Arquivo da categoria: Saúde

SINAIS DE ALERTA - Câncer na criança

SAÚDE – Conheça os sintomas de câncer em crianças e adolescentes

É duro saber. No Brasil, o câncer é a principal causa de morte por doença em crianças e adolescentes, informa o INCA, Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva. Para 2017, o instituto estima a ocorrência de 12,6 mil novos casos de câncer em crianças e adolescentes até 19 anos.

Crianças no mapa do Brasil, ilustração de Adremilk, agosto de 2012
Crianças no mapa do Brasil, ilustração de Adremilk, agosto de 2012

Entre 2009 e 2013, informa o instituto vinculado ao governo federal, a doença foi responsável por cerca de 12% dos óbitos na faixa de 1 a 14 anos, e 8% de 1 a 19 anos. Foram registradas 2.724 mortes por câncer infantojuvenil no Brasil em 2014 (ano mais recente com informações consolidadas).

SAÚDE – Médico ressalta importância da mamografia e esclarece dúvidas

Veja as ilustrações divulgadas pelo INCA – você pode baixar no seu celular e espalhar via WhatsApp entre amigos e familiares, pois são informações seguras e confiáveis:

Pais, tios, padrinhos, amigos e qualquer pessoa pode ajudar a tentar diminuir esses números, terríveis. Para isso é preciso saber dos sintomas do câncer _que se manifesta como leucemia em 26% dos casos.

Logo whatsapp Receba as boas notícias de vale mais no celular 📲 . Crie um contato para vale mais no número  011 9 9985-3577 e envie a frase Eu quero no WhatsApp. Pronto!

Um estudo sobre o panorama do câncer infantojuvenil1 divulgado pelo INCA e pelo Ministério da Saúde (MS) apontam que a sobrevida estimada no Brasil por câncer na faixa etária de zero a 19 anos é de 64%, índice calculado com base nas informações de incidência e mortalidade.

Então, importante saber reconhecer os sinais ou sintimas da doença para que possa ser tratada o mais breve possível.

Saiba identificar os sintomas do câncer em crianças
Saiba identificar os sintomas do câncer em crianças

Se observar ou suspeitar de alguns desses sinais descritos nas ilustrações em seus familiares, a recomendação é procurar um médico o mais breve possível.

Para obter as ilustrações acima em formato de folder, só clicar aqui – SINAIS DE ALERTA – Câncer em crianças – INCA.

vale mais

 Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

 vale mais não se responsabiliza por informações enviadas com incorreções. Imagens com licença Creative Commons e do site do INCA.
Anúncios
la-fornarina-detalhe

SAÚDE – Médico ressalta importância da mamografia e esclarece dúvidas

Este final de semana é bem importante para a saúde da mulher: amanhã, 4 de fevereiro, é o Dia Nacional de Combate ao Câncer, e domingo, 5 de fevereiro, Dia Nacional da Mamografia.  vale mais traz hoje esta entrevista (abaixo) com o médico ginecologista Thomaz Gollop, professor associado de ginecologia da Faculdade de Medicina de Jundiaí, para falar de um dos exames mais importantes para a mulher.

Domenico Tintoretto, Mulher Revela seu Busto, obra de cerca de 1580-90
Domenico Tintoretto, Mulher Revela seu Busto, obra de cerca de 1580-90

O médico explica que a mamografia deve ser parte da rotina de toda a mulher. “A função desse exame é certificar, ano a ano, que a mulher não tem nada. Ou apontar imagens suspeitas que podem levar ao diagnóstico de câncer de mama. “Quanto mais precoce o diagnóstico maiores são as chances de cura”, afirma.

Logo whatsapp Receba as boas notícias de vale mais no celular 📲 . Crie um contato para vale mais no número  011 9 9985-3577 e envie a frase Eu quero no WhatsApp. Pronto!

“A segunda coisa importante é que exames de imagem permitem detectar tumores pequenos e permitem cura”, complementa.

➡ SAÚDE – Conheça os sintomas de câncer em crianças e adolescentes

Detectar câncer na mama para poder tratá-lo é fundamental. Somente neste ano poderão ocorrer 57.960 novos casos dessa doença no Brasil, afirma o INCA, Instituto Nacional de Câncer.

O médico ginecologista Thomaz Gollop
O médico ginecologista Thomaz Gollop

Como já é sabido, o câncer pode ser fatal _em 2014, 14.622 mulheres morreram em decorrência de câncer de mama, diz o instituto.

