Arquivo da categoria: Notícias

Bauru mais chic de São Paulo – só R$ 14,90

Saindo no capricho _ e sem segredos!! vale mais publica hoje com exclusividade como se faz o sanduíche mais famoso de São Paulo, o bauru do Ponto Chic. Melhor, a rede que tem três lojas baixou o preço do lanche que vale por uma refeição de R$ 23,30 para R$ 14,90 das 15h às 19h, de segunda a sexta-feira. Uma economia de R$ 8,40, preço de um queijo quente em padarias de bairro.

Bauru do Ponto Chic, R$ 14,90 em promoção das 15h às 19h de segunda a sexta-feira
Bauru do Ponto Chic, R$ 14,90 em promoção das 15h às 19h de segunda a sexta-feira

A promoção tá rolando e vale mais recomenda você se programar para

Chapa quente, minha gente!
Chapa quente, minha gente!
Metade do pão vai por cima do rosbife
Metade já está pronta

estar nesse horário em qualquer das unidades da rede: centro da cidade, Paraíso, na zona sul, ou em Perdizes, na zona oeste (endereços no  final do post).

Primeira camada: rosbife, depois, tomates e os pepinos em conserva
Saindo da chapa, a camada de rosbife recebe os tomates e depois os pepinos em conserva

O sanduba do tradicional bar-restaurante-lanchonete paulistano ganhou fama com uma versão diferenciada do bauru, sanduíche que todo mundo já saboreou ao menos uma vez _até agora.

Sem pegar pesado no sal
Sem pegar pesado no sal

Essa versão chic foi criada pelo próprio restaurante, destaca o sócio Rodrigo Alves.

Preparando a mistura de queijos, que recebe água escaldante para o derretimento
Enquanto isso a mistura de queijos recebe água escaldante para o derretimento
Os queijos no ponto de puxa-puxa
Puxa-puxa é o ponto

Pudera: rosbife frio (mas pode ser quente), tomate, pepino em conserva e uma generosa camada de uma mistura puxa-puxa de queijos prato, suíço e estepe com gouda (estes dois últimos previamente misturados pelo laticínio) no pão francês.

Derretido, o queijo 4 em 1 vai para metade do pão, que é colocado sobre a outra metade no balcão. O prato ficou lotado!
Derretido, o queijo 4 em 1 vai para metade do pão, que é colocado sobre a outra metade no balcão. Corte feito _o prato fica lotado

Se você quiser pode ser no prato, ou no pão de forma, preto ou sírio.

Só falta o último prá receber a cara-metade
Só falta o último

Nas fotos do passo a passo clicado por vale mais não escapa nada. Tá tudo aqui para dar água na boca.

No comando da produção está o chapeiro Laelson Santos Silva, que tem nada menos que 11 anos de experiência nesse sanduíche.

Ele já fez milhares desses baurus nesse período _para se ter uma ideia, são consumidos cerca de 1.500 deles nas três lojas por dia!! Haja rosbife, feito pela própria cozinha do Ponto Chic, afirma Rodrigo.

Dois alçam voo rumo à mesa e outro é preparado para seguir viagem
Dois alçam voo rumo à mesa e outro é preparado para seguir viagem

Não dá prá negar, os caras entendem de bauru chic!

Tarcila Anieri abocanha o famoso e chic bauru
Tacila Anieri (dir) e Luciene Gurgel abocanham o famoso

Laelson Santos Silva, experiente chapeiro

Laelson Santos Silva, experiente chapeiro

Ponto Chic

Prontinho da silva
Prontinho da silva

Lojas
Centro – Largo do Paissandu, 27, Seg a Sáb das 11h às 20h – DELIVERY – (11) 3222-6528 – Estacionamento da avenida Rio Branco, 66 (pago, desconto para clientes).

Perdizes – Largo Padre Péricles, 139, Todos os dias das 11h às 2h da matina – DELIVERY – (11) 3826-0500 – Estacionamento pago ao lado (desconto para clientes) ou gratuito no pátio da Igreja São Geraldo.

