Arquivo da tag: Alimento

BARATO E SAUDÁVEL – Como fazer 1 litro de leite de coco com R$ 5

O manjar de coco com calda de ameixa do final de semana pode ficar bem mais delicioso se o leite da fruta for feito em casa. É bem fácil, pois o leite vegetal só exige dois ingredientes: coco seco e água filtrada. E barato: com R$ 5 pode-se fazer cerca de 1 litro em casa.

Leite de coco feito em casa, mais saudável e mais gostoso

Além da fruta que se compra em supermercados, feiras ou até em mercadinhos de bairro, são necessários um abridor de coco ou de vinho, coador de voal e uma faca (ou cutelo) ou martelo de carne (ou amassador de feijão).

Coco seco, foto de Йоана Петрова*

Vamos à receita de leite de coco caseiro:

1 coco seco grande ou 2 pequenos

700 a 800 ml de água filtrada

BARATO E SAUDÁVEL – Como fazer um coador para suco verde e leite vegetal

Como fazer:

1.Tire a água do coco seco usando um saca-rolhas ou abridor de coco verde (se tiver ponta fina);

2.Coloque no bico do fogo e aqueça para que a polpa se solte da casca dura;

Leve o coco seco já sem água direto no bico do fogão para aquecer e a polpa se soltar da casca; com a ajuda de um faca grande ou cutelo, quebre o coco e o abra; se a polpa não se soltou da casca, volte um pouco ao fogo até que se solte; tire a polpa com uma faca ou colher

3.Com uma faca mais pesada ou até amassador de feijão, bata no coco até que ele se quebre. Não precisa colocar muita força, mas jeito;

4.Com uma faca, tire a polpa da casca dura. Às vezes o aquecimento no bico do fogão não foi suficiente. Volte os pedaços até que consiga soltar a polpa (foi o que aconteceu comigo desta vez);

Descascador de legumes ajuda na hora de tirar a pele da polpa do coco seco

5.Com um descascador de legumes ou faca, tire a pele da polpa;

BARATO E SAUDÁVEL – Como fazer 1,5 litro de leite de amêndoas com R$ 6

6. Corte em pedaços pequenos e coloque no liquidificador;

Corte a polpa do coco em pedaços pequenos; leve ao liquidificador e acrescente 2/3 da água filtrada; bata por alguns minutos até que saia o leite da polpa; coloque no coador de voal, torça para coar e volte a polpa ao liquidificador para bater novamente

7.Coloque quase toda a água quente (não fervente) no copo do liquidificador e bata por alguns minutos;

8.Despeje o leite batido com a polpa em uma caneca previamente preparada com o coador de voal. Siga coando com as mãos até que fique somente a polpa no coador;

9.Volte a polpa seca e batida no liquidificador e coloque o restante da água. Se a água não foi suficiente para bater, retorne mais um pouco do leite de coco já coado em quantidade suficiente para bater novamente tudo. Bata por alguns minutos;

10. Coe novamente até que fique somente a polpa no coador. Pronto!

Leite de coco pronto: 1 coco seco grande rende até 1 litro do leite vegetal feito em casa

Você já pode utilizá-lo em doces, flans, sorvetes, picolés, pudins e smoothies.

Logo whatsapp Receba as boas notícias de vale mais no celular 📲. Crie um contato para vale mais no número  011 9 9985-3577 e envie a frase Eu quero no WhatsApp. Pronto!

Dicas:

  • Quando se aproveita bema polpa extraindo todo o leite em duas vezes, o resíduo fica praticamente sem gosto do coco. Pode-se aproveitar para bolos, se quiser. Mas não substituirá o coco ralado fresco, já que a fruta teve seu suco extraído.
  • Como qualquer outro preparo ou bebida comprada pronta, guarde na geladeira por até 2 dias, sinta o cheiro e experimente o leite de coco antes de utilizá-lo.

Dica de compra: coadores orgânicos ou de voal da Loja Pau-Brasil:

Elo7

vale mais

 Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções; links rompidos ou inexistentes; informações enviadas com incorreções. Preço de dezembro de 2017. Fotos do blog e com licença Creative Commons: *Flickr, fevereiro de 2011.
Anúncios

FIM DE ANO SAUDÁVEL – Nutricionistas ensinam como se alimentar sem excessos

E preciso ficar alerta para evitar os excessos do garfo no Natal e no Reveillon. É ceia, é macarrão, peru, doce, frutas secas, champanhe, espumante, vinho, cerveja. Haja corpo para tantas calorias.

Prato de frutas, uma boa opção para as festas de final de ano

“É muito importante participar, não se privar. Mas o melhor é ter uma postura de degustação. Normalmente, a variedade é muito grande e o ideal é comer pequenas porções daquilo que é de sua preferência. Defina prioridades, ou seja, se você gosta mais de doce, não exagere na parte salgada”, ensina a nutricionista Luciane Felix.

A farta oferta de alimentos diferentes estimula o consumo sem regras e muitas pessoas acabam também se esquecendo da alimentação adequada que deve ser praticada todos os dias para manter o organismo saudável.

Como a abundância de alimentos festivos costuma se estender até o primeiro dia de janeiro, é fundamental não se esquecer da alimentação adequada.

“A alimentação saudável deve ser praticada nessa época do ano. Frutas, legumes e verduras são alimentos que proporcionam um bom funcionamento do organismo como um todo e, especificamente neste caso, do fígado, já que há ali uma sobrecarga de produtos mais gordurosos e, para algumas pessoas, o consumo de bebida alcoólica”, explica a nutricionista.

“Então, se há uma chance de ter durante o dia refeições com esses bioativos (substâncias presentes em verduras, legumes e frutas que favorecem a nossa saúde e contribuem para o bom funcionamento dos órgãos), não deixe de lado”, recomenda.

O alerta vem, também, da nutricionista Silvia Moriyama. “Muitas pessoas não fazem as refeições normais nos dias de festa. O ideal é manter a rotina e até mesmo fazer um lanche saudável antes de sair, para evitar os excessos e ser mais seletivo”, explica Silvia.

Veja o vídeo com dicas da nutricionista Silvia Moriyama:

 ❤ Receba as boas notícias de vale mais no celular 📲.
Salve o número
011 9 9985-3577 e
envie a frase Eu Quero no WhatsApp. Pronto!

vale mais

 Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções; links rompidos ou inexistentes; informações enviadas com incorreções. Imagens dos sites das empresas citadas. Com Saúde Brasil Portal.

ECONÔMICO E SAUDÁVEL – 4 dicas para se preparar marmitas

Não é difícil manter uma alimentação saudável com o uso de marmitas no dia a dia. É bem possível optar por alimentos in natura, nutritivos e fáceis de encontrar e preparar, e os minimamente processados. Veja as principais dicas para se preparar uma boa marmita para se levar ao escritório:

Os cuidados para se preparar a marmita incluem escolher bem os alimentos*

1 – Como selecionar os alimentos:

Dê preferência para alimentos frescos, da estação, e para os comprados nas feiras locais. Uma boa opção para ajudar na compra é nosso Guia de Alimentos Regionais, que traz informações de como comer e preparar a refeição, uma lista de possíveis substituições para as preparações desenvolvidas, ressaltando a diversidade cultural brasileira.

ECONÔMICO E SAUDÁVEL – 7 novas marmitas coloridas e práticas

2 – Como preparar os alimentos:

Os legumes e as verduras devem ser cozidos por menos tempo do que o habitual, pois alguns alimentos podem amaciar quando congelados.

Na preparação das carnes, faça-as sempre assadas ou grelhadas. Além de a fritura não ser saudável, não é bom congelar.

Use menos tempero e sal antes do congelamento para que durante o processo de descongelamento e preparação, o tempero fique fresco.

Depois de cozinhar, a preparação deve ser resfriada rapidamente. Mergulhe a panela sem tampa em água com gelo para interromper o cozimento e conservar bem os alimentos.

Marmita com macarrão integral de forno, receita do livro do chef Andre Boccato, aqui

O mais importante no processo de congelamento é: quanto mais rápido o alimento for resfriado, melhor, pois ficará menos tempo em temperatura que favoreça o crescimento de microorganismos.

A sugestão é colocar o alimento em recipientes mais rasos, aumentando a área de resfriamento e com isso acelerando o processo. Colocar a panela em recipiente com água gelada ajuda a reduzir a temperatura de forma mais rápida também. Deixe sair o vapor, cubra o alimento e coloque-o para resfriar em geladeira ou diretamente no freezer.

3 – Como guardar os alimentos:

Ao levar sua comida para freezer, lave bem os recipientes antes de usá-los e, preenchidos, verifique se estão bem fechados.

Use potes, de preferência, transparentes.

Fique atento para os prazos de validade – (temperatura inferior a 5ºC) e um mês no freezer (não acima de -18ºC) e podem ser armazenados por até 90 dias. Lembrando que a temperatura do congelador (que fica na parte de cima da geladeira) é inferior ao do freezer, sendo de aproximadamente -6ºC, fazendo com que o tempo de armazenamento também diminua (aproximadamente 20 dias).

 ❤ Receba as boas notícias de vale mais no celular 📲.
Salve o número
011 9 9985-3577 e
envie a frase Eu Quero no WhatsApp. Pronto!

4 – Riscos de congelar e descongelar a comida:

O processo de congelamento e descongelamento da comida vai interferir de alguma forma nas características dos alimentos, como textura, sabor, umidade. No entanto, se feito de forma adequada, pode facilitar o dia a dia.

Marmita com comida saudável é simples e tranquilo de se preparar*

No entanto, quando um alimento for congelado e depois descongelado, não deve ser congelado novamente, pois além de interferir na qualidade, aumenta o risco de contaminação por bactérias e outros microorganismos – que podem se aproveitar da mudança de temperatura para se multiplicar no alimento e colocar em risco a saúde de quem o comer.

Não descongele os alimentos à temperatura ambiente. Utilize o forno de microondas se for prepará-lo imediatamente ou deixe o alimento na geladeira até descongelar.

As carnes devem ser descongeladas dentro de recipientes. Os micróbios patogênicos multiplicam-se rapidamente em temperatura ambiente. Durante o descongelamento, a carne produz sucos que podem contaminar outros alimentos com micróbios patogênicos.

*Com o blog Saúde.

vale mais

 Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções; links rompidos ou inexistentes; informações enviadas com incorreções. Imagens *Pixabay e divulgação.

GOSTOSO E BARATO – Como fazer tahine com 2 ingredientes

Não há quem resista a um prato de comida árabe. Se ele sai totalmente das suas mãos, ah, melhor e mais gostoso ainda. Depois da coalhada seca em dois tempos, post de sucesso aqui do blog, a receita é de pasta de gergelim, ou tahine, como é mais conhecido.

Tahine feito em casa, uma receita fácil e barata que só leva 2 ingredientes

Por menos de R$ 2, pode-se fazer quase uma xícara dessa “base” que dá sabor a vários pratos conhecidos. Melhor é que são necessários apenas dois ingredientes.

Pão fresco e babaganuche, foto de Gabriel Hess*

Com o tahine se faz homus e babaganuche e pode-se temperar saladas. Em vez de comprar uma com a pasta pronta, basta um pouco de azeite e um processador ou mini-processador.

⬇️Passo a passo com fotos mais abaixo!⬇️

GOSTOSO E SAUDÁVEL – Como fazer ricota com 2 ingredientes

Gergelim sem pele, ingrediente principal do tahine

Ingredientes do tahine:

  • 1 xícara de gergelim sem pele (branca)
  • 1 a 2 colheres de sopa de azeite
❤ Receba as boas notícias de vale mais no celular 📲.
Salve o número
011 9 9985-3577 e
envie a frase Eu Quero no WhatsApp. Pronto!

Como fazer o tahine:

Em uma frigideira e fogo baixo, torre o gergelim até que fique ligeiramente dourado. Mexa sem parar

1 – Para fazer a pasta, é preciso torrar um pouco a semente: coloque o gergelim em uma frigideira (usei a Rochedo com anti-aderente) em fogo baixo (não vai óleo nem nada) e mexa sem parar. Pode usar uma colher de pau ou bambu.

2 – Quando começar a dourar, retire do fogo e passe para um prato ou forma para esfriar. Cuidado, o gergelim é tão pequeno e sensível que rapidamente pode queimar.

Note como a pasta de gergelim vai se formando, aos poucos, no processador

3 – Coloque em uma outra forma ou prato para esfriar. Já frio, passe o gergelim para um processador e ligue o botão de processamento. Para facilitar o início da formação da pasta, adicione uma colher de sopa de azeite extra-virgem.

4 – Não leva muito tempo. De vez em quando, pare e mexa a pasta, que gruda bastante no fundo e nas paredes do processador até que forme mais óleo.

5 – Parar também é importante para que o motor do processador não queime, pois o uso é grande e o bichinho esquenta!

6 – Se precisar, adicione mais uma colher de sopa de azeite.

Nos momentos finais da pasta de gergelim feita em casa _ o processador trabalhou bem para seu tahine ficar no ponto

7 – Aos poucos, e em menos de 7/8 minutos de processador, forma-se a pasta de gergelim.

Pronto, saindo do processador seu tahine caseiro. Passe a pasta para um vidro bem lavado e seco, com tampa, para conservar na geladeira _até 3 semanas, com certeza.

Use e abuse nos pratos preferidos.

DICAS – Quanto mais você torra as sementes de gergelim na frigideira, mais gosto de defumado ele fica.

vale mais

Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções; links rompidos ou inexistentes; informações enviadas com incorreções. Imagens do blog e *Licença Creative Commons.

GOSTOSO E SAUDÁVEL – Como fazer ricota com 2 ingredientes

Os dias passam e a certeza aumenta: preparar a nossa comida em casa é saudável e mais barato. Além de tudo, cozinhar é uma tarefa que carrega muito do nosso afeto para com a gente e todos que habitam a casa. Então, hora de aprender a fazer ricota com apenas dois ingredientes!

⬇️Passo a passo com fotos mais abaixo!⬇️

Ricota caseira em cubos feita com apenas 2 ingredientes

Queijo macio e que vai em pratos salgados e doces, a ricota também vai na salada, em cubinhos; no pão francês com sal e azeite. No recheio do pastel com espinafre. Na torta de ricota com uvas passas. No bolo com fubá. Ou em um sofisticado stollen (ainda vou publicar a receita desta delícia).

DELÍCIA – Onde comprar a ricota mais barata de São Paulo

A ricota também tem sido chamada, mesmo aqui no Brasil, de paneer, que é o nome que ganha na Índia e em outros países. Então, quando você encontrar uma receita na Internet em português usando paneer, já sabe o que é.

E vamos ao que interessa, porque fazer ricota é gostoso, fácil e rápido. Ah, mais uma vez, só 2 ingredientes e a ajuda de um coador de algodão ou voal e uns 2 litros de água filtrada.

Ingredientes da ricota caseira: leite e limão, mais a ajuda de um coador de tecido

Ingredientes da ricota caseira:

  • 1 litro de leite integral
  • 2 a 3 colheres de suco de limão
❤ Receba as boas notícias de vale mais no celular 📲.
Salve o número
011 9 9985-3577 e
envie a frase Eu Quero no WhatsApp. Pronto!

Como fazer a ricota caseira:

Para fazer a ricota em casa: 1 – ferva o leite; 2 – adicione o limão; 3 – quando formar o soro na cor esverdeada, hora de tirar rapidamente do fogo

Coloque o leite (usei de saquinho) para ferver em fogo médio (pode ser integral, este aqui das fotos é desnatado. Todos dão certo);

Enquanto isso, esprema o limão e coe. Separe as 2 colheres de sopa do suco e deixe ao lado um pouco mais disponível para usar (se necessário);

Mexa sempre o leite para que não queime no fundo. Cheiro de queimado e pedaços de leite queimado ninguém merece;

Quando ferver, despeje as duas colheres de limão e mexa até que o leite comece a talhar e o surja o soro, que fica ligeiramente esverdeado. É bom usar uma escumadeira para saber se a ricota já está se formando. Caso o leite não talhe rapidamente, use um pouco mais de limão que você já havia separado;

ATENÇÃO, importante tirar do fogo logo que a ricota se forma e, imediatamente, tirar da panela ou caneca para que não fique dura. Manter a maciez é essencial para uma ricota gostosa, apetitosa. Um truque é deixar por perto pedras de gelo para baixar rapidamente a temperatura do soro e evitar que a ricota continue cozinhando e endureça.

Para fazer a ricota: 4 – coalhado, o leite deve ser transferido para um coador; 5 – coloque o leite coalhado em um coador de tecido; 6 – passe em água filtrada ou corrente

Despeje o leite talhado com soro sobre um coador já aberto sobre uma caneca ou peneira grande, como preferir.

Dentro do coador, lave a ricota na água filtrada já separada como se fosse água corrente. Não tenha medo, é para tirar o gosto do limão.

Depois de lavar a ricota, esprema um pouco o coador para tirar o excesso de água.

Para fazer a ricota: 7 – esprema para tirar o excesso de água; 8 – arrume o coador com o leite coalhado sobre uma panela furada; 9 – coloque um peso em cima para formar um bloco para ser cortado em cubinhos

Feche o coador e faça um pacote quadrado ou retangular bem apertadinho. Coloque sobre uma panela com furos, como de cuscuz ou a vapor. Coloque um peso em cima: pode ser um vasilhame de vido grande com água, um jarro cheio de água, uma panela com água. Use o que tem em casa.

A ricota em formato achatado para ser cortada em cubinhos

Depois de 1 hora a ricota está pronta. Pode cortar em cubinhos e guardar em um vidro com tampa hermética. Ou pode amassar com o garfo e fazer um patê.

DICAS – Quando o leite é menos gorduroso ou mesmo zero gordura, a quantidade de ricota produzida é menor que a do leite integral. Faça sua escolha!

Onde comprar coador de algodão: Médio, aqui, grande e médio em algodão cru, sem química de clareamento no tecido, aqui

Coador de algodão para ricota do Mercado Livre, aqui

vale mais

Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções; links rompidos ou inexistentes; informações enviadas com incorreções. Imagens do blog.

VIDA SAUDÁVEL – Ler rótulos é importante

Edulcorante, maltitol, aspartame e umectante. Você sabe o que são estas substâncias? Em alimentos ultraprocessados, ou seja, que passaram por vários processos até chegar ao consumidor, eles etão muito presentes. E ler o rótulo desses alimentos _e de todos os outros_ antes de consumi-los é muito importante. No rótulo também constam informações como a composição do produto, além de dados nutricionais. Mais avisos do fabricante.

