Arquivo da tag: Comida Saudável

FIM DE ANO SAUDÁVEL – Nutricionistas ensinam como se alimentar sem excessos

E preciso ficar alerta para evitar os excessos do garfo no Natal e no Reveillon. É ceia, é macarrão, peru, doce, frutas secas, champanhe, espumante, vinho, cerveja. Haja corpo para tantas calorias.

Prato de frutas, uma boa opção para as festas de final de ano

“É muito importante participar, não se privar. Mas o melhor é ter uma postura de degustação. Normalmente, a variedade é muito grande e o ideal é comer pequenas porções daquilo que é de sua preferência. Defina prioridades, ou seja, se você gosta mais de doce, não exagere na parte salgada”, ensina a nutricionista Luciane Felix.

A farta oferta de alimentos diferentes estimula o consumo sem regras e muitas pessoas acabam também se esquecendo da alimentação adequada que deve ser praticada todos os dias para manter o organismo saudável.

Como a abundância de alimentos festivos costuma se estender até o primeiro dia de janeiro, é fundamental não se esquecer da alimentação adequada.

“A alimentação saudável deve ser praticada nessa época do ano. Frutas, legumes e verduras são alimentos que proporcionam um bom funcionamento do organismo como um todo e, especificamente neste caso, do fígado, já que há ali uma sobrecarga de produtos mais gordurosos e, para algumas pessoas, o consumo de bebida alcoólica”, explica a nutricionista.

“Então, se há uma chance de ter durante o dia refeições com esses bioativos (substâncias presentes em verduras, legumes e frutas que favorecem a nossa saúde e contribuem para o bom funcionamento dos órgãos), não deixe de lado”, recomenda.

O alerta vem, também, da nutricionista Silvia Moriyama. “Muitas pessoas não fazem as refeições normais nos dias de festa. O ideal é manter a rotina e até mesmo fazer um lanche saudável antes de sair, para evitar os excessos e ser mais seletivo”, explica Silvia.

Veja o vídeo com dicas da nutricionista Silvia Moriyama:

 ❤ Receba as boas notícias de vale mais no celular 📲.
Salve o número
011 9 9985-3577 e
envie a frase Eu Quero no WhatsApp. Pronto!

vale mais

 Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções; links rompidos ou inexistentes; informações enviadas com incorreções. Imagens dos sites das empresas citadas. Com Saúde Brasil Portal.
Anúncios

ECONÔMICO E SAUDÁVEL – 4 dicas para se preparar marmitas

Não é difícil manter uma alimentação saudável com o uso de marmitas no dia a dia. É bem possível optar por alimentos in natura, nutritivos e fáceis de encontrar e preparar, e os minimamente processados. Veja as principais dicas para se preparar uma boa marmita para se levar ao escritório:

Os cuidados para se preparar a marmita incluem escolher bem os alimentos*

1 – Como selecionar os alimentos:

Dê preferência para alimentos frescos, da estação, e para os comprados nas feiras locais. Uma boa opção para ajudar na compra é nosso Guia de Alimentos Regionais, que traz informações de como comer e preparar a refeição, uma lista de possíveis substituições para as preparações desenvolvidas, ressaltando a diversidade cultural brasileira.

ECONÔMICO E SAUDÁVEL – 7 novas marmitas coloridas e práticas

2 – Como preparar os alimentos:

Os legumes e as verduras devem ser cozidos por menos tempo do que o habitual, pois alguns alimentos podem amaciar quando congelados.

Na preparação das carnes, faça-as sempre assadas ou grelhadas. Além de a fritura não ser saudável, não é bom congelar.

Use menos tempero e sal antes do congelamento para que durante o processo de descongelamento e preparação, o tempero fique fresco.

Depois de cozinhar, a preparação deve ser resfriada rapidamente. Mergulhe a panela sem tampa em água com gelo para interromper o cozimento e conservar bem os alimentos.

Marmita com macarrão integral de forno, receita do livro do chef Andre Boccato, aqui

O mais importante no processo de congelamento é: quanto mais rápido o alimento for resfriado, melhor, pois ficará menos tempo em temperatura que favoreça o crescimento de microorganismos.

A sugestão é colocar o alimento em recipientes mais rasos, aumentando a área de resfriamento e com isso acelerando o processo. Colocar a panela em recipiente com água gelada ajuda a reduzir a temperatura de forma mais rápida também. Deixe sair o vapor, cubra o alimento e coloque-o para resfriar em geladeira ou diretamente no freezer.

3 – Como guardar os alimentos:

Ao levar sua comida para freezer, lave bem os recipientes antes de usá-los e, preenchidos, verifique se estão bem fechados.

Use potes, de preferência, transparentes.

Fique atento para os prazos de validade – (temperatura inferior a 5ºC) e um mês no freezer (não acima de -18ºC) e podem ser armazenados por até 90 dias. Lembrando que a temperatura do congelador (que fica na parte de cima da geladeira) é inferior ao do freezer, sendo de aproximadamente -6ºC, fazendo com que o tempo de armazenamento também diminua (aproximadamente 20 dias).

 ❤ Receba as boas notícias de vale mais no celular 📲.
Salve o número
011 9 9985-3577 e
envie a frase Eu Quero no WhatsApp. Pronto!

4 – Riscos de congelar e descongelar a comida:

O processo de congelamento e descongelamento da comida vai interferir de alguma forma nas características dos alimentos, como textura, sabor, umidade. No entanto, se feito de forma adequada, pode facilitar o dia a dia.

Marmita com comida saudável é simples e tranquilo de se preparar*

No entanto, quando um alimento for congelado e depois descongelado, não deve ser congelado novamente, pois além de interferir na qualidade, aumenta o risco de contaminação por bactérias e outros microorganismos – que podem se aproveitar da mudança de temperatura para se multiplicar no alimento e colocar em risco a saúde de quem o comer.

Não descongele os alimentos à temperatura ambiente. Utilize o forno de microondas se for prepará-lo imediatamente ou deixe o alimento na geladeira até descongelar.

As carnes devem ser descongeladas dentro de recipientes. Os micróbios patogênicos multiplicam-se rapidamente em temperatura ambiente. Durante o descongelamento, a carne produz sucos que podem contaminar outros alimentos com micróbios patogênicos.

*Com o blog Saúde.

vale mais

 Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções; links rompidos ou inexistentes; informações enviadas com incorreções. Imagens *Pixabay e divulgação.

GOSTOSO E BARATO – Como fazer tahine com 2 ingredientes

Não há quem resista a um prato de comida árabe. Se ele sai totalmente das suas mãos, ah, melhor e mais gostoso ainda. Depois da coalhada seca em dois tempos, post de sucesso aqui do blog, a receita é de pasta de gergelim, ou tahine, como é mais conhecido.

Tahine feito em casa, uma receita fácil e barata que só leva 2 ingredientes

Por menos de R$ 2, pode-se fazer quase uma xícara dessa “base” que dá sabor a vários pratos conhecidos. Melhor é que são necessários apenas dois ingredientes.

Pão fresco e babaganuche, foto de Gabriel Hess*

Com o tahine se faz homus e babaganuche e pode-se temperar saladas. Em vez de comprar uma com a pasta pronta, basta um pouco de azeite e um processador ou mini-processador.