Cartaz anuncia a promoção
Cartaz anuncia a promoção

Paraíso – Praça Oswaldo Cruz, 26, Todos os dias das 11h às 2h da matina – DELIVERY – (11) 3289-1480 – Estacionamento Av. Bernadino de Campos, 109, antes de chegar ao Ponto Chic (pago, desconto para clientes).

vale mais fala de compras, prestação de serviços, música, cinema, gastronomia, comportamento & o que mais der na telha. Economize e curta coisas boas.

Acabou de chegar no prato
No pódio…

Siga a gente nas redes sociais!

http://www.facebook.com/sigavalemais;

Instagram: @sigavalemais;

Twitter: @sigavalemais.

Até logo mais!

vale mais não se responsabiliza por alterações de preços e ausência de produtos nas bancas, lojas, sites e/ou estoque, assim como na duração e garantia de produtos em promoções. Preços pesquisados em dezembro de 2014 não incluem cobrança de taxas de serviços.
Anúncios

Tapete de fera na porta de casa

As feras continuam soltas. A forte tendência animal print lotou armários, sapateiras e agora ocupou espaço na sala da sua casa. Para quem quer pisar na onça, zebra ou leopardo, o tapete é o caminho.

Tapete de couro bovino da Tapetes & Cia vendido na rua
Tapete de couro bovino da Tapetes & Cia vendido na rua
Sylvio e seu Santana Quantum coberto por tapetes
Sylvio e seu Santana Quantum coberto por tapetes

E você não precisa de muito esforço para comprar. Sylvio Alexandre Luchiari percorre São Paulo vendendo tapetes em couro bovino serigrafados sob medida a bordo de seu Santana Quantum. Ele roda a cidade, escolhe um ponto, estaciona e cobre seu carro com a mercadoria.

Opções da Tapetes & Cia
Opções da Tapetes & Cia

Os produtos são feitos pela Tapetes & Cia, com sede na cidade gaúcha de Lindolfo Collor.  Ele garante que seu preço é imbatível: R$ 240 o metro quadrado. Na versão para quarto, um tapete com 1 m x 50 centímetros sai por R$ 120.

Whats completo

Precisa de um tapete para a sala, bem maior? Não tem problema. É só encomendar que depois ele entrega na sua casa. O produto é bem acabado. Os contatos e fones da empresa estão no site, aqui neste link direto.

Tapete de veludo Marbella Safari Leopardo, da Mobly
Tapete de veludo Marbella Safari Leopardo, da Mobly

Se preferir, na Internet a Mobly tem várias opções de formatos e preços. O material é poliéster e polipropileno. O tapete de veludo Marbella Safari Leopardo de 1,98 x 3,00 metro é vendido por R$ 489. Veja todas as opções neste link direto.

Onça, Casa Fortaleza
Onça, Casa Fortaleza
Casa Fortaleza, pele natural serigrafada - zebra
Zebra, Casa Fortaleza

A Casa Fortaleza também tem suas versões do consagrado padrão. Mas o site da rede mais que conhecida não tem vendas e nem preços. Vale a pena conferir as opções em couro bovino neste link aqui.

   O blog da Casa Show dá as seguintes dicas para quem vai usar um tapete animal print:

– Procure equilibrar a decoração usando artigos neutros, com tonalidades discretas como branco, preto e bege;

– Não misture os padrões de estampa. Se a almofada for estampa de zebra, não é boa ideia usar um tapete de leopardo;

– A estampa étnica não passa despercebida em nenhuma circunstância. Use-a com bom senso para ser percebido pelo bom gosto e não pelo exagero. Um pouco mais neste link aqui.