Ler rótulos antes de comprar o produto ajuda a definir os gastos, além de informar a composição do produto

A relações públicas Patrícia Marques já lê rótulos há tanto tempo que virou hábito. O que ela ganha com isso? “Tem muito alimento que parece ser saudável e na verdade não tem nada de saudável. Eles escondem isso com a embalagem. Têm produtos que você acha que não têm açúcar, gordura hidrogenada e na verdade é uma bomba calórica. Eles se disfarçam”, destaca.

 ❤ Receba as boas notícias de vale mais no celular 📲.
Salve o número   011 9 9985-3577 e
envie a frase Eu Quero no WhatsApp. Pronto! 

Depois que começou a conhecer os ingredientes dos produtos, a Patrícia retirou alguns alimentos da dieta dela, principalmente os que têm sódio em excesso. “Leio por cuidado mesmo, pra saber o que estou consumindo. Quem não tem a curiosidade de saber o que são esses nomes acaba ingerindo algo que pode ser ruim pra saúde. Tem que ler o rótulo dos alimentos! Você cria esse hábito e te ajuda a fazer as escolhas certas. Se comer errado, tem consciência do que está consumindo”, ressalta.

Conhecer a origem dos alimentos

Conhecer a composição daquilo que comemos é ainda mais importante para quem tem algum tipo de alergia alimentar. É o caso do fotógrafo Maurício Zanin, que não pode comer arroz ou derivados. Para evitar transtornos, há anos ele passou a ler os rótulos antes de comer qualquer coisa. “Tem uma quantidade de ingredientes colossal que pode te fazer mal e você não percebe. E você só vai saber quando tem uma reação alérgica forte. A partir de então, eu, minha mãe, minha esposa, antes de comer, lemos o rótulo”, conta.

Zanin lembra que há alguns anos os rótulos eram pouco interessantes e não traziam tantas informações como hoje. A legislação trouxe exigências para a indústria alimentícia. “Ainda têm aqueles mais claros e com letras pequenas. Ai se eu não consigo ler o rótulo eu não como o alimento. Imagine antes, quando não tínhamos o rótulo, quantas crianças não morreram de alergia sem saber o motivo”, lembra o fotógrafo.

A escolha dos alimentos e como ler o rótulo

A coordenadora de Alimentação e Nutrição do Ministério da Saúde, Michele Lessa, aconselha que criemos o hábito de ler as embalagens dos produtos. “O rótulo nos permite identificar entre os alimentos, qual deles têm menos sódio, menos açúcar, menos gordura. Quais têm ou não conservantes, de preferência os que não tenham. Se têm ou não glúten, para aquelas pessoas quem têm doença celíaca. O rótulo nos permite identificar se o produto está vencido ou não, quando observamos o prazo de validade do alimento”.

Outra dica da Michele é evitar alimentos com aditivos, edulcorantes e conservantes. “Quanto mais dessas substâncias que têm nomes esquisitos, pouco familiares, que não temos em casa, menos saudável o alimento é. Por isso precisamos optar por produtos orgânicos e preferir alimentos in natura ou minimamente processados. Além de limitar o consumo de alimentos processados e evitar os ultraprocessados”, ressalta.

Cabem às empresas que produzem alimentos se adequarem às normas de rotulagem dos produtos. É possível denunciar embalagens que não seguem a legislação à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) pelo email ouvidoria@anvisa.gov.br, pelo escritório da Vigilância Sanitária mais próxima, direto n Procon ou Ministério Público.

vale mais

 Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções; links rompidos ou inexistentes; informações enviadas com incorreções. Imagens dos sites das empresas citadas. Com informações do blog Saúde, do Ministério da Saúde.

🐰 PÁSCOA ECONÔMICA – É fácil fazer Colomba Pascal em casa

A Páscoa está chegando e a melhor solução para não gastar é fazer um bolo próprio para a data, um Colomba Pascal. Além de ser fácil, é gostoso e evita que esvaziemos o bolso na compra de ovos ou de um bolo pronto _que sai caaaroooo…

Colomba Pascal em formato de pomba, típico da receita, foto de Nicola, abril de 2011

Mesmo porque, já foi publicado por aí que fabricantes estão vendendo ovos pesando menos do que está escrito na embalagem. Você não vai querer comprar gato por lebre, nénão?

Frutas cristalizadas

A receita é do site Tudo para Padarias, da empresa Italbrás, que fica em Brasília.

Então, mãos à obra e vai para a cozinha. A boa notícia é que esta receita é relativamente simples e barata. E muita coisa certamente você já tem no armário ou na geladeira ovos, leite, laranja, limão, manteiga.

Faltam as frutas cristalizadas e as amêndoas laminadas, mas no supermercado não é difícil hoje achar um pacote com essa especiaria doce.

Se preferir, você vai encontrar isso a torto e a direito na zona cerealista, no bairro do Brás, centro de São Paulo.

Veja só como é fácil fazer:

Também pode fazer no formato redondo.

Bolo Colomba Pascal, receita prá você por a mão na massa
Bolo Colomba Pascal, receita prá você por a mão na massa ***

Bolo Colomba Pascal – Receita e como fazer:

Amêndoa laminada da Santo Antônio
Amêndoa laminada da Santo Antônio

Ingredientes:

1 xícara de leite morno
2 ovos
suco de 1 laranja
raspas de 1 limão
600 g de farinha de trigo
2 colheres (sopa) de manteiga
2 tabletes de fermento para pão
4 colheres (sopa) de açúcar

Recheio:
300 g de frutas cristalizadas

Cobertura:
100 g de chocolate amargo (derreta no microondas por 1 minuto)

A Colomba de Pleclown, foto de março de 2013****

100 g de amêndoas fatiadas (coloque no forno para deixá-las crocantes)

Modo de preparo
Misture os ingredientes da massa. Sove bem e então acrescente as frutas cristalizadas. Misture muito bem.

Coloque esta massa na assadeira e deixe crescer por 2 horas. Depois leve ao forno por 40 minutos, em fogo moderado.

Retire do forno, deixe esfriar, e coloque por cima da colomba o chocolate derretido e as amêndoas crocantes.

 vale mais

 Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

vale mais não se responsabiliza por alterações de preços e ausência de produtos nas bancas, lojas, sites e/ou estoque, tampouco durante promoções.***Foto do site www.tudoparapadarias.com.br,****Licença Creative Commons.

BARATO E SAUDÁVEL – Como fazer 1,5 litro de leite de amêndoas com R$ 6

Quem não pode tomar leite _os intolerantes a lactose_ precisa encontrar uma alternativa. O leite de amêndoas é uma delas e é possível fazer em casa essa bebida natural e saudável. É bem fácil. E não é caro não. Com cerca de R$ 6,00, pode-se fazer até 1,5 litro.

Leite de amêndoas feito em casa, delicioso e barato

Usado como substituto do leite de vaca, vai bem com café, chocolate ou cacau em pó no café da manhã. Com granola e frutas para um lanche intermediário, nossa, maravilha!

Vale também como vitamina quando batido com outras frutas, que agora ganhou o nome de smoothie. Puro, para dar aquela molhadinha charmosa em um bolo caseiro. Hum!

 BARATO E SAUDÁVEL – Como fazer 1 litro de leite de coco com R$ 5

Tipo de leite de vegetal _ou de cereais_, ele é suave e cai muito bem.

Vamos à receita de leite de amêndoas:

100 gramas de amêndoas cruas sem casca – cerca de R$ 6,00

1,5 litro de água filtrada

Você vai precisar de uma coador para leite de vegetais, que também é usado para fazer sucos verdes e detox (veja como fazer um no link abaixo ou onde comprar pronto).

BARATO E SAUDÁVEL – Como fazer um coador para suco verde e leite vegetal

Como fazer:

À noite, deixe as amêndoas cobertas de água e no dia seguinte elas estarão mais inchadas, prontas para serem liquidificadas; a diferença de cores nas fotos reflete luz noturna (artificial) e diurna, natural, ok?
Amêndoas com pele de molho na água, foto de Tasha*

Lave as amêndoas em água corrente e deixe-as em uma vasilha de vidro ou cerâmica. Se preferir, tire a pele antes (basta deixar 5 a 10 minutos em água beeem quente e tirar como casca de uva).

Coloque água até que fiquem cobertas por cerca de 8 a 12 horas _bom fazer isso à noite para que possa fazer o leite na manhã seguinte.

No dia seguinte, despreze essa água e coloque as amêndoas no liquidificador.

Logo whatsapp Receba as boas notícias de vale mais no celular 📲. Crie um contato para vale mais no número  011 9 9985-3577 e envie a frase Eu quero no WhatsApp. Pronto!
Coloque as amêndoas no liquidificador, coloque cerca de 500 ml de água e ligue o liquidificador. Acrescente mais 500 ml de água aos poucos.

Coloque cerca de 300 a 500 ml de água e bata bem até que as amêndoas sejam bem trituradas.

Aos poucos, acrescente mais 500 ml de água. Bata mais, pode colocar na maior velocidade que o liquidificador oferecer.

Coloque o suco no coador apropriado e esprema com as mãos até que fique somente a farinha úmida

Retire a mistura e passe-a no coador próprio para leites vegetais até que saia toda a água. Use uma caneca de inox ou uma jarra grande o suficiente todo o leite que será produzido.

Farinha de amêndoas com pele depois de filtrada
Farinha de amêndoas sem pele depois de filtrada

Abra o coador, com uma colher retire a amêndoa triturada _vai estar praticamente uma farinha_ e coloque-a de volta no liquidificador.

Coloque o restante da água, cerca de 500, e bata mais até que a água fique branca (mais fina que a anterior, lógico).

Filtre esta segunda leva de leite batido no coador até que a farinha de amêndoas fique completamente sem água.

Pronto, leite de amêndoas feito em casa

Misture bem e guarde em uma garrafa tampada ou jarra no geladeira.

Dura no máximo 3 dias na geladeira.

Se 1,5 litro é uma quantidade muito grande, reduza as quantidades para a metade, se for o caso.

Algumas pessoas usam 1,2 litro de água para 100 gramas de amêndoas.  Muito menos que 1 litro, poderá deixar o leite muito “pesado”, ou forte.

Experimente algumas variações e veja como é melhor para você e/ou sua família.

Dicas:

  • Para adoçar o leite e forma natural e sem açúcar, adicione 2 tâmaras sem sementes (ou retire as sementes com uma faquinha) com as amêndoas na água e bata no liquidificador.
  • No lugar das tâmaras, experimente 2 ou 3 ameixas secas para adoçar.
  • Você pode usar água de coco como uma forma de adoçar, mas a durabilidade do leite poderá ser menor na geladeira.
  • O leite de amêndoas combina muito bem com banana, abacate e outras frutas para fazer uma vitamina ou um smoothie de sua preferência.
  • Como qualquer outro preparo ou bebida comprada pronta, cheque o cheiro e experimente o leite de amêndoas antes de tomar na quantidade desejada.
Vitamina com leite de amêndoas, banana e mais alguns cereais**

Dica de compra: coadores orgânicos ou de voal da Loja Pau-Brasil:

Elo7

vale mais

 Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções; links rompidos ou inexistentes; informações enviadas com incorreções. Preço de 20 de março de 2017. Fotos do blog e com licença Creative Commons: *Flickr,abril de 2011, **Pixabay.

VIDA SAUDÁVEL – Novo supermercado dedica-se a orgânicos  🍆 🌱 🍞 🍺 💄

Bairro conhecido por seus bares, restaurantes naturais, vegetarianos, livrarias, lojas e cafés descolados, a Vila Madalena ganha um novo ponto que promete chamar a atenção de seus moradores. A Casa Orgânica, que acaba de abrir com o objetivo de ser conhecido como um supermercado orgânico.

Casa Orgânica, em São Paulo, promete ser o primeiro supermercado de alimentos e produtos sem aditivos ou fertilizantes

Situado no coração da vila, na rua Fidalga, o super foi inaugurado sábado passado ainda incompleto. “Não dava mais para segurar”, diz Alessandro Duarte, que, ao lado da mulher, Naila Duarte,  comanda o super.

Alimentos in natura chamam a atenção nas bancas

Vale ressaltar que o novo ponto de orgânicos de São Paulo incentiva o consumo consciente _conforme diz em seu site.

Produtos orgânicos para animais domésticos estão entre as novidades

E localiza-se estrategicamente a cerca de 300 metros do Instituto Chão, inaugurado há praticamente dois anos,  também dedicado a orgânicos e que propaga a economia solidária (saiba mais no link abaixo).

≡ SAUDÁVEL E ECONÔMICO – Orgânicos  🍆 🍄 🐔 🌱 🍞 a preço de banana

Três tipos de feijão à venda na Casa Orgânica

Arquiteto, ele mesmo fez o projeto do supermercado, que tem caixas de madeira para acondicionar alimentos utilizadas como armários abertos, além de tomarem o lugar de lustres pendentes do teto.

Caixas para acondicionar alimentos no lugar de lustres

A Casa Orgânica tem hortifrútis, grãos como feijão a granel, além de alimentos processados ou minimamente processados. Com ou sem lactose, glúten, açúcar e produtos sem origem animal para contentar qualquer vegano.

Não faltam produtos de higiene e limpeza e até lingerie em algodão 100% orgânico, mais perfumaria.

Lingerie 100% algodão orgânico

As prateleiras também têm uma área dedicada a produtos para pets _opa, esta parte é beeeem nova!

Logo cortadoReceba as boas notícias de vale mais direto no celular. Envie uma mensagem para 011 9 9985-3577 e pronto! Clique aqui e saiba mais

As estantes também guardam sucos, bebidas e até maquiagem orgânica.

Muitos maços de cheiro verde para temperar o ambiente

Alessandro conta que nos fundos da loja haverá um café e uma padaria. Na parte intermediária, quase 10 estandes ou bancas que serão locadas para quem quiser vender _orgânicos, claro.

Dessa forma, o jovem casal que também mora na Vila Madalena pretende realmente oferecer um número bem grande de orgânicos.

E vamos ao que interessa: preços!

  • Tomate: R$  7,99
  • Feijão carioca : R$ 15,99
  • Maço de cheiro verde ou salsinha: R$ 4,70
  • Repolho roxi, R$ 19,90 o quilo
  • Chá de capim cidreira: R$ 5,75
  • Maçã nacional: R$ 15,90 o quilo
  • Abacate, R$ 25,60 o quilo
  • Melão verde, R$ 7,99 o quilo
  • Suco funcional Manti Bio, R$ 450 ml, R$ 15,90
  • Abacaxi, R$12,80 o quilo
  • Manga, R$ 10,08 o quilo
  • Abóbora cabotiã, R$ 6,40 o quilo
Bolos, pães e outras delícias orgânicas

O supermercado tem corredores largos e carrinhos sustentáveis, resultado de uma procura dedicada a empresas que procuram utilizar materiais menos agressivos ao meio ambiente.

 Casa Orgânica:
Rua Fidalga, 346, Vila Madalena, zona oeste de São Paulo, SP. Fone (11) 9- 9890-8590 (WhatsApp) e 3813-0800.
🕣 Aberto de segunda à sexta, das 11h às 19h e aos sábados, das 9h às 15h.

 vale mais

Casa Orgânica, novo supermercado orgânico de São Paulo

 Para quem quer curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções. Preços de 16 e março de 2017. Fotos do blog.

RECEITA DE CHEF – Cuscuz de galinha ao sabor de Fábio Vieira

Tempos apertados de grana. Mas ainda gostosos no prato. Para uma marmita daquelas de abafar no escritório, um bom cuscuz de galinha é o que há de bom.

Cuscuz de galinha do chef Fábio Vieira em foto de Gladstone Campos
Cuscuz de galinha do chef Fábio Vieira em foto de Gladstone Campos

Primeiro: é um prato beeem brasileiro e muuuuito saboroso. Segundo: não é difícil de fazer e bem dosado, pois leva uma boa dose de proteína (frango), e de carboidrato (farinha), que ajuda a dar energia para todo mundo pegar firme no batente.

Terceiro: é barato. Quarto: rápido de fazer.

Quem dá a dica é o chef Fábio Vieira, do restaurante Micaela, situado no Jardim Paulista, zona sul de São Paulo.

Logo whatsapp Receba as boas notícias de vale mais no celular 📲 . Crie um contato para vale mais no número  011 9 9985-3577 e envie a frase Eu quero no WhatsApp. Pronto!

Apaixonado por ingredientes e técnicas da cozinha brasileira, Fábio traz sua versão do cuscuz de galinha para duas pessoas.

Para fazer o prato, serão necessários não mais que 20 minutos, garante o expert em forno & fogão.

Receita de cuscuz de galinha (2 porções):

Galinha desfiada, foto do Requentando blog, setembro de 2010
Galinha desfiada, foto do Requentando blog, setembro de 2010

Ingredientes:

  • 1 xícara de galinha cozida e desfiada
  • 2 colheres de sopa de escalivada (pimentões tostados direto no fogo, um de cada cor e depois picados)
  • 1 tomate picado brunoise (cubinhos pequenos)

    ¼ de cebola roxa picada brunoise

  • Ciboulette a gosto
  • 2 copos de caldo de legumes
  • 1 colher (sopa) de azeitonas azapa picadas (azapa é um tipo de azeitona preta)
  • 1 dente de alho

    Tomate brunoise por David Carrero Fdez Baillo, abril de 2014
    Tomate brunoise por David Carrero Fdez Baillo, abril de 2014
  • Farinha de milho amarela (quanto baste para que fique cremoso, aproximadamente 1 xícara rasa)
  • 1 dose de cachaça
  • Azeite para refogar
  • ½ colher de sobremesa de colorau

Modo de preparo:

  1. Leve a uma panela o azeite, refogue o alho, em seguida a cebola e o colorau incorporando-o bem para que não suba quando colocar o caldo.
  2. Em seguida coloque os tomates, a escalivada e a galinha desfiada.
  3. Flambe com a cachaça e coloque as azeitonas. Coloque o caldo de legumes e deixe ferver por alguns minutos.

    Azeite, foto de Netsnake, agosto de 2009
    Azeite, foto de Netsnake, agosto de 2009
  4. Abaixe o fogo e vá acrescentando a farinha aos poucos, pois ao cozinhar obteremos um cuscuz cremoso e não firme.

No Micaela, Fábio coloca um ovo perfeito em cima. Mas chef tem um equipamento chamado termocirculador que cozinha a 63º centígrados por aproximadamente duas horas.

Em casa, cozinhe o seu ovo como preferir e coloque em cima, antes de fechar a marmita.

Chef Fábio Vieira, do restaurante Micaela, de São Paulo
Chef Fábio Vieira, do restaurante Micaela, de São Paulo

Saca só:

Alimentos in natura, a melhor opção

10 passos para uma alimentação saudável

RECEITA – Sanduba do master chef Henrique Fogaça é filé mignon

Para quem não sabe, Fábio Vieira foi eleito chef revelação pela edição especial Comer & Beber da Veja São Paulo, em 2014.

