Caixa de Contos
Instalação literária

Mediação de Leitura
Com Collectivus de Leitura

Mensagens de Mulheres Sábias
Com Coletivo As Rutes

17º ANDAR

Sobre Hortas
Com União das Hortas Comunitárias de São Paulo

16h às 19h

TÉRREO

Audiotour Avenida Paulista
Por meio do aplicativo Sesc Avenida Paulista

Ritmo e Poesia
Com Karina Buhr, Thayde e Caco Pontes

Samba de Roda
Com Nega Duda

Supernada
De Clarice Lima

2º ANDAR

Sobre Árvores
Com agentes de Educação Ambiental

3º ANDAR

Brincayoga
Com Renata Von Poser

EnCantos de São Paulo
Com Ana Luisa Lacombe

4º ANDAR

Empatias Mapeadas
Por Guto Requena

Explode! Paulista
Por João Simões e Claudio Bueno, com diversos artistas

Ocupação Birdo
Com Estúdio Birdo

Que lugar é esse?
Intervenção com Óculos de Realidade Virtual

Viração
Com coletivo de educomunicação jovem

5º ANDAR

Exposição Visões do Tempo – Bill Viola
(Em cartaz até 9/9)

8º ANDAR

Risus – O sorriso como elemento de interação social
Instalação

10º ANDAR

Flexibilidade e Taekwondo
Com Diogo Silva

Ritmos do Congo
Com Os Escolhidos

11º ANDAR

Apresentação do Programa de Ginástica Multifuncional

12º ANDAR

Demonstração da Prática de Pilates

13º ANDAR

A Melhor Hipótese
Com Celso Frateschi

Anátema 1
Com Grupo Cena 11 Cia. de Dança

Hermeto Pascoal & Grupo

Protetor de proximidade humana para valsa (bem como para danças de casal em geral que não empreguem rodopios)
Por Renan Marcondes

15° ANDAR

Caixa de Contos
Instalação literária

Mediação de Leitura
Com Collectivus de Leitura

Mensagens de Mulheres Sábias
Com Coletivo As Rutes

17º ANDAR

Sobre Hortas
Com União das Hortas Comunitárias de São Paulo

LInk para o site do Sesc Avenida Paulista, aqui.

 ❤ Receba as boas notícias de vale mais no celular 📲.
Salve o número
011 9 9985-3577 e
envie a frase Eu Quero no WhatsApp. Pronto!

vale mais

 Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções; links rompidos ou inexistentes; informações enviadas com incorreções. *Foto Matheus José Maria/Sesc e do blog; Galeria de imagens com fotos do site do Sesc.
Anúncios

SÃO PAULO 464 ANOS – Anitta, Paula Fernandes e Karol Conka, destaques dos shows amanhã

O Vale do Anhangabaú é o principal palco da comemoração dos 464 anos de São Paulo, amanhã. O evento começa às 11h e vai até o meio-dia do dia 26 de janeiro. A sertaneja Paula Fernandes abrirá a programação de shows a partir das 15h da tarde com um tributo à cantora Rita Lee mas a poderosa Anitta manda ver com seu show em horário nobre, 23h15 do dia de aniversário da maior cidade do país.

Anitta dá show às 23h15 no Anhangabaú nas comemorações do aniversário de São Paulo

Karol Conka e Tulipa Ruiz também têm shows garantidos. Muitas atividades vão acontecer por toda a cidade (programação completa abaixo)!

No Anhangabaú o clima vai incluir objetos infláveis, partidas de Gaymada e Hocus Pocus, interação de magicas e um palco de karaokê.

Para garantir que todos tenham acesso e possam conhecer os espaços culturais, as atividades acontecerão em diversos outros pontos da cidade. São eles o Centro Cultural de Cidade Tiradentes (zona leste), Centro Cultural da Juventude (zona norte), Centro Cultural do Grajaú (zona sul), Centro Cultural Tendal da Lapa (zona oeste) e os teatros Décio de Almeida Prado e Paulo Eiró (zona sul) e Cacilda Becker (zona oeste).

Quem quiser curtir a festa no centro, poderá conferir apresentações dos corpos artísticos do Theatro Municipal de São Paulo. A Orquestra Sinfônica Municipal, regida por Roberto Minczuk, traz no dia 25, às 14h, ópera “O Guarani”, de Carlos Gomes.

O Balé da Cidade se apresenta, às 19h, com a coreografia “Das tripas…coração”. Já na sexta-feira (26), às 12h, a Orquestra Experimental de Repertório apresenta diversas aberturas de óperas.

Veja a programação completa para se programar: 

VALE DO ANHANGABAÚ
Dia 25
11h às 7h – Festas
12h – Paula Fernandes
15h – Tributo à Rita Lee com Thiago França, Letrux, Raquel Virgínia e Tulipa Ruiz
18h – Tributo a David Bowie com André Frateschi e Banda Heroes
20h30 – BaianaSystem e Karol Conka
23h15 – Anitta

Dia 26
2h – Banda Uó, Jaloo e Glória Groove
4h-Gilmelândia.
11h30 – Orquestra Brasileira de Música Jamaicana (OBMJ)

Karol Conka com show às 20h30, antes de Anitta, no Anhangabaú

THEATRO MUNICIPAL DE SÃO PAULO
Os ingressos vão ser distribuídos duas horas antes de cada espetáculo, sendo 1 Ingresso por pessoa.