Amostras de desenhos animal print
Amostras de desenhos animal print

O tema oncinhas & outros bichos em calçados femininos e masculinos já foi tema no post Pegada animal, de vale mais do dia 8 passado _confira neste link aqui

Telefones:

Casa Fortaleza – atendimento residencial: (11) 2223-2934;

Mobly – Televendas – (11) 4302-5061; (21) 3512-0082; (31) 3508-8325 – outras capitais neste link aqui;

Tapetes & Cia – (11) 9-9235-5596.

vale mais fala de compras, serviços, cinema, gastronomia, comportamento e o que mais der na telha. Economize e curta coisas boas

Curta o blog nas redes sociais _assim você segue a gente!

http://www.facebook.com/sigavalemais

Instagram: @sigavalemais

Twitter: @sigavalemais

Boas compras e até sexta-feira!

vale mais não se responsabiliza por alterações de preços e ausência de produtos nas lojas, sites e/ou estoque. Preços pesquisados em 16 de dezembro de 2014 não incluem valor do frete.

Nova virada de descontos à la Black Friday

Oferta do smartphone Moto E no Extra, R$ 296,65
Oferta do smartphone Moto E no Extra, R$ 296,65

O Natal tá quase aí e o comércio usa todas as suas armas _e mais algumas_ para levar o consumidor a comprar. Já começou no primeiro minuto de hoje e vai até a meia-noite de amanhã, terça-feira, mais uma big promoção à la Black Friday batizada de “A Última Grande Chance” _em outras palavras, uma virada de 48 horas de descontos que podem chegar a 70%.

Oferta de ar condicionado das Casas Bahia
Ar condicionado das Casas Bahia, R$ 899,90

Participam 35 empresas, entre elas várias grandes e conhecidas como Ponto Frio, Casas Bahia, HP (computadores), AOC, Nike, Polishop, Cacula de Pneus, Barateiro e Multiplus.

Para não ficar atrás, a Americanas rapidamente anunciou os clientes por email _e em alguns portais de notícias como o UOL_ sua 4° edição do “Black Night”, com descontos de até 80% e mais 12% no boleto bancário. “A última grande chance prá valer na maior loja da Internet”, avisa o site, começa à meia-noite de hoje e vale por 24 horas. O Submarino também anunciou sua Black NIght _veja aqui no link_ mas não dá detalhes de quando começa e termina…

Chamada para a Black Night da Americanas
Chamada para a Black Night da Americanas

Claro, as promoções têm suas regras e você deve sabê-las muito bem antes de clicar no botão “comprar”. Leia atentamente neste link aqui o funcionamento da ação de vendas e tire suas dúvidas ao final da página. Para a Americanas, mesma coisa _cheque aqui neste link. Em ambas os sites você pode se cadastrar para receber as ofertas.

Se você ainda está procurando presentes e quer dar uma surfada prá ver se realmente os descontos valem a pena, dê uma checada aqui nos links diretos dos sites participantes desta última campanha de vendas do ano (vá até o final da página). Ou penúltima?

Tênis feminino Nike Free 5.0, R$ 189,90 no site da Nike
Tênis feminino Nike Free 5.0, R$ 189,90 no site da Nike

Alguns destaques pesquisados por vale mais: tênis Nike Free 5.0, sucesso de vendas, por R$ 189,90 em várias cores, entre as quais azul e verde _e tem vários tamanhos disponíveis. Smartphone Moto E por R$ 296,65 no Extra. Ar condicionado nas Casas Bahia: R$ 899,90.

Lojas participantes
Lojas participantes

vale mais já publicou que consultas e reclamações referentes à promoção de vendas devem ser feitas no Procon _leia aqui neste post o que se deve fazer. E como devolver sua compra, caso se arrependa, direito garantido em lei segundo explica o especialista em Direito do Consumo Francisco Fragata Jr. em entrevista exclusiva para o blog _leia neste link aqui.

Siga vale mais para saber de compras, serviços, cinema, gastronomia, comportamento e o que mais der na telha.