Post originalmente publicado no blog parceiro Cozinha Brilhante adaptado para vale mais.

vale mais

 Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana 

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções; links rompidos ou inexistentes; informações enviadas com incorreções. Imagens do Restaurante Micaela e com licença Creative Commons.

CALOR EM CASA – Como combinar cerveja 🍺 com sorvete 🍦

Calorão rolando em boa parte do país. Em casa, os amigos chegam e… salta uma cerveja 🍻 estupidamente gelada! Mais: traz o sorvete 🍦 estupendamente gelado! 

Agora, chama ambos ao mesmo tempo! Opa, dá certo 🍦& 🍺?

A Nuremberg e a Freddo testaram e recomendam: Weissbier com sorvete de mascarpone e framboesas combina!
A Nuremberg e a Freddo testaram e recomendam: Weissbier com sorvete de mascarpone e framboesas combina! (foto do Instagram do treatsandtrips)

A sorveteria argentina Freddo e a cervejaria brasileira Nüremberg dizem sim! Ah, e a sugestão é unir ambos em casa para economizar. 

Claro que tem que saber combinar. E é isso que as duas empresas fizeram: escolheram que sabores para harmonizar com maltes e lúpulos.

Sorvetes da Freddo
Sorvetes da Freddo
Logo whatsapp Receba as boas notícias de vale mais no celular 📲 . Crie um contato para vale mais no número  011 9 9985-3577 e envie a frase Eu quero no WhatsApp. Pronto!

“A ideia é uma combinação refrescante e que aguce o paladar. A combinação é ideal para surpreender unindo dois ícones do calor e da alegria”, explica a sommelier de cervejas da Nüremberg Júlia Miranda.

Entao, vamos aprender com estas sugestões:

Cerveja Pilsner da Nuremberg
Cerveja Pilsner da Nuremberg

Cerveja Pilsner + sorbet de abacaxi
Com aroma de cereais, resultado de uma base de malte Pilsen, a Pilsner Premium tem um leve bouquet de biscoito reforçado por maltes especiais. Três tipos de lúpulos de origem alemã adicionados em diferentes tempos à fervura, conferem um marcante aroma floral. Essas características casam perfeitamente com a refrescância do sorbet de abacaxi _Freddo, claro_, que tem base de água e consistência leve.

O sabor marcante da fruta se agrega ao paladar de flores e amargor médio da bebida, com espuma branca, persistente e cremosa que lembra a consistência do gelado.

Cerveja Weissbier
Cerveja Weissbier

Weissbier com sorvete de mascarpone e coulis de framboesa
A Weissbier Nüremberg traz uma rica combinação de cinco maltes, aroma de cravo, ésteres de banana, com notas e aromas de trigo que remetem a pão. É a cerveja do verão europeu, com turbidez e efervescência característicos do estilo, considerada “espumante” pelos alemães, que costumam bebê-la com comidas doces ou salgadas.

O sorvete que combina é feito do típico queijo mascarpone italiano, um ingrediente cremoso e suave que pode também ser usado em pratos principais ou sobremesas. Na Freddo, ele é combinado com coulis de framboesa, uma deliciosa calda da fruta que equilibra-se muito bem com o trigo e o toque moderado de banana desta cerveja levemente cítrica.

Cerveja Vetto
Cerveja Vetto

Vetto (Belgian Blond Ale) e sorvete de coco com doce de leite
A Vetto, do estilo Belgian Blond Ale, é uma cerveja puro malte, não filtrada, com limpidez resultante da maturação. O amargor marcante pelos lúpulos Magnum, Styrian, Saaz e Amarillo balanceiam com o dulçor da seleção de maltes. Apresenta aroma levemente condimentado e adocicado com notas de mel. Seu sabor começa suave, termina seco e com leve calor do álcool.

Essa característica, combinada com a doçura do sorvete de coco com doce de leite, traz um equilíbrio agradável ao paladar. A receita da Freddo é feita com pedaços de coco seco e mesclada com o legítimo doce de leite argentino, fornecendo a adstringência e a delicadeza necessária para a harmonização com a Vetto.

Cerveja Mahal
Cerveja Mahal

Mahal (IPA – India Pale Ale) e sorbet de maracujá com laranja
Enriquecida com quatro lúpulos nobres, de aspecto seco moderado, a Mahal traz notas de maracujá, laranja, manga, grapefruit e ainda o inovador e marcante aroma floral de hibisco – exclusividade da receita da Nüremberg. O equilíbrio dos lúpulos Columbus, Chalenger, Kent Golding e Citra, este último no dry hopping, confere um amargor complexo e retrogosto marcante.

A harmonização com o sorbet de maracujá e laranja potencializa ainda mais as características frutadas do gelado – tornando esse combo perfeito para o verão. Mas, se a ideia é surpreender com a IPA e criar uma combinação nada óbvia, a sommelier Júlia Miranda recomenda tomá-la acompanhada do sorvete de menta granizada (menta com pedaços chocolate), que cria um terceiro sabor a partir da união da bebida com o gelado. Sua doçura e refrescância aliadas ao amargor da cerveja resultam em um gosto complexo, leve e equilibrado.

vale mais

 Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções; links rompidos ou inexistentes; informações enviadas com incorreções. Imagens das empresas citadas.

SAUDÁVEL E ECONÔMICO – Orgânicos  🍆 🍄 🐔 🌱 🍞 a preço de banana

Todo santo dia de manhã a gente se levanta pensando no que comprar para almoço, jantar e refeições intermediárias. Com prioridade aos alimentos saudáveis in natura e… orgânicos, se possível! Em São Paulo, o Instituto Chão pode te ajudar nessa tarefa. Além de oferecer verduras, legumes, frutas, cogumelos, laticínios, e até café espresso sem agrotóxicos ou outros produtos químicos, os preços são mais baixos que em outros centros de compra de orgânicos.

Frutas, verduras, legumes, polpas, tudo orgânico e com preços do produtor, no Instituto Chão, em São Paulo
Frutas, verduras, legumes, polpas, tudo orgânico e com preços do produtor, no Instituto Chão, em São Paulo

Isso é possível porque o instituto nasceu com a ideia de vender ao consumidor final (nós) com os mesmos preços cobrados pelos produtores, sem obtenção de lucro.

Como é que é?

Verduras, legumes, ponto forte e altamente disputado na feirinha do Instituto Chão
Verduras, legumes, ponto forte e altamente disputado na feirinha do Instituto Chão

Isso mesmo. Esse comércio, combinação de feira, empório e café situado em um sobrado na rua Harmonia, no coração da Vila Madalena, em São Paulo, quer incentivar a economiza solidária e experimentar novas formas de relação.

Queijos de muitos tipos, orgânicos, claro, muito bem guardados em geladeiras apropriadas
Queijos de muitos tipos, orgânicos, claro, muito bem guardados em geladeiras apropriadas

Na hora de cobrar, o Instituto Chão pede uma contribuição sugerida de 30% sobre o total dos produtos. Paga quem quer ou pode. Melhor, pode-se pagar menos ou mais.

Lousa explica economia do Instituto Chão
Lousa explica economia do Instituto Chão

Em uma lousa preta no alto da parede sobre os caixas estão lá os custos do instituto. Tudo às claras. Diferente do que se vê no comércio tradicional.

No desenho, a explicação para economia solidária
No desenho, a explicação para economia solidária

Em outro espaço menor, à vista dos olhos do comprador, um outro esquema feito à mão explica a economia solidária do local.

E assim vem vindo esse comércio diferente e inovador desde que foi inaugurado, há cerca de um ano e meio, por um grupo de amigos.

E olha que vai muita, muita gente fazer feira lá! A sugestão é chegar cedo, pois os alimentos mais bonitos vão embora rapidamente.

Veja só os preços cobrados ontem:

Morangos, caixa: R$ 5

Alho poró, maço com 2: R$ 4

Logo cortadoReceba as boas notícias de vale mais direto no celular. Envie uma mensagem para 011 9 9985-3577 e pronto! Clique aqui e saiba mais

Maçã Fuji: R$ 9 o quilo;

Ovos Korin com 30: R$ 5 (OPA!)

Ovos, caipiras, korin, caixa com 6, com 10, com 30...
Ovos, caipiras, korin, caixa com 6, com 10, com 30…

Farinha de trigo branca Ecobio a granel: R$ 3,34

Castanha do Pará: R$ 35 o quilo

Paes integrais e orgânicos de vários sabores, um sucesso no Instituto Chão
Paes integrais e orgânicos de vários sabores, um sucesso no Instituto Chão
Produtos processados artesanais e industriais também estão presente
Produtos processados artesanais e industriais também estão presente

Pão artesanal, vários sabores: R$ 8,69

Sal negro do Hymalaya Gourmet: R$ 7,60 pacote com R$ 250 gramas

Pêssego: R$ 5 a bandeja

Salada verde em pacote: R$ 6

Polpa congelada de amora: R$ 8 pacote com 4 sachês

Beterraba: R$ 4 o quilo

Cebola roxa importada: R$ 10 o quilo

O lugar é bem organizado e há fila para pesar e depois uma fila para pagar. De preferência em dinheiro ou cartão de débito.

Sais de vários tipos, ainda por cima gourmet
Sais de vários tipos, ainda por cima gourmet

O café é gostoso e tem algumas pequenas refeições como sopas e pedaços de bolos para degustação. Hum, provei um panettone e tava bem gostoso!

Óleo de coco orgânico, o must das top models para hidratar os cabelos, e outros óleos descolados
Óleo de coco orgânico, o must das top models para hidratar os cabelos, e outros óleos descolados

Além da organização, o lugar tem uma pia para higiene das mãos. E tem mesinhas e cadeiras na lateral do sobrado, assim como na parte superior. Um convite para um papo e outro café!

Preços da cafeteria - nada igual em nenhuma outra cafeteria que conheço
Preços da cafeteria – nada igual em nenhuma outra cafeteria que conheço

Enfim, o Instituto Chão é ideal para quem quer economizar e fazer seu dinheiros valer mais.

Feijão, farinhas, castanhas do Pará, tudo orgânico mesmo
Feijão, farinhas, castanhas do Pará, tudo orgânico mesmo

Sonho da moçada que procura atitudes saudáveis como um todo, a cuidar da boa saúde do nosso meio ambiente e a ajudar a economia de pequenos produtores que cultivam orgânicos.

 Instituto Chão:
Rua Harmonia, 123, Vila Madalena, zona oeste de São Paulo, SP. Fone (11) 3530-0907.
🕣 Aberto de terça a sábado das 8h30 às 14h.

👍 Funciona hoje, Dia das Crianças e de Nossa Senhora de Aparecida.

 vale mais

 Para quem quer curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

vale mais não se responsabiliza por alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções. Fotos do blog e do Facebook do Instituto Chão.

Faça picolés e dê um gelo no calor

Outono chegou e o calor tá pior que no verão… Socorro! Hora de relembrar um dos posts mais procurados do blog!

Nada melhor que um picolé prá aplacar este calor escaldante, nénão? Então o negócio é pegar aquelas frutas que você gosta e fazer um picolé em casa.

Também pode misturar com leite e iogurte para fazer alguns cremosos _e valem as versões sem lactose. Vai ficar gostoso do mesmo jeito, você vai ver.

Picolés à base de iogurte desnatado - com ameixa, com damasco, misto ameixa e damasco, e damasco com mirtilos inteiros
Picolés à base de iogurte desnatado – com ameixa, com damasco, misto ameixa e damasco, e damasco com mirtilos inteiros
Forma para picolés, palitos e mixer
Picoleteira, palitos e mixer

Maõs à obra: vai ser moleza, inda mais porque vale mais dá o passo a passo aqui. Optamos por picolés saudáveis: 0 gordura e 0 açúcar e alguns com 0 lactose.

Frutas frescas e no ponto
Frutas frescas e no ponto
Leites e iogurte
Iogurte e leite, várias opções

Gostou? Seu picolé vai ficar beeeeem mais barato que as paletas mexicanas que estão pipocando por aí, vendidas a partir de R$ 5/R$ 6 na versão mais simples. Nada contra, claro!

Então, mãos à obra. Você vai precisar de:

* Frutas frescas e no ponto de serem consumidas – algumas baratas e outras do dia a dia do brasileiro. Aproveita, vai… dá uma corrida na feira ou no supermercado e

Ameixas e damascos - secos e depois da hidratação
Ameixas e damascos – secos e depois da hidratação

pesca algo diferente: mirtilo, amora negra ou framboesa. Kiwi não fica de fora não, é uma delícia e dá um visual bem exótico!

* Iogurte e leite desnatados – a sua marca preferida. Usamos Batavo, Molico e Verdecampo sem lactose. Ou, melhor ainda, prepare um dia antes em casa _veja como neste link aqui. Com certeza vai ser mais gostoso…

Transformando a fruta em creme
Transformando a fruta em creme

* Uma forma para picolés ou picoleteira _ se você ainda não tem, tá na hora de comprar uma. Tem em lojas de produtos para festas e confeitaria, na Internet e também nessas lojas que tem mil coisas de cozinha.

As de plástico são bem baratinhas (a partir de R$ 6) e as de alumínio ou aço inox, com preços acima dos R$ 30/R$ 35, tem em versões para 6, 12, 15 ou até 24 picolés.  No final do post tem as lojas com fones e endereços e os links diretos para compra nos sites.

Mirtilos esperam o creme de iogurte com damasco entrar na forma, que fica completa; não esqueça os palitos e marque os picolés 0 lactose
Mirtilos esperam o creme de iogurte com damasco entrar na forma, que fica completa; não esqueça os palitos e marque os picolés 0 lactose

* Palitos apropriados, custa R$ 3 um maço com 100 deles. Também se compra em lojas de produtos para festas ou pela Internet.

Manga, manga com banana, pêssego com manga
Manga, manga com banana, pêssego com mamão

* Mixer ou liquidificador. Dispensa explicações.

Mãos à obra:

*** Picolés de frutas – pegue sua picoleteira e meça a quantidade, em mililitros, que você vai precisar. Assim não há desperdícios. Na forma utilizada nestas fotos, cada picolé tem cerca de 80 ml.

Manga, leite, banana e mirtilos, manga com kiwi, bifásico de manga e pêssego com maracujá e kiwi com banana
Manga, leite, banana e mirtilos, manga com kiwi, bifásico de manga e pêssego com maracujá e kiwi com banana

Liquidifique as frutas de preferência quase sem água. Preparamos algumas versões: manga, pêssego com maracujá (este puro, sem bater), banana com kiwi, kiwi com manga e por aí vai. Use sua imaginação.

Pêssego com amoras e kiwi com banana e morangos
Pêssego com amoras e kiwi com banana e morangos

Dica: corte rodelas finas de kiwi e banana. Elas serão usadas inteiras e dão um visual incrível. As amoras podem ir inteirinhas ou cortadas ao meio. Depende da forma.

Gallizzi, picoleteira para 12 picolés, no Shopping Cozinha, R$ 59,41
Gallizzi, para 12 picolés, no Shopping Cozinha, R$ 59,41
Papel alumínio para embalar os picolés
Papel alumínio para embalar os picolés

A banana ajuda a adoçar os picolés de frutas mais azedinhas, como o morango e o kiwi. Não abuse, uma rodela grossa já é o suficiente, ou o gosto desta fruta vai “marcar” todos os picolés. A banana, congelada, resulta em uma massa cremosinha e docinha… Hum… Prefere mel? Manda prá receita!

Quando for usar o maracujá com as sementes inteiras, separe a outra fruta em um copinho ou recipiente e deixe um tempo no freezer até que fique um pouco duro.

Picoleteira para 15 picoles, R$ 42,99 na Santo Antonio
Picoleteira para 15 picoles, R$ 42,99 na Santo Antonio

Aí misture a polpa do maracujá _como as sementes são pesadas, elas precisam de um meio mais sólido para não cair tudo no fundo da forma. Sacou?

O mesmo vale para o mirtilo, se quiser que eles fiquem por toda a extensão do picolé (veja na foto) e framboesa.

Forma na Posthaus, R$ 7,99
Forma na Posthaus, R$ 7,99

*** Picolés à base de iogurte ou leite: vale mais misturou ao iogurte damasco e ameixas secas. É preciso hidratá-los antes, durante algumas horas. Vai notar que o damasco vai aumentar bastante de tamanho.

Bata em separado: o picolé com damasco fica mais azedinho, e o com ameixa, mais doce. Você pode misturar meio a meio, fazer três divisões… Também colocamos mirtilos na versão com damasco. Fica uma delícia!

Com o leite, é como fazer uma vitamina: só bater com fruta. Usamos a banana para que ficasse com textura encorpada. Esta versão levou os mirtilos por inteiro _colocados em baixo da forma e depois, no alto. Gostoso e atraente também para os olhos. Como a gente encontra nas hashtags,

Forma da Dodô Brinquedos, R$ 7,06
Forma da Dodô Brinquedos, R$ 7,06

“pornofood”, ou “foodporno” (expressão em inglês que significa que o prato é tão apetitoso que dá vontade de comer imediatamente).

Bem, encha a forma, ponha as rodelas como preferir e coloque os palitos bem no centro. Atenção, na hora de levar ao freezer, os palitos podem sair do lugar se o que preparou não ficou bem consistente. Tudo bem, só ajeitar.

Pois depois de 4 horas… os picolés já estão prontos para aplacar o calor que anda derretendo.

⇒ DICAS:

Kiwi, banana, morango, amora e pêssego, a seu bel prazer
Várias frutas
Forma para 6 picolés, R$ 14,90 nas lojas Penselar
Forma para 6 picolés, R$ 14,90 nas lojas Penselar

Se você preparou muitas frutas, não se preocupe. Separe papel alumínio e guarde os que já congelaram no próprio freezer, devidamente embalados. Lave a forma e faça uma nova leva.

Diferencie os picolés feitos com iogurte ou leite sem lactose para não gerar confusão… Basta fazer uma marca na ponta do palito com uma faquinha de serra (veja a foto). Ótima ideia!

Na hora de tirar, um truque: encha um recipiente com água e coloque dentro por alguns segundos, mexendo para que o picolé solte da forma. Isso é muito rápido e você vai saber se está no ponto ao tentar puxar pelo palito… Ele sairá inteirinho, lindo, sem derreter. Deixou na água muito tempo, ah, ele vai derreter um pouco e o visual vai comprometer. Natural.