Dia 25
14h – Orquestra Sinfônica Municipal
19h – Balé da Cidade de São Paulo – Coreografia: “Das tripas…coração”, de Ismael Ivo.

Dia 26
12h – Orquestra Experimental de Repertório

PRAÇA DA REPÚBLICA – Hip Hop Celebration
Do meio-dia às 22h.
Com Dexter, Sampa Crew, Ndee Naldinho, Thaíde, Negredo, entre outros.

CENTROS CULTURAIS
Centro Cultural Grajaú
10h – Parque do Circo apresenta: Dr. Friky
10h às 13h – Itinerantes com Circle: Agência de Circo
10h às 13h – Casinha de Rodas – Ônibus Brincante
10h às 13h – Madri Recreações
11h – Canta História apresenta: A Criação do Mundo
11h às 13h – Desinvenções – Coletivos de Projetos para Infância apresenta: Oficina Desinventando a Cidade
12h – Circo di SóLadies apresenta: O Estupendo Circo di SóLadies
16h – Denise Alves
17h – Msário + DJ SouJazz
18h – Uterço
19h – Rael

Nos intervalos entre os shows – discotecagem com a Dj Zeme.

A cantora de música sertaneja Paula Fernandes vai homenagear Rita Lee na abertura dos shows, às 15h no Anhangabaú

Centro Cultural Cidade Tiradentes
10h – Kiara Terra apresenta: História Colaborativa para Viver o Tempo Como um Presente
10h às 13h – Madri Recreações
10h às 13h – Itinerantes com Circle: Agência de Circo
11h – Cia Bonecos Urbanos apresenta: Na Curva do Rio
11h às 13h – Animaníacos Entretenimentos apresenta: Oficina de Instrumentos Recicláveis
12h – Cantoria Animada apresenta: Divertidas Canções do Repertório Tradicional e Também Atual
15h – Show Aliança Negra. Local: Área do Circo
16h – Odisseia das Flores. Local: Área do Circo
17h – Show Viegas. Local: Área do Circo
19h – Show GOG

Centro Cultural da Juventude Ruth Cardoso
10h – Mad Science apresenta: Watchatchá
11h – Cia Malas Portam apresenta: Viajando com a Mala Treco
12h – Trupe Pé de Histórias apresenta: Conto dos Pássaros
10h às 13h – Ateliê Sucatinha Luxo apresenta: Oficina de Aviõezinhos de Garrafa Pet
10h às 13h – Itinerantes com Circle: Agência de Circo
10h às 13h – Madri Recreações

Centro Cultural Grajaú
16h – Denise Alves
17h – Msário + DJ SouJazz
18h – Uterço
19h – Rael

Nos intervalos entre os shows – discotecagem com a DJ Zeme.

Centro Cultural Cidade Tiradentes
10h – A Rua é de Brincar
15h – Show Aliança Negra. Local: Área do Circo
16h – Odisseia das Flores. Local: Área do Circo
17hrs – Show Viegas. Local: Área do Circo
19hrs – Show GOG

Centro Cultural Tendal da Lapa
10h às 11h30 – Contação de histórias, cantigas e brincadeiras infantis.
11h30 – De Lucca Circus Show (circo)
12h30 – Cortejo Suno (circo)
13h30 – Intervenções circenses com Circo de Ébano, TIC Cultural e ciclistas bonequeiros.
14h – A Carta (circo)
14h40 – Intervenções circenses com Circo de Ébano, TIC Cultural e ciclistas bonequeiros.
15h – Mjiba – A boneca guerreira (circo)
16h40 – Circo de Doisdo
17h30- Banda Paralela
19h – Tânia Alves – show Alma Latina

TEATROS

ARIGÓS – PRIMEIROS RISCOS DA BORRACHA
Onde: Teatro Paulo Eiró
Quando: 25/1/2018
Horário: Quinta às 21h
Valor: Gratuito
10 Anos

Tulipa Ruiz solta a voz em show de aniversário de São Paulo

MÁRTIR
Onde: Teatro Cacilda Becker
Quando: 25/1/2018
Horário: Quinta às 21h
Valor: Gratuito
14 Anos

CHORONAS SAMPA
Onde: Teatro Décio de Almeida Prado
Quando: 25/1/2018
Horário: Quinta às 20h (WORKSHOP)
Horário: Quinta às 21h (SHOW)
Valor: Gratuito
Livre

BIBLIOTECA MÁRIO DE ANDRADE
Dia 25 de janeiro

11h Cida Moreira e Roberto Camargo
14h Marquinhos Moura canta Adoniran Barbosa
16h Leitura Encenada: Rosi Campos

