Arquivo da tag: Criança

EU QUERO – Biquinis, maiôs e bodies mais bonitos da coleção 4 Mares, da C&A

Biquini top Lenny Niemeyer, uma das peças mais elegantes da coleção 4 Mares, da CA, aqui
Está o maior sucesso! As peças de moda praia das grifes Água de Coco, Blue Man, Cia. Marítima e Lenny Niemeyer chegaram ontem em lojas selecionadas da C&A e a loja online ganhou uma reposição de 3,5 mil peças, segundo a empresa.

Batizada de Colletion 4 Mares, tem muitas opções para mulheres, homens e crianças. Vale mais investir, porque o verão já está a caminho, e estamos na reta final dos preparativos e compra de presentes para o Natal e Ano Novo.

👇 Links diretos para compra no final do post! 👇

Fiz uma seleção com os biquinis, maiôs e bodies mais bonitos e descolados da coleção, com links diretos para compras. Para ver melhor, só clicar na foto para ver ampliada. Para comprar, só clicar aqui, em biquinis e bodies e maiôs.

👍 Vem curtir vale mais no Face!

NOVIDADE – C&A oferece comprar no site e retirar em loja

EU QUERO – O tricô da mineira GIG Couture com a C&A

❤ Receba as boas notícias de vale mais no celular 📲.
Salve o número
011 9 9985-3577 e
envie a frase Eu Quero no WhatsApp. Pronto!

EU QUERO – Clutches e bolsas 100% charmosas e bem humoradas

EU REUTILIZO – Do shorts nasceu o choker jeans

Onde comprar: C&A

Coleção completa Água de Coco na C&ABlue Man na C&ACia. Marítima na C&ALenny Niemeyer na C&A

vale mais

Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções. Imagens do site da empresa.
Anúncios

EU QUERO – 4 marcas fantásticas de moda praia chegam para o verão

Este verão pode ter muito charme e qualidade na hora de pegar uma praia ou piscina. A C&A simplesmente uniu quatro marcas para fechar o ano bombando: Água de Coco, Blue Man, Cia. Marítima e Lenny na Collection 4 Mares.

👍 Vem curtir vale mais no Face!

A nova coleção 4Mares vem com as grifes Água de Coco, Blue Man, Cia Marítima e Lenny Niemeyer

A Collection 4 Mares, como foi batizada, tem peças para mulheres, homens e crianças. Ainda bem! E essas peças lindonas começam a ser vendidas na loja online da rede a partir das 21h de hoje e depois, dia 5 de dezembro, em lojas físicas selecionadas – confira as fotos da coleção 4 Mares da C&A e clique nas fotos para ampliá-las:

A Água de Coco explora a flora e fauna brasileira com estamparias de araras, tucanos, cocos e coqueiros. Tons de verdes, azuis e vermelho queimado ganham destaque entre bordados.

NOVIDADE – C&A oferece comprar no site e retirar em loja

A Blue Man apresenta uma coleção irreverente e divertida com estamparia de borboletas e aviamentos para um toque boêmio e descolado. A estampa tropical em tons de flúor e neon foi inspirada no clima californiano.

EU QUERO – O tricô da mineira GIG Couture com a C&A

❤ Receba as boas notícias de vale mais no celular 📲.
Salve o número
011 9 9985-3577 e
envie a frase Eu Quero no WhatsApp. Pronto!

Sempre com muita qualidade nos tecidos, a Cia. Marítima vem com estampas em formas e padrões artdeco com uma mistura tropical, deixando a coleção mais jovem e atual. A coleção está colorida, com estampas exclusivas e as modelagens escolhidas são para mulheres que querem curtir a vida despreocupada, e ao mesmo tempo com peças que vão deixá-las seguras e felizes. Uma coleção rica com detalhes, tiras, aviamentos, bodies, vestidos, cover ups e várias peças de pós-praia.

