Arquivo da categoria: Economia em casa

VIDA SAUDÁVEL – Novo supermercado dedica-se a orgânicos  🍆 🌱 🍞 🍺 💄

Bairro conhecido por seus bares, restaurantes naturais, vegetarianos, livrarias, lojas e cafés descolados, a Vila Madalena ganha um novo ponto que promete chamar a atenção de seus moradores. A Casa Orgânica, que acaba de abrir com o objetivo de ser conhecido como um supermercado orgânico.

Casa Orgânica, em São Paulo, promete ser o primeiro supermercado de alimentos e produtos sem aditivos ou fertilizantes

Situado no coração da vila, na rua Fidalga, o super foi inaugurado sábado passado ainda incompleto. “Não dava mais para segurar”, diz Alessandro Duarte, que, ao lado da mulher, Naila Duarte,  comanda o super.

Alimentos in natura chamam a atenção nas bancas

Vale ressaltar que o novo ponto de orgânicos de São Paulo incentiva o consumo consciente _conforme diz em seu site.

Produtos orgânicos para animais domésticos estão entre as novidades

E localiza-se estrategicamente a cerca de 300 metros do Instituto Chão, inaugurado há praticamente dois anos,  também dedicado a orgânicos e que propaga a economia solidária (saiba mais no link abaixo).

≡ SAUDÁVEL E ECONÔMICO – Orgânicos  🍆 🍄 🐔 🌱 🍞 a preço de banana

Três tipos de feijão à venda na Casa Orgânica

Arquiteto, ele mesmo fez o projeto do supermercado, que tem caixas de madeira para acondicionar alimentos utilizadas como armários abertos, além de tomarem o lugar de lustres pendentes do teto.

Caixas para acondicionar alimentos no lugar de lustres

A Casa Orgânica tem hortifrútis, grãos como feijão a granel, além de alimentos processados ou minimamente processados. Com ou sem lactose, glúten, açúcar e produtos sem origem animal para contentar qualquer vegano.

Não faltam produtos de higiene e limpeza e até lingerie em algodão 100% orgânico, mais perfumaria.

Lingerie 100% algodão orgânico

As prateleiras também têm uma área dedicada a produtos para pets _opa, esta parte é beeeem nova!

Logo cortadoReceba as boas notícias de vale mais direto no celular. Envie uma mensagem para 011 9 9985-3577 e pronto! Clique aqui e saiba mais

As estantes também guardam sucos, bebidas e até maquiagem orgânica.

Muitos maços de cheiro verde para temperar o ambiente

Alessandro conta que nos fundos da loja haverá um café e uma padaria. Na parte intermediária, quase 10 estandes ou bancas que serão locadas para quem quiser vender _orgânicos, claro.

Dessa forma, o jovem casal que também mora na Vila Madalena pretende realmente oferecer um número bem grande de orgânicos.

E vamos ao que interessa: preços!

  • Tomate: R$  7,99
  • Feijão carioca : R$ 15,99
  • Maço de cheiro verde ou salsinha: R$ 4,70
  • Repolho roxi, R$ 19,90 o quilo
  • Chá de capim cidreira: R$ 5,75
  • Maçã nacional: R$ 15,90 o quilo
  • Abacate, R$ 25,60 o quilo
  • Melão verde, R$ 7,99 o quilo
  • Suco funcional Manti Bio, R$ 450 ml, R$ 15,90
  • Abacaxi, R$12,80 o quilo
  • Manga, R$ 10,08 o quilo
  • Abóbora cabotiã, R$ 6,40 o quilo
Bolos, pães e outras delícias orgânicas

O supermercado tem corredores largos e carrinhos sustentáveis, resultado de uma procura dedicada a empresas que procuram utilizar materiais menos agressivos ao meio ambiente.