Leite com mirtilos e banana e pêssego com maracujá
Leite com mirtilos e banana e pêssego com maracujá

Onde comprar as picoleteiras:

Lojas físicas:

São Paulo – Loja Santo Antônio – Rua Serra de Juréa, 736 – Tatuapé – Fone: (11) 2225-9100

Rio de Janeiro – Lojas Penselar – rua Humaitá 109 e 122 – Humaitá – Fone: (21) 2539-3236

Via Internet:

Shopping Cozinha, formas para 6 e 12 picolés neste link aqui e neste aqui

Posthaus neste link aqui

Loja do Dodo neste link aqui

Paraíso dos Confeiteiros, formas para 6 e 12 picolés neste link aqui e neste aqui

vale mais não se responsabiliza por alterações de preços e ausência de produtos nas bancas, lojas, sites e/ou estoque, assim como pela duração e garantia de produtos em promoções. Preços pesquisados em janeiro de 2015 não incluem cobrança de frete.

DELÍCIA DE PÁSCOA – Colomba Pascal, ponha a mão na massa

Feliz Páscoa!

Para comemorar esta data tão importante e que traz imagens de nascimentos, vale mais traz um dos posts mais procurados do blog. Corre no supermercado e começa logo a fazer esta receita deliciosa _porque fica pronto rapidinho:

A Páscoa está logo aí e você nem viu o preço de um bolo Colomba Pascal daqueles que a gente costuma comprar no supermercado ou em lojas de chocolates e mais mil e uma delícias.

Colomba Pascal em formato de pomba****
Colomba Pascal em formato de pomba****

Com esta receita que vale mais traz hoje, essa tarefa poderá ficar para o ano que vem… E fazer em casa, além de ser uma curtição, vai adoçar a família toda!

Frutas cristalizadas a granel
Frutas cristalizadas a granel

Quem dá o bolo _opa_, a dica é o site Tudo para Padarias, da empresa Italbrás, que fica em Brasília.

Tire raspas de 1 limão
Tire raspas de 1 limão

Então, mãos à obra e vai para a cozinha. A boa notícia é que esta receita é relativamente simples e barata. E muita coisa certamente você já tem no armário ou na geladeira ovos, leite, laranja, limão, manteiga.

Faltam as frutas cristalizadas e as amêndoas laminadas, mas no supermercado não é difícil hoje achar um pacote com essa especiaria doce.

Se preferir, você vai encontrar isso a torto e a direito na zona cerealista, no bairro do Brás, centro de São Paulo.

Bolo Colomba Pascal, receita prá você por a mão na massa
Bolo Colomba Pascal, receita prá você por a mão na massa ***

Bolo Colomba Pascal – Como fazer:

Amêndoa laminada da Santo Antônio
Amêndoa laminada da Santo Antônio

Ingredientes

1 xícara de leite morno
2 ovos
suco de 1 laranja
raspas de 1 limão
600 g de farinha de trigo
2 colheres (sopa) de manteiga
2 tabletes de fermento para pão
4 colheres (sopa) de açúcar

Recheio
300 g de frutas cristalizadas

Cobertura
100 g de chocolate amargo (derreta no microondas por 1 minuto)
100 g de amêndoas fatiadas (coloque no forno para deixá-las crocantes)

Barra de chocolate, foto de Everjean
Barra de chocolate

Modo de preparo
Misture os ingredientes da massa. Sove bem e então acrescente as frutas cristalizadas. Misture muito bem.

Coloque esta massa na assadeira e deixe crescer por 2 horas. Depois leve ao forno por 40 minutos, em fogo moderado.

Retire do forno, deixe esfriar, e coloque por cima da colomba o chocolate derretido e as amêndoas crocantes.

Onde comprar ingredientes online

Frutas cristalizadas – Zona Cerealista Empório, neste link aqui – R$ 2,49 cada 200 gramas

Amêndoas laminadas – Loja Santo Antonio, neste link aqui – R$ 19,09 o pacote com 150 gramas

* * * * * * * * * * * * * * *

Esprema uma laranja
Esprema uma laranja*

vale mais fala de compras, prestação de serviços, música, cinema, gastronomia, comportamento & o que mais der na telha. Para quem quer curtir coisas boas e economizar _valorize seu dinheiro!

Até logo!

*Foto de  Tuli Nishimura, licença Creative Commons,** Foto de Everjean, licença Creative Commons, 16 de outubro de 2007, ***Foto do site www.tudoparapadarias.com.br,****Foto de Nicola, licença Creative Commons 4 março de 2012

vale mais não se responsabiliza por alterações de preços e ausência de produtos nas bancas, lojas, sites e/ou estoque, tampouco durante promoções. Preços pesquisados em 27 de março de 2015 foram atualizados hoje _não incluem frete.

PRATO DE CHEF – Açaí com banana mais granola com energia de Rita Taraborelli

Volta às aulas, à academia, à corrida no parque, a caminhada acelerada em busca de boa saúde. E ao corre-corre do dia a dia.
É, a comida também é ingrediente importante dos momentos que o corpo pede reposição. Então, hora de uma receita doce e gostosa _mas zero açúcar! Açaí com banana turbinada com granola caseira.
Açaí congelado e natural, banana nanica, suco de uva e guaraná e pó. Zero açúcar na receita
Açaí congelado e natural, banana nanica, suco de uva e guaraná e pó. Zero açúcar na receita, rapaziada, porque o lanche é saudável!

Uma boa pedida de preparo para este finde que começa na saída do trabalho desta sexta-feira.

Melhor: tudo feito pela chef Rita Taraborelli especialmente para você preparar na sua cozinha. Barato, prático e delícia que rende várias porções _prato típico que a gente gosta de mostrar aqui no blog vale mais.
Olha só o resultado:
Para quem não conhece, Rita é uma pessoa com muitas qualidades: além de ser chef, ela escreve blogues e livros, cozinha, costura, desenha, pesquisa no Brasil e em outros países.
Rita Taraborelli e dois de seus livros
Rita Taraborelli e dois de seus livros
Faz o blog Prato de PapelMultifacetada  e talentosa. Como se não bastasse, é praticante de yoga.

Hoje, um pouco de seus segredos de liquidificador que ela revela de sua casa, em Sorocaba, interior do Estado de São Paulo.

O liquidificador vai cuidar de misturar os ingredientes
O liquidificador vai cuidar de misturar os ingredientes

Vamos lá?

Receita de açaí com granola zero açúcar:
O creme – ingredientes:
300 gramas de polpa de açaí (sem xarope de guaraná)

4 bananas maduras

1 xícara de suco de uva sem açúcar

1 colher de chá de guaraná em pó

2 colheres de sopas de chia (opcional) – para engrossar

200 gramas de amora e framboesas (opcional)

Preparo: simplesmente bata tudo no liquidificador até ficar cremoso.

Logo cortadoReceba as boas notícias de vale mais direto no celular 📲. Envie uma mensagem para 011 9 9985-3577 e pronto! Clique aqui e saiba mais
Óleo de coco, aveia, mel, castanha do Pará, uva-passa, raspas de limão, cúrcuma e canela
Óleo de coco, aveia, mel, castanha do Pará, uva-passa, raspas de limão, cúrcuma e canela

1 xícara de aveia em flocos

2 colheres de sopa de castanhas de sua preferência

1/2 xícara de uva passa ou outra fruta desidratada

É tão fácil preparar a granola na frigideira!
É tão fácil preparar a granola na frigideira!

3 colheres de sopa (rasas) de óleo de coco

1 colher de café de cúrcuma

1 colher de café de canela

1 limão (raspas)

Em uma frigideira de fundo grosso derreta o óleo e adicione a cúrcuma, as raspas e a canela, em seguida adicione a aveia com as castanhas e mexa, em fogo baixo, até dourar. Levará em torno de 5 a 10 minutos.

Desligue o fogo e adicione as passas. Pronto!

Sirva sobre o açaí em tigelas e finalize com um fio de mel ou melado.

O açaí rende para três pessoas e ainda fica granola para guardar no armário.
Capa do livro Comidinhas Vegetarianas
Capa do livro Comidinhas Vegetarianas, R$ 54,90

Livro Comidinhas vegetarianas, de Rita Taraborelli,  na Saraiva neste link aqui e na Cultura, neste link aqui.

Snapchat de vale mais
Snapchat de vale mais
 vale mais

 Para quem quer curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções. Fotos do blog vale mais. Preços de 25 de fevereiro de 2016.

SAUDÁVEL E MAGRO – Picolé de abacaxi com gengibre refresca e é barato

Carnaval rolou e agora é pegar leve. Foi sanduba fora de casa, comida fora de hora, frituras no boteco entre um bloco e outro… Hora de dar um detox em tudo isso!

Para entrar na linha e enfrentar o calorão que já está pegando, só mesmo uma receita que detona os excessos: picolé de abacaxi com gengibre.

Picolé de abacaxi com gengibre é refrecante e barato
Picolés de abacaxi com gengibre: sem açúcar, sem leite e sem creme de leite. Que barato!

Refresca, hidrata e é super-refrescante. Picolé feito em casa vale mais: zero açúcar, zero lactose e zero gordura. Mais? É barato, você não precisa gastar os tubos para fazer. E dá para toda a família.

vale mais publicou:

BARATO E SAUDÁVEL – 3 Receitas arrasadoras de picolé de manga com coco, maracujá e cereja

≡ Geladinho detox – receia para detonar o calor e os excessos do garfo

A receita é simples e pode ser feita por qualquer pessoa, mesmo por quem não tem experiência alguma na cozinha.

Veja um dos posts mais procurados do blog:

Faça picolés e dê um gelo no calor

O picolé de abacaxi com gengibre é saudável, barato e agrada principalmente quem está querendo baixar os números da balança e dar um tempo nos lanches e sobremesas extremamente calóricos.

O abacaxi é uma fruta que não falta na geladeira de quem faz RA (Reeducação Alimentar) e de quem curte alimentação natural vinda de alimentos in natura. Um picolé de abacaxi tem cerca de 61 calorias, para você ter uma ideia de como é magro.

Abacaxi, base para picolés refrescantes, Andrew Frier+
Abacaxi, base para picolés refrescantes, Andrew Frier+

Ah, além de delicioso e de baixa caloria, é bem barato: um abacaxi de tamanho médio a grande vai render de 10 a 12 picolés e custa cerca de R$ 5 a 7 (pode até ser menos, depende da época).

Mais um pedaço de gengibre que não vai custar mais que R$ 1. UAU muito pouco!!!

Uma soma que não dá R$ 8 _preço de uma paleta mexicana simples que a gente encontra em food trucks e em barracas em shoppings, galerias e até em banca de jornais.

Olha só o que vai na receita:

♦ 1 abacaxi maduro, no ponto de ser consumido (R$ 5 a R$ 7);

♦ 1 pedaço de cerca de 4/5 centímetros de gengibre (R$ 1 a R$ 2).

Essencial:

♦ Liquidificador ou mixer

♦ Forma de picolé, ou picoleteira  – Para seis unidades, superbarata, aqui neste link

 *  *  *  *  *  *  *  *  *  *  *

Logo cortado              Receba as boas notícias de vale mais direto no celular. Envie a mensagem com a frase EU QUERO para 011 9 9985-3577  no WhatsApp e pronto!  Clique aqui e saiba mais

 *  *  *  *  *  *  *  *  *  *  *

Gengibre, por Delphine Ménard*
Gengibre, por Delphine Ménard*

Como fazer:

Descasque o abacaxi e tire todos os “olhos” que por venture ficarem. Corte em pedaços sem o miolo fibroso.

Abacaxi em pedaços, Tim Sackton***
Abacaxi em pedaços, Tim Sackton**

Descasque o gengibre e corte em rodelas ou pequenos pedaços.

Coloque o abacaxi em uma vasilha e metade do gengibre que descascou.

Liquidifique no mixer. Ou use o liquidificador até virar suco.

Gengibre picado, t&t bild(A)welt****
Gengibre picado, t&t bild(A)welt***

Experimente. Se achar que pode colocar um pouco mais do gengibre, é a hora de colocar mais um pouco _a quantidade de gengibre depende bastante do gosto de quem vai saborear o picolé.

Aperte bem a fibra na peneira até que passe todo o caldo do abacaxi e do gengibre
Aperte bem a fibra na peneira até que passe todo o caldo do abacaxi e do gengibre

Em seguida coe em uma peneira grossa até que fique somente a fibra do abacaxi e do gengibre. Nada de preguiça: prense bem no final, ou correrá o risco de mandar para o lixo suco que ainda tem na fibra.

Como deve ter notado, esta receita não leva água nem açúcar nem adoçante. A mistura ficará quase cremosa e exalando o cheiro do gengibre. Delícia!

Escolha abacaxi de preferência do tipo pérola e bem no ponto Se o abacaxi que usou é Havaí ou não está tão doce, você pode colocar um pouco de mel.

Coloque o suco em uma caneca ou vasilhame por cerca de 60 minutos na geladeira para que fique denso.

Quando retirar, vai notar que o suco engrossou. Bata com um garfo para ficar homogêneo e coloque na picoleteira. Fazer isso deixa o picolé mais homogêneo _como o abacaxi é bem líquido, costuma deixar a parte mais líquida no fundo da forma. Mas se acontecer, tudo bem!

Coloque os palitos cerca de 30 minutos depois de encher a forma de picolés
Coloque os palitos cerca de 30 minutos depois de encher a forma de picolés

Leve ao freezer sem os palitos. Meia hora depois, é só colocar os palitos, que podem ser de madeira ou de plástico, se já vieram com a picoleteira.

Mais 3 a 4 horas no freezer e pronto! Picolés de abacaxi com gengibre refrescantes, perfumados e deliciosos.

Picolés de abacaxi com gengibre são um abano no calor!
Picolés de abacaxi com gengibre são um abano no calor!

 Dica para deixar seus picolés estilosos:

Lave um limão e passe a casca no ralador, parte bem fina. Misture ao suco e você terá um pouco do gosto das raspas e o perfume característico do limão. HUM!!!

Abacaxi, Trevor King, 13 de fevereiro de 2014
Abacaxi, detalhe, Trevor King****

vale mais

 Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços e ausência de produtos em sites e lojas físicas nem por links inexistentes. Imagens do blog e com licença Creative Commons: +21 de março de 2015, *21 de fevereiro de 2006, **29 de março de 2012. ***9 de agosto de 2014, ****13 de fevereiro de 2014. Preços de 8 e 9 de fevereiro de 2016.

 

 

Porta-sanduíche 🍔 garante economia e lanche saudável

Os marmiteiros já sabem: como é bom comer comida saudável feita em casa ao mesmo tempo que se economiza. Pois quem quer fugir dos restaurantes e lanchonetes tem ainda mais outra boa opção para se carregar pequenas refeições: os porta-sanduíches 🍔 ou porta-lanches 🍕 🍰.

Porta-sanduíche simples de plástico da Casa & Vídeo, R$ 4,99
Porta-sanduíche simples de plástico da Casa & Vídeo, R$ 4,99

Em geral pequenos ou médios e ideais para carregar sandubas,  queijos, frutas em pedaços ou em fatias ou pedaços de tortas. Tudo para você garantir um lanche saudável e feito pelas suas próprias mãos ou por alguém da sua família.

Porta-sanduíche Built com capa de neoprene, R$ 66,48 no Extra _e pode ser retirado em loja
Porta-sanduíche Built com capa de neoprene, R$ 66,48 no Extra _e pode ser retirado em loja

Os porta-sanduíches são uma excelente opção para quem está de dieta e precisa de refeições intermediárias.

Pote para sanduíche baixo da Sanremo, R$ 14,45 na Americanas e no Extra
Pote para sanduíche baixo da Sanremo, R$ 14,45 na Americanas e Ponto Frio e nas Casas Bahia, R$ 14,44

Também é a solução para quem é costuma ir para a academia e deve preparar antes o organismo com alimentos indicados para se obter um bom rendimento nos exercícios. Nada de ceder à tentação dos sandubas com ingredientes light presentes nas cafeterias de academias… Ah, e tem o tal lanche pós-treino _e o porta-sanduíche entra de coadjuvante no pedaço.

O porta-sanduíche Lekue verde tem lugar para escrever o nome do dono, R$ 59,99 na Etna
O porta-sanduíche Lekue verde tem lugar para escrever o nome do dono, R$ 59,99 na Etna

Moral da história: fim do papel alumínio, saquinhos de plástico com fechamento tipo zíper e outras soluções adaptadas. UFA!

Claro que esses recipientes primos-irmãos da marmita não são indicados para refeições com grande quantidade de molhos. Mas nem é caso, certo?

Porta-sanduíche com dois recipientes e capa na cor preta, bem masculino, R$ 96,11 no Extra, também pode ser retirado na loja
Porta-sanduíche com dois recipientes e capa na cor preta, bem masculino, R$ 96,31 no Extra, também pode ser retirado na loja

Transparentes, coloridos, tipo flip ou com tampa completamente destacável, podem ser encontrados em sites online como Americanas, Extra, Ponto Frio e Casa & Video, por exemplo.

Logo cortado Receba as boas notícias de vale mais direto no celular 📲. Envie uma mensagem para 011 9 9985-3577 e pronto! Clique aqui e saiba mais

Há vários modelos e a maioria é feita de plástico. Alguns vêm com divisões ou “andares” e os importados da marca Built, bem conhecida, já possuem uma capa justinha com zíper de neoprene para conservar por algumas horas a temperatura do lanche.

Porta-sanduíche da Fuel de tecido tipo envelope, R$ 35,99 na Etna
Porta-sanduíche da Fuel de tecido tipo envelope, R$ 35,99 na Etna

Também há algumas versões de tecido com design bem chique. Certeza que ao tirar da bolsa ou mochila, seu lanche vai chamar a atenção pelo bom gosto.

Dependendo do modelo, há preços que não chegam a R$ 5. Mas há produtos mais sofisticados que podem ter o preço maior que uma boa marmita.

Onde comprar porta-sanduíches:

AmericanasCasa & VideoCasas BahiaEtna –  Extra aqui  e também aquiPonto Frio

Clique e saiba mais:

Economize e coma bem levando marmita ao trabalho

Livro dá receitas de chef para marmita

Marmita elétrica garante refeição quente

Marmitas siliconadas, fácil de comprar online

Uma boa marmita vale mais que um prato cheio no quilo

vale mais
Hambúrguer Ruby do Les 3 Brasseurs: fraldinha, tomate, molho cheddar vermelho, ketchup, pimentão confitado vermelho e cebola roxa confitada no pão de hambúrguer vermelho: R$ 15
Hambúrguer Ruby do Les 3 Brasseurs

 Para quem quer curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

Nas redes sociais, é só clicar:

facebook_logo_detail          Logo Pinterest          Twitter_logo_blue          Instagram_Icon_Large          Google+       Logo tumblr azul no transparente

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções. Imagens dos sites das empresas Preços pesquisados em 25 de outubro de 2015 não incluem frete.