O especialista lamenta que quem depende do SUS e mora em locais de difícil acesso a exames pode perder oportunidades de tratamento no momento certo e, conseqüente, cura. “As autoridades precisam saber que o custo de tratamento de um tumor maligno na mama é muito superior que uma mamografia regular”, defende.

Venus de Milo por Anna & Michal, abril de 2009
Venus de Milo por Anna & Michal, abril de 2009

Ele reafirma a importância da realização da mamografia para o bem estar da mulher _e também de muitos homens. “Não tente interpretar o resultado da mamografia. Leve ao seu médico”, alerta.

Veja o que ele diz:

A mamografia deve ser feita como rotina a partir de que idade?
Thomaz Gollop:
Depende. No Brasil, nas clínicas particulares e nas que têm convênios, em geral a partir dos 40 anos. Na Inglaterra, se começa a fazer a partir de 50 anos.
Nas famílias com casos de câncer geneticamente determinado indicam-se exames de imagem já a partir dos 35 anos.

O que esse exame aponta, exatamente?
A mamografia aponta nódulos (também chamados de lesões) suspeitos de serem malignos. Estes têm um aspecto de uma estrela, ou de um sol: um núcleo arredondado com raios em volta. Mostra microcalcificações irregulares, também suspeitas.

La Fornarina, obra de Raphael
La Fornarina, obra de Raphael

De quanto em quanto tempo deve ser feito?
A cada ano.

Homens também devem fazer? Quando?
Quando na família materna OU paterna há casos de câncer de mama e/ou de ovário faz-se a suspeita de um câncer geneticamente determinado e indicam-se exames moleculares.

Mamografia dói?
Depende bastante do técnico que realiza o exame, que ajeita o paciente na máquina. Mas, em geral, muitas pacientes se queixam que é desagradável. Mas ter um nódulo na mama sem diagnosticar, sem detectar, é muito mais desagradável que fazer uma mamografia.

Se no exame a mama doer, é sinal de doença?
Não! Importante dizer que nódulos malignos de mama lamentavelmente não doem.

Além do ginecologista, que outro especialista pode solicitar este exame?
Qualquer médico pode solicitar, mas o ginecologista e o radiologista saberão interpretá-lo.

Foto de Nan Goldin
Foto de Nan Goldin

Fazer mais que a rotina pode causar dano à pessoa? Por quê?
Sim, mamografia é radiação ionizante e portanto não deve ser utilizada mais do que o indicado. Expor-se desnecessariamente é contra-indicado.
Também há exceção: quando se tem uma lesão identificada e não há certeza que é benigna, repete-se a mamografia depois de 6 meses. Eu, particularmente, não adoto esse esquema. Prefiro pedir uma biópsia.

A mamografia deve ser interpretada junto com informações das consultas ou apenas o exame pode indicar doenças ou dados relevantes do paciente?
Boa medicina recomenda antes de tudo exame clínico: palpação das mamas e das axilas. Sempre mamografia e ultrassonografia são exames complementares muito importantes por detectarem lesões iniciais e auxiliar no diagnóstico dos tumores palpáveis.

Normalmente se pede ultrassom das mamas junto com a mamografia. Por que?
O ultrassom de mama não aponta microcalcificações. Mas mostra as lesões lesões sólidas e císticas (com líquido no interior). Por isso se pede em geral junto com a mamografia.

Retrato de Simonetta Vespucci, de Piero di Cosimo
Retrato de Simonetta Vespucci, de Piero di Cosimo

Com que idade se pode parar de fazer a mamografia como rotina? Por que?
Há países na Europa que indicam que acima de 70 anos é desnecessário. Eu não sigo esse limite. Acredito que pessoas idosas tem que ser cuidadas com igual zelo.

O uso de protetor de raios x na tireoide é obrigatório?
Nas clínicas de Radiologia há físicos que controlam a emissão de radiação. A forma recomendada de realizar o exame não permite que a tireoide seja irradiada.

vale mais

 Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções; links rompidos ou inexistentes; informações enviadas com incorreções. Imagens com licença Creative Commons e de domínio público.
whats

FEBRE AMARELA – Imagens e frases de prevenção para WhatsApp 📱

Aumentaram os casos de febre amarela no país e o número de Estados atingidos. Além de saber sobre a doença, espalhar informação segura pelo seu WhatsApp Logo whatsapp, Messenger e outros aplicativos de envio de mensagens também ajuda.