Estampas elegantes nas peças femininas na nova Collection 4 Mares da CeA

A chique Lenny Niemeyer traz o oriente sofisticado e destaca pássaros, carpas e flores. Fundo vermelho, preto, off white e azul, fazem parte da cartela e acompanham a mesma vibração dos desenhos. Os shapes diferenciados e os detalhes trançados, fazem das criações da Lenny peças chave de um mood navy, ideal para embarcar com muita elegância nos sete mares.

EU QUERO – Clutches e bolsas 100% charmosas e bem humoradas

A Collection 4 Mares da C&A apresenta novos shapes de biquínis e maiôs, e aposta nos bodies como peça chave, que podem ser usados em diversas ocasiões e combinações.

A novidade fica por conta das criações masculinas da Água de Coco e Blue Man, trazendo t-shirts, bermudas e sungas que traduzem um estilo de vida saudável e sempre jovem. A linha infantil segue o estilo tal mãe, tal filha em peças com proteção UV. Todos os tecidos de moda praia da C&A possuem proteção UV 50+ e o fio elastano oferece maior resistência aos danos causados pelo cloro, loções bronzeadoras, óleos e protetores solares, e dura até 10 vezes mais do que os fios de elastano comuns. A estamparia 100% digital garante a durabilidade das peças.

Os praticantes de esportes não ficam de fora, a Collection 4 Mares também desenvolveu tops, jaquetas e shorts runner nas coleções de Blue Man e Cia. Marítima.

EU REUTILIZO – Do shorts nasceu o choker jeans

Onde comprar: C&A

Água de Coco na C&ABlue Man na C&ACia. Marítima na C&ALenny Niemeyer na C&A

vale mais

Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções. Imagens

ZIKA – Governo vai ampliar atendimento à crianças com microcefalia

Boa notícia para todas as famílias que têm bebês nascidos com microcefalia causada pelo vírus da Zika em grávidas. O Ministério da Saúde anunciou ontem que vai investir R$ 27 milhões para reforçar o atendimento e a rede de cuidado a essas crianças. Serão destinados cerca de R$ 2,2 mil de recursos para cada criança investigada. A ação visa promover ações de cuidado e organização de toda a rede assistencial para atender as diversas necessidades das crianças.

Cena de websérie do Ministério da Saúde sobre a microcefalia

Ricardo Barros, ministro da Saúde, explicou as ações do governo:

  • ampliar e qualificar os serviços na Atenção Básica, por meio dos Núcleos de Apoio à Saúde da Família (NASFs);
  • avaliar os 5,3 mil casos confirmados e em investigação em todo o país;
  • fortalecer as ações de vigilância.

Para quem está envolvido com famílias com bebês nessa situação, o governo preparou uma série de vídeos para a Internet com 16 episódios com histórias de pessoas impactadas pelos serviços oferecidos pelo SUS.

O primeiro é emocionante. Veja só:

Detalhes

Do total anunciado, R$ 15 milhões serão repassados para 4.143 equipes de Núcleo de Apoio à Saúde da Família que possuam profissionais de fisioterapia. Os valores serão destinados à aquisição de kits para reforçar a estimulação precoce, como colchonetes, bolas, brinquedos que estimulam os sentidos e a coordenação motora, trena antropométrica, martelo de reflexo, entre outros materiais. Esses são os serviços mais próximos das famílias.

Também para reforçar a continuidade da assistência às crianças vítimas da síndrome congênita associada ao Zika, o Ministério da Saúde repassará R$ 11,8 milhões aos Estados e municípios com o objetivo de fortalecer os serviços de avaliação, diagnóstico e acompanhamento dos 5,3 mil casos confirmados e em investigação neste momento.