⬇️Passo a passo com fotos mais abaixo!⬇️

GOSTOSO E SAUDÁVEL – Como fazer ricota com 2 ingredientes

Gergelim sem pele, ingrediente principal do tahine

Ingredientes do tahine:

  • 1 xícara de gergelim sem pele (branca)
  • 1 a 2 colheres de sopa de azeite
❤ Receba as boas notícias de vale mais no celular 📲.
Salve o número
011 9 9985-3577 e
envie a frase Eu Quero no WhatsApp. Pronto!

Como fazer o tahine:

Em uma frigideira e fogo baixo, torre o gergelim até que fique ligeiramente dourado. Mexa sem parar

1 – Para fazer a pasta, é preciso torrar um pouco a semente: coloque o gergelim em uma frigideira (usei a Rochedo com anti-aderente) em fogo baixo (não vai óleo nem nada) e mexa sem parar. Pode usar uma colher de pau ou bambu.

2 – Quando começar a dourar, retire do fogo e passe para um prato ou forma para esfriar. Cuidado, o gergelim é tão pequeno e sensível que rapidamente pode queimar.

Note como a pasta de gergelim vai se formando, aos poucos, no processador

3 – Coloque em uma outra forma ou prato para esfriar. Já frio, passe o gergelim para um processador e ligue o botão de processamento. Para facilitar o início da formação da pasta, adicione uma colher de sopa de azeite extra-virgem.

4 – Não leva muito tempo. De vez em quando, pare e mexa a pasta, que gruda bastante no fundo e nas paredes do processador até que forme mais óleo.

5 – Parar também é importante para que o motor do processador não queime, pois o uso é grande e o bichinho esquenta!

6 – Se precisar, adicione mais uma colher de sopa de azeite.

Nos momentos finais da pasta de gergelim feita em casa _ o processador trabalhou bem para seu tahine ficar no ponto

7 – Aos poucos, e em menos de 7/8 minutos de processador, forma-se a pasta de gergelim.

Pronto, saindo do processador seu tahine caseiro. Passe a pasta para um vidro bem lavado e seco, com tampa, para conservar na geladeira _até 3 semanas, com certeza.

Use e abuse nos pratos preferidos.

DICAS – Quanto mais você torra as sementes de gergelim na frigideira, mais gosto de defumado ele fica.

vale mais

Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções; links rompidos ou inexistentes; informações enviadas com incorreções. Imagens do blog e *Licença Creative Commons.

COMO FAZER – Bolo de banana, maçã e aveia sem açúcar

O café da manhã e lanche da tarde podem ficar bem saudáveis com um bolo cheio de ingredientes comuns ao nosso dia a dia. A banana e a maçã combinam muito bem com a aveia – não precisa de trigo. Resultado: um bolo doce na medida, gostoso sem açúcar!

Bolo de banana, maçã e aveia sem açúcar – na foto fiz 1/2 receita e ficou doce e gostoso

Para dar uma pitada extra de gostosura, um toque de canela.. Vou à receita de bolo de banana e maçã zero açúcar:

👍 Vem curtir vale mais no Face!

COMO FAZER BOLO – Óleo de coco pode ajudar a soltar da forma

Aveia em flocos, Marco Verch*

Ingredientes:

  • 4 bananas nanicas médias a grandes
  • 4 maçãs
  • 2 xícaras de farinha de aveia
  • 3 ovos
  • 1/2 xícara de óleo
  • 1 colher de chá de canela em pó
  • 1 colher de fermento em pó

Como fazer:

  1. Ligue o forno a 180 graus. Bata as claras em neve e reserve.
  2. Unte e enfarinhe a forma ou use um desmoldante.
  3. Descasque e pique as bananas e três maçãs e bata no liquidificador ou mixer com as gemas e o óleo até formar uma massa cremosa.
  4. Enquanto isso, descasque e pique uma maçã em cubinhos pequenos (1 cm), acrescente a canela, misture e reserve.
  5. Acrescente a farinha de aveia (se não tiver farinha, use sua aveia em flocos e bata no liquidificador antes que dá certo) a essa massa.
  6. Na mão, acrescente a maçã picada e depois as claras em neve, mexendo de baixo para cima.
  7. Por último, o fermento em pó, mexendo sempre de baixo para cima.
  8. Coloque na forma untada e enfarinhada com a farinha de aveia e leve ao forno por cerca de 35/40 minutos ou fazendo o teste do palito, que deve sair seco do bolo.
O bolo fica fofinho, doce na medida (sem açúcar ou mel) e um pouco úmido com os pedacinhos de maçã e vai muito bem no café da manhã

COMO FAZER BOLO – Casquinhas de laranja cristalizadas combinam com chocolate

vale mais

Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções. Imagens do blog e *Licença Creative Commons, maio de 2017.

GOSTOSO E SAUDÁVEL – Como fazer ricota com 2 ingredientes

Os dias passam e a certeza aumenta: preparar a nossa comida em casa é saudável e mais barato. Além de tudo, cozinhar é uma tarefa que carrega muito do nosso afeto para com a gente e todos que habitam a casa. Então, hora de aprender a fazer ricota com apenas dois ingredientes!

⬇️Passo a passo com fotos mais abaixo!⬇️

Ricota caseira em cubos feita com apenas 2 ingredientes

Queijo macio e que vai em pratos salgados e doces, a ricota também vai na salada, em cubinhos; no pão francês com sal e azeite. No recheio do pastel com espinafre. Na torta de ricota com uvas passas. No bolo com fubá. Ou em um sofisticado stollen (ainda vou publicar a receita desta delícia).

DELÍCIA – Onde comprar a ricota mais barata de São Paulo

A ricota também tem sido chamada, mesmo aqui no Brasil, de paneer, que é o nome que ganha na Índia e em outros países. Então, quando você encontrar uma receita na Internet em português usando paneer, já sabe o que é.

E vamos ao que interessa, porque fazer ricota é gostoso, fácil e rápido. Ah, mais uma vez, só 2 ingredientes e a ajuda de um coador de algodão ou voal e uns 2 litros de água filtrada.

Ingredientes da ricota caseira: leite e limão, mais a ajuda de um coador de tecido

Ingredientes da ricota caseira:

  • 1 litro de leite integral
  • 2 a 3 colheres de suco de limão
❤ Receba as boas notícias de vale mais no celular 📲.
Salve o número
011 9 9985-3577 e
envie a frase Eu Quero no WhatsApp. Pronto!

Como fazer a ricota caseira:

Para fazer a ricota em casa: 1 – ferva o leite; 2 – adicione o limão; 3 – quando formar o soro na cor esverdeada, hora de tirar rapidamente do fogo

Coloque o leite (usei de saquinho) para ferver em fogo médio (pode ser integral, este aqui das fotos é desnatado. Todos dão certo);

Enquanto isso, esprema o limão e coe. Separe as 2 colheres de sopa do suco e deixe ao lado um pouco mais disponível para usar (se necessário);

Mexa sempre o leite para que não queime no fundo. Cheiro de queimado e pedaços de leite queimado ninguém merece;

Quando ferver, despeje as duas colheres de limão e mexa até que o leite comece a talhar e o surja o soro, que fica ligeiramente esverdeado. É bom usar uma escumadeira para saber se a ricota já está se formando. Caso o leite não talhe rapidamente, use um pouco mais de limão que você já havia separado;

ATENÇÃO, importante tirar do fogo logo que a ricota se forma e, imediatamente, tirar da panela ou caneca para que não fique dura. Manter a maciez é essencial para uma ricota gostosa, apetitosa. Um truque é deixar por perto pedras de gelo para baixar rapidamente a temperatura do soro e evitar que a ricota continue cozinhando e endureça.