 Casa Orgânica:
Rua Fidalga, 346, Vila Madalena, zona oeste de São Paulo, SP. Fone (11) 9- 9890-8590 (WhatsApp) e 3813-0800.
🕣 Aberto de segunda à sexta, das 11h às 19h e aos sábados, das 9h às 15h.

 vale mais

Casa Orgânica, novo supermercado orgânico de São Paulo

 Para quem quer curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções. Preços de 16 e março de 2017. Fotos do blog.
Anúncios

SAUDÁVEL E ECONÔMICO – Orgânicos  🍆 🍄 🐔 🌱 🍞 a preço de banana

Todo santo dia de manhã a gente se levanta pensando no que comprar para almoço, jantar e refeições intermediárias. Com prioridade aos alimentos saudáveis in natura e… orgânicos, se possível! Em São Paulo, o Instituto Chão pode te ajudar nessa tarefa. Além de oferecer verduras, legumes, frutas, cogumelos, laticínios, e até café espresso sem agrotóxicos ou outros produtos químicos, os preços são mais baixos que em outros centros de compra de orgânicos.

Frutas, verduras, legumes, polpas, tudo orgânico e com preços do produtor, no Instituto Chão, em São Paulo
Frutas, verduras, legumes, polpas, tudo orgânico e com preços do produtor, no Instituto Chão, em São Paulo

Isso é possível porque o instituto nasceu com a ideia de vender ao consumidor final (nós) com os mesmos preços cobrados pelos produtores, sem obtenção de lucro.

Como é que é?

Verduras, legumes, ponto forte e altamente disputado na feirinha do Instituto Chão
Verduras, legumes, ponto forte e altamente disputado na feirinha do Instituto Chão

Isso mesmo. Esse comércio, combinação de feira, empório e café situado em um sobrado na rua Harmonia, no coração da Vila Madalena, em São Paulo, quer incentivar a economiza solidária e experimentar novas formas de relação.

Queijos de muitos tipos, orgânicos, claro, muito bem guardados em geladeiras apropriadas
Queijos de muitos tipos, orgânicos, claro, muito bem guardados em geladeiras apropriadas

Na hora de cobrar, o Instituto Chão pede uma contribuição sugerida de 30% sobre o total dos produtos. Paga quem quer ou pode. Melhor, pode-se pagar menos ou mais.

Lousa explica economia do Instituto Chão
Lousa explica economia do Instituto Chão

Em uma lousa preta no alto da parede sobre os caixas estão lá os custos do instituto. Tudo às claras. Diferente do que se vê no comércio tradicional.

No desenho, a explicação para economia solidária
No desenho, a explicação para economia solidária

Em outro espaço menor, à vista dos olhos do comprador, um outro esquema feito à mão explica a economia solidária do local.

E assim vem vindo esse comércio diferente e inovador desde que foi inaugurado, há cerca de um ano e meio, por um grupo de amigos.

E olha que vai muita, muita gente fazer feira lá! A sugestão é chegar cedo, pois os alimentos mais bonitos vão embora rapidamente.

Veja só os preços cobrados ontem:

Morangos, caixa: R$ 5

Alho poró, maço com 2: R$ 4

Logo cortadoReceba as boas notícias de vale mais direto no celular. Envie uma mensagem para 011 9 9985-3577 e pronto! Clique aqui e saiba mais

Maçã Fuji: R$ 9 o quilo;

Ovos Korin com 30: R$ 5 (OPA!)

Ovos, caipiras, korin, caixa com 6, com 10, com 30...
Ovos, caipiras, korin, caixa com 6, com 10, com 30…

Farinha de trigo branca Ecobio a granel: R$ 3,34

Castanha do Pará: R$ 35 o quilo

Paes integrais e orgânicos de vários sabores, um sucesso no Instituto Chão
Paes integrais e orgânicos de vários sabores, um sucesso no Instituto Chão
Produtos processados artesanais e industriais também estão presente
Produtos processados artesanais e industriais também estão presente

Pão artesanal, vários sabores: R$ 8,69

Sal negro do Hymalaya Gourmet: R$ 7,60 pacote com R$ 250 gramas

Pêssego: R$ 5 a bandeja

Salada verde em pacote: R$ 6

Polpa congelada de amora: R$ 8 pacote com 4 sachês

Beterraba: R$ 4 o quilo

Cebola roxa importada: R$ 10 o quilo

O lugar é bem organizado e há fila para pesar e depois uma fila para pagar. De preferência em dinheiro ou cartão de débito.

