Arquivo da tag: Doce

COMO FAZER BOLO – Óleo de coco pode ajudar a soltar da forma

Agora ficou mais prático fazer bolo. Um novo desmoldante, spray que ajuda a tirar bolos de formas, mesmo as mais cheias de mimimis, chega ao mercado: o óleo de coco da empresa Copra, pioneira na produção desse óleo extravirgem no Brasil.

Óleo de coco em spray poderá ajudar a tirar da forma bolos e a não grudar comidas salgadas em panelas e frigideiras, preço sugerido de R$29

Uma nova opção no mercado, dominado pelo Mago, fácil de encontrar em lojas de produtos para festas. Agora fica mais fácil untar formas, assadeiras, chapas e panelas,
inclusive as de teflon. É indicado também para finalização de preparações doces e salgadas.

COMO FAZER BOLO – Sabendo untar não vai grudar

O óleo de coco em spray Copra não contém glúten, nem gordura trans e também não tem sabor. Está disponível em embalagem com 147 ml. Cada borrifada de 1 segundo libera 1 ml do produto, o que corresponde a oito calorias. A embalagem traz ainda aspersor para facilitar e promover a pulverização.

Logo whatsapp Envie uma msg para 011 9-9985-3577 e receba vale mais no celular. Clique e saiba mais

EU FAÇO – Bolo de fubá saudável turbinado com tâmaras e damascos

O preço sugerido ao consumidor final é de R$ 29.  A Copra é especializada no processamento de coco seco. Criada há 19 anos, tem sede em Maceió, Alagoas, e foi a primeira no Brasil a produzir Óleo de Coco Extravirgem o que alçou a marca Copra a outro patamar de conhecimento por parte do consumidor.

GOSTOSO E ECONÔMICO – Receita de bolo fofo de chocolate belga

CHIQUE E BARATO – Castanha do Pará, estrela do bolo

Onde comprar:

Natue

vale mais

 Boas notícias para quem quer curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

Anúncios

COMO FAZER BOLO – Receita alemã com maçã, nozes e canela é fácil

Usar uma fruta comum do dia a dia para se obter um bolo pra lá de gostoso _e ainda por cima barato_ é mais fácil do que você possa imaginar. A receita de vale mais de hoje ensina como fazer um bolo em casa com maçã e nozes. Ah, e você vai gastar menos de R$ 8!

Bolo de maçã com nozes e canela, gostoso, úmido e facílimo de fazer

Garimpei esta receita super fácil em um site dos EUA e a usuária do site informa que é original da Alemanha. Puxa, nada mal, os alemães são mesmos bons em usar maçãs em doces.

Logo whatsapp Envie uma msg para 011 9-9985-3577 e receba vale mais no celular. Clique e saiba mais

Maçãs, frutas que o brasileiro adora, foto de Nick Saltmarsh, agosto de 2008*

O toque diferente desta receita é a canela. E o cheiro do bolo, então… Delícia pura.

Vamos lá:

EU FAÇO – Bolo de fubá saudável turbinado com tâmaras e damascos

Ingredientes do bolo alemão de maçã com nozes e canela:

  • 2 xícaras de maçãs descascadas e cortadas em cubos pequenos (cerca de 1 cm)
  • 1 1/2 xícara de nozes picadas
  • 3 xícaras de trigo
  • 4 ovos
  • 2 xícaras de açúcar
  • 2 colheres de sopa de açúcar
  • 1 colher de chá de canela em pó
  • 1/4 de xícara de suco de maçã (de preferência natural)
  • 1 xícara de óleo (milho ou girassol)
  • 1 pitada de sal
  • 1 colher de chá de aroma de baunilha
  • 1 colher de sopa de fermento em pó
O bolo de maçã, nozes e canela caiu muito bem na nova forma que chegou via Ebay (vai ter post)

GOSTOSO E ECONÔMICO – Receita de bolo fofo de chocolate belga

COMO FAZER BOLO – Sabendo untar não vai grudar

Como fazer:

  1. Pré-aquela o forno a 180 graus (fraco para médio).
  2. Unte a forma com manteiga e passe a farinha, tirando o excesso.
  3. Lave, descasque e corte as maçãs suficientes para a quantidade pedida. Usei  cerca de 1 maçã e meia da Fuji.
  4. Numa
    Maçãs em cubinhos para o bolo, foto de The Boreka Diary, setembro de 2010*

    tigela ou prato fundo, misture os cubinhos de maçã com a canela, as duas colheres de açúcar e as nozes, misturando tudo. Reserve.