FACEBOOK LEGAL 👍 – Comprar orgânicos 🍎 🍄 🍓 em grupo pode salvar seu bolso

Quem quer se alimentar de forma saudável 🍅 🍆 🍐 sabe que produtos orgânicos são uma boa solução _do café da manhã ao chazinho de antes de deitar. Entretanto, e, por enquanto, os alimentos orgânicos ainda têm preço acima de seus similares cultivados e processados com agrotóxicos e outros aditivos químicos.

Ramas de cenouras orgânicas
Ramas de cenouras orgânicas

Como os tempos estão mesmo para cintos apertados, os grupos de compras coletivas de orgânicos _que não tem nada a ver com aqueles sites da Internet com ofertas de produtos_  vieram para salvar sua carteira. No Facebook há vários espalhados por quase 20 cidades brasileiras, do Nordeste ao Sul do Brasil.

Lado bom das redes sociais 👍 que vale mais traz hoje _para quem quer aderir ou conhecer e experimentar o esquema. Que funciona!

Compras de alimentos orgânicos feitas de forma coletiva em grupos no Facebook esperam ser retirados
Compras de alimentos orgânicos feitas de forma coletiva em grupos no Facebook esperam ser retirados

O mapa mostra onde já há grupos organizados, dê uma olhada se sua cidade já tem esses grupos no Face:

COMO FUNCIONAM OS GRUPOS:

  • Em geral os participantes compram juntos uma quantidade maior e conseguem negociar preços melhores, mais baixos que em supermercados e em feiras ou lojas independentes de produtos orgânicos;

    Capuchinha ou flor de capuchinha orgânica
    Capuchinha ou flor de capuchinha orgânica
  • Os produtos podem vir direto do produtor ou de algum distribuidor. Tudo é negociado antes e a ideia é que a troca seja justa para o produtor;
  • A compra chega com data marcada e 📆, em geral, em um ou alguns pontos combinados. Pode ser casa 🏠 ou apartamento 🏢. Os participantes dessa compra vão buscar os produtos e as vezes levam consigo as compras de outras pessoas que moram muito distante deste ponto. Mas mais perto de você. Faz parte do chamado espírito colaborativo destes grupos;
  • É tudo muito bem combinado antes, inclusive a forma de pagamento.

 *  *  *  *  *  *  *  *  * 

Logo cortadoReceba as boas notícias de vale mais direto no celular. Envie uma mensagem para 011 9 9985-3577 e pronto! Clique aqui e saiba mais

 *  *  *  *  *  *  *  *  * 

Bananas orgânicas
Bananas orgânicas

COMO PARTICIPAR:

  • Se você já tem perfil na rede, procure o grupo aqui pelo link direto que vale mais traz logo abaixo;
  • Solicite permissão para entrar. Os administradores dos grupos irão se corresponder por email antes para avaliar teu perfil para a aprovação.
  • Ao ser aprovado, você deve ler as regras do grupo e aceitá-las, claro.
  • Depois de aceito, procure as listas de compras que estão abertas e entre naquelas que te interessar.  Tatiana Perez, uma das administradoras, diz que a média é de 30 listas abertas ao mesmo tempo.
  • Alho poró e couve orgânicos
    Alho poró e couve orgânicos

    Claro que os grupos abrem e fecham com datas definidas e você precisa estar atento. Assim como saber que há prazos para confirmação se irá participar de determinada compra, datas e regras para pagamento.

  • Você também pode abrir uma lista, assim como qualquer participantes do grupo.
  • Os detalhes são diferentes em cada compra e cada grupo. Mas o importante é aceitar as regras e participar.
  • O espírito dos grupos de compra é colaborar com todos e compartilhar algumas tarefas, além de buscar preços mais baixos que em feiras e no varejo. Então, por exemplo, um ou vários participantes se responsabilizam pela abertura de uma lista e controlam os pagamentos, outros poderão se dispor a receber toda a compra em casa ou em algum local adequado.
  • Se você participar, precisará ir buscar sua compra no local combinado. E, algumas vezes, levar consigo as encomendas de outros participantes que moram perto de você. Mais economia, gente!

Uma boa maneira de participar com mais tranquilidade é acompanhar a comunicação do grupo e ver como as pessoas fazem, se dividem para as tarefas, etc e tal.

Abaixo, os links dos Grupos Comida da Gente, que estão entre os principais grupos. Veja se a cidade onde você mora está nesta lista _só clicar em cima do nome da cidade:

São Paulo – Rio de Janeiro –  Belo Horizonte – Brasília

João Pessoa –  Juiz de Fora – Londrina Teresópolis

Sul Fluminense – Niterói – Ilha do Governador –  Barra, Recreio

Milho orgânico*
Milho orgânico*

Jacarepaguá

Sorocaba – Vitória

Curitiba – Santos

Porto Alegre – Florianópolis – Recife

vale mais

 Para quem quer curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

Estamos nas redes sociais _só clicar:

facebook_logo_detail           Twitter_logo_blue           Instagram_Icon_Large           Google+

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções. Fotos do blog e de *Rob Bertholf, agosto de 2015, licença Creative Commons.

COMIDA – Feira orgânica 🌱 do Ibirapuera é modelo

As feiras orgânicas 🍌 🍎 🍄 🌱 estão se proliferando em todo o país. Com alimentos frescos, in natura, e com oferta de pães integrais, doces, enlatados, queijos frescos e até comida feita na hora, elas são uma atração à parte.

Tomates não faltam em bancas da Feira Orgânica do Ibirapuera
Tomates não faltam em bancas da Feira Orgânica do Ibirapuera

Em São Paulo, a Feira de Produtos Orgânicos e da Agricultura Limpa do Ibirapuera pode servir como modelo de tão exemplar. Com dezenas de bancas com produtores de frutas, legumes, verduras e tantos outros produtos prontos, atrai muitos consumidores das 7 às 13h todos os sábados na rua Curitiba, a cerca de 200 metros do Parque Ibirapuera.

Dá só uma olhada no que rola por lá:

A feira acontece em um terreno da Prefeitura onde há espaço para aeromodelismo e treinamento com cães. Mas a feira rola em separado dessas atividades, não se preocupe.

Logo cortadoReceba as boas notícias de vale mais direto no celular. Envie uma mensagem para 011 9 9985-3577 e pronto! Clique aqui e saiba mais

O corredor é amplo e dá para andar à vontade. As bancas se espalham pelos dois lados e ainda cabem outras no meio. E quem frequenta vai à vontade, com sacolas e carrinhos e também com a filharada.

Cenouras em ramas, compra imperdível
Cenouras, beterrabas e rabanetes em ramas, compra imperdível
Cogumelos orgânicos frescos, hum!
Shitake orgânico, hum!

Além de frutas, verduras, legumes, tem bancas com conservas, pratos prontos salgados e doces.

Tem também suco verde feito na hora que é bem disputado e tapioca com vários recheios.

Se você preferir, tem café expresso _com grãos orgânicos, claro. E você pode tomá-lo junto com bolo ou pão integral. Ah, tem sorvete de massa ou picolé. Tudo orgânico, né!

Ei, não se preocupe, um “descansódromo” com mesas e cadeiras recebe todos que vão tomar café da manhã ☕, um lanche antes do almoço ou os amigos que param para uma conversa.

Barzinho improvisado para café, suco e muito papo animado
Barzinho improvisado para café, suco e muito papo animado

Melhor de tudo é que tem também bem embaixo de várias árvores um parquinho com brinquedos feitos de pneus reciclados 👏. Enquanto as mães fazem a feira, os pais brincam com os filhos. Ou vice-versa.

A criançada se diverte com os pais no parquinho de pneus reciclados
Espaço reservado para diversão e brincadeiras
Cebolinha e couve, tudo sem agrotóxico
Cebolinha e couve, tudo sem agrotóxico

Os preços de produtos orgânicos são, em geral, um pouco acima dos cultivados com aditivos e agrotóxicos. Mas veja só o que este casal tem a dizer:

A feira recebe famílias inteiras, grupos de amigos que compartilham carros e gente que vai sozinha de bike.   Amplo, o terreno é perfeito porque abriga a feira e tem espaço para um estacionamento gratuito e organizado por seguranças.

vale mais já publicou - clique e saiba mais:

        10 Passos para uma alimentação saudável

Mapas mostram onde comprar alimento orgânico em todo o Brasil

Tem barras para motos e bicicletas e os cachorros têm que estar com guias _nada de incidentes, né?

Quiches em vários sabores, feitos com calma!
Quiches em vários sabores, feitos com calma!
Suco verde sem segredo e coado na hora
Suco verde com receita e coado na hora
Algumas bancas preferem colocar os produtos em sacos para proteger
Dependendo da fruta ou verdura, a embalagem é caixa ou saquinho
Mudas de temperos orgânicos, não leva quem não tem espaço em casa
Mudas de temperos orgânicos, não leva quem não tem espaço em casa
Pães à toda prova, com trigo sem agrotóxicos
Pães à toda prova, com trigo sem agrotóxicos
Bikeiros são bem recebidos na feira, tem espaço e estacionamento para duas rodas!
Bikeiros são bem recebidos na feira, tem espaço e estacionamento para duas rodas!

Feira Orgânica do Ibirapuera

Rua Curitiba, 292, Paraíso, zona sul de São Paulo, aos sábados, das 7h às 13h. Entrada de carros permitida até 11h30.

vale mais

Os sorvetes ficam bem conservados na geladeira
Os sorvetes ficam bem conservados na geladeira

 Para quem quer curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

Estamos nas redes sociais _só clicar:

facebook_logo_detail           Twitter_logo_blue           Instagram_Icon_Large           Google+

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções. Todas as fotos são do blog. Preços pesquisados em agosto e setembro de 2015 podem sofrer alterações.

RECEITA – Vídeo ensina salada de fusilli sem glúten para marmita

Com salário ficando curto antes do final do mês, uma boa alternativa para não ficar sem grana e nem precisar emprestar é levar marmita ao trabalho.

Fusilli de milho sem glútten da Tivva, R$ 8,09 na Organomix
Fusilli de milho sem glútten da Tivva, R$ 8,09 na Organomix

Se você já é marmiteiro ou está se preparando para adquirir a sua, saiba que tem boas receitas próprias de pratos saudáveis que vão sair do fogão da sua casa com destino certo: o escritório onde você trabalha.

Bom, prá você deixar os colegas com água na boca com uma marmita bonita e com alimentos saudáveis, basta aprender direto aqui com este vídeo-receita aqui, ó: salada orgânica com fusilli sem glúten.

Vamos dar uma checada, é moleza fazer:

O vídeo foi feito pela Bento Store, loja especializada em marmitas chiques e charmosas, com o supermercado online de produtos orgânicos Organomix.

.       .       .       .       .       .       .       .       .       .       .       .       

Logo cortadoReceba vale mais no celular. Criem um contato e envie uma mensagem para    011 9 9985-3577 pelo WhatsApp. Pronto! Clique aqui para saber mais

.       .       .       .       .       .       .       .       .       .       .       .       

vale mais já publicou – clique e saiba mais:

Economize e coma bem levando marmita ao trabalho

Livro dá receitas de chef para marmita

Marmita de silicone tá pintando no Rio de Janeiro

Preparando o pepino para a salada
Preparando o pepino para a salada

Marmita prá criança com cara de brinquedo

Marmita elétrica garante refeição quente

Marmitas siliconadas, fácil de comprar online

SE LIGUE – Aprenda a cuidar bem da marmita elétrica

Siliconaram a marmita!

Uma boa marmita vale mais que um prato cheio no quilo

Acrescentando o fusilli com os outros ingredientes
Acrescentando o fusilli com os outros ingredientes

Receitas:

Arroz com legumes vai bem na marmita

RECEITA – Mousse de uva light prá marmita

Links:

Bento StoreOrganomix

vale mais

 Para quem quer curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

Estamos nas redes sociais _só clicar abaixo:

facebook_logo_detail           Twitter_logo_blue           Instagram_Icon_Large           Google+

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções.

Alimentos in natura, a melhor opção

Você sabia que a base de sua alimentação deve ser de alimentos in natura ou minimamente processados? Esta é uma das recomendações do Guia Alimentar para a População Brasileira, publicação do Ministério da Saúde que indica os princípios de como o brasileiro deve programar suas refeições.

O guia é um importante estudo para orientar os brasileiros a combater a desnutrição. E também prevenir doenças que estão dando o que falar, como a obesidade, diabetes, câncer e até infarto. Já está em sua segunda edição e pode ser baixado em sua totalidade da Internet.

 

Hoje vale mais traz parte da publicação que se refere a esta categoria de alimentos. Já publicamos partes do guia nos posts

➡  10 passos para uma alimentação saudável

 Saiba escolher, conservar e manusear bem os alimentos.

Vamos lá:

Faça de alimentos in natura ou minimamente processados a base de sua alimentação:

Alimentos in natura ou minimamente processados, em grande variedade e predominantemente de origem vegetal, são a base para uma alimentação nutricionalmente balanceada, saborosa, culturalmente apropriada e promotora de um sistema alimentar socialmente e ambientalmente sustentável.

Como vimos, alimentos in natura são obtidos diretamente de plantas ou de animais e são adquiridos para o consumo sem que tenham sofrido qualquer alteração após deixarem a natureza.

A aquisição de alimentos in natura é limitada a algumas variedades como frutas, legumes, verduras, raízes, tubérculos e ovos. E, ainda assim, é comum que mesmo esses alimentos sofram alguma alteração antes de serem adquiridos, como limpeza, remoção de partes não comestíveis e refrigeração.

Grãos do Rio, por Diego Dacal, julho de 2010
Grãos do Rio, por Diego Dacal, julho de 2010

Outros alimentos como arroz, feijão, leite e carne são comumente adquiridos após secagem, embalagem, pasteurização, resfriamento ou congelamento.

Outros grãos como os de milho e trigo e raízes como a mandioca costumam ainda ser moídos e consumidos na forma de farinhas ou de massas feitas de farinhas e água, como o macarrão. O leite pode ser fermentado e consumido na forma de iogurtes e coalhadas.

Secagem de café, por Mauro Guanandi, agosto de 2008
Secagem de café, por Mauro Guanandi, agosto de 2008

Limpeza, remoção de partes não comestíveis, secagem, embalagem, pasteurização, resfriamento, congelamento, moagem e fermentação são exemplos de processos mínimos que transformam alimentos in natura em minimamente processados. Note-se que, como em todo processamento mínimo, não há agregação de sal, açúcar, óleos, gorduras ou outras substâncias ao alimento.

Alimentos in natura tendem a se deteriorar muito rapidamente e esta é a principal razão para que sejam minimamente processados antes de sua aquisição. Processos mínimos aumentam a duração dos alimentos in natura, preservando-os e tornando-os apropriados para armazenamento.

E podem também abreviar as etapas da preparação (limpeza e remoção de partes não comestíveis) ou facilitar a sua digestão ou torná-los mais agradáveis ao paladar (moagem, fermentação).

Arroz integral, michelle@TNS, agosto de 2011
Arroz integral, michelle@TNS, agosto de 2011

Em algumas situações, técnicas de processamento mínimo, como o polimento excessivo de grãos, podem diminuir o conteúdo de nutrientes dos alimentos e, nesses casos, deve-se preferir o alimento menos processado (como a farinha de trigo menos refinada e o arroz integral).

Entretanto, na grande maioria das vezes, os benefícios do processamento mínimo superam eventuais desvantagens.

Abaixo, uma definição da categoria de alimentos in natura ou minimamente processados e uma lista detalhada de exemplos.

O que são alimentos in natura ou minimamente processados?

Alimentos in natura são obtidos diretamente de plantas ou de animais e não sofrem qualquer alteração após deixar a natureza.

image
Peixe fresco, por Hits Thatswitch

Alimentos minimamente processados correspondem a alimentos in natura que foram submetidos a processos de limpeza, remoção de partes não comestíveis ou indesejáveis, fracionamento, moagem, secagem, fermentação, pasteurização, refrigeração, congelamento e processos similares que não envolvam agregação de sal, açúcar, óleos, gorduras ou outras substâncias ao alimento original.

Exemplos:

Legumes, verduras, frutas, batata, mandioca e outras raízes e tubérculos
in natura ou embalados, fracionados, refrigerados ou congelados;

arroz branco, integral ou parboilizado, a granel ou embalado;

O milho aos olhos de Aurore Antoine, setembro de 2012
O milho aos olhos de Aurore Antoine, setembro de 2012

milho em grão ou na espiga, grãos de trigo e de outros cereais;

feijão de todas as cores, lentilhas, grão de bico e outras leguminosas;

cogumelos frescos ou secos;

frutas secas, sucos de frutas e sucos de frutas pasteurizados e sem adição de açúcar ou outras substâncias;

O espaguete de Annabelle Orozcom, março 2012
O espaguete de Annabelle Orozcom, março 2012

castanhas, nozes, amendoim e outras oleaginosas sem sal ou açúcar; cravo, canela, especiarias em geral e ervas frescas ou secas;

farinhas de mandioca, de milho ou de trigo e macarrão ou massas frescas ou secas feitas com essas farinhas e água;

carnes de gado, de porco e de aves e pescados frescos, resfriados ou congelados;

Leite, por Chris Pelliccione, agosto de 2014
Leite, por Chris Pelliccione, agosto de 2014

leite pasteurizado, ultrapasteurizado (‘longa vida’) ou em pó, iogurte (sem adição de açúcar);

Água fresca, Alexander St., outubro de 2009
Água fresca, Alexander St., outubro de 2009

ovos;

chá, café, e água potável.

*  *  *  *  *

vale mais

 O blog para quem quer curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

 

 vale mais não se responsabiliza por alterações de informações e recomendações do guia editado pelo Ministério da Saúde. Reprodução do texto e fotos sob licença Creative Commons. Todas as imagens são creditadas.

Prato de chef – Um bocadinho mais do espaguete de Jeff Morais

Comida gostosa a gente repete! vale mais traz hoje mais uma bicadinha do encontro especial com o chef Jeff Morais, do restaurante CT Trattorie, no Rio de Janeiro.

 

Misture alho e salsa com o azeite já quente
Misture alho e a sálvia com o azeite já quente

Sua receita de espaguete feito à mão com molho de tomate e camarões gigantes chamou a atenção!

No ponto certo de ir para o prato
No ponto certo de tirar do cozimento

Então vamos lá ver um pouco mais do passo a passo de seu Pici Aglione, prato típico da região da Toscana, na Itália, feito exclusivamente para o blog para a seção Prato de chef.