Para fazer a ricota: 4 – coalhado, o leite deve ser transferido para um coador; 5 – coloque o leite coalhado em um coador de tecido; 6 – passe em água filtrada ou corrente

Despeje o leite talhado com soro sobre um coador já aberto sobre uma caneca ou peneira grande, como preferir.

Dentro do coador, lave a ricota na água filtrada já separada como se fosse água corrente. Não tenha medo, é para tirar o gosto do limão.

Depois de lavar a ricota, esprema um pouco o coador para tirar o excesso de água.

Para fazer a ricota: 7 – esprema para tirar o excesso de água; 8 – arrume o coador com o leite coalhado sobre uma panela furada; 9 – coloque um peso em cima para formar um bloco para ser cortado em cubinhos

Feche o coador e faça um pacote quadrado ou retangular bem apertadinho. Coloque sobre uma panela com furos, como de cuscuz ou a vapor. Coloque um peso em cima: pode ser um vasilhame de vido grande com água, um jarro cheio de água, uma panela com água. Use o que tem em casa.

A ricota em formato achatado para ser cortada em cubinhos

Depois de 1 hora a ricota está pronta. Pode cortar em cubinhos e guardar em um vidro com tampa hermética. Ou pode amassar com o garfo e fazer um patê.

DICAS – Quando o leite é menos gorduroso ou mesmo zero gordura, a quantidade de ricota produzida é menor que a do leite integral. Faça sua escolha!

Onde comprar coador de algodão: Médio, aqui, grande e médio em algodão cru, sem química de clareamento no tecido, aqui

Coador de algodão para ricota do Mercado Livre, aqui

vale mais

Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções; links rompidos ou inexistentes; informações enviadas com incorreções. Imagens do blog.

COMO FAZER BOLO – Receita alemã com maçã, nozes e canela é fácil

Usar uma fruta comum do dia a dia para se obter um bolo pra lá de gostoso _e ainda por cima barato_ é mais fácil do que você possa imaginar. A receita de vale mais de hoje ensina como fazer um bolo em casa com maçã e nozes. Ah, e você vai gastar menos de R$ 8!

Bolo de maçã com nozes e canela, gostoso, úmido e facílimo de fazer

Garimpei esta receita super fácil em um site dos EUA e a usuária do site informa que é original da Alemanha. Puxa, nada mal, os alemães são mesmos bons em usar maçãs em doces.

Logo whatsapp Envie uma msg para 011 9-9985-3577 e receba vale mais no celular. Clique e saiba mais

Maçãs, frutas que o brasileiro adora, foto de Nick Saltmarsh, agosto de 2008*

O toque diferente desta receita é a canela. E o cheiro do bolo, então… Delícia pura.

Vamos lá:

EU FAÇO – Bolo de fubá saudável turbinado com tâmaras e damascos

Ingredientes do bolo alemão de maçã com nozes e canela:

  • 2 xícaras de maçãs descascadas e cortadas em cubos pequenos (cerca de 1 cm)
  • 1 1/2 xícara de nozes picadas
  • 3 xícaras de trigo
  • 4 ovos
  • 2 xícaras de açúcar
  • 2 colheres de sopa de açúcar
  • 1 colher de chá de canela em pó
  • 1/4 de xícara de suco de maçã (de preferência natural)
  • 1 xícara de óleo (milho ou girassol)
  • 1 pitada de sal
  • 1 colher de chá de aroma de baunilha
  • 1 colher de sopa de fermento em pó
O bolo de maçã, nozes e canela caiu muito bem na nova forma que chegou via Ebay (vai ter post)

GOSTOSO E ECONÔMICO – Receita de bolo fofo de chocolate belga

COMO FAZER BOLO – Sabendo untar não vai grudar

Como fazer:

  1. Pré-aquela o forno a 180 graus (fraco para médio).
  2. Unte a forma com manteiga e passe a farinha, tirando o excesso.
  3. Lave, descasque e corte as maçãs suficientes para a quantidade pedida. Usei  cerca de 1 maçã e meia da Fuji.
  4. Numa
    Maçãs em cubinhos para o bolo, foto de The Boreka Diary, setembro de 2010*

    tigela ou prato fundo, misture os cubinhos de maçã com a canela, as duas colheres de açúcar e as nozes, misturando tudo. Reserve.

  5. Bata as claras em neve com a pitada de sal e reserve.
  6. Na batedeira ou em uma tigela, bata o óleo, as gemas, o açúcar. Comece a acrescentar o trigo peneirado e o suco de maçã se a massa ficou muito densa, coloque um pouquinho mais de suco, sem deixar que fique mole.
  7. Adicione as claras em neve, mexendo sempre de baixo para cima até que as claras fiquem incorporadas na massa.
  8. Acrescente a baunilha e o fermento, mexendo sempre de baixo para cima.
  9. Por último, coloque as maçãs e as nozes preparadas no açúcar e canela e mexa sempre de baixo para cima.
  10. Coloque na forma e ponha para assar a 180 graus centígrados (fraco ou fraco/médio).
  11. Asse por cerca de 35/45 minutos ou antes, fazendo o teste do palito (coloque em 2 pontos da forma, se sair seco, o bolo já está assado e pode ser retirado do forno.

CHIQUE E BARATO – Castanha do Pará, estrela do bolo

O bolo de maçã com nozes e canela cai bem com um cafezinho

♥ DICAS

  • Esta receita dá um bolo beeeem grande. Faça meia receita para obter um bolo como o da foto ou divida em duas formas do tipo de bolo inglês e asse ao mesmo tempo.
  • Para fazer o suco de maçã, use uma centrífuga na hora de colocar na massa, pois o suco escurece rapidamente mesmo. Se não tiver centrífuga, bata no liquidificador com um pouco só de água.
  • Você pode usar suco comprado pronto. Prefira aqueles de garrafa de 1 litro com o suco puro, sem conservantes, água ou açúcar.

vale mais

 Boas notícias para quem quer curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções; links rompidos ou inexistentes; informações enviadas com incorreções. Imagens do blog e *Licença Creative Commons.

BARATO E SAUDÁVEL – Marmita elétrica com preço quente: R$ 74,90

Na onda de economizar sempre e comer bem ao mesmo tempo, a marmita elétrica parece ser ideal _principalmente se for comprada em modelo com saladeira e preço de R$ 74,99.

Marmita elétrica light e saladeira Marmi Quent com aquecimento a vapor bivolt, R$ 74,90 na Americanas, aqui, e no Ponto Frio, aqui

Além de você não gastar em restaurantes a quilo perto do trabalho, come os pratos preparados em casa, o que permite balancear e optar por uma refeição saudável.

Dei uma busca e vi que a Marmi Quent com saladeira e bivolt, uma das boas opções que pode se encontrar online, está com um preço tentador em várias lojas online.

O mais baixo em vários sites é de R$ 74,90, que pode ser achado no Ponto Frio, Americanas, Shoptime e outras redes, oferecido por duas lojas, a Utensil e a Shopzoom.

Existem outros vendedores dentro do site, é só prestar atenção na hora de checar o preço e as características do produto.

Para se fazer uma boa compra, o valor a ser considerado não fica apenas no preço do produto. Deve incluir o valor do frete. Em geral, redes menores ou lojas menores cobram valores maiores.

