Arquivo da categoria: Varejo online

EU QUERO – Vichy, xadrez chique até no nome

Onda vai, onda vem, e está aí o xadrez da vez, chamado de Vichy. Nada mais que a estampa que não sai de moda de forma bem marcada, a maioria das peças em preto e branco mas rolando muito o azul e o vermelho.

Vichy: vestido e blusa para beijinhos no ombro no xadrez da primavera e do verão que vem aí

 EU QUERO – O tricô da mineira GIG Couture com a C&A

Combinar uma peça com xadrez Vichy não é difícil: pode ser com couro, com listrado, com estampado (olha o bom senso) e mesmo com o look completo.

Camisa masculina, calça e chinelo, faixa para cabelo e blusa meia-estação, Vichy em preto e vermelho

Tem muitos acessórios como faixas para cabelo (charmosas) e bonés, como calçados, principalmente rasteirinhas ou mesmo anabelas.

Blusa de manga longa plus size, cropped, regata com rendinha e shorts clássico, tudo no Vichy
❤ Receba as boas notícias de vale mais no celular 📲.
Salve o número  
011 9 9985-3577 e
envie a frase Eu Quero no WhatsApp. Pronto!

É um boa oportunidade para investir em uma peça que vai acrescentar no seu guarda-roupa e valorizar seu bom gosto.

EU QUERO – Clutches e bolsas 100% charmosas e bem humoradas

O Vichy valoriza na bata com bordados, top super verão e boné feminino

EU REUTILIZO – Do shorts nasceu o choker jeans

Onde comprar:

AmaroC&ARennerRiachueloOQVestir

vale mais

 Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções. Imagens dos sites citados. Preços de 1 de novembro de 2017.
Anúncios

EU QUERO – Looks exuberantes PatBo por menos de R$ 300

Com um calendário regular de parcerias com fashionistas e marcas brasileiras e internacionais, a C&A começa amanhã sua venda online da PatBo, iniciais de Patrícia Bonaldi. Os novos looks chegam à loja virtual amanhã, 26 de outubro, e em lojas selecionadas, em 31 de outubro. Os preços vão de R$ 39,99 (cintos), a R$ 299,99 (vestido longo em tule bordado floral).

Nova coleção PatBo para a C&A: vermelho, branco, clássicos imperdíveis, e uma jaqueta para bombar mesmo, aqui
Desta vez, a terceira, a proposta é trazer uma coleção com espírito sofisticado e exuberante à marca com u uso de cores e estampas que fizeram de seu trabalho sinônimo de feminilidade.

 EU QUERO – O tricô da mineira GIG Couture com a C&A

Saca só o que vem aí _só clicar para ver os modelitos ampliados:

Tudo foi feito para um verão leve e romântico, com muita fluidez nas peças. O branco é a cor chave da temporada e ganha destaque em looks de algodão com detalhes em laise para tardes suaves. Pode ser uma boa opção para quem quer adiantar o look para um Reveillon suave e informal.

❤ Receba as boas notícias de vale mais no celular 📲.
Salve o número  
011 9 9985-3577 e
envie a frase Eu Quero no WhatsApp. Pronto!

Para o Reveillon, off white em laise: camisa, R$ 179,99, regata cropped, R$ 129,99, saia midi, R$ 199,99, e vestido, R$ 199,99, aqui
Estampas tropicais vintage, com flores e folhas sobre fundos em azul atlântico e rosa queimado ou preto, surgem em jaquetas bomber, tops cropped, blusas, saias A, minis e vestidos curtos de alças ou longos com amarrações estratégicas.

EU QUERO – Clutches e bolsas 100% charmosas e bem humoradas

Saia lápis em jacquard estampada, R$ 149,99 , vestido longo de tule bordado, R$ 299,99, vestido em laise pink, R$ 199,99, regata off white, R$ 79,99, saia plissada estampada, R$ 129,99, tudo aqui
Vestido estampado para altas temperaturas, R$ 189,99, aqui
São mais de 20 modelos com comprimentos ideais para dia e noite, decotes e recortes estratégicos aliados ao estilo inconfundível de PatBo de misturar tons e padrões com delicadeza de contrastes.

EU REUTILIZO – Do shorts nasceu o choker jeans

Onde comprar:

C&A – PatBo na C&A

vale mais

 Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções. Imagens de Gustavo Zylbersztajn e Lu Prezia. Preços de 24 de outubro de 2017.

EU QUERO – O tricô da mineira GIG Couture com a C&A

Apostando alto em coleções em parcerias com grifes famosas, a C&A fechou com a marca mineira GIG Couture, que estreia no magazine com 16 looks femininos lindos, urbanos e sofisticados privilegiando o crochê e o jacquard. As peças começam em R$ 89,99.