Sais de vários tipos, ainda por cima gourmet
Sais de vários tipos, ainda por cima gourmet

O café é gostoso e tem algumas pequenas refeições como sopas e pedaços de bolos para degustação. Hum, provei um panettone e tava bem gostoso!

Óleo de coco orgânico, o must das top models para hidratar os cabelos, e outros óleos descolados
Óleo de coco orgânico, o must das top models para hidratar os cabelos, e outros óleos descolados

Além da organização, o lugar tem uma pia para higiene das mãos. E tem mesinhas e cadeiras na lateral do sobrado, assim como na parte superior. Um convite para um papo e outro café!

Preços da cafeteria - nada igual em nenhuma outra cafeteria que conheço
Preços da cafeteria – nada igual em nenhuma outra cafeteria que conheço

Enfim, o Instituto Chão é ideal para quem quer economizar e fazer seu dinheiros valer mais.

Feijão, farinhas, castanhas do Pará, tudo orgânico mesmo
Feijão, farinhas, castanhas do Pará, tudo orgânico mesmo

Sonho da moçada que procura atitudes saudáveis como um todo, a cuidar da boa saúde do nosso meio ambiente e a ajudar a economia de pequenos produtores que cultivam orgânicos.

 Instituto Chão:
Rua Harmonia, 123, Vila Madalena, zona oeste de São Paulo, SP. Fone (11) 3530-0907.
🕣 Aberto de terça a sábado das 8h30 às 14h.

👍 Funciona hoje, Dia das Crianças e de Nossa Senhora de Aparecida.

 vale mais

 Para quem quer curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

vale mais não se responsabiliza por alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções. Fotos do blog e do Facebook do Instituto Chão.

POUPANÇA – Quando a garrafinha de água vale 40 vezes mais

Sabe quanto guarda um cofrinho feito de garrafa de água mineral _das pequenas, de meio litro?

Cofrinho aberto, foram moedas de R$ 0,10 a R$ 1
Cofrinho de garrafa de água mineral PET de 510 ml aberto, foram 399 moedas de R$ 0,10 a R$ 1

vale mais fez o teste e contabilizou: R$ 125,70 guardados. Só com moedas, vale dizer: de R$ 0,10 a R$ 1. Uau, é dinheiro! Grana! Prata!

Tudo começou quando uma seguidora do blog me ensinou a fazer um cofrinho de garrafa PET sem gastar um tostão real.

Moedas guardadas em uma garrafinha PET de água mineral de 510 ml
Moedas separadas para contagem

Dito e… feito! Logo peguei algumas garrafinhas de água mineral com formato e cores interessantes e segui à risca as instruções da nossa leitora/seguidora.

Logo whatsapp Receba as boas notícias de vale mais no celular 📲 . Crie um contato para vale mais  no número  011 9 9985-3577 e envie a frase Eu quero no WhatsApp. Pronto!
Cortando o cofre-garrafa para contabilizar a economia
Cortando o cofre-garrafa para contabilizar a economia

Deu certo! No dia 28 de março passado, o blog publicou um post ensinando como fazer o cofrinho _que barato!

Veja ➡ INTELIGENTE E ECONÔMICO – Como fazer um cofrinho de garrafa de água mineral 

De lá para cá, fui guardando moedas de todos os valores: pintou na mão, foi parar no cofrinho.

Agora, hora de revelar a economia, certo?

Na ponta do lápis:

É prata! Dinheiro!
É prata! Dinheiro!
  • 59 moedas de R$ 1   =           R$ 59
  • 66 moedas de R$ 0,50   =     R$ 33
  • 70 moedas de R$ 0,25   =     R$ 17,50
  • 120 moedas de R$ 0,10   =   R$ 12
  • 84 moedas de R$ R$ 0,05 = R$ 4,20

         TOTAL                               =  R$ 125,70

Lembrando que uma garrafa de água Prata é vendida pela média de R$ 3, a mesma garrafa cheia de moeda vale 40 vezes mais.