EXPOSIÇÕES

Casa do Tatuapé
Exposição Inundações em São Paulo
A exposição apresenta a documentação fotográfica sobre enchentes na cidade realizada entre os séculos 19 e 20. As imagens enfatizam os diversos transbordamentos e dedica uma sala especial aos flagrantes da enchente de 1918. Todas as imagens pertencem ao acervo fotográfico do Museu da Cidade de São Paulo. De 25/01 a 25/03
Das 9h às 17h. De terça a domingo. Classificação Livre

Centro Cultural Olido
CLICK CULTURALSP
Exposição de fotografias vencedoras do concurso #ClickCulturalSP, fruto da parceria da Secretaria Municipal de Cultura com a plataforma digital São Paulo da Garoa. A exposição reúne trabalhos de mais de 15 fotógrafos amadores e profissionais que lançaram seu olhar para temas como Diversidade Cultural, Pôr do Sol e Artistas de Rua.
Até 28/02
Das 9h às 20h. De terça a domingo. Classificação Livre

vale mais

 Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

 vale mais não se responsabiliza por alterações de horários de show e eventos, substituições de artistas, alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções; links rompidos ou inexistentes; informações enviadas com incorreções. Imagens divulgação da Prefeitura de São Paulo, das páginas do Facebook dos artistas, e com licença Creative Commons.

DI CAVALCANTI DE GRAÇA – Pinacoteca libera entrada nos feriados e em dezembro

Feriado é bom porque a gente dá um descanso. Pode ficar ainda melhor se incluir um programa cultural gratuito. Pois saiba que dá ver Di Cavalcanti, artista brasileiro, que tem sua obra em retrospectiva na Pinacoteca do Estado de São Paulo, de graça. A instituição liberou o ingresso até o dia 20 de novembro, próxima segunda, e… feriado! A última novidade é que em dezembro a entrada será gratuita todos os dias. Ótima notícia!

Obra de Di Cavalcanti em exposição na Pinacoteca, de graça, em São Paulo

“No subúrbio da modernidade – Di Cavalcanti 120 anos”, a maior exposição desse artista brasileiro desde sua morte, em 1976, traz cerca de 200 peças entre pinturas, desenhos e ilustrações produzidos ao longo de seis décadas da carreira do artista. Essas peças pertencem a algumas das mais importantes coleções públicas e particulares do Brasil e de outros países da América Latina, como Uruguai e Argentina.

Obras icônicas e outras pouco vistas estarão distribuídas em sete salas do primeiro andar da Pina Luz, sob a curadoria de José Augusto Ribeiro. Segundo o pesquisador, a exposição pretende investigar como o artista desenvolve e tenta fixar uma ideia de “arte moderna e brasileira”, além de chamar a atenção para a condição e o sentimento de atraso do Brasil em relação à modernidade europeia no começo do século 20. “Ao mesmo tempo, o título se refere aos lugares que o artista costumava figurar nas suas pinturas e desenhos: os bordeis, os bares, a zona portuária, o mangue, os morros cariocas, as rodas de samba e as festas populares – lugares e situações que, na obra do Di, são representados como espaços de prazer e descanso”, explica Ribeiro.

Receba as boas notícias de vale mais no celular 📲.
Salve o número
011 9 9985-3577 e
envie a frase Eu Quero no WhatsApp. Pronto!

“No subúrbio da modernidade – Di Cavalcanti 120 anos” – até 22 de janeiro de 2018, no primeiro andar da Pina Luz – Praça da Luz, 02. A visitação é aberta de quarta a segunda-feira, das 10h00 às 17h30 – com permanência até às 18h00. A Pina Luz fica próxima à estação Luz da CPTM.

vale mais

Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções; links rompidos ou inexistentes; informações enviadas com incorreções. Imagens de divulgação.

DE GRAÇA – Instituto Moreira Salles abre na Paulista com exposição de fotos de Robert Frank

Instituto Moreira Salles da  Paulista

São Paulo ganha um novo local para quem quer curtir arte, fotografia, filmes, exposições, workshops com mestres renomados e muito mais. O Instituto Moreira Salles inaugura hoje sua nova sede situada na avenida Paulista com uma exposição de 83 fotos de Robert Frank, “Os americanos”. A entrada é gratuita!

Pertencente à coleção da Maison Européenne de la Photographie, de Paris, é uma das poucas séries completas da obra de Frank; É resultado de uma jornada de 9 meses do fotógrafo por  boa parte dos Estados Unidos.

Esse trabalho foi possível graças à uma bolsa da Guggenheim Fellowship. A viagem ocorreu entre 1955 e 1957 e originou mais de 28 mil fotografias _que se tornaram verdadeiros retratos de uma América multifacetada.

No projeto, concebido e construído em intensa interação com o fotógrafo Walker Evans, seu amigo e mentor, o registro dos personagens do país em recortes sociais, econômicos, culturais e políticos distintos deram

Foto da exposição Os americanos, de Robert Frank, no IMS Paulista

origem a um livro homônimo, cuja versão brasileira será publicada pelo IMS em parceria com a célebre editora alemã Steidl.

