Arquivo da tag: Defesa do Consumidor

BLACK FRIDAY – 10 dicas para evitar roubadas

Quer se dar bem na Black Friday? Prepare-se, porque a tentação vai ser grande e os apelos das grandes redes _e de lojas pequenas também_ serão contínuos. Para não entrar em uma fria, vale a pena seguir algumas dicas que o Procon do Rio de Janeiro sugere para as compras do dia de preços que se espera mais baixos em todo o ano.

1 – Evite as tentações da compra por impulso: tenha em mente que você deve pesquisar o produto que você quer. Compare preços.

As tentações nas ruas serão grandes, como mostra a Agência Brasil em foto da Black Friday do ano passado
As tentações nas ruas serão grandes, como mostra a Agência Brasil em foto da Black Friday do ano passado

2 – É sempre bom verificar se a loja é de confiança: confira, principalmente em compras pela internet, se a empresa fornece o CNPJ, o endereço físico e os meios de contato. Pesquise a reputação da empresa antes da compra.

3 – Nas compras pela internet ou por telefone, o consumidor tem um prazo de 7 (sete) dias para se arrepender, cancelar a compra e receber o seu dinheiro de volta: não precisa de motivo para não querer mais o produto. É um direito do consumidor, neste prazo, devolver o produto e ter o seu dinheiro de volta. Mas, lembre-se: esse prazo vale apenas para compras feitas fora de lojas físicas, como em sites ou por telefone.

BLACK FRIDAY -Como comprar online sem entrar em furadas

Black Friday – Comprador pode devolver produto, esclarece advogado

4 – Em caso de erro por parte do fornecedor ou defeito do produto, o consumidor tem várias opções de ressarcimento: depois da compra, caso haja algum erro na entrega, o produto venha com defeito, faltando peças ou esteja esgotado, o consumidor tem o direito de escolher entre o cumprimento da oferta, a troca por um produto equivalente ou a devolução do dinheiro.

Logo whatsapp Receba as boas notícias de vale mais no celular 📲 . Crie um contato para vale mais no número  011 9 9985-3577 e envie a frase Eu quero no WhatsApp. Pronto!

5 – Acompanhe os preços dos produtos que deseja antes da Black Friday: um auxílio para essa tarefa são os sites de comparação de preços, especialmente aqueles que oferecem um histórico do valor do produto. Guarde a pesquisa.

Selo no site do Procon do Rio de Janeiro para alertar consumidores a não cair em fria amanhã
Selo no site do Procon do Rio de Janeiro para alertar consumidores a não cair em fria amanhã

6 – O preço promocional não anula os direitos do consumidor: os direitos relativos à troca do produto com defeito, por exemplo, permanecem mesmo que ele esteja em promoção.

7 – As informações sobre preço, prazo e entrega devem estar em destaque: o consumidor tem de ter acesso a estas informações sem que seja necessário chamar um vendedor ou atendente da loja para obtê-las.

8 – O consumidor deve reclamar em caso de mudança na oferta ou qualquer dificuldade no ato da compra: se o site estiver instável ou se o preço variar durante a compra, salve as informações e faça uma reclamação à empresa. A oferta deve ser cumprida de acordo com a divulgação.

9 – O consumidor pode escolher em que parte do dia vai receber em casa o produto comprado: no Estado do Rio, a lei garante ao consumidor o direito de escolher o turno (manhã, tarde ou noite) de entrega do produto.

10 – Salve ou imprima tudo que for relacionado à compra: o consumidor deve sempre guardar a oferta, o pedido, o comprovante de pagamento, o contrato e os anúncios publicitários relacionados ao produto que você adquiriu.

Facebook e Twitter para denúncia

Excepcionalmente amanhã, quem quiser denunciar problemas relativos a ofertas da Black Friday poderá fazê-lo pelo Facebook ou pelo Twitter do Procon Estadual com a hashtag #proconrjnablackfriday.  Anexe na denúncia documentos, como fotos ou imagens de páginas da internet que comprovem o problema.

Caso prefira abrir uma reclamação formal, deverá usar o Procon Online ou o aplicativo gratuito Meu Procon-RJ, para smartphones com Android ou iOS.

vale mais

 Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços ou descontos ditos irreais das empresas citadas; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções; links rompidos ou inexistentes; informações enviadas com incorreções. Imagens dos sites das empresas citadas. Preços de 24 de novembro de 2016.
Anúncios

ONDE RECLAMAR 📣 – Junte-se a outros consumidores no Idec

vale mais inclui hoje em sua página Onde reclamar 📣 mais uma entidade que atua para que haja equilíbrio das relações entre consumidor e empresas produtoras de bens e serviços: O Idec – Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor .

Capa da revista do Idec de junho
Capa da revista do Idec

Associação de consumidores fundada em 1987 sem fins lucrativos, o Idec independe de empresas, governos ou partidos políticos. Defende causas de forma coletiva _se você quer reclamar, precisa se associar ao instituto, que vai te orientar.