No site Americanas, o próprio sistema já informa os valores para cada parceiro: hoje, escolhi aleatoriamente o CEP 03307-005, que fica no bairro do Tatuapé, em São Paulo, os valores variam de R$ 9,47 (empresa OList) a R$ 17,33 (empresa Martex), que é quase o dobro! Neste caso, apesar de o frete da OList ser o menor, o valor da marmita é bem maior e na soma, ainda ganha o Shopzoom.

Logo cortadoReceba vale mais  direto no celular 📲. Salve o número 011 9 9985-3577 com o nome vale mais. Mande uma mensagem com a frase Eu quero no WhatsApp. Pronto! Clique aqui e saiba mais.

Então, celular na mão com a calculadora na tela, moçada! E preste muita atenção aos prazos de entrega, podem variam bastante. Quem mora no Rio de Janeiro pode contar com a retirada em loja da Casa & Video.

A Casa & Video oferece a opção de retirar a Marmi Quent (sem a saladeira) em loja, aqui
A empresa oferece em seu site um outro modelo Marmi Quente, sem a saladeira, por R$ 84,99.

Ao optar por retirar em loja, o sistema coloca o mapa com a localização das lojas, endereços e horários de funcionamento

Ao optar por pegar a compra na loja, o sistema já mostra as lojas da rede. Uma boa opção para se escapar do frete.

Para saber mais:  Tudo sobre marmitas

vale mais

 Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções. Imagens dos sites das empresas citadas. Preços pesquisados em 3 de julho de 2017 não incluem frete.

PRATO DE CHEF – Açaí com banana mais granola com energia de Rita Taraborelli

Volta às aulas, à academia, à corrida no parque, a caminhada acelerada em busca de boa saúde. E ao corre-corre do dia a dia.
É, a comida também é ingrediente importante dos momentos que o corpo pede reposição. Então, hora de uma receita doce e gostosa _mas zero açúcar! Açaí com banana turbinada com granola caseira.
Açaí congelado e natural, banana nanica, suco de uva e guaraná e pó. Zero açúcar na receita
Açaí congelado e natural, banana nanica, suco de uva e guaraná e pó. Zero açúcar na receita, rapaziada, porque o lanche é saudável!

Uma boa pedida de preparo para este finde que começa na saída do trabalho desta sexta-feira.

Melhor: tudo feito pela chef Rita Taraborelli especialmente para você preparar na sua cozinha. Barato, prático e delícia que rende várias porções _prato típico que a gente gosta de mostrar aqui no blog vale mais.
Olha só o resultado:
Para quem não conhece, Rita é uma pessoa com muitas qualidades: além de ser chef, ela escreve blogues e livros, cozinha, costura, desenha, pesquisa no Brasil e em outros países.
Rita Taraborelli e dois de seus livros
Rita Taraborelli e dois de seus livros
Faz o blog Prato de PapelMultifacetada  e talentosa. Como se não bastasse, é praticante de yoga.

Hoje, um pouco de seus segredos de liquidificador que ela revela de sua casa, em Sorocaba, interior do Estado de São Paulo.

O liquidificador vai cuidar de misturar os ingredientes
O liquidificador vai cuidar de misturar os ingredientes

Vamos lá?

Receita de açaí com granola zero açúcar:
O creme – ingredientes:
300 gramas de polpa de açaí (sem xarope de guaraná)

4 bananas maduras

1 xícara de suco de uva sem açúcar

1 colher de chá de guaraná em pó

2 colheres de sopas de chia (opcional) – para engrossar

200 gramas de amora e framboesas (opcional)

Preparo: simplesmente bata tudo no liquidificador até ficar cremoso.

Logo cortadoReceba as boas notícias de vale mais direto no celular 📲. Envie uma mensagem para 011 9 9985-3577 e pronto! Clique aqui e saiba mais
Óleo de coco, aveia, mel, castanha do Pará, uva-passa, raspas de limão, cúrcuma e canela
Óleo de coco, aveia, mel, castanha do Pará, uva-passa, raspas de limão, cúrcuma e canela

1 xícara de aveia em flocos

2 colheres de sopa de castanhas de sua preferência

1/2 xícara de uva passa ou outra fruta desidratada

É tão fácil preparar a granola na frigideira!
É tão fácil preparar a granola na frigideira!

3 colheres de sopa (rasas) de óleo de coco

1 colher de café de cúrcuma

1 colher de café de canela

1 limão (raspas)

Em uma frigideira de fundo grosso derreta o óleo e adicione a cúrcuma, as raspas e a canela, em seguida adicione a aveia com as castanhas e mexa, em fogo baixo, até dourar. Levará em torno de 5 a 10 minutos.

Desligue o fogo e adicione as passas. Pronto!

Sirva sobre o açaí em tigelas e finalize com um fio de mel ou melado.

O açaí rende para três pessoas e ainda fica granola para guardar no armário.
Capa do livro Comidinhas Vegetarianas
Capa do livro Comidinhas Vegetarianas, R$ 54,90

Livro Comidinhas vegetarianas, de Rita Taraborelli,  na Saraiva neste link aqui e na Cultura, neste link aqui.

Snapchat de vale mais
Snapchat de vale mais
 vale mais

 Para quem quer curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções. Fotos do blog vale mais. Preços de 25 de fevereiro de 2016.

DELÍCIA – As mil folhas de tapioca de Lu Bonometti

 Chegou a sobremesa mais transada de quem curte um prato saudável: mil folhas de tapioca com creme de coco e manga. É zero lactose, zero glútten e vai um pouquinho só de açúcar. Quer mais?
Mil folhas de tapioca com creme de coco e manga - zero lactose, zero glútten
Mil folhas de tapioca com creme de coco e manga – zero lactose, zero glútten

A receita é de Lu Bonometti, dona de uma confeitaria que leva seu nome nos Jardins, em São Paulo _de onde saem biscoitos deliciosos, além de

Biscoitos da confeitaria Lu Bonometti, em São Paulo
Linha gourmet da confeiteira

um café muito bem apresentado e, claro, presenteado com uma versão mini de um dos biscoitos que ela produz.

Lu é caprichosa e detalhista. De suas mãos, tudo sai muito bem feito. A confeiteira aceitou o convite de vale mais e revela aqui o passo a passo deste doce super saudável, chique e, melhor de tudo, barato!
Com menos de R$ 20, rende praticamente 10 porções.
E é fácil de fazer _mesmo quem não tem experiência no fogão, vai conseguir numa boa.
Manga picada, coco ralado fresco, tapioca pronta para usar, amido de milho e açúcar, ingredientes da sobremesa
Manga picada, coco ralado fresco, tapioca pronta para usar, amido de milho e açúcar, ingredientes da sobremesa
Ingredientes do mil folhas de tapioca com creme de coco e manga
1,5 xícara de tapioca pronta para usar
200 ml leite de coco (1 garrafinha)
2 colheres de sopa de açúcar
1 colher de chá de amido de milho (Maizena)
1 xícara de coco ralado fresco
Manga fresca em cubos
Rendimento aproximado: 10 porções

Logo cortado Receba as boas notícias de vale mais direto no celular 📲. Envie uma mensagem para 011 9 9985-3577 e pronto! Clique aqui e saiba mais

Aqueça o forno a 200 graus centígrados, aproximadamente, por uns 10 a 15 minutos.