Curta o blog nas redes sociais _assim você segue a gente!

http://www.facebook.com/sigavalemais   –Instagram: @sigavalemais –

– Twitter: @sigavalemais

Boas compras e até logo mais!

vale mais não se responsabiliza por alterações de preços e ausência de produtos nas lojas, sites e/ou estoque. Preços pesquisados em 14 e 15 de dezembro de 2014 não incluem valor do frete.

Faça a guimba virar fogo

Coletor mais vendido da Bituca Verde, R$ 170
Coletor mais vendido da Bituca Verde, R$ 170

Quem fuma não tem mais desculpa para jogar a ponta de cigarro no chão. A Bituca Verde viu na lei anti-fumo uma oportunidade de negócios e também uma chance de ajudar a saúde do meio ambiente. A empresa produz e comercializa coletores especiais para o lixo de cigarros que já começam a se espalhar por aí.

Melhor ainda é saber que as milhares de guimbas retiradas desses recipientes transformam-se em material que substitui o carvão em fornos industriais. Guimba é fogo!

Jorge Barbosa, representante da empresa, conta que perto de 10 mil coletores já foram vendidos. Em várias versões, estão presentes em bares, restaurantes e já marcaram presença em uma das praias mais famosas do mundo, Copacabana, e na Oktoberfest. Alegria dos fumantes e não-fumantes!

Bitucas a torto e a direito
Bitucas a torto e a direito

As bituqueiras não são privilégio da Bituca Verde. Esse tipo de lixeira é feito por outras empresas e funcionam a todo vapor em São Paulo, no Rio de Janeiro e em outras cidades do país, conforme vale mais já mostrou no post “Grama, o fim das bitucas” _clique aqui para ler. Moral da história: todos querem uma calçada limpa, nénão?

Modelo próprio para paredes externas da Bituca Verde
Modelo próprio para paredes externas da Bituca Verde

Jorge explica todo o processo até a guimba acabar em fogo: depois de retiradas das bituqueiras em coletas especiais, são armazenadas em um recipiente com capacidade para 10 mil bitucas batizadas de “bombonas”.

Quando cheio, esse recipiente segue para uma empresa parceira, a  Renova Ambiental, que trabalha o lixo até que se transforme em uma massa flocada que poderá substituir o carvão vegetal. Ufa, menos desmatamento _a Natureza agradece!

O comprador da Bituca Verde entra em um programa especial no qual só precisa se preocupar em informar com antecedência o período para que a bomba seja coletada e substituída por uma vazia. Resumo da ópera: os gastos ficam com a aquisição do coletor de guimbas mais esses recipientes, que receberam o nome de PAB (R$ 60).

Os coletores da Bituca Verde vêm em várias versões e estão disponíveis para venda no site www.lojaonze.com.br.

A mais vendida tem formato de cigarro e é móvel _por R$ 170, você a leva prá lá e prá cá. Clique aqui para ver todas as versões disponíveis para comercialização.

Quem quiser aderir ao programa da Bituca Verde, entra no site www.bitucaverde.com.br para saber das regras e fone para contato.

Lixeiras especiais são uma solução esperta para o meio ambiente. A falta de consciência de muitos fumantes foi motivo para o artista de rua Piauí Ecologia criar uma obra somente com pontas de cigarro, exposta no vão livre do Masp, em São Paulo, conforme mostramos no post “Guimbas e cinzas” – clique aqui para ler.

Ah, mais uma: se não tiver uma bituqueira por perto, você pode carregar a sua no bolso. Ou bolsa.

Bituqueira de bolso, R$ 5 ou R$ 6
Bituqueira de bolso, R$ 5 ou R$ 6

Estas aqui são a versão da empresa. Mas tem várias outras por aí. Fácil fácil de ser encontrada em bancas de jornais e em tabacarias. Você poderá pagar R$ 5 ou R$ 6 ou algo nessa faixa.  Fumante elegante tem a sua!

Valorize seu dinheiro – curta vale mais nas redes sociais para receber nossos posts:

www.facebook.com/sigavalemais

Instagram: @sigavalemais

Twitter: @sigavalemais

Flickr: sigavalemais

Até logo e bom final de semana!