A receita tá aqui – PRATO DE CHEF – Espaguete feito à mão com molho de tomate e camarões de Jeff Morais.

 

Misture bem o espaguete com o alho e a salsa
Misture bem o espaguete com os camarões
Rale um pouco de queijo direto na panela
Rale um pouco de queijo direto na panela

 

 

 

 

 

 

 

image*  *  *  *  *  *  *  *  *  *  *  * 

vale mais

 O blog para quem quer curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

vale mais nas redes sociais _só clicar abaixo:

facebook_logo_detail           Twitter_logo_blue           Instagram_Icon_Large           Google+

PRATO DE CHEF – Espaguete feito à mão com molho de tomate e camarões de Jeff Morais

Prato de chef traz hoje a mão maravilhosa de Jeff Morais, chef da CT Trattorie, badalado restaurante que fica na Lagoa, Rio de Janeiro. Jeff cozinhou exclusivamente para vale mais um prato típico da Itália que ele faz para sua família:  o Pici Aglione.  No bom português, espaguete com camarões _e gigantes_  com molho de tomates.

Prato de Jeff Moraes: Espaguete com molho de tomate e camarões, ou Pici Aglioni
Prato de Jeff Morais: Espaguete com molho de tomate e camarões, ou Pici Aglione

A surpresa é que Jeff ensina tudinho tudinho, inclusive a fazer (isso mesmo) o espaguete. É, a ideia da seção Prato de chef é essa: mostrar o passo a passo de um prato feito pelo cara que entende do riscado para a gente fazer no nosso fogão.

Logo cortadoReceba as boas notícias de vale mais direto no seu celular. Você não paga nada!Envie uma mensagem para 011 9 9985-3577 no WhatsApp. Pronto! É de graça! Vem, o blog tá quente!

Ingredientes do espaguete de Jeff Morais
Ingredientes do espaguete de Jeff Morais

Jeff Morais estava morando na Itália quando o acaso o colocou de frente com o chef Claude Troisgros, um dos mais conhecidos e requisitados chefs do país. Dono da CT Trattorie e de outros restaurante estrelados do Rio, Troisgros convidou Jeff a voltar ao Brasil e tocar a tratoria, que tem cardápio italiano, claro.

E lá está ele, no comando de uma brigada de dezenas de pessoas que o ajudam no forno e no fogão.

Massa depois do descanso, pronta para virar espaguete
Massa depois do descanso, pronta para virar espaguete

Simpático, Jeff preparou um prato que é sucesso na Toscana _região que ele conhece bem, pois morou em Siena (UAU!). E melhor de tudo é que para este prato, exclusivo para vale mais, você irá gastar não mais que R$ 20 _e para duas pessoas.

Vamos lá ao espaguete grosso feito a mão, com molho de tomates, alho, sálvia e camarões, que na Itália é chamado de Pici Aglione.

Ingredientes – Você vai precisar de:

Massa (4 porções):DSC_3817

Farinha de trigo – 125 gramas

Farinha de sêmola – 125 gramas

Água  – 125 ml

3 camarões gigantes

1 colher de sopa de salsa

image4 colheres de sopa de azeite Extra Virgem

2 alhos laminados

Molho (2 porções)

Tomate pelati (sem casca) -125 gramas

Alho – 50 gramas

Azeite de Oliva – 125 ml

Sálvia – 1/4 de um maço

Parmesão – 30 gramas

Como preparar:

1 – Começando pela massa: misturar as farinhas com água aos poucos, fazendo um círculo e mexendo a massa no meio do círculo. Note que quando parar de grudar nas mãos, é o ponto de parar.

2 – Deixe descansar por 30 minutos em um canto quieto.

Enquanto isso… prepare o molho:

Misture tudo para juntar com o tomate
Misture tudo para juntar com o tomate

3 – Bata o alho cru com azeite e folhas de sálvia.

4 – Leve para o fogo e misture o tomate pelati.

5 – Se achar que precisa, corte a acidez do tomate com açúcar (só um poquinho). Use sal e pimenta a gosto (cuidado para não exagerar).

Mixer em ação no molho do espaguete
Mixer em ação no molho do espaguete

6 – Coloque tudo no mixer, porque vai ficar bem cremoso.

E agora que você já deu conta do molho, super fácil, voltemos ao espaguete:

7 – Corte a massa em partes pequenas e coloque sobre a mesa ou bancada onde você está trabalhando. Faça os rolinhos de espaguete, que em italiano são os pici (espaguete grosso).

Sal sem exagero para cozinhar a massa
Sal sem exagero para cozinhar a massa

8 – Cozinhe em água com sal. Fique de olho, não pode tirar ele ainda antes ou depois do ponto. A melhor hora de se tirar o espaguete é depois de experimentá-lo. Mas isso nem precisamos detalher, né?

Enquanto o espaguete está cozinhando, é o momento de preparar o camarão:

9 – Corte o alho em lâminas e “puxe” na frigideira com o azeite extra virgem e salsa com o camarão previamente limpo e cortado ao meio.

Coloque os camarões sobre o alho laminado
Coloque os camarões sobre o alho laminado e o cheiro verde
Coloque o molho na frigideira, sobre a massa e os camarões. Hum!
Coloque o molho na frigideira, sobre a massa e os camarões. Hum!

Não demora muito e você passa essa maravilha que vem do mar para o molho de tomate que acabou de fazer. Junte na frigideira mesmo!

Adicione a massa… Opa, prato pronto na panela!

O próximo e último passo é a…

Chef Jeff Morais com o Pici Aglione
Chef Jeff Morais com o Pici Aglione

Montagem do prato:

Coloque a massa delicadamente no centro do prato, de preferência fundo. Salteie com um pouco da água do cozimento e regue com azeite. Ah, não esquece de ralar o parmesão!

Clique no link  para ler Prato de chef: Frango com farofa caipira e batata ao murro de Fábio Vieira, do restaurante paulistano Micaela, situado nos Jardins, em São Paulo.

Bom apetite!

Pratos da CT Trattorie
Pratos da CT Trattorie (imagens do site)

CT Trattorie – avenida Alexandre Ferreira 66, Lagoa, Rio de Janeiro (RJ). Fone 21 2266 0838.

* * * * *

vale mais

 O blog para quem quer curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

Siga a gente nas redes sociais  _ só clicar nos ícones abaixo:

facebook_logo_detail           Twitter_logo_blue           Instagram_Icon_Large           Google+

COZINHA – Cole no adesivo de geladeira

Está na hora de conhecer os adesivos de geladeiras. Acessório que pode ser encontrado facilmente online ou mesmo em lojas físicas de regiões como a 25 de Março, em São Paulo, ou no Saara, no Rio de Janeiro, normalmente é feito em vinil colorido ou estampado. Dá aquela senhora renovada na sua velha geladeira e um novo visual à toda a cozinha.

Adesivos de geladeira, vários motivos
Adesivos de geladeira: Frutas, R$ 89 na Mobly; Vaquinha, R$ 29,90 na Fran Adesesivos; Poás, R$ 119,99 nas Casas Bahia; Marilyn, R$ 89,90 na Almo Mix; Chef, R$ 29,99 nas Casas Bahia; Dados, R$ 89,90 na Mobly

Cole nessa! Porque é mais barato renovar que trocar um eletrodoméstico só porque tá com cara de velho.

Simples e bem humorado, R$ 29,90 no Extra
Simples e bem humorado, R$ 29,90 no Extra

Pode-se encontrar adesivos a partir de R$ 10 na região da 25 de Março. Online, tem de tudo, até de mais de R$ 200. Eles vêm em vários tamanhos e há também uma versão chamada de “envelopamento” _o nome já diz bastante, mas em geral são adesivos para a porta e as laterais do eletrodoméstico. Confira na descrição do produto, certo?

Na Americanas, Casas Bahia, Ponto Frio, e em sites especializados como Fran Adesivos, Meu Adesivo e X4 Adesivos, você pode encontrar milhares de opções.

A bicharada grudou. São os mais procurados nos sites: pinguim, galinhas e vaquinhas. Tem também gato, cachorro, passarinho. E formigas, cobras verdes e muito mais.

Opções da Almo Mix
Opções da Almo Mix

Tem adesivo com fotos lindíssimas de alimentos. Com cara de página de história em quadrinhos ou com poses incríveis de super-heróis. Dando a  receita de felicidade (UI!). Para os românticos, corações e casais de bichos enamorados.

Galinha pintadinha, R$ 38 no Submarino
Galinha pintadinha, R$ 38 no Submarino

Não falta um adesivo à la Romero Brito. Ou com o charme de Marilyn Monroe. Com marca de cerveja, uísque e outras bebidas servidas com ou sem gelo. E, óbvio, ao estilo animal print. São tantas as pegadas para uma simples geladeira…

Melhor de tudo é que você pode optar por adesivos que vêm com vários recortes e tamanhos. E usar quantos quiser e onde quiser. Assim, você pode esconder um risco, um pequeno afundamento causado por alguma batida indesejada na porta ou lateral da geladeira. Em tempos de carteira meio vazia, é uma boa solução para se economizar: não é preciso trocar de geladeira, certo?

Casais românticos Pinguins, R$ 29 no Extra; Girafas, R$ 34,90 no Ponto Frio; Gatos, R$ 47 no Ponto Frio
Casais românticos Pinguins, R$ 29 no Extra; Girafas, R$ 34,90 no Ponto Frio; Gatos, R$ 47 no Ponto Frio

Dá prá fazer bastante com os adesivos. Se seu eletrodoméstico que garante a conservação

Adesivo Zíper, R$ 241 no Extra
Adesivo Zíper, R$ 241 no Extra

de alimentos perecíveis é novo, mas você simplesmente enjoou ou não gostou daquela brancura, dá para sair da mesmice.

Basta escolher bem o modelo, certificar-se do tamanho e cores disponíveis. Claro, é sempre bom seguir as instruções de aplicação à risca _para não criar bolhas de ar.

Dê uma checada neste video da Fran Adesivos:

Se você não gostou de nada do que tem pronto para comprar, além de oferecer seus desenhos, a empresa Meu Adesivo tem opção para quem quer personalizar. Você pode mandar uma foto, uma imagem, a marca e/ou a logomarca de sua pequena empresa ou clínica _enfim, aquilo que você quiser e o profissional da casa possa transformar em arte para você adesivar. Veja o que precisa para ter seu orçamento neste link aqui.

Adesivos lembram da dieta, curtem a presença de bebidas na geladeira e mostram a língua Rolling Stone
Coke, R$ 29 na X4 Adesivos; Galinha, R$ 38 no Ponto Frio; Curtir, R$ 24,90 na Fran Adesivos; Cook, R$ 47,25 na Elitize Adesivos; Rolling Stone, R$ 29 na Americanas ; Cozinha Maluca (talheres), R$ 38 no Submarino; Olha a dieta, R$ 39,99 no Ponto Frio ; Coquetel, R$ 54 no Ponto Frio
Onde comprar adesivos para geladeiras – Clique em cima do nome do site que você chega lá

imageAlmo Mix Aliexpress –  AmericanasCasas BahiaElo 7, diversos vendedores – Elitize Adesivos – ExtraFran Adesivos –  Mercado LIvre, diversos vendedoresMeu Adesivo –  MoblyPonto Frio –  Shoptime – SubmarinoX4 Adesivos

image*  *  *  *  *  *  *  *  *  *  *  * 

vale mais

 O blog para quem quer curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

vale mais nas redes sociais _só clicar abaixo:

facebook_logo_detail           Twitter_logo_blue           Instagram_Icon_Large           Google+

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços e ausência de produtos nas bancas, lojas, sites e/ou estoque, tampouco durante promoções. Fotos dos sites das empresas. Preços pesquisados em 12 de julho de 2015 não incluem frete.

10 passos para uma alimentação saudável

Laranja cravo*****
Laranja-cravo*****

Em novembro passado, o governo federal lançou o Guia Alimentar para a População Brasileira.  Em alguns veículos de comunicação, o lançamento passou despercebido. Em outros, foi abordado e apresentado de forma resumida.

Hoje vale mais traz uma das principais conclusões do guia, que, no final, é  um estudo para orientar os brasileiros a combater a desnutrição. E também prevenir doenças que estão dando o que falar, como a obesidade, diabetes, câncer e até infarto.

Tomates******
Tomates******

A publicação pode ser encontrada em sua totalidade em versão digital na Internet. Traz informações de como comer e preparar a refeição e sugestões para enfrentar os obstáculos do cotidiano e manter um padrão alimentar saudável. Entre os problemas abordados estão a falta de tempo e a inabilidade culinária.

Vamos ao que diz o guia lançado pelo Ministério da Saúde. As informações são para quem quer e gosta de se alimentar bem, assim como quem procura adotar hábitos saudáveis. Sem idade. Sem distinção de classe social.

Dez passos para uma alimentação adequada e saudável

Procure legumes e vegetais que estejam no ponto**

1 – Fazer de alimentos in natura ou minimamente processados a base da alimentação

Em grande variedade e predominantemente de origem vegetal, alimentos in natura ou minimamente processados são a base ideal para uma alimentação nutricionalmente balanceada, saborosa, culturalmente apropriada e promotora de um sistema alimentar socialmente e ambientalmente sustentável.

Peixe fresco
Peixe fresco***

Variedade significa alimentos de todos os tipos – grãos, raízes, tubérculos, farinhas, legumes, verduras, frutas, castanhas, leite, ovos e carnes – e variedade dentro de cada tipo – feijão, arroz, milho, batata, mandioca, tomate, abóbora, laranja, banana, frango, peixes etc.

2 – Utilizar óleos, gorduras, sal e açúcar em pequenas quantidades ao temperar e cozinhar alimentos e criar preparações culinárias

Sal
Sal, nunca em excesso****

Utilizados com moderação em preparações culinárias com base em alimentos in natura ou minimamente processados, óleos, gorduras, sal e açúcar contribuem para diversificar e tornar mais saborosa a alimentação sem torná-la nutricionalmente desbalanceada.

3 – Limitar o consumo de alimentos processados

Os ingredientes e métodos usados na fabricação de alimentos processados – como conservas de legumes, compota de frutas, pães e queijos – alteram de modo desfavorável a composição nutricional dos alimentos dos quais derivam. Em pequenas quantidades, podem ser consumidos como ingredientes de preparações culinárias ou parte de refeições baseadas em alimentos in natura ou minimamente processados.

4 – Evitar o consumo de alimentos ultraprocessados

Devido a seus ingredientes, alimentos ultraprocessados – como biscoitos recheados, “salgadinhos de pacote”, refrigerantes e “macarrão instantâneo” – são nutricionalmente desbalanceados. Por conta de sua formulação e apresentação, tendem a ser consumidos em excesso e a substituir alimentos in natura ou minimamente processados. Suas formas de produção, distribuição, comercialização e consumo afetam de modo desfavorável a cultura, a vida social e o meio ambiente.

image5 – Comer com regularidade e atenção, em ambientes apropriados e, sempre que possível, com companhia

Procure fazer suas refeições em horários semelhantes todos os dias e evite “beliscar” nos intervalos entre as refeições. Coma sempre devagar e desfrute o que está comendo, sem se envolver em outra atividade.

Procure comer em locais limpos, confortáveis e tranquilos e onde não haja estímulos para o consumo de quantidades ilimitadas de alimento.

Sempre que possível, coma em companhia, com familiares, amigos ou colegas de trabalho ou escola. A companhia nas refeições favorece o comer com regularidade e atenção, combina com ambientes apropriados e amplia o desfrute da alimentação. Compartilhe também as atividades domésticas que antecedem ou sucedem o consumo das refeições.

Frutas frescas são boa  opção
Frutas frescas são boa opção

6 – Fazer compras em locais que ofertem variedades de alimentos in natura ou minimamente processados

Procure fazer compras de alimentos em mercados, feiras livres e feiras de produtores e outros locais que comercializam variedades de alimentos in natura ou minimamente processados. Prefira legumes, verduras e frutas da estação e cultivados localmente. Sempre que possível, adquira alimentos orgânicos e de base agroecológica, de preferência diretamente dos produtores.

7 – Desenvolver, exercitar e partilhar habilidades culinárias

Se você tem habilidades culinárias, procure desenvolvê-las e partilhá-las, principalmente com crianças e jovens, sem distinção de gênero.

Se você não tem habilidades culinárias – e isso vale para homens e mulheres –, procure adquiri-las. Para isso, converse com as pessoas que sabem cozinhar, peça receitas a familiares, amigos e colegas, leia livros, consulte a internet, eventualmente faça cursos e… comece a cozinhar!

8 – Planejar o uso do tempo para dar à alimentação o espaço que ela merece

Planeje as compras de alimentos, organize a despensa doméstica e defina com antecedência o cardápio da semana. Divida com os membros de sua família a responsabilidade por todas as atividades domésticas relacionadas ao preparo de refeições.

Faça da preparação de refeições e do ato de comer momentos privilegiados de convivência e prazer. Reavalie como você tem usado o seu tempo e identifique quais atividades poderiam ceder espaço para a alimentação.

IMG_20150528_125955291_HDR9 – Dar preferência, quando fora de casa, a locais que servem refeições feitas na hora

No dia a dia, procure locais que servem refeições feitas na hora e a preço justo. Restaurantes de comida a quilo podem ser boas opções, assim como refeitórios que servem comida caseira em escolas ou no local de trabalho. Evite redes de fast food.

10 – Ser crítico quanto a informações, orientações e mensagens sobre alimentação veiculadas em propagandas comerciais

Lembre-se de que a função essencial da publicidade é aumentar a venda de produtos, e não informar ou, menos ainda, educar as pessoas.

Avalie com crítica o que você lê, vê e ouve sobre alimentação em propagandas comerciais e estimule outras pessoas, particularmente crianças e jovens, a fazerem o mesmo.

Em breve, vale mais irá trazer outras conclusões do guia.

Vertumnus, quadro de Giuseppe Arcimboldo que está no Castelo Skokloster Castle, na Suécia
Vertemmnus, quadro de Giuseppe Arcimboldo que está no Castelo Skokloster, na Suécia

*  *  * *  *  *

vale mais

 O blog para quem quer curtir coisas boas com pouca grana _ou sem nenhuma!  

Siga a gente nas redes sociais  _ só clicar:

facebook_logo_detail           Twitter_logo_blue           Instagram_Icon_Large           Google+

 vale mais não se responsabiliza por informações incorretas e complementações posteriores promovidas pelo Ministério da Saúde. Fotos com Licença Creative Commons: *do Guia; **Nancy Regan, setembro de 2010; ***Breno Peck, agosto de 2006; **** Dennis Wilkinsonm, abril de 2012; *****Arbyreed, janeiro de 2013; ****** Bartosch Salmanski, junho de 2011.