Mosquito que transmite a Zika,  dengue e febre Chikungunya, Aedes aegypti, durante picada; foto Sanofi Pasteur, agosto de 2012

Atualmente, a rede de reabilitação em todo o país conta com 2.323 serviços de reabilitação e estimulação credenciados no SUS, com 190 Centros Especializados em Reabilitação (CERs), 33 Oficinas Ortopédicas, 238 serviços de reabilitação em modalidade única e 1.862 serviços de reabilitação credenciados pelos gestores locais.

Entre 2015 e 2017 foram registrados 14.577 casos e 883 óbitos causados pela síndrome. Em agosto deste ano, de acordo com o novo boletim epidemiológico, 20% dos casos foram confirmados, 21% permanecem em investigação e 44% foram descartados. Os casos de microcefalia vêm diminuindo desde maio de 2016.

MEDICAMENTO – No início de setembro, o Ministério da Saúde incorporou um novo e moderno medicamento para o controle de convulsões em pacientes com microcefalia decorrente de infecção pelo vírus Zika.  Estará disponível aos pacientes do SUS em até 180 dias.

vale mais publicou:

+ ZIKA – Cartilha ensina prevenção e cuidados com grávidas e recém-nascidos

+ ZIKA, DENGUE – Berço com mosquiteiro protege bebês e crianças

vale mais já abordou a importância da prevenção nestes posts:

+ ZIKA, DENGUE – Mosquiteiro garante sono protegido do Aedes aegypti

+ VÍRUS ZIKA, DENGUE – Ataque de repelente contra o Aedes aegypti

+ Helloou!! Saiba se prevenir contra a dengue

Saiba mais como se prevenir contra a Zika, dengue e outras doenças causadas pelo Aedes aegypti acompanhando o blog. Previna-se!

vale mais

 Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções.

10 camisetas e acessórios com a cara do Rock in Rio

Rock in Rio está quase chegando. Se você vai curtir lá na platéia do Justin Timberlake, Bon Jovi ou da Lady Gaga, no Rio de Janeiro, em casa mesmo, ou com amigos em bares com telões, não importa. Entrar na clima com um visual do maior festival de rock do Brasil é fundamental.

Boné aba curva em sarja com bordado e aplique de metal, R$ 79,90, na Boneleska, aqui; camiseta Palhetas preta, no Submarino, R$ 79,99, aqui, e Babador Guitarra Les Paul Marrom – Rock In Rio, R$ 39,99 no Submarino, aqui

Selecionei algumas camisetas e acessórios para você comprar aqui mesmo na Internet. Tem para mulher, homem e até para bebê.

Camisetas do Mercado Livre, vários preços, aqui
Sandálias masculina e feminina, R$ 69,99, na Redley, aqui

É, deixar o baby com visual de guitarra também vale!

O Rock in Rio vai rolar de 15 a 17 e 21 a 24 de setembro no Parque Olímpico do Rio de Janeiro.

Camiseta Rock in Rio à venda no Mercado LIvre, aqui
Justin Timberlake em foto do site Rock in Rio

Vem sentir o clima com dois clipes dos astros Lady Gaga e Justin Timberlake no canal vale mais no Youtube, aqui.

Logo whatsapp Receba as boas notícias de vale mais no celular 📲. Crie um contato para vale mais no número  011 9 9985-3577 e envie a frase Eu quero no WhatsApp. Pronto!

vale mais

 Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções; links rompidos ou inexistentes; informações enviadas com incorreções. Imagens dos sites das empresas citadas. Preços de 10 de setembro de 2017.

GRIPE H1N1 2017 – Imagens de quem pode se vacinar de graça para WhatsApp

Quem ainda não se vacinou contra a gripe tem até 9 de junho (sábado) para se imunizar pelo Ministério da Saúde. A campanha de vacinação foi prorrogada porque nem todo mundo que pode se imunizar gratuitamente foi até os centros de saúde e UBSs. Até o último dia 25,  cerca de 35,1 milhões de brasileiros já se protegeram contra os vírus contemplados na vacina.