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços e ausência dos produtos citados na loja, site ou estoque das empresas. Preços de 21 de novembro de 2014.

Versace chegou e pegou

Mal aportou na Riachuelo, a moda da coleção Versace começou a pegar. Ontem, já faltavam peças na loja da avenida Paulista, tal a procura. Inspirada no fundo do mar, alguns motivos clássicos como losangos, plissados, mais animal print e muito preto e branco, as roupas começaram a sair das araras direto para os armários das consumidoras. Os preços vão de R$ 49,90 a R$ 399,90. Estão à venda em 180 das 237 lojas da rede, de Rio Branco, no Acre, a Porto Alegre, Rio Grande do Sul.

Flávia da Conceição
Flávia com calça animal print e top clássico com botões dourados

Na loja da Paulista, o domingo esteve movimentado. Na parte da tarde, o supervisor comercial Michel Kfouri conta que a receptividade está muito boa para a coleção.  “Há reposição frequente, tem peça chegando todos os dias”, explica.

Eduarda escolhe peças nas araras da Riachuelo
Eduarda escolhe peças nas araras da Riachuelo

Eduarda Faria, que trabalha na área de moda, pegou várias peças que gostou. Em duas vezes que esteve na loja, comprou duas saias de cós alto estilo lápis, duas camisas, duas blusas cropped com aplicações, uma saia com losangos. E uma sandália de salto. Total das aquisições: cerca de R$ 1,6 mil.

Joana com a calça que comprou para a mãe
Joana com a calça que comprou para a mãe

A advogada Joana Rizzi esteve na loja duas vezes. Primeiro, para ela. Na segunda vez, pensando em algumas peças para a mãe.

Por aproximadamente R$ 800, ela colocou nas sacolas pretas com o nome da grife: duas calças, um top e uma regata para ela.

Para a mãe, uma calça com motivos da vida no fundo do mar. “Vale a pena, as roupas têm muita qualidade. Gostei bastante”, disse.

Simony  e seu vestido para o Reveillon
Simony e seu vestido para o Reveillon

Já com planos para a festa de Reveillon, Simony Rego Barros, professora de engenharia da Unip, escolheu um vestido da cor oficial da virada. Preço da etiqueta: R$ 399.

“É uma peça que vai durar, o tecido tem bom desempenho e a roupa foi muito bem feita. Valeu a pena, não é modinha”, explicou.

Flávia da Conceição, assistente de marketing, foi para a loja da avenida Paulista no domingo para pesquisar e ver de perto as roupas. Flávia gosta da grife e foi checar um vestido preto com preço de R$ 259.

Ela experimentou um top preto com uma calça animal print e com uma saia branca. “Gostei muito, mas achei os preços meio salgados”. Mas o namorado, Leandro Luiz, gostou de tudo.

A marca da estrela

Este lançamento Versace foi desenvolvido especialmente para a rede de lojas Riachuelo e apresentado em concorrido desfile na sexta-feira passada com a presença de Donatella Versace, irmã do estilista Gianni, que criou a grife, marcada por roupas alegres, tons fortes, e linhas que valorizam as curvas femininas.

http://www.stephanie-seymour.de/
As modelos Karen Mulder e Stephanie Seymour, durante desfile em 1992

A coleção é recheada de motivos que incluem animais marinhos: estrela do mar, cavalo-marinho e conchas. Estes motivos foram inspirados em uma coleção de 1992 com desfile marcante realizado em Milão, Itália, por Gianni Versace.

Dê uma olhada no desfile de 1992:

Naquele ano, o  desfile teve a participação da primeira geração de super top models, como Cindy Crawford, Linda Evangelista e Naomi Campbell, entre tantas outras belas.