Os recursos financeiros para o desenvolvimento da atividades da entidade têm sua origem nas contribuições dadas pelos seus associados (veja preços abaixo), na vendas de assinaturas da Revista do Idec e outras publicações, além da realização de cursos.

O Idec também desenvolve projetos que recebem recursos de organismos públicos e fundações independentes. Esse apoio não compromete a independência do Instituto.

👇           👇

Logo cortadoReceba as boas notícias de vale mais direto no celular. Mande uma mensagem no WhatsApp para 011 9 -9985-3577 e pronto! Seu número não aparece para os outros participantes. Clique aqui para saber mais!

👆           👆

O Idec integra a  Consumers International, federação com mais de 250 associações de consumidores que operam no mundo todo. Faz parte do Fórum Nacional das Entidades Civis de Defesa do Consumidor – criado para fortalecer o movimento dos consumidores no Brasil – e da Abong (Associação Brasileira de Organizações Não-Governamentais).

Logo marca IdecIdec, Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor

www.idec.org.br

www.facebook.com/pages/Idec-Instituto-Brasileiro-de-Defesa-do-Consumidor/149563141750194

Email: institucional@idec.org.br

Telefone: (11) 3874-2150

Rua Desembargador Guimarães, 21, Água Branca, CEP 05002-050, São Paulo, SP

Horário de funcionamento: de segunda a sexta das 8h30 às 17h (ligar antes para agendar um possível atendimento)

Aplicativo para celular: IdecGuiaTelecom (para Android)

Tipo de reclamação aceita: O Idec orienta e informa seus associados e consumidores sobre seus direitos. É uma associação de consumidores sem fins lucrativos fundada em 1987, cuja missão é promover a educação, a conscientização, a defesa dos direitos do consumidor e a ética nas relações de consumo.

O Idec é independente de empresas, governos ou partidos políticos e grande parte de seus recursos vem de doações e anuidades de seus associados, da vendas de assinaturas da Revista do Idec e outras publicações, além da realização de cursos.

Para se associar: a partir de R$ 25,00 mensais ou a partir de R$ 300 por ano. Os associados têm acesso online a orientações sobre problemas de consumo em mais de 24 temas e 4 mil subtemas, informações sobre legislação e modelos de cartas para reclamações. Participam de ações judiciais coletivas para defender os consumidores na Justiça.

São atendidos por telefone, pessoalmente ou online em questões relativas a como solucionar seus problemas de consumo usando o Código de Defesa do Consumidor.

Informações completas de outras entidades de defesa e/ou orientação ao consumidor você encontra na página de vale mais  Onde reclamar (clique sobre o nome da página que o link te leva lá).

*  *  *  *  *  *  *  *  *  *  *  *image 

vale mais

 O blog para quem quer curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

vale mais nas redes sociais _só clicar abaixo:

facebook_logo_detail           Twitter_logo_blue           Instagram_Icon_Large           Google+

 vale mais não se responsabiliza por alterações de informações e de links fornecidos por empresas, governos federal, estaduais, municipais, autarquias, agências e entidades e associações não-governamentais.

Retrospectiva 2014 – os melhores posts

vale mais traz hoje uma retrospectiva 2014 do blog, ainda que com pouco tempo de existência. São dicas de compras, serviços, como fazer pratos transados em casa, novidades das grandes redes de varejo e de fast fashion, campanhas que doam livros para gente que não tem grana. Música, filmes. Entrevista com o maior conhecedor do Código de Defesa do Consumidor para esclarecer suas dúvidas.

Carne seca

Foto 28-12-14 21 20 37Bem, nada mais que um post com uma seleção dos melhores posts de 2014, que tá chegando ao fim.

E que 2015 vale mais receba suas sugestões para que a gente possa elaborar mais posts, entrevistas, reportagens, pesquisas, fotos e apontar tendências de comportamento e consumo.

vale mais quer informar com imparcialidade e idoneidade quem quer Queijo Serra da CanastraLivro de receitas para marmitacurtir as coisas boas da vida e economizar.

Então, basta clicar no título  que te interessa que o link te leva diretamente ao texto, sempre com muitas fotos, endereços e conexões diretas com os sites de comércio online que abordamos aqui. Valeu?

Fazer carne seca em casa, uma curtição

Marmitas para o trabalhoPegada animalCoalhada seca em dois tempois, que barato!

Queijo da Serra da Canastra tem preço imbatível na zona cerealista

Livro dá receitas de chef para marmita

Economize e coma bem levando marmita ao trabalho

Regata tie dye por R$ 3, se amarre nessa

tie dye

Tapetes na porta de casa

Pegada animal

Tapete de fera na porta de casa

5 pares de Havaianas pelo preço de 2

Compra online: vale pechinchar e retirar na loja

Black Friday – Comprador pode devolver produto, esclarece advogado

HavaianasBituqueiras

Grama, o fim das bitucas

Faça a guimba virar fogo

Chaplin ao vivo

Siga vale mais para receber posts com dicas de consumo, serviços, gastronomia, cultura, livros e o que mais der na telha.

www.facebook.com/sigavalemais;

Instagram: @sigavalemais;

Compras onlineChaplinTwitter: sigavalemais

Até logo mais!