  5. Bata as claras em neve com a pitada de sal e reserve.
  6. Na batedeira ou em uma tigela, bata o óleo, as gemas, o açúcar. Comece a acrescentar o trigo peneirado e o suco de maçã se a massa ficou muito densa, coloque um pouquinho mais de suco, sem deixar que fique mole.
  7. Adicione as claras em neve, mexendo sempre de baixo para cima até que as claras fiquem incorporadas na massa.
  8. Acrescente a baunilha e o fermento, mexendo sempre de baixo para cima.
  9. Por último, coloque as maçãs e as nozes preparadas no açúcar e canela e mexa sempre de baixo para cima.
  10. Coloque na forma e ponha para assar a 180 graus centígrados (fraco ou fraco/médio).
  11. Asse por cerca de 35/45 minutos ou antes, fazendo o teste do palito (coloque em 2 pontos da forma, se sair seco, o bolo já está assado e pode ser retirado do forno.

CHIQUE E BARATO – Castanha do Pará, estrela do bolo

O bolo de maçã com nozes e canela cai bem com um cafezinho

♥ DICAS

  • Esta receita dá um bolo beeeem grande. Faça meia receita para obter um bolo como o da foto ou divida em duas formas do tipo de bolo inglês e asse ao mesmo tempo.
  • Para fazer o suco de maçã, use uma centrífuga na hora de colocar na massa, pois o suco escurece rapidamente mesmo. Se não tiver centrífuga, bata no liquidificador com um pouco só de água.
  • Você pode usar suco comprado pronto. Prefira aqueles de garrafa de 1 litro com o suco puro, sem conservantes, água ou açúcar.

vale mais

 Boas notícias para quem quer curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções; links rompidos ou inexistentes; informações enviadas com incorreções. Imagens do blog e *Licença Creative Commons.

TRABALHO – Diploma ajuda empreendedor a ter sucesso em negócio próprio

Está sem trabalho, sem grana e não sabe o quê fazer para viver? Pois saiba que muitas vezes, situações difíceis na vida levam a gente para a frente. Foi o que aconteceu com Valdirene Rodrigues Diniz, uma paulistana da gema que, em pleno desemprego e em depressão, deu a volta por cima e hoje curte o sucesso de seu próprio negócio, o Sr. Brigadeiro & Sra. Beijinho. Ela começou com apenas R$ 18 que tinha no bolso!

A empreendedora Valdirene e seu negócio de brigadeiros: o diploma ajudou muito no desenvolvimento do negócio

Seu pequeno empreendimento, de nome bem brasileiro, começou há apenas três anos. Não pense, entretanto, que basta força de vontade e um pouco de sorte. Formada em administração, antes de construir sua pequena empresa a paulistana era empregada em grandes empresas, o que a ajudou a conhecer o mundo das empresas e o funcionamento de um negócio.

Ela começou na área de logística como estagiária. Aprendeu muito. Mas quando chegou à analista sênior, foi demitida, justamente depois de acumular experiência no Pão de Açúcar, na Unilever e na empresa de comércio online Girafa.

No primeiro dia, ela gastou R$ 18 e faturou R$ 120 com 120 brigadeirinhos

Em seis meses de desemprego, ela havia engordado 20 quilos, passava mais de 12 horas na Internet enviando seu CV a empresas, e ainda por cima enfrentava uma depressão que classificou de profunda. Um belo dia, ela leu uma notícia na Internet que alguém estava ganhando R$ 9 mil vendendo brigadeiros na rua.