Jaqueta com estampa de concha do mar a venda online
Jaqueta com estampa de concha do mar a venda na Internet
Modelo Nyasha Matonhodze, coleção 2012
Modelo Nyasha Matonhodze, coleção 2012

Só para se ter uma ideia, uma jaqueta da época pode ser comprada no site www.1stdibs.com. Preço: 2,7 mil dólares.

Os motivos dessa coleção tornaram-se icônicos _tanto que já surgiram em coleção lançada em 2012.

No Brasil, a cara escolhida para a campanha foi Adriana Lima. A coleção toda pode ser vista no site da loja, http://www.riachuelo.com.br/vitrine/feminina/1/versace. Todos os produtos têm preços. O pagamento poder ser feito em até três vezes sem juros no cartão de crédito, ou até cinco vezes no cartão próprio da loja _que não cobra anuidade.

Atenção, a Riachuelo não tem venda na Internet, só nas lojas. Confira no site as unidades que têm peças da coleção.

Adriana Lima
Adriana Lima, estrela da cabeça aos pés

 A rede de lojas Riachuelo e a Versace doaram cerca de R$ 1 milhão para a Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD), ong mais que conhecida pelo seu trabalho junto à crianças com deficiências e suas famílias.

siga vale mais para saber sobre roupas, moda & muito mais. Valorize seu dinheiro.

Quarta-feira próxima vamos falar das peças e preços da coleção da grife Stella McCartney, filha de Paul McCartney, para as lojas C&A, que chega semana que vem nas lojas.

Até logo mais!

Chaplin ao vivo

Sábado, 1º de novembro, tem cinema com música ao vivo, parte da 38ª  Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, que chega ao fim com “O Circo”, considerado um dos melhores filmes de Charles Chaplin. Cena de "O Circo", imagem de site oficial O longa será exibido na área externa do Auditório Ibirapuera, no Parque Ibirapuera, em São Paulo, a partir das 20h com apresentação da Orquestra Experimental de Repertório, da Fundação Theatro Municipal de São Paulo, sob o comando do maestro Carlos Moreno. O programa é gratuito.

A trilha foi composta pelo próprio gênio do cinema.  “Sweet Little Girl” é um dos destaques. Ouça a canção:

No longa, Carlitos é confundido com um batedor de carteira e foge. Vai parar em um circo e, sem querer, entra no espetáculo e faz sucesso. Claro,  arruma confusão com o proprietário. Acaba por se apaixonar pela filha do empresário do circo, que é trapezista.

Uma das melhores sequências passa-se quando Carlitos se vê preso em um vagão-jaula com um leão. Veja um trecho:

Abaixo, o trailer de “O Circo”:

O longa é considerado um dos melhores filmes de Chaplin. É o segundo em arrecadação e o sétimo filme mudo a ser lançado no cinema.

Charles Chaplin no filme O CircoO programa da mostra começa com o curta “Corrida para Meninos”, de 1914, no qual Charles Chaplin aparece pela primeira vez interpretando Carlitos, ou O Vagabundo. Dirigido por Henry Lehrman, o curta tem música composta por Timothy Brock.   Carlitos em frente da câmera, foto de site oficial O filme tem cerca de 7 minutos. Nele, Carlitos, ou O Vagabundo”, como ficou conhecido no Brasil, é um espectador de uma corrida de carros de crianças. Faz de tudo para aparecer em frente às câmeras. Veja:

Timothy Brock é compositor e maestro e especializou-se em apresentações ao vivo para filmes mudos, além de trabalhos compostos no início do século 20. Desde 1999 foi escolhido pela família de Charles Chaplin para preservar as trilhas sonoras do diretor/ator/compositor. É a maior autoridade no assunto.

Charles Chaplin conduzindo The Abe Lyman Orchestra
Charles Chaplin conduzindo The Abe Lyman Orchestra

 Se você for e tirar fotos, envie para sigavalemais@sigavalemais.com.br.  As melhores serão postadas aqui em vale mais.