Mosquito do gênero Sabethes, transmissor da febre amarela em áreas rurais*
Mosquito do gênero Sabethes, transmissor da febre amarela em áreas rurais*
Orientações sobre indicação de vacinas para crianças, fique atento!
Orientações sobre indicação de vacinas para crianças, fique atento!

Pois pegue o celular e compartilhe as imagens e frases que preparamos aqui no blog vale mais para você mandar para os grupos da família, de amigos e para quem você achar importante.

Orientações sobre indicação de vacinas _e ainda tem mais abaixo
Orientações sobre indicação de vacinas _e ainda tem mais abaixo

São informações do Ministério da Saúde, Portal Brasil e da Agência de notícias da Fiocruz, fundação do governo que faz ciência e pesquisa, além de fabricar a vacina contra febre amarela.

Tem pessoas que não precisam da vacina, cheque com atenção
Cheque com atenção, tem orientação para grávidas, para quem vai viajar nestas férias e para pessoas com mais de 60 anos

No seu celular ou smartphone, só clicar na imagem e salvar. Depois, ir na galeria e usar o símbolo de compartilhamento e mandar ver no WhatsApp, Messenger, email, Viber e outros aplicativos.

Mosquito do gênero Haemagogus, outro transmissor da febre amarela
Mosquito do gênero Haemagogus, outro transmissor da febre amarela

No WhatsApp ou no Messenger, você pode clipar em anexar (símbolo do clipe) e escolher as imagens que quiser. Fácil, moleza ajudar a espalhar informações seguras.

Com certeza você poderá contribuir, pois a situação piorou rapidamente. Até ontem, 550 casos suspeitos de febre amarela foram registrados pelo Ministério da Saúde. Destes, 455 ainda estão sob investigação, 72 foram confirmados e 23 descartados. Infelizmente, 40 mortes foram confirmadas e 65 ainda são investigadas.

Quem mora em algum lugar que esteja dentro da área escura do mapa do Brasil deve se vacinar
Quem mora em algum lugar que esteja dentro da área escura do mapa do Brasil tem recomendação para se vacinar

Os casos foram registrados em Minas Gerais, Espírito Santo, Bahia, São Paulo, Goiás, Mato Grosso do Sul e no Distrito Federal _mas este último descartou os casos notificados.

Orientação do Ministério da Saúde sobre febre amarelaMinas Gerais continua sendo o estado com o maior número de registros até o momento.

A febre amarela, que tem esse nome porque um dos sintomas é que a pessoa fica com a pele e o branco dos olhos “amarelos” (icterícia), pode ser do tipo silvestre ou urbana.

Orientação do Ministério da Saúde sobre febre amarelaOs mosquitos transmissores são dos gêneros Haemagogus e Sabethes em áreas rurais, silvestres, com matas. Na zona urbana, ou seja, nas cidades, vilarejos, é o famoso Aedes aegypti, que também transmite a zika, a dengue e a chikungunya.

Logo whatsapp Receba as boas notícias de vale mais no celular 📲 . Crie um contato para vale mais no número  011 9 9985-3577 e envie a frase Eu quero no WhatsApp. Pronto!
Quem não deve se vacinar contra febre amarela
Quem não deve se vacinar contra febre amarela
Como é o clico da transmissão da febre amarela
Como é o ciclo da transmissão da febre amarela (Ministério da Saúde)

Orientação do Ministério da Saúde sobre febre amarelaDe acordo com especialistas, a vacinação continua sendo a principal medida de prevenção contra a doença, além do controle do mosquito transmissor.

vale maisOrientação do Ministério da Saúde sobre febre amarela

 Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções; links rompidos ou inexistentes; informações enviadas com incorreções. Imagens do Ministério da Saúde, Portal Brasil, e *Foto de Sean McCann, abril de 2010, com licença Creative Commons.
cartilha-os-pequenos-mosqueteiros

ZIKA, DENGUE E CHICUNGUNYA – Cartilha ensina crianças a combater Aedes aegypti

Olha só, agora assuntos sérios como zika, dengue e chikungunya podem ser melhor compreendidos por crianças através de uma cartilha feita pela Fiocruz, uma instituição do Ministério da Saúde que faz pesquisa e ciência para o bem do país e dos brasileiros.