“Li e tive um estalo. É isso mesmo que vou fazer”. Sem pensar duas vezes, peguei o que tinha na carteira, R$ 18, comprei uma lata de leite condensado, chocolate e os outros ingredientes, mais forminhas. Fiz 120 docinhos e fui vender na avenida Engenheiro Caetano Álvares, à noite, durante as baladas”.

Batata. Vendeu cada um deles a R$ 1, fazendo, então, R$ 120, mais a curiosidade dos novos clientes, que ela conquistava contando sua história. No dia seguinte, sábado, ela comprou duas latas de leite condensado e voltou para o mesmo local. Novamente, vendeu tudo. Domingo, ela foi para o shopping e vendeu mais brigadeiros para quem trabalhava nas lojas.

Quatro semanas e centenas de brigadeiros depois, Valdirene foi se consultar _gratuitamente_ no Sebrae. Nada boba, ela colou no Sebrae, onde aprendeu a fazer plano de negócios, estratégia financeira e a abrir o seu MEI, iniciais para Microempreendedor Individual.

Nesse tempo, ela emagreceu os 20 quilos que havia ganho na depressão. Também abriu uma página na Internet e comprou um carrinho para trabalhar.

“Persisti, persisti”, conta orgulhosa. Na primeira Páscoa que rolou, poucos meses depois, ela criou um ovo de Páscoa de colher com uísque Red Label. Quando postou no Facebook, foi um sucesso. “Arrebentou de vender”, relembra.

Logo cortadoReceba vale mais  direto no celular 📲. Salve o número 011 9 9985-3577 com o nome vale mais. Mande uma mensagem com a frase Eu quero no WhatsApp. Pronto! Clique aqui e saiba mais.

No negócio que nasceu de uma hora para outra e crescia rapidamente, ela envolveu o namorado, Rafael Rodrigues. Juntos eles enfrentaram vários passos importantes: a primeira encomenda grande: 3 mil brigadeiros _ela deu conta com a ajuda de uma amiga, que cedeu a casa com uma cozinha maior que a dela. Também aprendeu a contratar pessoas por hora que ajudam somente no necessário.

Namorados, Rafael e Valdirene tocam o negócio juntos

Já conhecida dentro do Sebrae, ela foi convidada a participar de um evento com o governador Geraldo Alckmin. Pronto, ela ganhou a simpatia de Alckimin e um post seu no Facebook do cara. Mais repercussão para seu trabalho!

Hoje ela fatura entre R$ 6 a R$ 7 mil mensais com seus brigadeiros, que ganharam novas versões gourmet com chocolate belga. De tudo o que passou até chegar a este sucesso, ela considera importante, além da persistência, seu diploma de curso superior _que a levou a saber mais sobre negócios e a ter experiência profissional no mundo das empresas.

O diploma, que muita gente que pensar em abrir o próprio negócio despreza, tem peso grande no desenvolvimento de uma empresa, mesmo que seja pequena. Pesquisa da iZettle, empresa sueca de soluções de pagamentos e serviços financeiros, revela que 49% dos empreendedores brasileiros possuem ensino superior completo (dos quais 18% têm pós-graduação ou doutorado) e 17% possuem formação técnica.

Dos pesquisados, 62% são do sexo masculino e 59% têm entre 25 e 44 anos. O estudo, realizado pela Qualibest, com 831 entrevistas presenciais e online teve como objetivo traçar o perfil e investigar os principais desafios dos pequenos empreendedores, com ênfase na categoria MEI.

O elevado grau de escolaridade dos respondentes da pesquisa pode ser visto como um reflexo da crise que o Brasil enfrenta nos últimos anos. “Muitos profissionais que tinham uma carreira bem estabelecida no varejo e na indústria, dois dos setores mais atingidos pela recessão, perderam os empregos e usaram sua expertise para abrir o próprio negócio”, pondera Daniel Bergman, CEO da iZettle no Brasil.