Para avisar família, amigos e pessoas que participam dos grupos no seu WhatsApp, baixamos estas imagens do Portal Brasil para você espalhar pelo celular. Só clicar, arquivar no celular ou PC e enviar pelas redes sociais que costuma usar.

Também pode compartilhar usando o Telegram, Messenger, linha do tempo do Facebook e Twitter, email e outras redes sociais.

Receba as boas notícias de vale mais no celular 📲.
Salve o número 011 9 9985-3577 e
envie a frase Eu Quero no WhatsApp. Pronto! 
➡  GRIPE H1N1 2017 – Sintomas e prevenção em 16 perguntas e respostas
 Vem curtir vale mais no Facebook para ficar sempre atualizado!

Para relembrar, podem se vacinar na campanha de vacinação do Ministério da Saúde:

  • Crianças de seis meses a menores de cinco anos;
  • Gestantes;
  • Puérperas (até 45 dias após o parto);
  • Portadores de doenças crônicas não transmissíveis ou com outras condições clínicas especiais;
  • Professores das redes pública e privada;
  • Pessoas com 60 anos ou mais;
  • Trabalhadores de saúde;
  • Povos indígenas;
  • População privada de liberdade;
  • Funcionários do sistema prisional.

 

Frasco de vacina contra gripe em preparação, imagem de vídeo do Portal Brasil

Os portadores de doenças crônicas não transmissíveis devem apresentar prescrição médica no ato da vacinação. Pacientes cadastrados em programas de controle das doenças crônicas do Sistema Único de Saúde (SUS) deverão se dirigir aos postos em que estão registrados para receber a vacina, sem a necessidade de prescrição médica. A escolha dos grupos prioritários segue recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS).

➡ GRIPE H1N1 –  Lista de doenças crônicas que dão direito à vacina grátis para WhatsApp

“É importante que a população da campanha se vacine neste período para ficar protegida quando o inverno chegar. A vacina demora 15 dias para fazer efeito no organismo, por isso o Ministério da Saúde planeja a campanha antes do inverno, período de maior circulação dos vírus da influenza”, destaca a coordenadora Nacional do Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde, Carla Domingues.

É importante lembrar que, mesmo pessoas vacinadas, ao apresentarem os sintomas da gripe – especialmente se são integrantes de grupos mais vulneráveis às complicações – devem procurar, imediatamente, o médico. Os sintomas da gripe são: febre, tosse ou dor na garganta, além de outros, como dor de cabeça, dor muscular e nas articulações. Já o agravamento pode ser identificado por falta de ar, febre por mais de três dias, piora de sintomas gastrointestinais, dor muscular intensa e prostração.

vale mais

 Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções. Com Ministério da Saúde e Portal Arquivos, do governo federal.

GRIPE H1N1 2017 – Atenção, vacina gratuita só até 26 de maio

Falta apenas uma semana para a campanha de vacinação contra gripe acabar _e somente 28,7 milhões de pessoas se imunizaram. Isso significa 53% do objetivo do Ministério da Saúde. A informação, divulgada ontem, leva em conta os números de todo o país até o dia 17 passado. Hora de se ligar e saber que até o dia 26 de maio é tempo de ir até uma UBS, Unidade Básica de Saúde, ou um Centro de Saúde integrante do SUS para proteção contra a influenza,  e a terrível gripe H1N1.

Vacina contra gripe da campanha do Ministério da Saúde sendo preparada para aplicação no Rio de Janeiro, foto de Tânia Rego, Agência Brasil

Carla Domingues, coordenadora do Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde,  considera muito importante que as pessoas se vacinem neste momento para estarem protegidas no inverno, quando os vírus da Influenza começam a circular com maior intensidade.

👉👀 GRIPE H1N1 2017 – Lista de doenças crônicas que dão direito à vacina grátis para WhatsApp

“A vacina demora cerca de 15 dias para fazer efeito após aplicada, por isso é necessário que as pessoas, integrantes do público-alvo, se conscientizem e procurem os postos de saúde para se vacinarem antes do período de inverno”, aconselhou a coordenadora.