O jacquard e o tricô em peças femininas e cheias de charm na coleção da GIG Couture que vem aí na C&A, a partir de R$ 89,99

Plissados, grafismos, texturas, geometrias, o brilho do lurex e metalizados entram em cena para destacar a expertise da estilista Gina Guerra e suas influências urbanas associadas à moda street e retrô.

Azuis combinados com o laranja, verdes, off white, preto, dourado e tons terrosos iluminam tops, saias, calças, bodies e blusas lisas ou estampadas que valorizam o corpo e definem a temporada com peças versáteis para dia e noite.

O lançamento chega em lojas selecionadas do Brasil a partir do dia 17 de outubro.

Para ver antes, só clicar para dar um zoom nas fotos:

A GIG foi fundada em 2005 por Gina Guerra e Patricia Schettino. Desenvolve roupas femininas com modelagens impecáveis, acabamentos rigorosos e primoroso design se baseando em três ideias: atemporal, contemporânea e sofisticada. Suas tramas são enriquecidas a cada temporada através do aperfeiçoamento de técnicas e desenvolvimento de programações exclusivas, aliado aos maquinários de altíssima tecnologia encontradas na fábrica da marca, localizada em Belo Horizonte.

A marca conquistou as principais lojas multimarcas do país e está em showrooms na Itália, Espanha, Japão, EUA e França. Esse último, onde permanecem até hoje no Showroom Fabre, em Paris.

Hoje, Gina e Patrícia contam com repercussão internacional – a marca conquistou personalidades como Lana Del Rey, Beyoncé, Miranda Kerr, Lindsay Lohan e Christina Aguilera, que já foram vistas usando produções da GIG Couture. No Brasil, suas peças são frequentemente usadas por Marina Ruy Barbosa, Sabrina Satto, Isabella Fiorentino, Renata Kuerten, entre outras.

Onde comprar:

C&A

vale mais

 Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções. Imagens de Mariana Maltoni e Lu Prezia. Preços de 4 de setembro de 2017.

MUNDO MELHOR – Magazine lança camisetas próprias para reutilização

Novidade interessante chegando na área de roupas, moda. A C&A acaba de anunciar que vai vender camisetas próprias para serem reutilizadas.

Isso mesmo, nada de querer jogar no lixo quando não servirem mais. A partir de 1º de setembro, elas chegam em 29 lojas físicas e na loja online da rede com versões feminina e masculina, em seis cores cada.

Esta é a primeira “coleção circular” da C&A e foi desenvolvida globalmente. As peças foram desenhadas para que sejam recicladas ou reutilizadas, portanto, levando em conta seus usos futuros.

A nova linha de camisetas foi feita com 100% de algodão mais sustentável, usando apenas materiais seguros e confeccionadas de forma social e ambientalmente responsáveis, diz a empresa.

Além disso, em todas as etapas do processo produtivo houve reuso de água e foi utilizada energia renovável. As camisetas, item básico do guarda-roupa, representam um marco no caminho para um futuro mais sustentável. O Programa de Certificação de Produtos Cradle to Cradle concedeu nível “gold” agora produtos

Essa certificação é uma forma de avaliar se produtos e materiais são seguros para a saúde humana e para o meio ambiente.

PhotoGrid_1503177818647

“Conseguimos trazer em primeira mão para as clientes brasileiras, um produto absolutamente inovador, reciclável e resultado de muitas pesquisas e novos processos”, diz o presidente da C&A Brasil, Paulo Correa. (Fotógrafo – Hick Duarte)

MAIOR LIMPEZA – ‘Número 2’ sem vergonha

O tempo passa e cada vez mais surge no mercado uma novidade inesperada. Estes dias vi em uma farmácia um produto totalmente surpreendente: o FreeCô. Na caixinha onde ele se destaca sobre o balcão, o recado é direto: “Nº 2 sem medo e sem cheiro”.

Oi???

FreeCô, novidade que promete não deixar pistas que o banheiro foi usado para o “número 2”, R$ 21,90 na Drogaria São Paulo, aqui, R$ 16,42 no Walmart, aqui
Tecnicamente, vamos dizer assim, trata-se de um líquido bloqueador de odores sanitários em frasco com spray. Ensina o fabricante que é preciso borrifar cinco vezes o produto na água do vaso sanitário para que se anule o mau cheiro que pode constranger homens, mulheres e crianças.

Assim, como num passe de mágica? Não não. Trata-se de uma mistura de óleos descritos no rótulo (Citrus Aurantium Dulcis Peel Oil Expressed, Eugenia Caryophyllus Leaf Oil, Cinnamomum Cassia Oil, mais Polysorbate 80, álcool e água – ou óleos essenciais de laranja doce, folha de cravo e canela aromática) –  que criam uma película protetora na superfície da água, explica o fabricante. Esta película, acrescenta, “neutraliza o mau cheiro antes mesmo de ser percebido”.