Capa da cartilha, que, na linguagem de história em quadrinhos, ensina a prevenção de doenças causadas pelo mosquito Aedes aegypti

“Os pequenos mosqueteiros contra dengue, zika e chikungunya” ensina meninas e meninos, através de história em quadrinhos, conceitos de prevenção e combate às doenças causadas pelo mosquito Aedes aegypti.
A cartilha foi elaborada em conceitos que promovem a saúde e que contribuem para a formação de cidadãos conscientes e responsáveis pela construção de ambientes saudáveis, informa a Fiocruz.

FEBRE AMARELA – Saiba os sintomas e como se prevenir

Os personagens Ana, Chico e João conduzem a história em uma linguagem própria para a garotada. Bom para ler sozinho ou junto com pai, mãe, tia, tio, padrinho e vizinho, por que não?

Na cartilha são apresentados conhecimentos, desafios e curiosidades sobre o mosquito Aedes aegypti. Tudo com a ajuda dos personagens Ana, Chico e João, que apresentam os hábitos e comportamentos do Aedes, principal mosquito vetor dos vírus da dengue, zika e chikungunya.

A cartilha inclui joguinhos como um caça-palavras para a criançada aprender sobre o mosquito Aedes

BARRADOS NO BAILE – Telas para janelas protegem contra mosquitos da zika, dengue e febre amarela

A cartilha é maneira e traz jogos como o dos 7 erros, uma ilustração para colorir e um jogo da memória.

Tudo para ajudar a despertar a curiosidade e o olhar da criançada para o conhecimento sobre o mosquito e os principais criadouros utilizados por ele para se multiplicar, além de reforçar as ações de prevenção, incluindo cuidados em casa.

“Sentíamos falta de um material como a cartilha, que objetiva trabalhar conceitos importantes com as crianças nas escolas e em suas casas, com os seus familiares”, afirma Nildimar Honório, do Laboratório de Mosquitos Transmissores de Hematozoários da Fiocruz.

ZIKA, DENGUE – Ataque de repelente contra o Aedes aegypti

Aedes Aegypti, por James Gathany*
Aedes Aegypti, por James Gathany*

Os coautores da cartilha são a pesquisadora Gerusa Gibson e o cartunista Manoel Mayrink. Foram seis meses de produção que ainda tiveram a colaboração de pesquisadores do IOC/Fiocruz, da Escola Nacional de Saúde Pública (Ensp/Fiocruz) e do Instituto Nacional de Infectologia (INI/Fiocruz) e ainda de profissionais da Secretaria Estadual de Saúde (SES) do Rio de Janeiro e da Universidade de São Paulo (USP).

“Também tivemos o apoio da Faperj e CNPq e contamos com a colaboração de profissionais da Creche Bertha Lutz, da Fiocruz, onde ocorreu o lançamento”.

Saber como manter a casa ou apartamento sem o mosquito Aedes aegypti é dever de todos, incluindo crianças

No Rio de Janeiro, a  cartilha será distribuída em escolas com apoio das secretarias municipais e Estadual de Educação. “A cartilha tem informações científicas, corretas e precisas, validadas por pesquisadores da área. E mesmo as crianças que ainda não dominam o processo de leitura e de escrita se beneficiam do conteúdo, quando pais e professores leem para elas e executam juntos as atividades”, afirma Nildimar.

Para ler a cartilha com a criançada no computador ou para imprimir e curtir os joguinhos no papel, clique aqui ➡ Os pequenos mosqueteiros contra a dengue, zika e chikungunya

vale mais

 Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções; links rompidos ou inexistentes; informações enviadas com incorreções. Imagens da cartilha. Com a Agência Fiocruz de Notícias
Mosquito do gênero Sabethes, transmissor da febre amarela em áreas rurais do Brasil

FEBRE AMARELA – Saiba os sintomas e como se prevenir

A febre amarela está alarmando muita gente em Minas Gerais. Não é para menos, até anteontem foram notificados 152 casos e 47 mortes suspeitas em 26 municípios desse Estado, segundo o Ministério da Saúde.

Para quem não conhece, aqui no Brasil os casos dessa doença são classificados como febre amarela silvestre ou febre amarela urbana.