Bem, está escrito: Prata. Nada mais justo para uma garrafa de 510 ml com essa marca… (ui)

SAUDÁVEL E INTELIGENTE – Cofrinhos ajudam a economizar

Moeda de R$ 1 comemorativa dos 40 anos do Banco Central: pode valer entre R$ 10 e R$ 12
Moeda de R$ 1 comemorativa dos 40 anos do Banco Central: pode valer entre R$ 10 e R$ 12

Considerando, ainda, que uma das moedas de R$ 1 guardada é comemorativa aos 40 anos do Banco Central, o valor da garrafa sobe para cerca de R$ 138 _segundo avaliadores especializados, essa moeda pode valer entre R$ 10 a R$ 12.

Que sorte! Não havia percebido que uma dessas veio parar nas minhas mãos.

Agora… partiu novo cofrinho.

Fazer um cofrinho de garrafa de água mineral é fácil e não custa nada: basta uma faquinha de serra, cola e um pouco de jeito para serrar a abertura

vale mais

 Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

INTELIGENTE E ECONÔMICO – Como fazer um cofrinho de garrafa de água mineral

Sabia que dá para fazer economia até para economizar? Pois nestes tempos que a gente tem que segurar não só a mão mas o cartão de débito e de crédito, fazer uma poupança é essencial _mesmo com pouco dinheiro sobrando.

Fazer um cofrinho de garrafa de água mineral é fácil e não custa nada: basta uma faquinha de serra, cola e um pouco de jeito para serrar a abertura
Fazer um cofrinho de garrafa de água mineral é fácil e não custa nada: basta uma faquinha de serra, cola e um pouco de jeito para serrar a abertura

Bem, imaginação serve para a gente usar e… dá para escapar da compra de um porquinho e fazer um cofrinho em casa sem precisar gastar uma moeda! É real, pode crer!

Além de ser bom para o bolso, é bom para o meio ambiente: ajuda a dar um novo uso para um produto que iria para o lixo. Atitude saudável para todos!

Fazer o cofrinho éÉ muito fácil: basta uma garrafa PET de água mineral das pequenas ou de refrigerante vazia; cola; e uma faquinha de serra das boas _essas mesmo de churrasco.

Exemplos de cofrinho feitos de garrafas de água mineral coloridas. Nem precisa pintar nem retirar o rótulo!
Exemplos de cofrinho feitos de garrafas de água mineral coloridas. Nem precisa pintar nem retirar o rótulo!
O nome da marca, Prata, cai super bem para um cofrinho que a gente faz em casa sem gastar grana
Prata, nome que cai bem para um cofrinho

Vamos ao passo a passo de alguns cofrinhos que não precisam de pintura nem de arranjos como laços, fitas, papéis colantes para o objeto ficar no estilo fofo.

Aqui o que vale é uma garrafinha de água menos comum, colorida ou com formato diferente.

Seu cofrinho vai ficar bem maneiro, pode ter certeza!

Quando encontrar uma dessas no supermercado ou no bar/restaurante, fique esperto: peça para ficar com a tampa e carregue a garrafa para casa.

Esta poupança vai render umas economias pra você. Ah, também dá para colocar notas de dinheiro: basta dobrar algumas vezes.

SAUDÁVEL E INTELIGENTE – Cofrinhos ajudam a economizar

Como fazer o cofrinho de água mineral (garrafa PET):

Colas Super Bonder, da Loctite
Colas Super Bonder

1 – Coloque a garrafa para secar completamente. Se for de refrigerante, lave antes com sabão e feijão para que não guarde resíduos.

2 – Depois de estar completamente seca, passe cola tipo Bonder na rosca e feche com a tampa original até o fim. Não abra mais.

Use uma faca com serra e faça 2 cortes paralelos perto da tampa
Use uma faca com serra e faça 2 cortes paralelos perto da tampa

3 – Um pouco abaixo do gargalo, faça um corte do tamanho de uma moeda de R$ 1 com a faquinha de serra (dessas de comer churrasco).