Passo 1:

Peneire a tapioca, faça os discos e pressione levemente com as mãos
Peneire a tapioca, faça os discos e pressione levemente com as mãos

Pegue uma assadeira e peneire a tapioca formando uma fina camada. Fina mesmo. Com a ajuda de um potinho de plástico ou vidro bem limpo, dê forma discos que serão usados no mil folhas.

Embalagens de manteiga ou queijo têm um tamanho bom. Com muito diâmetro, o prato ficará exagerado. Com pouco, ficará esquisito, né?

Ah, pressione levemente a tapioca com as mãos, com o cuidado de não desmanchar os discos.

O tapete de silicone usado para fazer peso é próprio para forno
O tapete de silicone usado para fazer peso é próprio para forno

Para evitar que entortem enquanto são assados, cubra com um tapete de silicone (neste link aqui) ou use uma folha de papel manteiga.

vale mais - Discos de tapioca prontos, fininhos como uma folha
Discos de tapioca prontos, fininhos como folhas de papel

Leve ao forno por cerca de 5 minutos. Isso mesmo, 5 minutinhos. Tire do forno em seguida, ou corre o risco de queimar. Pronto, estarão crocantes, pode ter certeza. E fininhos como folhas.

Reserve em ou um prato plano ou outra forma para esfriar. Calcule 3 discos por doce e faça mais discos se necessário.

Passo 2:

Lu Bonometti mexe o creme até ficar um pouco grosso, mas menos que um mingau
Lu Bonometti mexe o creme até ficar um pouco grosso, mas menos que um mingau

Em uma panela, coloque o leite de coco e leve ao fogo. Quando estiver quase fervendo, separe um pouco da mistura em uma tigela pequena. Dissolva o amido nessa tigela até não ter grumos ou pelotinhos. Retorne para a panela, mexendo sempre.

Acrescente o coco e o açúcar. Mexa até chegar no ponto _ele ficará quase como um mingau, mas mais para o mole.

Coloque em um prato fundo ou tigela e deixe esfriar na geladeira, protegido por um filme ou uma tampa por cerca de 1 hora.

Passo 3:

Pique a manga fresca em cubinhos de 1 centímetro.

Creme de coco gelado? Pode começar a montagem do prato!

Coloque um disco de tapioca. Cubra com o creme de coco gelado com altura de meio centímetro, mais ou menos.

Coloque alguns cubos de manga encaixados no creme. Agora é colocar outro disco de tapioca, creme, a manga. E mais uma vez o mesmo processo.

Pronto, finalize com um toque de creme no prato e alguns cubinhos da fruta, se quiser.

Mil folhas de Lu Bonometti, pronta para ser devorada
Mil folhas de Lu Bonometti, pronta para ser devorada

Sirva imediatamente, porque a graça desse doce é estar crocante e fresquinho, ensina Lu Bonometti.

Lu Bonometti
Lu Bonometti

♥  Dicas da Lu:

Os discos podem e creme podem ser feitos na véspera ou com até 3 dias de antecedência.

Use outra fruta, se preferir, como kiwi ou morango.

Confeitaria Lu Bonometti, neste link aqui.

Onde comprar tapete culinário:

Polishop, neste link aqui.

vale mais

Snapchat de vale mais
Snapchat de vale mais

 Para quem quer curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

Nas redes sociais, é só clicar:t

facebook_logo_detail          Logo Pinterest          Twitter_logo_blue          Instagram_Icon_Large          Google+       Logo tumblr azul no transparente

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções. Fotos do blog vale mais e Divulgação/Lu Bonometti.

AMANHÃ CEDO – Sobremesa chique, saudável e barata

Não perca: uma sobremesa chique e saudável que leva manga, coco e tapioca. Fácil de fazer e _melhor_ baratiiiiinha!
Amanhã cedo, aqui em vale mais.
vale mais - Sobremesa de Lu Bonometti
Snapchat de vale mais
Snapchat de vale mais

vale mais

 Para quem quer curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

Nas redes sociais, é só clicar:

facebook_logo_detail          Logo Pinterest          Twitter_logo_blue          Instagram_Icon_Large          Google+       Logo tumblr azul no transparente

Porta-sanduíche 🍔 garante economia e lanche saudável

Os marmiteiros já sabem: como é bom comer comida saudável feita em casa ao mesmo tempo que se economiza. Pois quem quer fugir dos restaurantes e lanchonetes tem ainda mais outra boa opção para se carregar pequenas refeições: os porta-sanduíches 🍔 ou porta-lanches 🍕 🍰.

Porta-sanduíche simples de plástico da Casa & Vídeo, R$ 4,99
Porta-sanduíche simples de plástico da Casa & Vídeo, R$ 4,99

Em geral pequenos ou médios e ideais para carregar sandubas,  queijos, frutas em pedaços ou em fatias ou pedaços de tortas. Tudo para você garantir um lanche saudável e feito pelas suas próprias mãos ou por alguém da sua família.

Porta-sanduíche Built com capa de neoprene, R$ 66,48 no Extra _e pode ser retirado em loja
Porta-sanduíche Built com capa de neoprene, R$ 66,48 no Extra _e pode ser retirado em loja

Os porta-sanduíches são uma excelente opção para quem está de dieta e precisa de refeições intermediárias.

Pote para sanduíche baixo da Sanremo, R$ 14,45 na Americanas e no Extra
Pote para sanduíche baixo da Sanremo, R$ 14,45 na Americanas e Ponto Frio e nas Casas Bahia, R$ 14,44

Também é a solução para quem é costuma ir para a academia e deve preparar antes o organismo com alimentos indicados para se obter um bom rendimento nos exercícios. Nada de ceder à tentação dos sandubas com ingredientes light presentes nas cafeterias de academias… Ah, e tem o tal lanche pós-treino _e o porta-sanduíche entra de coadjuvante no pedaço.

O porta-sanduíche Lekue verde tem lugar para escrever o nome do dono, R$ 59,99 na Etna
O porta-sanduíche Lekue verde tem lugar para escrever o nome do dono, R$ 59,99 na Etna

Moral da história: fim do papel alumínio, saquinhos de plástico com fechamento tipo zíper e outras soluções adaptadas. UFA!

Claro que esses recipientes primos-irmãos da marmita não são indicados para refeições com grande quantidade de molhos. Mas nem é caso, certo?

Porta-sanduíche com dois recipientes e capa na cor preta, bem masculino, R$ 96,11 no Extra, também pode ser retirado na loja
Porta-sanduíche com dois recipientes e capa na cor preta, bem masculino, R$ 96,31 no Extra, também pode ser retirado na loja

Transparentes, coloridos, tipo flip ou com tampa completamente destacável, podem ser encontrados em sites online como Americanas, Extra, Ponto Frio e Casa & Video, por exemplo.

Logo cortado Receba as boas notícias de vale mais direto no celular 📲. Envie uma mensagem para 011 9 9985-3577 e pronto! Clique aqui e saiba mais

Há vários modelos e a maioria é feita de plástico. Alguns vêm com divisões ou “andares” e os importados da marca Built, bem conhecida, já possuem uma capa justinha com zíper de neoprene para conservar por algumas horas a temperatura do lanche.

Porta-sanduíche da Fuel de tecido tipo envelope, R$ 35,99 na Etna
Porta-sanduíche da Fuel de tecido tipo envelope, R$ 35,99 na Etna

Também há algumas versões de tecido com design bem chique. Certeza que ao tirar da bolsa ou mochila, seu lanche vai chamar a atenção pelo bom gosto.