No Municipal

No domingo, a Orquestra Experimental de Repertório se apresenta a partir das 17h no Theatro Municipal com as músicas de Chaplin e de Brock. Um dos principais grupos de música de formação do país, a orquestra foi criada em 1990 pelo maestro Jamil Maluf. Está sob a direção de Carlos Moreno desde fevereiro passado. Charles Chapin tocando

Os ingressos para o concerto do próximo domingo vão de R$ 5 a R$ 40. Estudantes pagam meia. Quem quiser comprar com antecedência pode fazê-lo no site http://www.compreingressos.com/theatromunicipaldesaopaulo. Não há cobrança de taxas adicionais.

Também é possível comprar diretamente na bilheteria do Theatro Municipal, que funciona de segunda a sábado das 10h às 19h, e domingo, das 10h às 17h. Em dias de espetáculos abre pela manhã, a partir das 9h. Praça Ramos de Azevedo, s/n. Bilheteria:  fone 11 3053-2090.

De graça, na Internet

Charles Chaplin também pode ser visto gratuitamente no computador. O site www.openculture.com traz 65 filmes do diretor, ator e compositor. Vá no link http://www.openculture.com/2011/12/free_charlie_chaplin_films_on_the_web.html e escolha seus preferidos.

vale mais vai trazer notícias sobre música clássica e cinema.

Acompanhe!

Livro na rua: espalhe!

Hoje, 29 de outubro, é Dia do Livro e da 10ª edição do Literatura Espalhada, projeto da Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo que vai distribuir 6 mil livros de ficção e paradidáticos a pessoas de baixa renda e moradores de rua.  A ideia é compartilhar livros e incentivar a leitura.

Os exemplares foram doados durante todo o ano. Entre os autores presentes nesta edição estão Jorge Amado, Graciliano Ramos e José de Alencar, entre outros.

O escritor Jorge Amado escrevendo "Tocaia" / foto Companhia Das Letras
O escritor Jorge Amado escrevendo “Tocaia” / foto Companhia Das Letras

Da sede da fundação _rua General Jardim, região central de  São Paulo_, estudantes saem até a Praça da República via Minhocão para distribuir os volumes.  A primeira turma começa a partir das 11h, e outra, à noite ,a partir das 19h.

“Os alunos saem carregando os livros e vão conversando sobre literatura com a população. Às vezes encontramos boas surpresas como pequenas bibliotecas guardadas em caixas entre moradores do Minhocão”, relata Eliana Asche, doutora em Educação (PUC-SP) e professora de literatura da fundação.

Literatura Espalhada em São Paulo

Literatura Espalhada, divulgação

Para receber o livro, a pessoa precisa se comprometer a passá-lo adiante após a leitura, diz a professora.  “Queremos dar oportunidade de as pessoas perderem o medo do livro”, complementa.

Eliana Asche também desenvolve salas de leitura em pontos estratégicos de São Paulo, como em presídios e ocupações.

Interessados em doar ao  Literatura Espalhada devem levar os livros na sede da fundação, rua General Jardim, 522, Vila Buarque, São Paulo, SP, e deixar com os funcionários da portaria. A professora Eliana pede que os doadores façam uma dedicatória ao futuro leitor.

De graça, na Internet
Machado de Assis aos 57 anos
Machado de Assis aos 57 anos

Para se ler um livro, não é preciso comprar ou emprestar em uma biblioteca pública. Na Internet há vários sites onde se pode baixar bons exemplares, de graça.

No site dominiopublico.gov.br, toda a obra de um dos maiores escritores brasileiros, Machado de Assis, está disponível para download, por exemplo.

Vá em www.dominiopublico.gov.br/download/texto/bn000167.pdf e baixe “Memórias Postumas de Brás Cubas”.

Quer poesia? Em www.dominiopublico.gov.br/download/texto/ph000003.pdf, está o link para “Cancioneiro”, de Fernando Pessoa.

Boa leitura!

E se você sabe de sites com bons livros para serem baixados, espalhe aqui prá gente em sigavalemais.com.br.

Obrigada e até logo mais.//