4 – Faça outro corte um pouco abaixo, em paralelo, com distância suficiente para passar entre ambos os cortes uma moeda de R$ 1.

Logo whatsapp Receba as boas notícias de vale mais no celular 📲 . Crie um contato para vale mais  no número  011 9 9985-3577 e envie a frase Eu quero no WhatsApp. Pronto!
Com uma tesoura, corte com cuidado as pontas da tira que ficou depois da garrafa ser serrada
Com uma tesoura, corte com cuidado as pontas da tira que ficou depois da garrafa ser serrada

5 – Com uma tesoura, corte com cuidado o pedaço de PET serrado para formar uma entrada para a moeda.

Cuidado, dependendo do PET, exige cuidado e paciência para não entortar ou fazer um corte muito grande.

Pronto! O seu cofrinho com custo zero real está nas suas mãos!

Aqui no blog vale mais usamos uma garrafa de 510 ml de água Prata, uma outra, menor e arredondada (300 ml), de água Ouro Fino, mais outra da cor pink da marca Acquissima, também de 310 ml.

A parte lateral desta garrafa é mais rígida e foi mais fácil serrar sem que a faca escorregasse
Mais fácil fazer os 2 cortes na lateral

Deixamos o rótulo, que, vamos combinar, parece que foi feito sob encomenda!

Boa economia em casa!

 vale mais

 Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

⇒ vale mais não se responsabiliza por alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções. Imagens do blog.

DELÍCIA – Faça 6 paletas recheadas pelo preço de 1

O calor promete derreter hoje em várias regiões do país, mesmo onde chova. Está na hora de aproveitar o final do verão para fazer em casa uma bela produção de paletas recheadas. Fácil? É sim, pois tem forma especial à venda em lojas do varejo e em sites.

Cozinhar o Leite Moça para o recheio de Leite Moça não ficar caindo na hora de saborear a paleta faz toda a diferença
Cozinhar o leite condensado para o recheio não ficar caindo na hora de saborear a paleta faz toda a diferença

Barato? É! Com o preço de uma paleta vendida em paleterias de shoppings ou food trucks, você poderá fazer três ou até seis delas em casa. Depende do preço da fruta escolhida, né?

Gostosa? Muuuuito mais! Porque tem frutas que você escolheu a dedo e aquele afeto que só a gente tem quando faz uma comida em casa, com as nossas próprias mãos.

Damascos frescos, um pouco azedinhos, combinou bem com o recheio doce do leite condensado
Damascos frescos, um pouco azedinhos, combinou bem com o recheio doce do leite condensado

Vamos fazer? As receitas de hoje são de morango com leite condensado e damasco com leite condensado.

Logo whatsapp Receba as boas notícias de vale mais no celular 📲 . Crie o contato vale mais  com o número  011 9 9985-3577 e envie a frase Eu quero no WhatsApp. Pronto!  
Forma de plástico para paleta recheada
Forma de plástico para paleta recheada, a partir de R$ 29,90

Você vai precisar:

1 caixinha de morangos bem vermelhos ou 5 a 6 damascos frescos

1 lata de leite condensado. vale mais optou pela versão light do Leite Moça, da Nestlé, que tem menos gordura e menos açúcar.

1 liquidificador ou 1 mixer

1 forma própria para paletas recheadas (onde comprar no final do post)

Como fazer:

1 – Coloque para cozinhar em uma panela de pressão por apenas 5 minutos a lata de leite condensado. Siga as instruções e abra a lata somente depois de fria, beleza?

2 – Enquanto isso, prepare as frutas: lave os morangos, e corte os pedaços branquinhos junto ao cabo, desprezando-os para que  a paleta fique bem vermelha.

Liquidificar, coar e preencher a paleteira somente até mais ou menos a metade
Liquidificar, coar e preencher a paleteira somente até mais ou menos a metade

3 – No mixer ou liquidificador, faça um suco apenas da fruta. Se estiver difícil de liquidificar, use o mínimo possível de água. A ideia é um sorvete com a fruta pura mesmo. Se usar os damascos, lave-os, descasque-os e faça o suco.