FreeCô em várias versões com preços a partir de R$ 19,90, na Netfarma, aqui
O bloqueador de odores sanitários tem duas versões, a original, com essência de capim-limão, e especiarias, que leva essência de cravo e canela.  A embalagem que encontrei na Drogaria São Paulo e na Drogasil é a de 60 ml, que promete 100 usos. Entre outras, uma versão com 15 ml, para carregar na bolsa e até dentro de uma pasta escolar ou necessaire.

Então, novidade das boas… Quem não quer fazer o “número 2” sem deixar rastros? Pode ser bom no ambiente de trabalho, na escola, no bar, restaurante, no metrô, no shopping, na casa dos amigos, de parentes, na república de estudantes, na balada. Ou em casa mesmo.

Na Drogasil, o FreeCô fica na ponta da gôndola, R$ 21,90

A empresa acrescenta que o produto ajuda a “eliminar um dos principais motivos de bullying, constrangimentos e humilhações no trabalho, na escola, em casa, nos relacionamentos afetivos ou entre os amigos”. Pode ser.

E para quem ainda está pasmo, no site da empresa, vergonha nenhuma pra explicar o produto. Até desenho tem, caso demore pra cair a ficha.

 Receba as boas notícias de vale mais no celular 📲.
Salve o número
011 9 9985-3577 e
envie a frase Eu Quero no WhatsApp. Pronto!

Onde comprar o FreeCô:

Drogaria São Paulo – Drogarias Pacheco – Netfarma –  Walmart

vale mais

 Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções; links rompidos ou inexistentes; informações enviadas com incorreções. Imagens dos sites das empresas citadas. Preços de 10 de agosto de 2017.

HOMEM, MULHER – Achados da liquidação de inverno

É bom aproveitar preços que baixaram para se adquirir roupas e acessórios desta liquidação.

Achados na Amaro: calças de couro e linho, vestido e bolsa de veludo e blusa de gola alta, aqui

Afinal, o inverno ainda está rolando e vale a pena acrescentar no armário calças, blusas, botas e outras peças que ajudam a aquecer.

Jaqueta Bomber bordada e colete matelassê com capuz masculinos na C&A, aqui
Receba as boas notícias de vale mais no celular 📲.
Salve o número
011 9 9985-3577 e
envie a frase Eu Quero no WhatsApp. Pronto!

Dei uma boa rodada na C&A e na moderna Amaro e achei boas peças, algumas delas com preços bem reduzidos, entre os quais um post de botas tipo montaria por R$ 99,99. Estava R$ 229,99 e tem vários números.

Achados na C&A incluem botas de couro de menos de R$ 100 e um suéter que vale mais, aqui

Você pode ir direto por estes links:

AmaroC&A

vale mais

Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções; links rompidos ou inexistentes; informações enviadas com incorreções. Imagens dos sites das empresas citadas. Preços de 7 de agosto de 2017.

HOMEM – Gato de botas

A temperatura baixa está castigando. Mas nem por isso a rapaziada precisa ficar de pé frio. Dá muito bem pra ser pé quente e ainda por cima ainda mais gato no inverno. Gato de botas, claro.

A Netshoes tem boas opções de botas masculinas a partir de R$ 59,90, aqui
David Beckham e o ator e comediante norte-americano Kevin Hart posam com look igual; bota estilo desgastada é destaque no jogador, foto Instagram

As lojas estão com muitas opções de botas em couro. Em geral misturando com tecidos firmes e jogando com cadarços, zíperes e elásticos.

Muitas vezes o tecido vai na região da parte de trás do tornozelo, assim não dificulta o andar quando a bota tem cano baixo _mas já pegando na região.

Modelos da Renner incluem solado camuflado (um charme) e a clássica e gostosa borzeguim, a partir de R$ 119,90 , aqui
As cores preta e marrom reinam, é claro. Mas dá pra encontrar modelos descolados em azul, vermelho escuro e aquela tonalidade de mostarda. Nem vou entrar aqui na modalidade que mistura com esporte, tipo as botas cheias de cadarços, ilhoses e piso tipo pneu de carro.

 ❤ Receba as boas notícias de vale mais no celular 📲.
Salve o número 011 9 9985-3577 e

envie a frase Eu Quero no WhatsApp. Pronto!

O marrom ganha destaque na Riachuelo, a partir de R$ 119,90, aqui
A bota que vai deixar a rapaziada dando um pé no frio _e no chuvisco_ tem muito estilo e resistência. Escolha a sua. Uma boa compra e uma bela opção de presente para a cara-metade, beleza?

Botas da C&A, a partir de R$ 64,34, aqui
Onde comprar botas masculinas:

C&A Netshoes – Renner – Riachuelo

A marca Belstaff tem botas com a colaboração do eterno jogador Beckham

vale mais

 Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

⇒ vale mais não se responsabiliza por alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções; links rompidos ou inexistentes; informações enviadas com incorreções. Imagens dos sites das empresas citadas e da conta @beckham_style. Preços de x de x de 2017.