Mosquito do gênero Sabethes, transmissor da febre amarela em áreas rurais do Brasil
Mosquito do gênero Sabethes, transmissor da febre amarela em áreas rurais do Brasil*

O vírus da doença é o mesmo mas os mosquitos transmissores são diferentes: nas cidades, é o conhecido Aedes aegypti, que também transmite a zika, a dengue e a chikungunya.

Logo whatsapp Receba as boas notícias de vale mais no celular 📲 . Crie um contato para vale mais no número  011 9 9985-3577 e envie a frase Eu quero no WhatsApp. Pronto!
Mosquito que transmite a febre amarela Haemagogus janthinomysm, foto de Nicolas Degallier, 2001
Mosquito que transmite a febre amarela Haemagogus janthinomysm, foto de Nicolas Degallier, 2001

Nas áreas rurais, os mosquitos são dos gêneros Haemagogus e Sabethes. Os macacos são os principais hospedeiros do vírus e os casos em humanos acontecem quando uma pessoa não vacinada adentra uma área silvestre e é picada por mosquito contaminado.

Como é o clico da transmissão da febre amarela
Como é o ciclo da transmissão da febre amarela (Ministério da Saúde)

Especialistas reforçam que o vírus nunca é transmitido de ser humano para ser humano, informa a Fiocruz, centro de pesquisa especializado em saúde e ciência.

A febre amarela não afeta pessoas do país todo, pois se restringe a algumas regiões.

Sintomas

Os sintomas iniciais incluem febre, calafrios, dor de cabeça, dores nas costas, dores no corpo em geral, náuseas e vômitos, fadiga e fraqueza.

Em casos graves, a pessoa pode desenvolver febre alta, icterícia (coloração amarelada da pele e do branco dos olhos), hemorragia e, eventualmente, choque e insuficiência de múltiplos órgãos. Se não for tratada rapidamente, a febre amarela pode levar à morte em cerca de uma semana.

De acordo com especialistas, não há tratamento específico para a febre amarela. A vacinação continua sendo a principal medida de prevenção contra a doença, além do controle do mosquito transmissor.

A vacina é produzida pelo Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos (Bio-Manguinhos/Fiocruz) e consta no Calendário Nacional de Vacinação do Sistema Único de Saúde (SUS). É gratuita!

Quem deve se vacinar, informa o Ministério da Saúde:

Vacina contra a febre amarela
Vacina contra a febre amarela

Para residentes em áreas de risco:

  • Para crianças, a administração de uma dose aos 9 meses de idade e um reforço aos 4 anos.
  • Para pessoas a partir de 5 anos de idade que receberam uma dose da vacina, é necessário um reforço.
  • Para quem que nunca foi vacinado ou não possui comprovante de vacinação, é preciso administrar a primeira dose da vacina e um reforço após 10 anos.
  • Pessoas que já receberam duas doses da vacina ao longo da vida já são consideradas protegidas.

Quem vai viajar para regiões silvestres, rurais ou de mata deve se vacinar contra a febre amarela com pelo menos dez dias de antecedência.

A prevenção também deve ser feita com o uso de repelentes e roupas protetoras, além da vacina, indica a Fiocruz.

➡ Vale lembrar que crianças abaixo de 6 meses, gestantes e idosos acima de 65 anos, bem como indivíduos em tratamento ou com condições que levem a depressão da imunidade, não devem tomar a vacina ao menos que haja recomendação explícita do médico, afirma  o infectologista André Siqueira, do Laboratório de Pesquisa Clínica em Doenças Febris Agudas do Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas (INI/Fiocruz).

Orientações do Ministério da Saúde sobre febre amarela
Orientações do Ministério da Saúde sobre a vacina contra febre amarela

Para quem não sabe, os municípios de Minas Gerais com ocorrência de casos suspeitos de febre amarela  são: Ladainha, Malacacheta, Frei Gaspar, Caratinga, Piedade de Caratinga, Imbé de Minas, Entre Folhas, Ubaporanga, Ipanema, Inhapim, São Domingos das Dores, São Sebastião do Maranhão, Itambacuri, Poté, Setubinha, Água Boa, São Pedro do Suaçuí, Simonésia, Teófilo Otoni, Ipatinga, Alpercata, Ouro Verde de Minas, Itanhomi, Santa Rita do Itueto, Alvarenga e Novo Cruzeiro. Essas cidades estão na chamada área de recomendação para vacinação, assim como todo o estado de Minas Gerais.