Leite Moça Light, da Nestlé, 95% menos gordura
Leite Moça Light, da Nestlé

4 – Coe o suco de morangos em uma peneira fina. Você vai ver quaaaantas sementinhas vão ficar na peneira. A paleta vai ficar bem mais saborosa.

5 -Pegue a paleteira e preencha até mais ou menos a metade e coloque a parte que vai garantir que a paleta fique com espaço para receber o rechedio com leite condensado.

A forma é muito boa, mas tem alguns truques que já deciframos aqui para você _veja como aqui no vídeo:

Depois de 3 horas, experimente tirar o recheador, ou seja, a parte que foi colocada na forma para garantir o espaço que irá receber o recheio. Use uma colher de chá para ajudar e, se estiver difícil, coloque um pouco de água dentro do recheador. Depois de 30 segundos, jogue a água fora e retire a peça.

O recheador garante o espaço que irá receber o recheio de leite condensado
O recheador garante o espaço que irá receber o recheio de leite condensado

Imediatamente coloque o leite condensado com a ajuda de uma colher de café ou mesmo uma faca arredondada até preencher todo o espaço.

Quando atingir a altura do morango, coloque na geladeira novamente.

Depois de 3 horas, irá perceber  que o recheio não congela _é, o açúcar impede o congelamento do leite.

Preencha com o leite condensado até quase atingir a marca da fruta já congelada
Preencha com o leite condensado até quase atingir a marca da fruta já congelada

Mas o recheio irá estar mais durinho.

Coloque os palitos que vêm junto com a forma ou use palitos de madeira.

Preencha com mais suco de morango até quase o final da forma. UAU, vai resultar em uma paleta beeem grande. Pra aplacar mesmo o calorão.

Último passo: colocar o palito e mais um pouco do suco para que a paleta fique bem acabada. Note que não deve ter recheio acima da fruta congelada, ou irá aparecer na paleta pronta
Último passo: colocar o palito e mais um pouco do suco para que a paleta fique bem acabada. Note que não deve ter recheio acima da fruta congelada, ou irá aparecer na paleta pronta

Agora, mais 3 horas e pronto! Pode saborear sua paleta que vai ficar igualzinha (se seguiu o passo a passo com jeito) à da paleteria.

Gasta pouco e o visual fica lindo mesmo.

 DICA: Usar palitos de madeira facilitam a retirada da forma _como o plástiporque ele é maior e na hora de retirar ele “segura” melhor a paleta.

Onde comprar a paleteira mexicana:

Mercado Livre, vários vendedores (atenção, escolha a forma adequada) – Penselar Fun

Hum, delícia feita em casa igualzinho à do shopping e bem mais barata
Hum, delícia feita em casa igualzinho à do shopping e bem mais barata

vale mais

 Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções. Imagens do blog e/ou dos sites das empresas citadas. Preço pesquisados em fevereiro de 2016 não inclui frete.

FACEBOOK LEGAL 👍 – Comprar orgânicos 🍎 🍄 🍓 em grupo pode salvar seu bolso

Quem quer se alimentar de forma saudável 🍅 🍆 🍐 sabe que produtos orgânicos são uma boa solução _do café da manhã ao chazinho de antes de deitar. Entretanto, e, por enquanto, os alimentos orgânicos ainda têm preço acima de seus similares cultivados e processados com agrotóxicos e outros aditivos químicos.

Ramas de cenouras orgânicas
Ramas de cenouras orgânicas

Como os tempos estão mesmo para cintos apertados, os grupos de compras coletivas de orgânicos _que não tem nada a ver com aqueles sites da Internet com ofertas de produtos_  vieram para salvar sua carteira. No Facebook há vários espalhados por quase 20 cidades brasileiras, do Nordeste ao Sul do Brasil.

Lado bom das redes sociais 👍 que vale mais traz hoje _para quem quer aderir ou conhecer e experimentar o esquema. Que funciona!