 ❤ Receba as boas notícias de vale mais no celular 📲.
Salve o número
011 9 9985-3577 e
envie a frase Eu Quero no WhatsApp. Pronto!
Cineteatro do IMS Paulista

O novo centro cultural 

O Instituto Moreira Salles tem acervos nas áreas de fotografia, música, literatura e iconografia.  Presidido por João Moreira Salles, documentarista, realiza exposições de artes plásticas de artistas brasileiros e estrangeiros, além de mostras de cinema. Tem sedes no Rio de Janeiro e Poços de Caldas.

O novo centro cultural situado na avenida Paulista, próximo da avenida Consolação, tem sete andares, todos com pé-direito duplo, em um projeto realizado a partir de conceitos sustentáveis. São 3 salas de exposição e um dos destaques é a Praça IMS, acessível diretamente a partir do vão livre do térreo por escadas rolantes até o quarto andar.

Além das áreas para exposições, com mais de 1.200 metros quadrados, o IMS Paulista conta também com um cineteatro – onde vão acontecer mostras de filmes, eventos musicais, seminários e debates –, uma biblioteca de fotografia, salas de aula, a loja/livraria IMS por Travessa e o café-restaurante Balaio.

É fácil chegar: metrô Consolação ou as linhas de ônibus que servem as avenidas Paulista e Consolação _veja as linhas todas aqui.

Ingressos

As exposições e a visita ao IMS Paulista têm entrada gratuita.  Para o cinema, os ingressos podem ser adquiridos no balcão da Praça IMS ou pelo site ingresso.com. Os preços variam de R$ 8 a R$ 26, de acordo com o filme.

Shows, cursos e determinados eventos: dependendo do programa, os ingressos podem ser comprados no site eventbrite  ou quando há senhas, serão distribuídas gratuitamente meia hora antes do início da atividade. Acompanhe a programação no site, aqui.

Área interna do IMS Paulista

IMS São Paulo

  • Avenida Paulista, 2.424, São Paulo, SP, fone (11) 2842-9120
  • Horários: terça a domingo e feriados, das 10h às 20h; quintas, das 10h às 22h
  • WiFi e guarda-volumes gratuito
  • Bicicletário gratuito das 10h às 20h
  • Site, aqui

vale mais

 Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções; links rompidos ou inexistentes; informações enviadas com incorreções. Imagens do site do IMS. Preços de 20 de setembro de 2017.

TERÇA É DE GRAÇA – Exposição mostra o vasto mundo de Renato Russo 🎶

O universo de Renato Russo 🎶 poderá ser visto de pertinho a partir de amanhã, 6 de setembro, em São Paulo. O MIS, Museu da Imagem e do Som, inaugura exposição com o nome do músico, morto em outubro de 1996, com objetos pessoais 🎸 📖 📝de um dos maiores ícones do rock brasileiro. Às terças-feiras a entrada é gratuita.

Renato durante apresentação da Legião Urbana no Metropolitan, Rio de Janeiro, turnê do álbum “O Descobrimento do Brasil”

São peças de vestuário, fotografias, discos, livros, manuscritos, instrumentos musicais, documentos escolares, desenhos, cartas de fãs, além de prêmios, fanzines, folhetos e impressos variados que irão mostrar a trajetória e carreira de Renato Russo. Com curadoria de André Sturm, a exposição nasceu quando Giuliano Manfredini, único filho do artista, o procurou depois de ver a exposição do MIS sobre David Bowie.

Violão Yamaha de Renato

Giuliano permitiu à equipe do MIS total acesso ao apartamento de seu pai, onde quase tudo do músico estava confinado.

Ouça uma playlist com 10 música de Renato Russo – no final do post!

O público poderá mergulhar no caráter multifacetado do líder da banda “Legião Urbana”, que, além de grande letrista, também produziu desenhos e pinturas, bem como uma peça de teatro e projetos cinematográficos.

Particularidades como suas coleções de anjos e de baralhos de tarô também poderão ser vistas.

“Na ocasião ele me perguntou se eu gostaria de fazer uma exposição sobre seu pai, pois ele tinha adorado o que tínhamos feito na exposição sobre o inglês Bowie. Convidou-me para ir ao apartamento de Renato no Rio de Janeiro, fechado e preservado. Lá, ele guardava tudo, do boletim escolar a rascunhos de músicas que se tornaram sucesso nacional. Muitos objetos de seu uso cotidiano também estavam lá: roupas, sapatos, livros… sua sala e quarto continham os móveis intactos usados por ele”.

Desenho de “Eduardo e Mônica”, música icônica de Renato Russo que você pode ouvir na play list no final do post

❤ Receba as boas notícias de vale mais no celular 📲. Salve o número 011 9 9985-3577 e envie a frase Eu Quero no WhatsApp. Pronto!