No Espírito Santo, Estado vizinho, 26 municípios passarão a vacinar a população: Águia Branca, Água Doce do Norte, Alto Rio Novo, Apiacá, Baixo Guandu, Barra de São Francisco, Bom Jesus do Norte, Brejetuba, Conceição do Castelo, Divino de São Lourenço, Dores do Rio Preto, Guaçuí, Ibatiba, Ibitirama, Irupi, Iúna, Laranja da Terra, Mantenópolis, Montanha, Mucurici, Pancas, Pedro Canário, Ponto Belo, São Gabriel da Palha, Venda Nova do Imigrante e São Roque do Canaã.

Os estados do Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe, Espírito Santo e Rio de Janeiro estão fora da área de recomendação para a vacina.

vale mais

 Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções; links rompidos ou inexistentes; informações enviadas com incorreções. Imagens da Agência Saúde e Ministério da Saúde, e *Foto de Sean McCann, abril de 2010, com licença Creative Commons.
Tela protetora de 2 m x 1,5 metro para janela, R$ 7,29 no site Ali Express, aqui

BARRADOS NO BAILE – Telas para janelas protegem contra mosquitos da zika, dengue e febre amarela

O calor chegou e, não bastasse os Aedes aegypti em proliferação na água limpa,  os mosquitos mais “comuns” que gostam de água de esgoto e suja estão invadindo várias áreas urbanas. Isso além dos transmissores da febre amarela em regiões rurais _que anda contaminando muita gente em cidades mineiras como Caratinga, entre outras.

Tela protetora de 2 m x 1,5 metro para janela, R$ 7,29 no site Ali Express, aqui
Tela protetora de 2 m x 1,5 metro para janela, R$ 7,29 no site Ali Express, aqui
O jeito é se proteger com telas para janelas. Eficientes, elas funcionam como uma barreira _opção saudável para evitar que pernilongos ou mosquitos piquem toda a família e transmitam doenças graves.

+ VÍRUS ZIKA, DENGUE – Ataque de repelente contra o Aedes aegypti

As telas têm preços acessíveis. Em geral são de nylon ou de metal. São vendidas em vários tamanhos padronizados (próximos ao tamanhos de janelas também padrão usados em prédios e casas) ou em rolos.

A tela magnética Block Insetos de até 110 X 160 centímetros é uma das opções para impedir a entrada de mosquitos, R$ 159,90 na Americanas, aqui
A tela magnética Block Insetos de até 110 X 160 centímetros é uma das opções para barrar mosquitos em casa, R$ 159,90 na Americanas, aqui

No site da Leroy Merlin, por exemplo, há maior disponibilidade nos nos tamanhos 3 x 1 metros0,80 x 1 metros, 1,25 x 1,25 metro, 1,25 x 1,55 metros, 1 x 1,5 metros, 5 x 1 metros e 5 x 1,5 metros, entre outros.

Algumas grudam nas janelas de forma magnética (e têm preços mais altos) e outras, com velcro.

Em geral são de fácil instalação e algumas delas vêm com um passo a passo bem detalhado em folheto incluído no pacote.

A tela com velcro é muito fácil de instalar, com 1,25 x 2,25 metros, R$ 43,90 na Leroy Merlin, aqui
A tela com velcro é muito fácil de instalar, com 1,25 x 2,25 metros, R$ 43,90 na Leroy Merlin, aqui

Muita gente pode se beneficiar com a instalação de telas, também chamadas de “fly stop” _incluindo os moradores da zona oeste de São Paulo, que, por ser perto do Rio Pinheiros, estão sofrendo verdadeiras invasões do Culex quinquefasciatus, ou o pernilongo comum. Esta espécie é possível transmissora de doenças, avisou ontem no Jornal Nacional o pesquisador da USP André Luís da Silva.

Além de muriçocas mil, as telas mosquiteiras para janelas também protegem contra o Aedes, que transmite a Zika, a dengue e a Febre Chikungnya. E também contra mosquitos Haemagogus e Sabethes, transmissores do vírus da febre amarela silvestre, que está contaminando muita gente em várias ciades de Minas Gerais.

+ Helloou!! Saiba se prevenir contra a dengue

DICAS PARA COMPRAR:

Veja quantas janelas de casa quer instalar as telas. Tire as medidas horizontais e verticais.