Dependendo do modelo, há preços que não chegam a R$ 5. Mas há produtos mais sofisticados que podem ter o preço maior que uma boa marmita.

Onde comprar porta-sanduíches:

AmericanasCasa & VideoCasas BahiaEtna –  Extra aqui  e também aquiPonto Frio

Clique e saiba mais:

Economize e coma bem levando marmita ao trabalho

Livro dá receitas de chef para marmita

Marmita elétrica garante refeição quente

Marmitas siliconadas, fácil de comprar online

Uma boa marmita vale mais que um prato cheio no quilo

vale mais
Hambúrguer Ruby do Les 3 Brasseurs: fraldinha, tomate, molho cheddar vermelho, ketchup, pimentão confitado vermelho e cebola roxa confitada no pão de hambúrguer vermelho: R$ 15
Hambúrguer Ruby do Les 3 Brasseurs

 Para quem quer curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

Nas redes sociais, é só clicar:

facebook_logo_detail          Logo Pinterest          Twitter_logo_blue          Instagram_Icon_Large          Google+       Logo tumblr azul no transparente

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções. Imagens dos sites das empresas Preços pesquisados em 25 de outubro de 2015 não incluem frete.

Economize e faça pães saudáveis 🍞 com a panificadora

Pão quentinho no café da manhã com manteiga ou queijo, derretendo que cai pelas laterais. No lanche pré-treino. Torrado, acompanhando um aperitivo. Com orégano e azeite então… Ou no sanduba com frios da sua preferência.  É tanta oportunidade para se comer pão 🍞 durante todo o dia que a melhor solução é fazê-lo e casa!

Não quer colocar a mão na massa?

Fatias de pão integral feito na panificadora com grãos com requeijão e manteiga, hum!
Fatias de pão integral feito na panificadora com grãos com requeijão e manteiga, hum!
Pão integral com grãos feito na panificadora
A massa fica macia e você pode fazer com 600 ou 900 gramas

Tudo bem, as pani-ficadoras, ou máquinas de fazer pão, fazem tudo por você.

Verdade! Além de ficar mais barato que comprar pães prontos, você pode programá-las para que, quando acordar, o pão esteja quentinho. E é bem mais saudável que um pão comprado pronto, certo?

Todos os ingredientes já na forma pronta para o início da feitura; pão assado e já fora da forma da panificadora
Todos os ingredientes já na forma pronta para o início da feitura; pão assado e já fora da forma da panificadora

Você só precisa colocar os ingredientes na forma e seguir as instruções e receita. E muitas delas já vem no manual de instruções.

Logo whatsapp Envie uma msg para 011 9-9985-3577 e receba vale mais no celular. Clique e saiba mais

vale mais acompanhou a advogada Débora Pinton Sacconi no passo a passo de um pão integral com grãos que ela tem feito regularmente em sua panificadora da marca Cadence. “Não me arrependi. Estou usando demais, ela já tem lugar fixo na cozinha para ficar fácil de usar. Estou adorando”, diz.

Ingredientes já na medida para serem colocados na panificadora
Ingredientes já na medida para serem colocados na panificadora
Receita de pão integral que vem no manual da Cadence
Receita de pão integral que vem no manual da Cadence

A máquina faz tudo sozinha. Assim que os ingredientes entram na panificadora, o processo todo leva cerca de 3 horas e meia. É possível programar e fazer várias receitas. Esta receita que Débora fez está no manual e ela apenas acrescentou um porção a mais de grãos que ela, o marido, Fernando Sacconi, e a filha, Catarina, gostam.

EU FAÇO – Pão zero gordura na boca do forno

Ela conta que o segredo é colocar em primeiro lugar, na forma, os ingredientes líquidos e pastosos, como leite e ovos. Depois, os grãos e manteiga, e por último, as farinhas _nesta receita, trigo branco e integral.

Panificadora Cadence no Magazine sigavalemais, R$ 429,90, modelo 110 volts ou 220 volts
Panificadora Cadence no Magazine sigavalemais, R$ 429,90, modelo 110 volts ou 220 volts

“É tudo muito prático, fácil e a gente faz diversas receitas e é tudo muito mais saudável, pois não vai conservante ou outros aditivos”, conta.

Ela já experimentou várias e ficou muito satisfeita com a marca que escolheu, Cadence. Débora comprou na Internet. Veja a panificadora que Débora comprou no Magazine sigavalemais aqui.

Há várias marcas disponíveis, como Britânia, Mondial, Philco. Atenção na hora da compra, pois há modelos disponíveis em 110 e 220 volts.

DICA DA DÉBORA – Substitua a margarina pelo óleo de coco.

Onde comprar:

AmericanasCasas Bahia –  Magazine sigavalemais – Ponto FrioWalmart

Panificadora Mondial Premium PF-51, R$ 229.90 nas Casas Bahia
Da Mondial,  R$ 229.90 nas Casas Bahia

vale mais

 Para quem quer curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

Nas redes sociais: só clicar:

facebook_logo_detail          Logo Pinterest          Twitter_logo_blue          Instagram_Icon_Large          Google+       Logo tumblr azul no transparente

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções. Fotos do blog e do site do Magazine sigavalemais. Preços pesquisados em 01 de outubro de 2015 não incluem frete.

10 passos para uma alimentação saudável

Laranja cravo*****
Laranja-cravo*****

Em novembro passado, o governo federal lançou o Guia Alimentar para a População Brasileira.  Em alguns veículos de comunicação, o lançamento passou despercebido. Em outros, foi abordado e apresentado de forma resumida.

Hoje vale mais traz uma das principais conclusões do guia, que, no final, é  um estudo para orientar os brasileiros a combater a desnutrição. E também prevenir doenças que estão dando o que falar, como a obesidade, diabetes, câncer e até infarto.

Tomates******
Tomates******

A publicação pode ser encontrada em sua totalidade em versão digital na Internet. Traz informações de como comer e preparar a refeição e sugestões para enfrentar os obstáculos do cotidiano e manter um padrão alimentar saudável. Entre os problemas abordados estão a falta de tempo e a inabilidade culinária.

Vamos ao que diz o guia lançado pelo Ministério da Saúde. As informações são para quem quer e gosta de se alimentar bem, assim como quem procura adotar hábitos saudáveis. Sem idade. Sem distinção de classe social.

Dez passos para uma alimentação adequada e saudável

Procure legumes e vegetais que estejam no ponto**

1 – Fazer de alimentos in natura ou minimamente processados a base da alimentação

Em grande variedade e predominantemente de origem vegetal, alimentos in natura ou minimamente processados são a base ideal para uma alimentação nutricionalmente balanceada, saborosa, culturalmente apropriada e promotora de um sistema alimentar socialmente e ambientalmente sustentável.

Peixe fresco
Peixe fresco***

Variedade significa alimentos de todos os tipos – grãos, raízes, tubérculos, farinhas, legumes, verduras, frutas, castanhas, leite, ovos e carnes – e variedade dentro de cada tipo – feijão, arroz, milho, batata, mandioca, tomate, abóbora, laranja, banana, frango, peixes etc.