Vamos relembrar quais os grupos chamados prioritários que estão incluídos na campanha de 2017 e têm direito a receber a vacina gratuitamente:

  • Crianças de seis meses a menores de cinco anos;
  • Pessoas com 60 anos ou mais;
  • Trabalhadores de saúde;
  • Gestantes;
  • Puérperas (até 45 dias após o parto);
  • Pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis ou com outras condições clínicas especiais;
  • Professores das redes pública e privada.
  • Povos indígenas;
  • População privada de liberdade;
  • Funcionários do sistema prisional;

➡  Portadores de doenças crônicas não transmissíveis, o que inclui pessoas com deficiências específicas, devem apresentar prescrição médica no ato da vacinação. Pacientes cadastrados em programas de controle das doenças crônicas do SUS deverão se dirigir aos postos em que estão registrados para receber a vacina, sem a necessidade de prescrição médica.

A escolha dos grupos prioritários segue recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS).

É importante lembrar que, mesmo pessoas vacinadas, ao apresentarem os sintomas da gripe – especialmente se são integrantes de grupos mais vulneráveis às complicações – devem procurar imediatamente o médico.

Os sintomas da gripe são:

  • febre;
  • tosse ou dor na garganta
  • dor de cabeça;
  • dor muscular e nas articulações.

O agravamento pode ser identificado por falta de ar, febre por mais de três dias, piora de sintomas gastrointestinais, dor muscular intensa e prostração.

Logo cortado Receba as boas notícias de vale mais no celular 📲. Envie uma msg para 011 9 9985-3577 e pronto! Clique aqui e saiba mais

GRIPE H1N1 – Saiba como se prevenir e se cuidar

Para a campanha deste ano, o Ministério da Saúde adquiriu 60 milhões de doses da vacina, garantindo estoque suficiente para a vacinação em todo o país. Os estados com a maior cobertura de vacinação no país, até o momento, são: Amapá (76%), Paraná (69,8%), Santa Catarina (68%), Rio Grande do Sul (67%), e Goiás (60,6%). Já os estados com menor cobertura são: Roraima (34,7%), Pará (35,8%), Rondônia (39,9%), Mato Grosso (41,7%), Piauí (43,2%) e Maranhão (43,8%).

As pessoas com mais de 60 anos foram as que mais procuraram a campanha,  com 13 milhões de doses aplicadas, o que representa 62,3% deste público, seguido pelas puérperas (59,7%) e trabalhadores de saúde (54,7%).

Os grupos que menos se vacinaram foram os indígenas (31,2%), crianças (39,6%), gestantes (44,6%) e professores (44,7%).

Entre as regiões do país, o Sul apresentou o melhor desempenho em relação à cobertura vacinal contra a influenza, com 68,3%, seguida pelas regiões Centro-Oeste (53,1%), Sudeste (52,9%); Nordeste (47,8%) e Norte (43%).

Quem não se encaixa nos critérios do Ministério da Saúde para receber a vacina gratuitamente,  pode procurar uma clínica de vacinação particular.

Veja o vídeo sobre a gripe feito pela OMS em espanhol, aqui, no canal do blog no Youtube.

vale mais

 Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

 vale mais não se responsabiliza por informações transmitidas com incorreções. Imagens com licença Creative Commons: *16 de maio de 2015 fotos públicas.

GRIPE H1N1 – Vacinação gratuita começa dia 17 em todo o país

Está definido: a campanha de vacinação contra a gripe começa dia 17 de abril, segunda-feira próxima, em todo o país. Quem quer se proteger contra o temido vírus H1N1 e está na lista dos grupos que podem receber a vacina gratuitamente, pode ir para centros de saúde e UBS, Unidades Básicas de Saúde, que a imunização já estará disponível, informa o Ministério da Saúde.