O curador fala que Renato Russo anotava tudo. “Diários, páginas soltas, tesouros para alguém interessado em montar uma exposição. Eu e a equipe do acervo do museu ficamos impressionados!”. A exposição tem como fio condutor a narrativa poética do líder da Legião Urbana. “Renato marcou as pessoas pela poesia, por essa capacidade de falar da vida de uma maneira que transcende a época em que ele viveu e o local. Por isso continua a ter tantos fãs e a conquistar novos”, relata Sturm.

O MIS está com inscrições abertas para o curso Renato Russo e os anos 80, que vai de 15 de setembro a 6 de outubro.

Letra manuscrita de “Geração Coca-Cola”, que você pode ouvir na playlist prepara pelo blog, no final do post

Além do curso, o MIS prepara uma programação paralela à exposição, que se estende até 28 de janeiro próximo, com filmes, shows, debates, lançamento do catálogo da exposição e outras atrações.

Ingressos na bilheteria

Ingressos para o dia 7 de setembro, feriado, somente na bilheteria do MIS. Os valores são de R$ 12 (inteira) e R$ 6 (meia). O mesmo valor é válido para todos os domingos, também com venda exclusiva na bilheteria.

As terças-feiras são gratuitas com retirada de ingresso na recepção do museu. Crianças até 5 anos não pagam.

Venda de ingressos antecipados

É possível comprar ingressos antecipadamente no site Ingresso Rápido. As entradas são para a pré-estreia – primeiro dia de visitação à exposição – e para as três primeiras semanas: 6 (pré-estreia), 8, 9, 13, 14, 15, 16, 20, 21, 22 e 23 de setembro. Vale mais saber que o site cobra uma taxa de R$ 6 ou R$ 3 (meia).

Camiseta com o músico David Bowie

Pré-estreia e “Campanha Leia um livro”: Os fãs que optarem por visitar a mostra no primeiro dia (6 de setembro) ganham um pôster exclusivo da exposição e os ingressos para a data custam R$ 80 (inteira) e R$ 40 (meia).

Além da meia-entrada para estudantes, idosos e professores da rede pública, o MIS volta com a campanha “Leia um livro”, que concede 50% de desconto para quem doar um livro de ficção em bom estado no dia da visitação. Os livros arrecadados na campanha seguirão para instituições selecionadas pelo museu.

Primeiras semanas pelo site Ingresso Rápido: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia).

Saiba mais: Renato Russo

Baralho de tarô, que Renato costumava colecionar

Nome artístico de Renato Manfredini Júnior (1960-1996), Renato Russo foi um célebre cantor e compositor brasileiro, vocalista e fundador da banda de rock Legião Urbana. Influenciou gerações de músicos e pessoas entre os anos 1980 e 1990.

Como integrante e líder da Legião Urbana, Renato lançou sete álbuns de estúdio e um álbum ao vivo (Música para acampamento). Gravou ainda dois discos solo e cantou ao lado de diversos artistas como Dorival Caimmy, Adriana Calcanhotto, Flávio Venturini (14 BIS) e Marisa Monte. Sua obra continua reverberando até os dias de hoje.

Renato (1º à dir.), com irmã, mãe e pai, reprodução de Cinthia Bueno, MIS

Exposição Renato Russo no Museu da Imagem e do Som, MIS, aqui

Avenida Europa, 158, Jardim Europa, São Paulo, fone (11) 2117 4777. Acesso e elevador para cadeirantes. Ar condicionado.

Horário 10h às 21h (terça a sábado); e 9h às 19h (domingos e feriados). A bilheteria abre 30 minutos antes da visitação.

vale mais

Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções; links rompidos ou inexistentes; informações enviadas com incorreções. Imagens dos sites das empresas citadas. Preços de 4 de setembro de 2017.

📽 DE GRAÇA OU BEM BARATO – Festival Anima Mundi traz 345 filmes do mundo todo

Quem curte filmes de animação pode se sentir no paraíso a partir de hoje. O Anima Mundi, conhecido festival que já rola há  25 anos, acontece em várias salas de cinema em São Paulo até domingo próximo. Bacana é que tem 345 produções de 45 países, entre elas 70 nacionais. Boa parte delas com entrada gratuita. E nas sessões pagas, o preço da inteira é bem atraente: R$ 4 ou R$ 10 (preços de inteiras), dependendo do cinema. Baixe a programação completa no final do post.

“Cavalos na Janela”, longa de animação de Ann Marie Fleming, um dos destaques do Anima Mundi

Entre os destaques: a presença de Robert Feng, diretor de arte da premiada abertura da série “Game of Thrones”, também produtor de “Rock Dog, no Faro do Sucesso”, curta metragem, que está no festival. Ele irá ministrar uma aula sobre a produção de seu trabalho que se tornou mundialmente famoso.

O pré-lançamento do longa “Lino”, que narra as agruras de um azarado animador de festas e conta com as vozes dos atores Selton Mello, Paolla Oliveira e Dira Paes. O longa da Fox Films estreia em setembro no Brasil.