2 – Utilizar óleos, gorduras, sal e açúcar em pequenas quantidades ao temperar e cozinhar alimentos e criar preparações culinárias

Sal
Sal, nunca em excesso****

Utilizados com moderação em preparações culinárias com base em alimentos in natura ou minimamente processados, óleos, gorduras, sal e açúcar contribuem para diversificar e tornar mais saborosa a alimentação sem torná-la nutricionalmente desbalanceada.

3 – Limitar o consumo de alimentos processados

Os ingredientes e métodos usados na fabricação de alimentos processados – como conservas de legumes, compota de frutas, pães e queijos – alteram de modo desfavorável a composição nutricional dos alimentos dos quais derivam. Em pequenas quantidades, podem ser consumidos como ingredientes de preparações culinárias ou parte de refeições baseadas em alimentos in natura ou minimamente processados.

4 – Evitar o consumo de alimentos ultraprocessados

Devido a seus ingredientes, alimentos ultraprocessados – como biscoitos recheados, “salgadinhos de pacote”, refrigerantes e “macarrão instantâneo” – são nutricionalmente desbalanceados. Por conta de sua formulação e apresentação, tendem a ser consumidos em excesso e a substituir alimentos in natura ou minimamente processados. Suas formas de produção, distribuição, comercialização e consumo afetam de modo desfavorável a cultura, a vida social e o meio ambiente.

image5 – Comer com regularidade e atenção, em ambientes apropriados e, sempre que possível, com companhia

Procure fazer suas refeições em horários semelhantes todos os dias e evite “beliscar” nos intervalos entre as refeições. Coma sempre devagar e desfrute o que está comendo, sem se envolver em outra atividade.

Procure comer em locais limpos, confortáveis e tranquilos e onde não haja estímulos para o consumo de quantidades ilimitadas de alimento.

Sempre que possível, coma em companhia, com familiares, amigos ou colegas de trabalho ou escola. A companhia nas refeições favorece o comer com regularidade e atenção, combina com ambientes apropriados e amplia o desfrute da alimentação. Compartilhe também as atividades domésticas que antecedem ou sucedem o consumo das refeições.

Frutas frescas são boa  opção
Frutas frescas são boa opção

6 – Fazer compras em locais que ofertem variedades de alimentos in natura ou minimamente processados

Procure fazer compras de alimentos em mercados, feiras livres e feiras de produtores e outros locais que comercializam variedades de alimentos in natura ou minimamente processados. Prefira legumes, verduras e frutas da estação e cultivados localmente. Sempre que possível, adquira alimentos orgânicos e de base agroecológica, de preferência diretamente dos produtores.

7 – Desenvolver, exercitar e partilhar habilidades culinárias

Se você tem habilidades culinárias, procure desenvolvê-las e partilhá-las, principalmente com crianças e jovens, sem distinção de gênero.

Se você não tem habilidades culinárias – e isso vale para homens e mulheres –, procure adquiri-las. Para isso, converse com as pessoas que sabem cozinhar, peça receitas a familiares, amigos e colegas, leia livros, consulte a internet, eventualmente faça cursos e… comece a cozinhar!

8 – Planejar o uso do tempo para dar à alimentação o espaço que ela merece

Planeje as compras de alimentos, organize a despensa doméstica e defina com antecedência o cardápio da semana. Divida com os membros de sua família a responsabilidade por todas as atividades domésticas relacionadas ao preparo de refeições.

Faça da preparação de refeições e do ato de comer momentos privilegiados de convivência e prazer. Reavalie como você tem usado o seu tempo e identifique quais atividades poderiam ceder espaço para a alimentação.

IMG_20150528_125955291_HDR9 – Dar preferência, quando fora de casa, a locais que servem refeições feitas na hora

No dia a dia, procure locais que servem refeições feitas na hora e a preço justo. Restaurantes de comida a quilo podem ser boas opções, assim como refeitórios que servem comida caseira em escolas ou no local de trabalho. Evite redes de fast food.

10 – Ser crítico quanto a informações, orientações e mensagens sobre alimentação veiculadas em propagandas comerciais

Lembre-se de que a função essencial da publicidade é aumentar a venda de produtos, e não informar ou, menos ainda, educar as pessoas.

Avalie com crítica o que você lê, vê e ouve sobre alimentação em propagandas comerciais e estimule outras pessoas, particularmente crianças e jovens, a fazerem o mesmo.

Em breve, vale mais irá trazer outras conclusões do guia.

Vertumnus, quadro de Giuseppe Arcimboldo que está no Castelo Skokloster Castle, na Suécia
Vertemmnus, quadro de Giuseppe Arcimboldo que está no Castelo Skokloster, na Suécia

*  *  * *  *  *

vale mais

 O blog para quem quer curtir coisas boas com pouca grana _ou sem nenhuma!  

Siga a gente nas redes sociais  _ só clicar:

facebook_logo_detail           Twitter_logo_blue           Instagram_Icon_Large           Google+

 vale mais não se responsabiliza por informações incorretas e complementações posteriores promovidas pelo Ministério da Saúde. Fotos com Licença Creative Commons: *do Guia; **Nancy Regan, setembro de 2010; ***Breno Peck, agosto de 2006; **** Dennis Wilkinsonm, abril de 2012; *****Arbyreed, janeiro de 2013; ****** Bartosch Salmanski, junho de 2011.

RECEITA – Arroz com legumes vai bem na marmita 🍱

Com a falta de grana pegando pesado no orçamento doméstico, a saída é levar marmita 🍱 para o trabalho. É saudável, é legal, é prático e é inteligente. Quem é marmiteiro sabe disso faz tempo… E se você ainda não é, tá mais que na hora de ter a sua e preparar algumas receitas boas.

Arroz com legumes de André Boccato
Arroz com legumes de André Boccato

Hoje vale mais traz a receita de arroz com legumes do chef experimental André Boccato, que está no livro “Marmita Chic e Saudável”. Também jornalista, fotógrafo e editor especializado em gastronomia, Boccato é tão marmiteiro que escreveu e lançou esse livro 📖 especial no final do ano passado. Um sucesso!

São 90 receitas de saladas, acompanhamentos, arroz e risotos 🍚, aves 🐔, carnes 🐄, peixes 🐟, massas 🍝 e sobremesas 🍰. Para ninguém errar na dose, está tudo muito bem organizado. vale mais já abordou o livro em post _leia neste link aqui.

O chef e dono da receita foi curador de gastronomia para a Bienal do Livro de São Paulo e é curador do “Cozinhando com Palavras”, apresentado na Bienal Internacional do Livro de São Paulo, na Feira do Livro de Frankfurt e na edição da Festa Literária de Paraty (Flip) de 2014.

Receita de arroz com legumes para marmita:

Ingredientes:

Ingredientes da receita de arroz com legumes para marmita do livro
Ingredientes da receita de arroz com legumes para marmita do livro “Marmita Chic e Saudável” *

• 1 colher (sopa) de azeite
• 2 colheres (sopa) de cebola picada
• 1/2 dente de alho picado
• 1 tomate pequeno sem pele e sem sementes cortado em cubos
• 1/3 de xícara (chá) de abóbora cortada em cubos pequenos
• 1 pitada de noz-moscada
• 1/2 xícara (chá) de arroz
• sal a gosto
• 1 e 1/4 de xícara (chá) de água fervente
• 1 ovo
• 1 colher (sopa) de cheiro-verde picado

Como preparar:
* Aqueça o azeite e frite a cebola e o alho.
* Junte o tomate, a abóbora, a noz-moscada e o arroz.
* Frite até o arroz ficar transparente e adicione sal e a água.
* Deixe cozinhar, em fogo baixo, até o arroz ficar macio.
* À parte, em uma panela antiaderente, coloque o ovo, o sal, o cheiro-verde e vá mexendo até ficar cozido.
* Misture o arroz com o ovo mexido. Sirva a seguir.