RECEITA – Arroz com legumes vai bem na marmita 🍱

Com a falta de grana pegando pesado no orçamento doméstico, a saída é levar marmita 🍱 para o trabalho. É saudável, é legal, é prático e é inteligente. Quem é marmiteiro sabe disso faz tempo… E se você ainda não é, tá mais que na hora de ter a sua e preparar algumas receitas boas.

Arroz com legumes de André Boccato
Arroz com legumes de André Boccato

Hoje vale mais traz a receita de arroz com legumes do chef experimental André Boccato, que está no livro “Marmita Chic e Saudável”. Também jornalista, fotógrafo e editor especializado em gastronomia, Boccato é tão marmiteiro que escreveu e lançou esse livro 📖 especial no final do ano passado. Um sucesso!

São 90 receitas de saladas, acompanhamentos, arroz e risotos 🍚, aves 🐔, carnes 🐄, peixes 🐟, massas 🍝 e sobremesas 🍰. Para ninguém errar na dose, está tudo muito bem organizado. vale mais já abordou o livro em post _leia neste link aqui.

O chef e dono da receita foi curador de gastronomia para a Bienal do Livro de São Paulo e é curador do “Cozinhando com Palavras”, apresentado na Bienal Internacional do Livro de São Paulo, na Feira do Livro de Frankfurt e na edição da Festa Literária de Paraty (Flip) de 2014.

Receita de arroz com legumes para marmita:

Ingredientes:

Ingredientes da receita de arroz com legumes para marmita do livro
Ingredientes da receita de arroz com legumes para marmita do livro “Marmita Chic e Saudável” *

• 1 colher (sopa) de azeite
• 2 colheres (sopa) de cebola picada
• 1/2 dente de alho picado
• 1 tomate pequeno sem pele e sem sementes cortado em cubos
• 1/3 de xícara (chá) de abóbora cortada em cubos pequenos
• 1 pitada de noz-moscada
• 1/2 xícara (chá) de arroz
• sal a gosto
• 1 e 1/4 de xícara (chá) de água fervente
• 1 ovo
• 1 colher (sopa) de cheiro-verde picado

Como preparar:
* Aqueça o azeite e frite a cebola e o alho.
* Junte o tomate, a abóbora, a noz-moscada e o arroz.
* Frite até o arroz ficar transparente e adicione sal e a água.
* Deixe cozinhar, em fogo baixo, até o arroz ficar macio.
* À parte, em uma panela antiaderente, coloque o ovo, o sal, o cheiro-verde e vá mexendo até ficar cozido.
* Misture o arroz com o ovo mexido. Sirva a seguir.

Rendimento: 2 porções – Tempo de Preparo: 35 minutos.

O livro “Marmita Chic e Saudável” pode ser adquirido online por R$ 89,90 até $ 149,90 — Oiii, este preço acompanha uma sacola térmica. Faça sua opção – os links estão no final do post.

Chef André Boccato
Chef André Boccato

Onde comprar o livro de receitas:

Fnac, neste link aqui – Editora Metha, neste link aqui

Livraria Cultura, neste link aqui – Editora Senac SP, neste link aqui

* * * * * * * * * * 

Onde comprar marmitas _clique nos links abaixo:

Economize e coma bem levando marmita ao trabalho
Marmitas siliconadas, fácil de comprar online
Marmita elétrica garante refeição quente
Siliconaram a marmita!
Uma boa marmita vale mais que um prato cheio no quilo

Site do André Boccato, neste link aqui

image*  *  *  *  *  *  *  *  *  *  *  * 

vale mais

 O blog para quem quer curtir coisas boas com pouco dinheiro _ou nenhum!  

Siga a gente nas redes sociais  _ só clicar nos ícones abaixo:

facebook_logo_detail           Twitter_logo_blue           Instagram_Icon_Large           Google+

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços e ausência de produtos nas bancas, lojas, sites e/ou estoque, tampouco durante promoções. Tampouco pela ausência ou alterações de links. Preços pesquisados em 01 de julho de 2015 não incluem frete. Fotos com licença Creative Commons: saleiro: Jaymie Koroluk; arroz: Christina B Castro; ovo: mammal; noz moscada: David Kracht; tomate: Dennis Skley; alho: Gilberto Santa Rosa; azeite: U.S. Department of Agriculture of US; cebola: Winfried; abóbora: bongo vongo; água: mandykoh.

Pipoqueira da Americanas baixa de R$ 967,41 para R$ 127,37

Pipoqueira da TVT revestida - uma diferença de preços de mais de R$ 800, certamente resultado de equívoco
Pipoqueira da MTA*

A Americanas.com baixou ontem o preço da pipoqueira TVT  22 da MTA para R$  127,37. A panela especial para estourar pipoca estava com o preço de R$ 967,41 _uma redução de cerca de R$ 840.

vale mais apontou esta diferença no post de anteontem _leia clicando neste link aqui.

Espigas de milho par pipoca em foto de Susan, outubro de 2008**
Espigas de milho para pipoca em foto de Susan, outubro de 2008**

As pipoqueiras são panelas próprias para estourar pipocas e são muito procuradas em junho, mês das festas juninas, e período que antecede o inverno, quando a gente gosta de fazer mais programas no aconchego do lar.

Receba as boas notícias de vale mais direto no seu celular. Clique aqui para saber como. Seu número não aparece para os outros participantes. Vem!
Porção de pipoca por Ryan Ritchie, dezembro de 2009**
Porção de pipoca por Ryan Ritchie, dezembro de 2009**

Onde comprar  pipoqueira:

Americanas, neste linkCasas Bahia, neste link – Extra, neste link – Fast Shop, neste link

Havan, neste linkLojas Colombo, neste linkMagazine Luiza, neste link

Ponto Frio, neste link  – Shoptime, neste link – Submarino, neste link

*  *  *  *  *  *  *  * 

vale mais

 O blog que mostra como curtir coisas boas com pouca grana _ou sem nenhuma!  

Siga a gente nas redes sociais:

facebook_logo_detail           Twitter_logo_blue           Instagram_Icon_Large           Google+

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços e ausência de produtos nas bancas, lojas, sites e/ou estoque, tampouco durante promoções. Preços pesquisados em 18 de junho de 2015 não incluem frete.*Foto do site da Americanas; **Licença Creative Commons

Pipoqueiras estouram com diferença de preço de R$ 840 online!

O frio bateu forte e o resultado é que dá mais vontade de ficar em casa. Ler, ouvir música, zapzapear com os amigos… Assistir filme, botar a série em dia. 

Da Tramontina, R$ 105,90 nas Lojas Colombo (esq); da Fortaleza, R$ 59,90 no Magazine Luiza, e elétrica, Britânia, R$ 69,90 no Shoptime

Da Tramontina, R$ 105,90 nas Lojas Colombo (esq); da Fortaleza, R$ 59,90 no Magazine Luiza, e elétrica, Britânia, R$ 69,90 no Shoptime*

Programas no aconchego do lar ficam melhores ainda quando acompanhados de uma porção convidativa de pipoca. Com ingredientes gourmet. Manteiga par quem pode. Pouco sal, por favor. Açúcar e groselha entram na rodada final.

Porções de pipoca, por José Pestana, abril de 2015*
Porções de pipoca, por José Pestana, abril de 2015**

Então saiba que o microondas não é o salvador da pátria. As pipoqueiras, panelas próprias para estourar milho, continuam na parada. Tem pipoqueira com material anti-aderente, modernettes e cheias de cor para não fazer feio na cozinha…

E ganharam concorrentes plugadas na tomada. As pipoqueiras elétricas podem ser encontradas em 110 ou 220 volts, nacionais e importadas. Da Disney, com figurino de copa de futebol… Se optar por uma dessas, atenção que algumas não usam óleo. Melhor!

Pipoqueira da TVT revestida - uma diferença de preços de mais de R$ 800, certamente resultado de equívoco
Pipoqueira da MTA revestida – uma diferença de preços de R$ 840!!!

E como sempre, olho de lince em vários sites antes de efetivar sua compra online. Acredite, a panela  TVT  22 da MTA na cor vermelha está sendo vendida no Ponto Frio por R$ 127,30, enquanto que na Americanas, aparentemente a mesma panela TVT 22, da MTA na mesma cor e mesma foto, R$ 967,41!!!! Oiiii!!!! Heloooou!!! – Mais de R$ 840 de diferença!?!?!?!?

Trata-se de uma diferença jamais encontrada e registrada por vale mais até hoje… Ou, haveria algum equívoco de alguma das empresas??

Outra diferença, mas não gritante, acontece com a panela Tramontina com 22 centímetros de diâmetro, por exemplo:  R$  139,90 nas Casas Bahia e no Extra, enquanto que na Americanas e no Submarino, R$ 191,02 _R$ 51 a mais.

No Ponto Frio, opções entre panelas tradicionais, elétricas e com grife Disney
No Ponto Frio, opções entre panelas tradicionais, elétricas e com grife Disney

Então, estoure na pipoqueira!

Onde comprar  pipoqueira:

Americanas, neste linkCasas Bahia, neste link – Extra, neste link – Fast Shop, neste link

Havan, neste linkLojas Colombo, neste linkMagazine Luiza, neste link

Ponto Frio, neste link  – Shoptime, neste link – Submarino, neste link

*  *  *  *  *  *  *  *  *  *  *  * image

vale mais

 O blog para quem quer curtir coisas boas e economizar!  

Siga a gente nas redes sociais  _ só clicar nos ícones abaixo:

facebook_logo_detail           Twitter_logo_blue           Instagram_Icon_Large           Google+

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços e ausência de produtos nas bancas, lojas, sites e/ou estoque, tampouco durante promoções. Preços pesquisados em 16 de junho de 2015 não incluem frete.*Foto do site da empresa; **Licença Creative Commons

Na mesa, beleza do homem das cavernas

Pinturas rupestres do Piauí são o foco das peças
Pinturas rupestres do Piauí são o foco das peças

Uma mesa bem arrumada e bonita é fundamental. Não só pela beleza dos pratos, mas para o bem estar de quem vai se alimentar. Para quem quer valorizar produtos feitos por mãos brasileiras, uma opção de bom gosto e que ainda valoriza o país são as peças da Cerâmica da Serra da Capivara que estão à venda na rede Pão de Açúcar.

Travessa redonda com alças pequenas, R$  21,09
Travessa redonda com alças pequenas, R$ 21,09
Pinturas rupestres da Serra da Capivara em foto de Maro Del Fiol*
Pinturas rupestres da Serra da Capivara em foto de Marco Del Fiol*

A cerâmica fica em Barreirinho, no entorno do Parque Nacional Serra da Capivara, no município de Coronel José Dias, sudeste do Estado do Piauí.

image

Em funcionamento desde agosto de 1993, a cerâmica possibilita às pessoas da região uma nova atividade como fonte de renda.

Cumbucas pequenas a partir de R$ 8,55 e médias, R$ 11,90,
Cumbucas pequenas a partir de R$ 8,55 e médias, R$ 11,90,

Também ajuda a diminuir a depredação do meio ambiente (fauna e flora característicos da caatinga) e do patrimônio cultural do Parque Nacional Serra da Capivara, que tem pinturas rupestres e vestígios arqueológicos.

Travessa comprida, R$ 12,05
Travessa comprida, R$ 12,05

A pequena empresa treinou o pessoal do povoado e, ao longo dos anos, fez uma seleção que hoje é composta por 43 empregados diretos, sendo que 32 deles são artesãos.  São 32 famílias que têm seu sustento garantido a partir da comercialização das peças.

Guilherme Jofili*
Pinturas do Parque Nacional Serra da Capivara registradas por Guilherme Jofili**

É meta da empresa aumentar as vendas para aumentar a produção para gerar mais empregos, como está na página da cerâmica no Facebook.

A farinheira vem com talheres e muitíssimo bem embalada!
A farinheira vem com talheres e muitíssimo bem embalada!

O Parque Nacional Serra da Capivara está localizado no sudeste do Estado do Piauí em áreas dos municípios de São Raimundo Nonato, João Costa, Brejo do Piauí e Coronel José Dias. A superfície do Parque l é de 129.140 ha e seu perímetro é de 214 Km.

Parque Nacional Serra da Capivara***
Parque Nacional Serra da Capivara***

A cidade mais próxima do Parque Nacional é Coronel José Dias, sendo a cidade de São Raimundo Nonato o maior centro urbano. Considerado um dos maiores sítios arqueológicos do Brasil, com pinturas e gravuras rupestres com idades identificadas de mais d 100 mil anos de existência, segundo consta no site da Fundação Museu do Homem Americano.

PARA SABER MAIS:

Cerâmica Serra da Capivara, neste link aqui

Fundação Museu do Homem Americano, neste link aqui

Projeto Caras do Brasil – Serra da Capivara, neste link aqui

wpid-img_20150503_230727.jpg * * * * *

 vale mais

   O blog para quem quer curtir coisas boas e economizar!  

Siga a gente nas redes sociais  _ só clicar nos ícones abaixo:

facebook_logo_detail           Twitter_logo_blue           Instagram_Icon_Large           Google+

  vale mais não se responsabiliza por alterações de preços e ausência de produtos nas bancas, lojas, sites e/ou estoque, tampouco durante promoções. Preços pesquisados em 3 de maio de 2015 em loja física da unidade de Piracicaba (SP).* Creative Commons, 1 de julho de 2008, **Creative Commons, 4 de novembro de 2012, ***Embratur, Fotos Públicas, 15 agosto 2014.

PRATO DE CHEF – Frango, farofa caipira e batata ao murro de Fábio Vieira

A partir de agora você poderá saborear um almoço ou jantar igualzinho _sem tirar nem por_ a uma refeição feita por aquele cara que manda muitíssimo bem no fogão de um restaurante estrelado.

vale mais inaugura hoje o Prato de Chef, uma seção que mostra um chef de cuisine ensinando uma mais que deliciosa receita para se fazer em casa. Na sua cozinha!

Sobrecoxa de frango, prato do chef Fábio Vieira para você fazer em casa
Sobrecoxa de frango, prato do chef Fábio Vieira para você fazer em casa

Sem truque. Sem mistério. Com muito sabor.   ⇒ Vídeo completo no final do post 

Ingredientes da receita do chef Fábio Vieira - simples!
Ingredientes da receita do chef Fábio Vieira – simples!

Que custe no máximo R$ 15! E que, de preferência, renda duas porções. Afinal, quando a gente faz algo com carinho, quer

Frango
Frango

compartilhar com quem a gente gosta.

Prato de Chef vai rolar uma vez por mês aqui no blog. Fique atento!

E serão pratos para quem está começando no forno & fogão, como para quem já está mais que acostumado.

Óleo ou o azeite depois de esquentar a frigideira
Óleo ou o azeite depois de esquentar a frigideira
Deite a sobrecoxa com a pele por baixo
Deite a sobrecoxa com a pele por baixo

vale mais começa com uma receita do chef Fábio Vieira, dono do restaurante Micaela, que fica em área nobre do Jardim Paulista, na zona sul de São Paulo.

De vez em quando, levante a peça para que não grude
De vez em quando, levante a peça para que não grude
Parte importante - caldo de legumes na frigideira, hora de cozinhar um pouquinho
Parte importante – caldo de legumes na frigideira

Fábio já trabalhou em restaurantes como o ultra-chique-e-estrelado D.O.M. e é um dos mais talentosos de sua geração. Ele adora harmonizar sabores brasileiros com espanhóis. E ele tem experiência na Europa, pois trabalhou no restaurante Hofmann, que fica em Barcelona. UAU!

O desafio proposto por vale mais a Fábio foi um prato que tivesse um boa porção de proteína.

Resposta: Sobrecoxa de Frango com Farofa Caipira e Batata ao Murro, logo aceita.

vale mais clicou tudinho para mostrar prá você.

A batata cozida vai para a frigideira com um pouco do caldo
A batata cozida vai para a frigideira
Amasse a batata com uma colher grande
Amasse a batata com uma colher grande

Nenhum detalhe ficou de fora _só faltou o aroma… coisa que a Internet ainda não resolveu.

Siga as fotos exclusivas feitas na cozinha do restaurante Micaela. No comando, o chef Fábio Vieira.

Mãos à obra:

Sobrecoxa de Frango com Farofa Caipira e Batata ao Murro

Você vai precisar de:

1 sobrecoxa desossada de frango com pele

Hora da ciboulette
Hora da ciboulette

1 tomate e 1 cebola pequena bem picadinhos

Farinha de milho

1 batata grande

Uma colher de gengibre ralada

Um a um, devagar na tigela
Um a um, devagar na tigela

1 limão

Alho bem picadinho ou amassado

Uma colher de colorau

Pimenta do reino a gosto

Um punhado de ciboulette bem picadinha

Azeitonas pretas

Farinha de milho

Sal

Azeite

Deixe a ciboulette por último
Deixe a ciboulette por último

Como preparar (fotos feitas para um prato):

1 – Tempere o frango com o limão, junte o alho amassado, gengibre e sal, mais uma pitada de pimenta do reino e o colorau.

2 – Finalize com uma colher de sopa de azeite.

3 – Coloque a batata para cozinhar com casca

Enquanto isso…

O chef Fábio mexe com cuidado e delicadez a farofa
O chef Fábio mexe com cuidado e delicadeza a farofa

4 – Esquenta uma frigideira e coloque azeite ou óleo. Coloque a sobrecoxa para fritar com a pele para baixo. Às vezes, levante a sobrecoxa com uma pinça ou garfo para que não grude. Vire para fritar do outro lado.

Na montagem do prato, comece pela batata
Na montagem do prato, comece pela batata

5 – Coloque água ou se tiver um caldo de legumes na geladeira na frigideira para cozinhar um pouco o frango. Mantenha o fogo baixo até o caldo secar. Acrescente um pouco mais do caldo ou água para cozinhar de 5  a 8 minutos.

6 – Atenção, não deixe secar o caldo – ele será usado para a batata…

7 – Retire a sobrecoxa e a separe em um prato.

8 –  Na frigideira, coloque a batata, que a esta altura já está cozida, com a casca. Com uma colher grande, amasse a batata com o cuidado de não a esmaga-la.

Pouse a sobrecoxa um pouco sobre a batata
Pouse a sobrecoxa um pouco sobre a batata

9 – Se precisar, adicione mais caldo na frigideira. Adicione a ceboulette sobre a batata e deixe curtir um pouco, com cuidado para não queimar a batata.

10 – Desligue a frigideira e deixe a batata lá.