Com uma programação especialíssima, convidados internacionais e oficinas para quem quer aprender cinema de animação, o festival conta com 470 filmes, incluindo as mostras. Realizado desde 1993 pelos animadores Aída Queiroz, Cesar Coelho, Lea Zagury e Marcos Magalhães, o Anima Mundi acontece no Rio e em São Paulo. Ajuda a fomentar os filmes de animação no Brasil e é responsável pela formação de toda uma geração de realizadores e de um público apaixonado.

Acontece de hoje a domingo na: Caixa Belas Artes, Centro Cultural Banco do Brasil, Centro Cultural São Paulo, Cinemateca Brasileira e no Circuito Spcine, com salas localizadas em todas as regiões da cidade.

As mostras competitivas reúnem 182 produções nas categorias Curta (82 títulos), Curta Infantil (49), Longa-Metragem (4), Longa-Metragem Infantil (3), Galeria (20 filmes experimentais) e Portfólio (24 filmes publicitários ou feitos sob encomenda). O Anima Mundi é qualificado pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas dos EUA e o curta vencedor do Grande Prêmio Anima Mundi é selecionado para a disputa do Oscar.

A programação inclui mostras não competitivas e palestras e bate-papos para profissionais, amadores e amantes da animação, além do Estúdio Aberto Petrobras, que acontece no CCSP, onde crianças e adultos poderão experimentar como é criar imagens animadas como as exibidas nas sessões do festival. As técnicas apresentadas são pixilation e massinha. O Estúdio Aberto acontece no CCBB e as crianças aprenderão o que é um zootrópio.

Entre os destaques da edição 2017 estão as Sessões Petrobras apresentando os filmes que foram premiados nos 25 anos do festival; uma retrospectiva dos cem anos da animação brasileira; além do Foco Canadá, que contempla uma mostra com quatro sessões especiais incluindo produções do National Film Board para crianças e adultos e um documentário sobre o célebre Norman McLaren. Em 2017, o Canadá completa 150 anos e para comemorar, o Anima Mundi traz ao Brasil em parceria com o Consulado do país o animador canadense Robert Valley e o residente Theodore Ushev.

“Processo Criativo: Norman McLaren”, documentário de 1990 de Donald McWilliams sobre o gênio da animação

A exposição interativa Flora, do artista multimídia alemão Philipp Artus, apresenta, no Centro Cultural São Paulo  (CCSP), animações experimentais que exploram as manifestações da vida através dos movimentos, criando formas que se assemelham à aparência de plantas. O público pode controlar interativamente a animação com um touchpad, e assim projetar novos padrões.

Para o público adulto – Os aguardados longas-metragens são ‘Pequenos Heróis’ (Pequeños Heroes  – Venezuela), sobre três crianças que ajudam Simon Bolívar em sua luta pela liberdade, com direção de Juan Pablo Buscarini (um dos produtores do sucesso do cinema argentino Um Conto Chinês); ‘Ethel e Ernest’, de Roger Mainwood (Reino Unido/Luxemburgo), desenhado a mão e dirigido por Roger Mainwood, que faz um retrato íntimo do estilo de vida londrino de seus pais; e o delicado ‘Cavalos na Janela’ (Window Horses – Canadá), de Ann Marie Fleming, que conta a história de uma jovem poetisa canadense com pais chineses e persas que viaja até o Irã para se apresentar em um festival de poesia. Do Brasil, serão exibidos curtas esperados como ‘Sob o Véu da Vida Oceânica’, de Quico Meirelles; ‘Em Crise’, de Amir Admoni; ‘Mundo de Wander’, de Lisandro Santos; ‘Finito’, de Mauricio Bartok Ruiz, entre muitos outros.

Para as crianças – São quatro longas infantis na programação deste ano: ‘Barkley’, de Li-Wei Chiu (Taiwan); ‘Os Comedores de Pés de Meia’, de Galina Miklínová (República Tcheca/Eslováquia); ‘Pixi Post, Os Entregadores de Presentes’, de Gorka Sesma (Espanha) e ‘Rock Dog – No Faro do Sucesso’, de Ash Brannon, produção que une China e Estados Unidos. Além de 49 curtas-metragens de todos os cantos do planeta, haverá a exibição de episódios inéditos da segunda temporada da série de animação Irmão do Jorel, do Cartoon Network, com participação do criador, Juliano Enrico.