Leia atentamente as instruções descritas nos sites ou no pacote, caso opte por ir até a loja. Meça suas janelas e veja qual medida se adequa melhor às suas necessidades.

Mosquito em tela em foto macro de John, agosto de 2013
Mosquito em tela em foto macro de John, agosto de 2013

Onde comprar telas mosquiteiras para janelas:

Ali Express – AmericanasCasas Bahia

 Leroy MerlinMercado Livre – Mobly

vale mais

 Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções. Imagens dos sites das empresas citadas e com Licença Creative Commons. Preços pesquisados em 13 de janeiro de 2017 não incluem frete.
Protetor solar Coppertone Tattoo e Gabriel Medina, campeão de surf

VERÃO DE QUEIMAR – Protetor solar ajuda a preservar tatuagem

Tem novidade para quem está sob o sol e tem tatuagem. Um protetor solar especial para tattoos, o  Coppertone Tattoo (claro que o nome tinha que ser esse).

O campeão de surf Gabriel Medina é garoto propaganda do novo Coppertone Tattoo
Tatuado, o campeão de surf Gabriel Medina é garoto propaganda do novo Coppertone Tattoo (foto do Instagram de Medina creditada como @stugibson)
Coppertone Tattoo, protetor solar especial para tatuagens
Coppertone Tattoo, protetor solar especial para tatuagens, na Época Cosméticos, aqui

Em Loção FPS 50 de 60 ml (preço sugerido R$ 24,90) e Spray FPS 50 de 177 ml (preço sugerido R$ 51,90), o protetor foi desenvolvido para proteger as tatuagens com barreiras físicas e químicas de maneira que minimiza os efeitos dos raios solares e ao mesmo tempo hidratar a pele de homens e mulheres. É o que promete a Coppertone, fabricante.

O campeão de surf Gabriel Medina, patrocinado pela marca, tem mais de dez tatuagens e usa protetor solar para mantê-las sempre protegidas.

Sheila Dal Piccolo, modelo da página Alt Girls Inked
Quem tem tatuagens como a modelo Sheila Dal Piccolo, da página Alt Girls Ink, precisa tomar cuidados no sol

“Todas as minhas tatuagens têm um significado muito especial e faço de tudo para que elas fiquem do jeito que idealizei. Como me exponho muito ao sol, pegando onda quase todos os dias, me protejo com protetor solar resistente à água e ao suor e procuro reaplicar frequentemente”, afirma o campeão, que é patrocinado pela empresa.

Medina firmou um acordo com a Coppertone para que a cada produto comprado R$ 1 seja doado para o instituto que leva seu nome
Medina firmou um acordo com a Coppertone para que a cada produto comprado R$ 1 seja doado para o instituto que leva seu nome

Gabriel é esperto fora d’água também. A cada protetor vendido, R$ 1 vai para o Instituto que leva o nome do campeão e que destina-se a formar crianças no surf. Apenas nesta semana, de 08 a 14 de janeiro, a cada Coppertone comprado, o valor dobra.

Logo whatsapp Receba as boas notícias de vale mais no celular 📲 . Crie um contato para vale mais no número  011 9 9985-3577 e envie a frase Eu quero no WhatsApp. Pronto!

A atriz Fernanda Paes Leme, dona de sete tatuagens, revela que mesmo com os desenhos mais discretos, não se esquece deles em sua rotina de beleza: “Tenho a pele muito sensível e não posso descuidar. Minhas tatuagens continuam com um contorno bem vivo, pois eu não abro mão do protetor solar e do hidratante, até mesmo no inverno”.

O Coppertone Tattoo  faz parte de uma linha global da empresa adaptada exclusivamente à pele do brasileiro, com absorção mais rápida, sem adição de óleo, elevada resistência à água, alta proteção contra raios UVA e UVB e toque seco.

“O protetor garante que as cores e o traço das tatuagens sejam preservados, mesmo quando expostas ao sol. Queremos que as pessoas aproveitem mais a vida ao sol, se exponham mais e sejam mais autênticas, sem preocupações”, diz Giancarlo Fumagalli Guarnieri, gerente de Coppertone.

Onde comprar:

Drogaria São Paulo Drogarias Pacheco –  Época CosméticosOnofre

vale mais

 Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções; links rompidos ou inexistentes; informações enviadas com incorreções. Imagens dos sites das empresas citadas. Preços de 10 de janeiro de 2017.