Rendimento: 2 porções – Tempo de Preparo: 35 minutos.

O livro “Marmita Chic e Saudável” pode ser adquirido online por R$ 89,90 até $ 149,90 — Oiii, este preço acompanha uma sacola térmica. Faça sua opção – os links estão no final do post.

Chef André Boccato
Chef André Boccato

Onde comprar o livro de receitas:

Fnac, neste link aqui – Editora Metha, neste link aqui

Livraria Cultura, neste link aqui – Editora Senac SP, neste link aqui

* * * * * * * * * * 

Onde comprar marmitas _clique nos links abaixo:

Economize e coma bem levando marmita ao trabalho
Marmitas siliconadas, fácil de comprar online
Marmita elétrica garante refeição quente
Siliconaram a marmita!
Uma boa marmita vale mais que um prato cheio no quilo

Site do André Boccato, neste link aqui

image*  *  *  *  *  *  *  *  *  *  *  * 

vale mais

 O blog para quem quer curtir coisas boas com pouco dinheiro _ou nenhum!  

Siga a gente nas redes sociais  _ só clicar nos ícones abaixo:

facebook_logo_detail           Twitter_logo_blue           Instagram_Icon_Large           Google+

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços e ausência de produtos nas bancas, lojas, sites e/ou estoque, tampouco durante promoções. Tampouco pela ausência ou alterações de links. Preços pesquisados em 01 de julho de 2015 não incluem frete. Fotos com licença Creative Commons: saleiro: Jaymie Koroluk; arroz: Christina B Castro; ovo: mammal; noz moscada: David Kracht; tomate: Dennis Skley; alho: Gilberto Santa Rosa; azeite: U.S. Department of Agriculture of US; cebola: Winfried; abóbora: bongo vongo; água: mandykoh.

EU FAÇO – Sopa de aspargos frescos sem gordura

Uma das sopas mais saborosas do inverno é a de aspargos. E sem gordura, melhor ainda. Para quem quer manter a cintura à Kim Kardashian e para todos os que estão suando para perder os extras do garfo & faca 🍴, é uma opção fácil de fazer. Ao contrário do que muita gente pensa.

Sopa de aspargos frescos  sem gordura e sem segredo
Sopa de aspargos frescos sem gordura e sem segredo: chique e barata

Também é uma excelente pedida para receber amigos: aspargos frescos não são usados no dia a dia, certo? Ah, não se preocupe: esta receita aqui rende o suficiente para 5 a 6 pessoas (no capricho) e não vai te custar mais de R$ 20. Menos de R$ 4 por prato! 💰 

O aspargo que a gente acha nos supermercados aqui de São Paulo e  do Rio de Janeiro pode vir do Perú ou da Europa. Pode parecer difícil de lidar com ele, mas não é nada disso, pode ter certeza.  

A receita da sopa de aspargo 0 gordura aqui de vale mais leva frango 🐔. Assim seu jantar pode ter prato único e não vai deixar a desejar. Para quem não come carnes, só tirar o frango, ela irá ficar boa também _porém menos protéica, óbvio.

Receita de sopa de aspasgos sem gordura

Você vai precisar de:

Ingredientes da sopa de aspargos
Ingredientes da sopa de aspargos**

1 maço de aspargos frescos (fácil em supermercados grandes ou em mercados municipais)

1 batata-doce média ou 2 pequenas

300 gramas de peito de frango (em tiras ou cubinhos para cozimento rápido)

1 alho poró médio ou 2 pequenos

1 cebola grande

2 a 3 colheres de sopa de salsinha

2 a 3 colheres de sopa de cebolinha

sal

Vamos lá ao passo a passo:

1 – Coloque o frango na panela com água para cobrir. Quando ferver, tire aquela espuma que se forma com o cuidado de não pegar muita água junto

As pontas dos aspargos devem ser cortadas e desprezadas
Corte e jogue as pontas dos aspargos
Descasque o aspargo
Descasque o aspargo

2 – Lave e descasque os aspargos com o cuidado de tirar um pedacinho pequeno da ponta, que deve ser desprezado. Com as mãos, corte os aspargos em dois para encaixar na panela

Olha só como é fácil deixar o aspargo pronto para ir para a panela:

2 – Lave e descasque a batata-doce e corte em fatias largas ou pedaços médios

3 – Lave e corte o alho poró em dois pedaços

4 – Separe e lave salsinha e cebolinha a gosto _nesta receita vão umas 4 a 5 colheres de sopa.

Na panela, antes de cozinhar e depois de 15 minutos, tudo já cozido
Na panela, antes de cozinhar e depois de 15 minutos, tudo já cozido

Agora que já terminou todo este processo e com a panela com o frango já sem a espuma, coloque os ingredientes começando pela batata-doce. Em seguida, o alho poró e a cebola. No final, os aspargos e o cheiro-verde.  Um pouco de sal, com o cuidado de deixar um pouco para o final, assim você não corre o risco de exagerar.

Cuide para não colocar água demais na panela _a água deve cobrir os ingredientes somente.

Deixe cozinhar por cerca de 12 a 15 minutos na panela de pressão. Note que nesta receita o frango está em cubinhos e não há necessidade de maior tempo de cozimento.

Com a ajuda de uma concha, bata tudo no liquidificador. Atenção: não coloque água demais, ou a sopa irá ficar muito líquida ou fina demais.

Passe a sopa na peneira para separar as fibras da batata-doce e do aspargo (detalhe)
Passe a sopa na peneira para separar as fibras da batata-doce e do aspargo (detalhe)

Este tipo de sopa costuma ter um pouco de fibra que é desagradável na hora de comer. Coe em uma peneira grossa ou média _note que irá ficar uma massa de fibras. Aperte muito bem até que todo o caldo passe.

Experimente e acrescente sal, se necessário.

Pronto, tá aí a sopa de aspargos mais saudável do mundo. Esta receita rende de 5 a 6 porções bem caprichadas!

Acrescente um fio de azeite no prato. Para quem gosta, pode ralar um pouco só de queijo da Canastra. Vai ficar muito bom!

Aspargos brancos, Dicau58, abril de 2010
Aspargos brancos, Dicau58, abril de 2010*

DICAS – No lugar da batata-doce você pode usar mandioquinha, batata, mandioca ou uma escolha desses legumes, cuidando para não exagerar e “roubar” o sabor do aspargo. Não precisa picar o cheiro-verde, ele irá para o liquidificador, certo?

Bom apetite!

Aspargos, Tim Reckmann, maio de 2014
Aspargos, Tim Reckmann, maio de 2014*

*  *  *  *  *  *  *  *  *  *  *  * 

vale mais

 O blog para quem quer curtir coisas boas e economizar!  

Siga a gente nas redes sociais  _ só clicar nos ícones abaixo:

facebook_logo_detail           Twitter_logo_blue           Instagram_Icon_Large           Google+

*Fotos com licença Creative Commons; **Fotos de Kochtrotz (direita, acima), setembro de 2010, e Daniel Kulinski (direita, abaixo), setembro de 2013, com licença Creative Commons.