“Rock Dog, no Faro do Sucesso”, curta produzido por Robert Feng, diretor de arte da abertura de Game of Thrones

Papos Animados – Além da exibição dos filmes, o Anima Mundi promove os ‘Papos Animados’, que reúnem conversas com grandes diretores de animação do Brasil e do mundo. Este ano, entre os convidados, está o holandês Michael Dudok, vencedor do Oscar de melhor curta de animação pelo filme ‘Pai e Filha’ (Father and Daughter), em 2001. Além da estatueta, ele acumula um prêmio César para melhor curta-metragem de animação e uma indicação ao Oscar, com ‘O Monge e o Peixe’ (The Monk and the Fish – 1994). Dudok, vencedor do prêmio de melhor longa do Anima Mundi 2016, no Rio e em SP, também foi indicado, no mesmo ano, ao Oscar por ‘The Red Turtle’. Robert Valley, indicado ao Oscar pelo filme ‘Cidra de Pêra e Cigarros’ (Pear Cider and Cigarretes – 2017), apresenta sua marcante linguagem de HQ e videoclipes de bandas como Gorillaz e Metallica.Também estarão presentes o diretor uruguaio Walter Tournier, premiado em diversos países com os filmes “O Chefe e o Carpinteiro’ (El jefe y el carpintero), ‘Natal Caribenho’ (Caribbean Christmas), ‘Apesar de Tudo’ (A pesar de todo), entre outros; o búlgaro Theodore Ushev, que teve seu filme Blind Vaysha premiado como melhor roteiro da edição de 2016 no Anima Mundi e, em 2017, foi indicado ao Oscar de melhor curta de animação; e o brasileiro Guilherme Alvernaz, filho do animador Ruy Perotti – um dos pioneiros da animação nacional – e sócio na produtora Oca Filmes, que participa do papo “Família Perotti – três gerações de animadores”, que reúne pai e filho, além do irmão, Bruno Avila Barbosa.

Momento de “O Sonho”, curta de Samira Daher, mostra “Olho Neles”

Maratona Animada SENAI – O Anima Mundi, em parceria com o SENAI, lança um desafio criativo para um grupo de animadores previamente inscritos. Eles precisam desenvolver um curta-metragem em sete dias contendo tema e elemento obrigatório escolhido pelo festival. As produções vão ser avaliadas por um júri técnico nos quesitos animação, roteiro, arte, edição e som. Os três filmes finalistas serão exibidos no encerramento do Anima Mundi. A equipe vencedora ganhará R$ 5 mil, além de bolsas de estudo para cursos de animação do SENAI.

Circuito SPcine – Nesta edição, o Anima Mundi chega também às salas do Circuito Spcine através da maior rede de salas públicas de cinema do Brasil. O Festival estará presente nas salas SPcine Olindo, SPcine Roberto Santos, SPcine Cidade Tiradentes e nos CEUs. Serão exibidas cerca de 50 produções de diversos países como Rússia, Alemanha, Hungria, Brasil, Lituânia, Irlanda e Israel.

Cena de “Juros Unidos”, da mostra Panorama do Anima Mundi

Anima Forum 2017 – Pensado também para os profissionais do ramo, o Anima Forum promoverá 17 palestras e mesas redondas em São Paulo (de 26 a 28 de julho, no SENAC), além de masterclasses voltadas para os interessados no mercado de animação.  Outras masterclasses serão ministradas por Robert Valley, que revela seu processo criativo, dos quadrinhos à animação; e Walter Tournier, mestre do stop motion uruguaio, que conta como é possível produzir filmes do gênero com baixo orçamento.

As mesas redondas, sempre muito concorridas, abordam diversos assuntos relevantes ao universo da animação. Em São Paulo os temas das mesas redondas são “Dando vida aos personagens – Como criamos as vozes originais do Irmão do Jorel”, “Mecanismos de financiamento à animação” e “Atravessando a fronteira – animação e games”. “Criação e produção de trilha sonora para longa-metragem e séries de animação”, “Primeira Vista – ‘Tito e os Pássaros’” e “Tratado Brasil-Inglaterra: oportunidades para a animação brasileira” são os assuntos abordados nas palestras.

 ❤ Receba as boas notícias de vale mais no celular 📲.
Salve o número
011 9 9985-3577 e
envie a frase Eu Quero no WhatsApp. Pronto!

O Anima Mundi acontece nestas salas de hoje a 30 de julho (domingo) em São Paulo:

➡ De graça:

Sessões pós-festival:

➡  Com ingressos de R$ 4 a R$ 10:

  • Caixa Belas Artes – Rua da Consolação, 2423 – Consolação – Funcionamento: Quarta a Domingo, das 13:00 às 21:00 | Informações: (11) 2548-7553 – Ingressos: inteira R$ 10 e meia R$ 5
  • CCBB – Centro Cultural Banco do Brasil – Rua Álvares Penteado, 112 – Centro –  Funcionamento: Quarta a Segunda, das 9:00 às 21:00 | Informações: (11) 3113-3651 – Ingressos: inteira R$ 10 e meia R$ 5
  • CCSP – Centro Cultural São Paulo – Rua Vergueiro, 1000 – Paraíso – Funcionamento: Terça a Domingo, das 10:00 às 22:00| Informações: (11) 2253-1580 – Ingressos: inteira R$ 4 e meia R$ 2

Sessões pós-festival:

  • CCBB São Paulo – Centro Cultural Banco do Brasil – 31/07 – Rua Álvares Penteado, 112 – Centro – Funcionamento: Quarta a Segunda, das 9:00 às 21:00 | Informações: (11) 3113-3651 – Ingressos: inteira R$ 10 e meia R$ 5