Black Friday – Comprador pode devolver produto, esclarece advogado

Direito é direito! Especialista em Direito do Consumo e um dos maiores conhecedores do Código de Defesa do Consumidor, o advogado Francisco Fragata Jr. esclarece alguns pontos importantes para quem quer saber sobre arrependimentos de compras feitas na Black Friday exclusivamente para vale mais:

Produtos da Walmart em oferta na Black Friday
Produtos da Walmart em oferta na Black Friday

1 – O que o consumidor pode fazer se se arrependeu da compra feita na Black Friday?

*** Se ele comprou em uma loja física, não há muito o que fazer. A legislação brasileira não traz nada a respeito.  A loja pode ter uma política de troca ou de devolução. Mas não é obrigatório. Se a compra foi feita pela Internet,  o consumidor tem o prazo de sete dias para se arrepender e devolver o produto, devendo receber o dinheiro de volta.

2 – O comprador tem o direito de sustar um cheque em compra feita na Black Friday?

*** Não. Se a compra estava correta, não é possível.

3 – Como proceder quando o comprador descobre que a empresa que ele comprou não é idônea?

*** Se a compra foi feita pela Internet ele pode se arrepender. E uma vez exercido esse direto, ele pode tentar sustar o pagamento no cartão. Não é muito fácil. Se a compra foi na loja e com cheque para depósito no futuro, pode sustar o cheque se não recebeu o produto na data aprazada.

4 – Caso grandes redes e empresas estabelecidas e grandes não atendam a reclamação ou não retornem a solicitação do consumidor, o que se deve fazer?

*** Se a reclamação estiver amparada na lei, pode buscar o PROCON, sites especializados (como ReclameAqui) ou mesmo a justiça.

Veja neste link o post sobre como reclamar no Procon.

Curta vale mais nas redes sociais para receber nossos posts:

http://www.facebook.com/sigavalemais

Instagram: @sigavalemais

Twitter: @sigavalemais

Boas compras e até mais!

Saiba antes as ofertas Black Friday

A Black Friday começa à meia-noite de hoje, quinta-feira, mas você poderá saber com antecedência as ofertas que vão rolar durante toda a sexta. É o que prometem as grandes redes que participam da promoção deste ano. Para ter acesso à essas informações, é preciso se cadastrar nos sites. Fácil e rápido.

Página para cadastramento no site da Renner
Página para cadastramento no site da Renner

Resta saber quando as empresas irão enviar as ofertas para quem pretende trocar de geladeira, renovar o celular ou comprar algumas peças de roupa.

Página da Americanas para cadastramento
Página da Americanas para cadastramento

Bastante conhecida, a Black Friday quase rolou ladeira abaixo quando milhares de consumidores reclamaram informando que os preços engordaram antes da promoção do ano passado. “Metade do dobro” foi uma expressão que virou piada para o evento de 2013.

Este ano as empresas criaram páginas especiais em seus sites para explicar a big promoção e reservaram espaço para o cadastramento dos interessados. O Ponto Frio, por exemplo, dá instruções para antes, durante e depois do pedido feito na promoção, e diz que produtos como Brastemp e Apple irão entrar na roda.

O Magazine Luiza ajuda o consumidor a escolher os produtos e parece dar dicas de que o Moto G, um dos celulares de maior sucesso atualmente, também vai ter desconto.

Então, prepara! Faça seu cadastro e planeje o que pretende comprar. vale mais recomenda ler no site do Procon as orientações para ninguém entrar em fria.

O órgão vai ter plantão a partir das 19h de hoje até a meia noite do dia 28, sexta-feira. Ufa! Leia com atenção as orientações de onde e como reclamar aqui.

Espaço para cadastramento da Marisa
Espaço para cadastramento da Marisa

O Procon sugere ainda EVITAR sites que geraram problemas. Clique aqui para acessar a lista, que está em ordem alfabética.

Abaixo, algumas grandes redes do varejo participantes da Black Friday com os links diretos para cadastramento:

Americanas – Barateiro – Casas Bahia – Dafiti – Extra – Fnac – Havan –

Magazine Luiza – Marisa – Netshoes – Ponto Frio –

Posthaus – Renner – Saraiva

Dicas do Magazine Luiza para se comprar na Black Friday
Dicas do Magazine Luiza para se comprar na Black Friday

Caso queira saber mais sobre a promoção que começa hoje, consulte o site Black Friday Legal clicando aqui.

vale mais não se responsabiliza por alterações nas páginas dos sites das empresas consultadas. Informações colhidas dias 26 e 27 de novembro de 2014.

Curta vale mais nas redes sociais para receber nossos posts:

http://www.facebook.com/sigavalemais

Instagram: @sigavalemais

Twitter: @sigavalemais

Boas compras e até logo!