11 – Hora da farofa caipira: adicione a farinha sobre o tomate e a cebola já cortadinhos, as azeitonas picadas e sem caroço e misture tudo. Junte a ciboulette e seja cuidadoso – não deixe amassar os ingredientes. Pronto!

Acrescente a farofa entre ambos, mas sem cobrir o frango nem a batata
Acrescente a farofa entre ambos, mas sem cobrir o frango nem a batata

Montagem do prato

1 – Coloque a batata no meio do prato.

2 – Pegue a sobrecoxa e a coloque um pouco sobre a batata.

3 – Acrescente a farofa entre ambos, mas não deixe que a batata e o frango fiquem escondidos…

Maneiro, tá aí o Prato de Chef. Receita do Fábio Vieira, que deu um toque pessoal adicionando algumas flores comestíveis. Dê o seu também!

Gostou? Para duas pessoas, só dobrar a receita. Menos de R$ 15 para um almoço ou jantar de chef.

Na mesa, hora de saborear a delícia
Na mesa, hora de saborear a delícia

Um pouco mais:

Fábio Vieira é formado em Gastronomia e Comunicação. Trabalhou no restaurante Hofmann, em Barcelona (Espanha), que tem uma estrela no guia Michelin, chefiou a cozinha do Casa de Maria Madalena, onde também desenvolveu o conceito dos pratos e trabalhou no restaurante Tordesilhas.

O Restaurante Micaela fica na rua José Maria Lisboa, 228 – (11) 3473-6849, São Paulo e abre de segunda à sexta para almoço (12h às 15h30) e jantar (19h às 23h) e aos sábados, das 12h às 16h30 e também das 19h às 23h. Fecha aos domingos.

* * * * * * * * * 

* * * * * * * * * 

Chef Fábio Vieira, do restaurante Micaela
Chef Fábio Vieira, do restaurante Micaela

Economize e curta coisas boas com vale mais.

Siga a gente nas redes sociais!

Facebook – sigavalemais, clique aqui;

Instagram: @sigavalemais, clique aqui;

Twitter: @sigavalemais, clique aqui.

Até logo!

As doces verônicas da dona Sílvia

O Brasil é tão grande que por mais que se viaje, ainda tem coisas e lugares prá se ver. Hoje vale mais mostra as verônicas da Dona Sílvia Curado, que mora em Goiás, eleita patrimônio cultural da Unesco.
Alfenim da dona Silvia Curado
Alfenim da dona Silvia Curado

Verônicas, para quem não sabe, são alfenins, doces superdelicados, brancos e frágeis, a maioria com imagens do Divino Espírito Santo, a pomba da paz. Ou com o rosto de Cristo.

Alfenin em foto do Facebook da dona Silvia
Pássaro, em foto do Facebook da dona Silvia

Alfenis têm origem árabe e foram trazidos ao Brasil pelos portugueses. O Portal do Divino explica que, por tradição, são distribuídos nas festas do Divino em Pirenópolis, também em Goiás.

Mas o turismo veio e as doceiras que fazem as veroncas, como elas mesmas chamam esses doces, também as oferecem para quem está de passagem pela cidade e para quem está a caminho do altar!
 
Flor
Flor

Os ingredientes das verônicas são simplesmente açúcar, limão e clara de ovo.

O Portal do Divino dá a receita de como elas são feitas:

“O primeiro passo da fabricação é a limpeza do açúcar. Os ingredientes são colocados num panelão que é levado ao fogo para formar o melado. Durante a fervura acrescenta-se um pouco de água para baixar o melado facilitando a retirada das impurezas (espuma) que vão sendo retiradas com uma escumadeira.
 
Depois de limpo o melado fica no fogo para apurar e chegar ao ponto de bala, então é levado para uma pedra resfriada com gelo para receber um choque térmico e pegar o ponto de puxa.
Divino
Divino

Em seguida essa puxa é batida com as mãos até ficar branca, quando então vai para uma grande mesa e é cortada em pequenos pedaços, que vão ser modelados com os símbolos do Divino (pomba, Nossa Senhora, coroa).

Alfenin com imagem de Cristo
Alfenim com imagem de Cristo

Depois de modelados são colocados em grandes tabuleiros que ficam ao sol para secar as verônicas (com Contribuição de Manuel Aponte).”

Dona Sílvia tem várias versões de alfenim que saem por R$ 2 cada. Sua receita é um pouquinho só diferente, mas a gente nem precisa detalhar aqui.
E olha só como as verônicas saem das mãos da dona Sílvia:
Ela também faz flores e alguns bichinhos. Aceita encomendas, incluindo para casamentos, através de sua página no Facebook (link abaixo) ou pelo telefone (62) 3371-1312.
Portal do Divino, neste link aqui
Verônicas da dona Silvia Curado, neste link aqui
* * * * * * * * * * * * *

vale mais fala de compras, prestação de serviços, música, cinema, gastronomia, comportamento & o que mais der na telha. Para quem quer curtir coisas boas e economizar _valorize seu dinheiro!

Siga a gente nas redes sociais!

http://www.facebook.com/sigavalemais; Instagram: @sigavalemais;

Twitter: @sigavalemais.

Até logo!

vale mais não se responsabiliza por alterações de preços e ausência de produtos nas bancas, lojas, sites e/ou estoque, tampouco durante promoções. Preços pesquisados em março de 2015 não incluem frete.

DELÍCIA – Colomba Pascal, ponha a mão na massa

A Páscoa está logo aí e você nem viu o preço de um bolo Colomba Pascal daqueles que a gente costuma comprar no supermercado ou em lojas de chocolates e mais mil e uma delícias.

Colomba Pascal em formato de pomba****
Colomba Pascal em formato de pomba****

Com esta receita que vale mais traz hoje, essa tarefa poderá ficar para o ano que vem… E fazer em casa, além de ser uma curtição, vai adoçar a família toda!

Frutas cristalizadas a granel
Frutas cristalizadas a granel

Quem dá o bolo _opa_, a dica é o site Tudo para Padarias, da empresa Italbrás, que fica em Brasília.

Tire raspas de 1 limão
Tire raspas de 1 limão

Então, mãos à obra e vai para a cozinha. A boa notícia é que esta receita é relativamente simples e barata. E muita coisa certamente você já tem no armário ou na geladeira ovos, leite, laranja, limáo, manteiga.

Faltam as frutas cristalizadas e as amêndoas laminadas, mas no supermercado não é difícil hoje achar um pacote com essa especiaria doce.

Se preferir, você vai encontrar isso a torto e a direito na zona cerealista, no bairro do Brás, centro de São Paulo.

Bolo Colomba Pascal, receita prá você por a mão na massa
Bolo Colomba Pascal, receita prá você por a mão na massa ***

Bolo Colomba Pascal – Como fazer:

Amêndoa laminada da Santo Antônio
Amêndoa laminada da Santo Antônio

Ingredientes

1 xícara de leite morno
2 ovos
suco de 1 laranja
raspas de 1 limão
600 g de farinha de trigo
2 colheres (sopa) de manteiga
2 tabletes de fermento para pão
4 colheres (sopa) de açúcar

Recheio
300 g de frutas cristalizadas

Cobertura
100 g de chocolate amargo (derreta no microondas por 1 minuto)
100 g de amêndoas fatiadas (coloque no forno para deixá-las crocantes)

Barra de chocolate, foto de Everjean
Barra de chocolate

Modo de preparo
Misture os ingredientes da massa. Sove bem e então acrescente as frutas cristalizadas. Misture muito bem.

Coloque esta massa na assadeira e deixe crescer por 2 horas. Depois leve ao forno por 40 minutos, em fogo moderado.

Retire do forno, deixe esfriar, e coloque por cima da colomba o chocolate derretido e as amêndoas crocantes.

Onde comprar ingredientes online

Frutas cristalizadas – Zona Cerealista Empório, neste link aqui – R$ 2,49 cada 200 gramas

Amêndoas laminadas – Loja Santo Antonio, neste link aqui – R$ 11,39 o pacote com 150 gramas

* * * * * * * * * * * * * * *

Esprema uma laranja
Esprema uma laranja*

vale mais fala de compras, prestação de serviços, música, cinema, gastronomia, comportamento & o que mais der na telha. Para quem quer curtir coisas boas e economizar _valorize seu dinheiro!

Siga a gente nas redes sociais!

http://www.facebook.com/sigavalemais; Instagram: @sigavalemais;

witter: @sigavalemais.

Até logo!

*Foto de  Tuli Nishimura, licença Creative Commons,** Foto de Everjean, licença Creative Commons, 16 de outubro de 2007, ***Foto do site www.tudoparapadarias.com.br,****Foto de Nicola, licença Creative Commons 4 março de 2012

vale mais não se responsabiliza por alterações de preços e ausência de produtos nas bancas, lojas, sites e/ou estoque, tampouco durante promoções. Preços pesquisados em 27 de março de 2015 não incluem frete.

Picolé de abacaxi com hortelã: receita para um outono quente

O outono começou agora há pouco e a previsão em boa parte do país é que nos próximos três meses a temperatura possa ficar acima da média em várias regiões do país. Tempo bom para se saborear um picolé refrescante e de baixíssima caloria: abacaxi com hortelã: melhor da história: 0 açúcar, 0 gordura e 0 lactose! Alimento saudável, e BBB – Bom, Bonito e Barato!

Refrescantes, perfumados e totalmente saudáveis: 0 gordura, 0 açúcar e 0 lactose
Refrescantes, perfumados e totalmente saudáveis: 0 gordura, 0 açúcar e 0 lactose
Abacaxis no mercado
Abacaxis no mercado
Folhas selecionadas de hortelã fresca
Folhas selecionadas de hortelã fresca

Lanche, sobremesa ou uma curtição para quem está de dieta, aderiu à RA (Reeducação Alimentar) ou gosta mesmo de fazer uma comida para a família ou amigos.

Delícia e barato de se fazer _com cerca de R$ 6 ou R$ 7, você pode fazer perto de 18 picolés. UAU!

E o passo a passo segue aqui.

Tudo o que vai você vai precisar:

** 1 abacaxi maduro, no ponto de ser consumido (R$ 5);

** 1 maço de hortelã fresca, que você pode colher da sua pequena horta, se a tiver, ou comprar na feira ou supermercado (até R$ 1).

** Liquidificador ou mixer

** Forma de picolé, ou picoleteira  – Para seis unidades, superbarata, aqui neste link

 *  *  *  *  *  *  *  *  *  *  *

Logo cortadoReceba as boas notícias de vale mais direto no celular. Envie uma mensagem para 011 9 9985-3577 e pronto! Clique aqui e saiba mais

 *  *  *  *  *  *  *  *  *  *  *

Nesta versão tem raspas de limão
Nesta versão tem raspas de limão
Polpa preparada com abacaxi, chá de hortelã e folhas de hortelã ao lado do chá
Polpa preparada com abacaxi, chá de hortelã e folhas de hortelã ao lado do chá
Abacaxi puro
Abacaxi puro

Como fazer:

Tire as folhas de hortelã dos galhos, lave-as muito bem e higienize. Faça 3/4 de um copo de chá com umas 20 folhas. Esfrie, coe e coloque na geladeira ou freezer para logo ficar gelado.

Enquanto o chá gela, descasque o abacaxi, corte em pedaços e  tenha o cuidado de retirar a parte central, cheia de fibra.

Bata no mixer e coe em uma peneira grossa. A fibra deve ser bem prensada na peneira, ou você estará desperdiçando a fruta.

Bata o suco já coado com o chá que preparou (cuidado para não colocar muito chá), mais o restante das folhas de hortelã que ficaram separadas e já lavadas (atenção, não use as folhas usadas para o chá, que ficam murchas!).

Rodelas finas de banana
Rodelas finas de banana

A mistura final ficará cremosa, perfumada e doce _experimente! Caso o abacaxi esteja um pouco ácido, você pode adoçar com mel ou adoçante (se necessário).

Coloque na picoleteira e leve ao freezer. Meia hora depois, retire a picoleteira e coloque os palitos.

Pronto, ao final de 4 horas, os picolés estarão prontos! Cada abacaxi rende entre 15 e 18 picolés (depende do tamanho do abacaxi e da picoleteira, claro!)

Com tiras ou rodelinhas de banana, e também com um pouco de banana para ficar um pouco mais cremoso
Com tiras ou rodelinhas de banana, e também com um pouco de banana para ficar um pouco mais cremoso

Dicas para deixar seus picolés exóticos e estilosos: ⇐

1 – Lave um limão e passe a casca no ralador, parte bem fina. Misture ao suco e você terá um pouco do gosto das raspas e o perfume característico do limão. HUM!!!

2 – Pegue uma banana, pode ser nanica ou prata. Descasque e corte no comprimento do picolé. Com cuidado, faça 4 fatias de comprido na fruta, beeeem fininhas. Tente deixá-las retangulares, se quiser. Com cuidado, encoste as fatias uma em cada lado do picolé. Use uma faca fina para garantir que as tiras fiquem coladas na forma de picolé. Coloque o palito com atenção para que a fatia não saia do lugar. Pronto, leve ao freezer.

link

Mais um de outra leva
Mais um de outra leva

3 – Ainda com as bananas, se preferir, corte rodelas também bem fininhas e faça o mesmo descrito no item acima. Dá para colocar 4 ou até 6 rodelas por picolé e o visual fica muito legal, além do sabor e textura ficarem diferentes.

4 – Se preferir, bata somente o abacaxi com as folhas de hortelã, sem o chá. O gosto ficará diferente, mas tão gostoso quanto feito com o chá.

Como vai notar, a espuma do abacaxi batido ficará na parte de cima da picoleteira e poderá ficar “branco” ou verde claro.

Pronto, picolés refrescantes, perfumados e DELICIOSÍSSIMOS para este outono que promete ser quente!

* * * * * * * * * * *

vale mais fala de compras, prestação de serviços, música, cinema, gastronomia, comportamento & o que mais der na telha.

Economize e curta coisas boas – valorize seu dinheiro!

Siga a gente nas redes sociais!

http://www.facebook.com/sigavalemais; Instagram: @sigavalemais; Twitter: @sigavalemais.

vale mais não se responsabiliza por alterações de preços e ausência de produtos nas bancas, lojas, sites e/ou estoque, tampouco durante promoções. Preços pesquisados em 18 e 19 de março de 2015.

TOP 5 – Faça picolés e dê um gelo no calor

imageOra tá quente, ora tá chegando um vento meia-estação. vale mais publica hoje um dos posts mais acessados e lidos do blog prá você curtir este final de verão: os picolés mais saudáveis do mundo. Palito a palito!

40 graus… Socorro! Hora de um picolé prá aplacar este calor escaldante, nénão? Então o negócio é pegar aquelas frutas que você gosta e fazer um picolé em casa.

Manga com kiwi, kiwi com bananas, iogurte com mirtilos e manga com banana
Manga com kiwi; kiwi com bananas, iogurte com mirtilos e manga pura

Também pode misturar com leite e iogurte para fazer alguns cremosos _e valem as versões sem lactose. Vai ficar gostoso do mesmo jeito, você vai ver.

Picolés à base de iogurte desnatado - com ameixa, com damasco, misto ameixa e damasco, e damasco com mirtilos inteiros
Picolés à base de iogurte desnatado – com ameixa, com damasco, misto ameixa e damasco, e damasco com mirtilos inteiros
Forma para picolés, palitos e mixer
Picoleteira, palitos e mixer

São receitas top! Maõs à obra: vai ser moleza, inda mais porque vale mais dá o passo a passo aqui. Optamos por picolés saudáveis: 0 gordura e 0 açúcar e alguns com 0 lactose.

Frutas frescas e no ponto
Frutas frescas e no ponto
Leites e iogurte
Iogurte e leite, várias opções

Gostou? Seu picolé vai ficar beeeeem mais barato que as paletas mexicanas que estão pipocando por aí, vendidas a partir de R$ 5/R$ 6 na versão mais simples. Nada contra, claro!

Então, mãos à obra. Você vai precisar de:

* Frutas frescas e no ponto de serem consumidas – algumas baratas e outras do dia a dia do brasileiro. Aproveita, vai… dá uma corrida na feira ou no supermercado e

Ameixas e damascos - secos e depois da hidratação
Ameixas e damascos – secos e depois da hidratação

pesca algo diferente: mirtilo, amora negra ou framboesa. Kiwi não fica de fora não, é uma delícia e dá um visual bem exótico!

* Iogurte e leite desnatados – a sua marca preferida. Usamos Batavo, Molico e Verdecampo sem lactose. Ou, melhor ainda, prepare um dia antes em casa _veja como neste link aqui. Com certeza vai ser mais gostoso…

Transformando a fruta em creme
Transformando a fruta em creme

* Uma forma para picolés ou picoleteira _ se você ainda não tem, tá na hora de comprar uma. Tem em lojas de produtos para festas e confeitaria, na Internet e também nessas lojas que tem mil coisas de cozinha.

As de plástico são bem baratinhas (a partir de R$ 6) e as de alumínio ou aço inox, com preços acima dos R$ 30/R$ 35, tem em versões para 6, 12, 15 ou até 24 picolés.  No final do post tem as lojas com fones e endereços e os links diretos para compra nos sites.

Mirtilos esperam o creme de iogurte com damasco entrar na forma, que fica completa; não esqueça os palitos e marque os picolés 0 lactose
Mirtilos esperam o creme de iogurte com damasco entrar na forma, que fica completa; não esqueça os palitos e marque os picolés 0 lactose

* Palitos apropriados, custa R$ 3 um maço com 100 deles. Também se compra em lojas de produtos para festas ou pela Internet.

Manga, manga com banana, pêssego com manga
Manga, manga com banana, pêssego com mamão

* Mixer ou liquidificador. Dispensa explicações.

Mãos à obra:

*** Picolés de frutas – pegue sua picoleteira e meça a quantidade, em mililitros, que você vai precisar. Assim não há desperdícios. Na forma utilizada nestas fotos, cada picolé tem cerca de 80 ml.

Manga, leite, banana e mirtilos, manga com kiwi, bifásico de manga e pêssego com maracujá e kiwi com banana
Manga, leite, banana e mirtilos, manga com kiwi, bifásico de manga e pêssego com maracujá e kiwi com banana

Liquidifique as frutas de preferência quase sem água. Preparamos algumas versões: manga, pêssego com maracujá (este puro, sem bater), banana com kiwi, kiwi com manga e por aí vai. Use sua imaginação.

Pêssego com amoras e kiwi com banana e morangos
Pêssego com amoras e kiwi com banana e morangos

Dica: corte rodelas finas de kiwi e banana. Elas serão usadas inteiras e dão um visual incrível. As amoras podem ir inteirinhas ou cortadas ao meio. Depende da forma.