Momento da aplicação da vacina usada durante a Campanha de Vacinação contra gripe, em Brasília, Elza Fiuza (Agência Brasil) no ano passado

A vacinação contra gripe promovida pelo governo federal termina no dia 26 de maio próximo. O Dia D, como é conhecido o dia em que há uma mobilização nacional em torno da campanha, será 13 de maio.  Deverão ser vacinadas mais de 54 milhões de pessoas que integram os grupos prioritários. O ministério adquiriu 60 milhões de doses para a imunização

Logo cortado Receba as boas notícias de vale mais no celular 📲. Envie uma msg para 011 9 9985-3577 e pronto! Clique aqui e saiba mais

A partir desta edição da campanha, professores das redes pública e privada passam a fazer parte dos grupos prioritários que podem receber a vacina durante a campanha. Cerca de 2,3 milhões desses profissionais em todo o País poderão se vacinar contra a gripe nos dias 2 e 3 de maio.

Profissionais que trabalham na área de saúde e funcionários de presídios também devem se vacinar. Este ano a campanha do governo começa antes da temporada de gripe chegar. Como a pessoa fica imune cerca de duas semanas depois, espera-se que bastante gente já esteja protegido.

Para relembrar, todos os anos a Organização Mundial da Saúde, OMS, sugere quais as cepas dos vírus que devem estar presentes nas vacinas para que a proteção efetiva. É que os vírus sofrem mutações e as novas vacinas precisam realmente imunizar as pessoas contra esses novos vírus que circulam nos ambientes.

Vírus H1N1 em ilustração de vídeo da OMS, você pode vê-lo completo em espanhol aqui

Olha só, para 2017 foi definido que as vacinas trivalentes devem conter em sua formulação cepas destes vírus:

  • um vírus similar ao vírus influenza A/Michigan/45/2015 (H1N1) pdm09, que é uma variação do vírus contido na vacina do ano passado;
  •  um vírus similar ao vírus influenza A/Hong Kong/4801/2014 (H3N2);
  •  um vírus similar ao vírus influenza B/Brisbane/60/2008.

As vacinas tetravalentes ou quadrivalentes, que normalmente podem ser encontradas em clínicas privadas de vacinação, devem ter as cepas da trivalente (acima) mais um vírus similar ao vírus influenza B/Phuket/3073/2013.

Funcionária usa seringa para retirar do vasilhame a quantidade necessária para uma aplicação da vacina contra a gripe produzida pelo Instituto Butantan, foto de Eduardo Saraiva, governo do Estado de São Paulo

O Ministério da Saúde informa quais os grupos mais vulneráveis devem se vacinar todos os anos:

  • Pessoas com 60 anos ou mais
  • Grávidas
  • Mulheres com até 45 dias pós-parto
  • Crianças de 6 meses a menores de 5 anos
  • Doentes crônicos
  • Trabalhadores da saúde
  • Populações indígenas
  • Professores das redes pública e privada

Também para relembrar, a gripe causada pelo terrível vírus H1N1 já foi conhecida como “gripe suína”. A transmissão de uma pessoa para outra ocorre através da saliva, por espirros ou tosse. Se não for bem tratada, pode causar complicações e levar à morte.

GRIPE H1N1 – Saiba como se prevenir e se cuidar

Seringa com vacina contra gripe (H1N1) sendo preparada para profissionais do hospital Emílio Ribas, foto de Rovena Rosa, São Paulo, EBC, 2016

Quem não se encaixa nos critérios para receber a vacina gratuitamente,  pode procurar uma clínica de vacinação particular.

Para saber mais sobre a gripe, a OMS criou este vídeo em espanhol. Veja aqui, no canal do blog no Youtube.

vale mais

 Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

 vale mais não se responsabiliza por informações transmitidas com incorreções. Imagens com licença Creative Commons: *16 de maio de 2015 fotos públicas.