➡ ANIMA MUNDI – PROGRAMAÇÃO COMPLETA

Link direto: Festival Anima Mundi

vale mais

 Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções; links rompidos ou inexistentes; informações enviadas com incorreções. Imagens de divulgação e YouTube.05

TERÇA É DE GRAÇA – Exposição de Toulouse-Lautrec aborda sexualidade

Ver de pertinho obras de arte consagradas é uma oportunidade que não dá para deixar escapar. Pois vem aí “Toulouse-Lautrec em vermelho”, a maior exposição dedicada à obra de Henri de Toulouse-Lautrec (1864-1901) já realizada no Brasil. Abre no dia 30, sexta-feira próxima, no Masp, Museu de Arte de São Paulo. Às terças-feiras, a entrada no Masp é gratuita! Salve a data!

“A Grande Maria”, quadro parte da exposição Toulouse-Lautrec em Vermelho”, que abre nesta sexta-feira no Masp, em São Paulo

A mostra vai girar em torno de um tema que todo mundo gosta de pensar, abordar, discutir: sexualidade. Oi! Serão 75 obras, entre pinturas, cartazes e gravuras das mais emblemáticas do artista francês.  O artista gostava de retratar cenas do cabaré que frequentava, bailarinas, prostitutas e amigos.

O Divã
 ❤ Receba as boas notícias de vale mais no celular 📲.
Salve o número 011 9 9985-3577 e
envie a frase Eu Quero no WhatsApp. Pronto! ❤
“Rolande”, uma obra com muita intimidade

No Masp, as obras apresentam cenas de apresentações em cabarés, danças em bares, bailes de máscaras, retratos de figuras da sociedade e do célebre bairro Montmartre, que lhe renderam a fama ainda em vida. A exposição traz também cenas interiores das maison closes, como eram chamados os bordéis da época, com suas trabalhadoras em momentos de descanso e intimidade, em seus afazeres cotidianos.

Das onze obras de Toulouse-Lautrec que pertencem ao Masp, 9 estarão expostas; o restante são vem de museus como Musée d’Orsay, de Paris; Tate, de Londres; The Art Institute of Chicago; National Gallery of Art, de Washington; Museo Thyssen-Bornemisza, de Madrid; e Rijksmuseum, de Amsterdã. Isso além de coleções particulares. Uau!

“Moulin de la Galette”

Toulouse-Lautrec foi um dos artistas centrais da Paris do final do século 19, ao capturar a efervescência noturna da capital que despertava para a modernidade, quando suas ruas foram iluminadas a gás e as mais diversas figuras passaram a se encontrar nos espaços públicos, entre burgueses, boêmios, prostitutas, dançarinos e artistas.

Com curadoria de Adriano Pedrosa, diretor artístico, e Luciano Migliaccio, curador adjunto de arte europeia e assistência de Mariana Leme, “Toulouse-Lautrec em vermelho” dialoga de maneira próxima com outras duas exposições que também abrem no mesmo dia, em um eixo pautado por representações da prostituição.

Paul Viaud em almirante do século XVIII (O almirante Viaud)

Uma delas reúne fotografias de Miguel Rio Branco feitas em torno da prostituição no bairro do Pelourinho, em Salvador, em 1979; a outra exibe três vídeos de Tracey Moffatt — Puta, Other e Love —, feitos a partir de colagens de cenas de vídeo do cinema de Hollywood do século 20.

Essas três mostras, por sua vez, estão em diálogo com outras monográficas: de Teresinha Soares e Wanda Pimentel, atualmente em exibição no 2º subsolo e mezanino do 1º subsolo, respectivamente; e, no segundo semestre, de Guerrilla Girls, Pedro Correia de Araújo (1874-1955) e de Tunga (1952-2016). Todas essas exposições voltam-se para a mostra coletiva “Histórias da sexualidade”, que também reúne obras de diferentes períodos, territórios, meios, e com núcleos dedicados à prostituição, ao nu, ao homoerotismo, aos jogos sexuais, ao ativismo feminista e queer, entre outros.

“Artista com luvas verdes”

“Toulouse-Lautrec em Vermelho”

  • 30 de junho a 1 de outubro de 2017
  • Masp, 1º andar,  Avenida Paulista, 1578, São Paulo, SP, fone (11) 3149-5959
  • Terça a domingo: das 10h às 18h (bilheteria aberta até as 17h30); quinta-feira: das 10h às 20h (bilheteria até 19h30)
  • Ingressos: R$30  e R$ 15 (meia-entrada). Entrada gratuita às terças-feiras.
  • O ingresso dá direito a visitar todas as exposições em cartaz no dia da visita.
  • Estudantes, professores e maiores de 60 anos pagam R$ 15,00.
  • Menores de 10 anos de idade não pagam ingresso.
“Mulher com Cachorro”
Descaso durante o baile de máscaras

vale mais

 Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções; links rompidos ou inexistentes; informações enviadas com incorreções. Imagens de divulgação.