Compras de alimentos orgânicos feitas de forma coletiva em grupos no Facebook esperam ser retirados
Compras de alimentos orgânicos feitas de forma coletiva em grupos no Facebook esperam ser retirados

O mapa mostra onde já há grupos organizados, dê uma olhada se sua cidade já tem esses grupos no Face:

COMO FUNCIONAM OS GRUPOS:

  • Em geral os participantes compram juntos uma quantidade maior e conseguem negociar preços melhores, mais baixos que em supermercados e em feiras ou lojas independentes de produtos orgânicos;

    Capuchinha ou flor de capuchinha orgânica
    Capuchinha ou flor de capuchinha orgânica
  • Os produtos podem vir direto do produtor ou de algum distribuidor. Tudo é negociado antes e a ideia é que a troca seja justa para o produtor;
  • A compra chega com data marcada e 📆, em geral, em um ou alguns pontos combinados. Pode ser casa 🏠 ou apartamento 🏢. Os participantes dessa compra vão buscar os produtos e as vezes levam consigo as compras de outras pessoas que moram muito distante deste ponto. Mas mais perto de você. Faz parte do chamado espírito colaborativo destes grupos;
  • É tudo muito bem combinado antes, inclusive a forma de pagamento.

 *  *  *  *  *  *  *  *  * 

Logo cortadoReceba as boas notícias de vale mais direto no celular. Envie uma mensagem para 011 9 9985-3577 e pronto! Clique aqui e saiba mais

 *  *  *  *  *  *  *  *  * 

Bananas orgânicas
Bananas orgânicas

COMO PARTICIPAR:

  • Se você já tem perfil na rede, procure o grupo aqui pelo link direto que vale mais traz logo abaixo;
  • Solicite permissão para entrar. Os administradores dos grupos irão se corresponder por email antes para avaliar teu perfil para a aprovação.
  • Ao ser aprovado, você deve ler as regras do grupo e aceitá-las, claro.
  • Depois de aceito, procure as listas de compras que estão abertas e entre naquelas que te interessar.  Tatiana Perez, uma das administradoras, diz que a média é de 30 listas abertas ao mesmo tempo.
  • Alho poró e couve orgânicos
    Alho poró e couve orgânicos

    Claro que os grupos abrem e fecham com datas definidas e você precisa estar atento. Assim como saber que há prazos para confirmação se irá participar de determinada compra, datas e regras para pagamento.

  • Você também pode abrir uma lista, assim como qualquer participantes do grupo.
  • Os detalhes são diferentes em cada compra e cada grupo. Mas o importante é aceitar as regras e participar.
  • O espírito dos grupos de compra é colaborar com todos e compartilhar algumas tarefas, além de buscar preços mais baixos que em feiras e no varejo. Então, por exemplo, um ou vários participantes se responsabilizam pela abertura de uma lista e controlam os pagamentos, outros poderão se dispor a receber toda a compra em casa ou em algum local adequado.
  • Se você participar, precisará ir buscar sua compra no local combinado. E, algumas vezes, levar consigo as encomendas de outros participantes que moram perto de você. Mais economia, gente!

Uma boa maneira de participar com mais tranquilidade é acompanhar a comunicação do grupo e ver como as pessoas fazem, se dividem para as tarefas, etc e tal.

Abaixo, os links dos Grupos Comida da Gente, que estão entre os principais grupos. Veja se a cidade onde você mora está nesta lista _só clicar em cima do nome da cidade:

São Paulo – Rio de Janeiro –  Belo Horizonte – Brasília

João Pessoa –  Juiz de Fora – Londrina Teresópolis

Sul Fluminense – Niterói – Ilha do Governador –  Barra, Recreio

Milho orgânico*
Milho orgânico*

Jacarepaguá

Sorocaba – Vitória

Curitiba – Santos

Porto Alegre – Florianópolis – Recife

vale mais

 Para quem quer curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

Estamos nas redes sociais _só clicar:

facebook_logo_detail           Twitter_logo_blue           Instagram_Icon_Large           Google+

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções. Fotos do blog e de *Rob Bertholf, agosto de 2015, licença Creative Commons.