“Como efeito colateral positivo, a formação desses profissionais pode resultar na geração de uma safra de novos negócios com mais potencial para sobreviver e se desenvolver no longo prazo”, analisa Bergman.

A categoria de Microempreendedores Individuais (MEI) soma mais de 6,5 milhões de participantes e destaca-se como a grande impulsionadora do empreendedorismo no Brasil atual: 50% dos entrevistados têm faturamento de até R$ 60 mil por ano, teto da categoria MEI. Entre eles, 21% faturam menos de R$ 15 mil; 12% entre R$ 15 e R$ 30 mil; 9% estão na faixa de R$ 30 a R$ 40 mil; e 8% entre R$ 40 e R$ 60 mil.

Valdirene produz quase tudo sem funcionários

Áreas para empreender

Seguindo as tendências internacionais de empreendedorismo, o setor de serviços se destaca: 42% dos empreendedores se encaixam nesse segmento _25% destes trabalham com serviços ou consultoria de tecnologia da informação.

Em seguida, estão os serviços de contabilidade ou jurídicos empatados com reparos domésticos ou automotivos, ambos com 12% da fatia. Depois, vem educação e serviços pessoais (ambos também com 7%) e assessoria no geral (5%).

O varejo é o segundo maior segmento, com 18% das menções – destaque para vestuário e acessórios, área de 39% dos varejistas. O próximo setor mais citado é o de alimentos, bebidas e hotelaria, com 15%.

Link:

Sr. Brigadeiro e Sra. Beijinho, aqui.

vale mais

 Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

 vale mais não se responsabiliza por informações enviadas com incorreções. Imagens dos sites das empresas citadas.

COMO FAZER BOLO – Sabendo untar não vai grudar

Fazer bolo em casa é sinônimo de afeto, economia e diversão. Além de uma boa receita, de família ou descolada aqui mesmo no blog, é preciso também saber untar bem a forma. Caso contrário, ai ai ai… Lá se vai um bolo que ficou grudado.

O desmoldante feito em casa garante que o bolo saia da forma inteirinho, sem grudar nadica de nada

Para quem não quer arriscar, uma boa solução é usar um desmoldante.

Desmoldante para bolo com farinha de trigo e desmoldante para bolo com chocolate ou cacau

Oi?!?!

Não precisa assustar: trata-se apenas de um recurso para untar formas para que o bolo saia tranquilamente da forma, mesmo as mais cheias de curvas e desenhos.  Há vários em lojas especializadas em produtos para confeitaria, como o spray “Solta Fácil” da marca Mago.

Logo whatsapp Envie uma msg para 011 9-9985-3577 e receba vale mais no celular. Clique e saiba mais

Mas nada de gastar: aqui vai a receita do desmoldante caseiro. Esta quantidade é  suficiente para uma forma de bolo média para grande do tipo pudim.

EU FAÇO – Bolo de fubá saudável turbinado com tâmaras e damascos

Ingredientes do desmoldante caseiro:

Ingredientes do desmoldante caseiro: partes iguais de farinha de trigo, margarina e óleo
  • 1 colher de sopa cheia de farinha do mesmo tipo que será usada no bolo
  • 1 colher de sopa de margarina sem sal
  • 1 colher de sopa de óleo

GOSTOSO E ECONÔMICO – Receita de bolo fofo de chocolate belga

Como fazer:

  1. Misture tudo até formar uma pasta com consistência firme (como pasta de dentes). Reserve.
  2. Com um pincel de silicone ou de uso culinário, unte a forma com o desmoldante um pouco antes de colocá-la no forno com a massa de bolo que preparou.
  3. Espalhe bem e de forma generosa, pois a camada precisa ficar espessa. Se a camada de desmoldante ficar fina, o bolo poderá grudar.
Bolo de limão siciliano com passas a o rum já desenformado – note que o bolo saiu inteiro, sem grudar na forma cheia de curvas e ângulos

CHIQUE E BARATO – Castanha do Pará, estrela do bolo

♥ DICAS

  • A receita é simples: três partes iguais de cada um desses ingredientes. Aumente ou diminua, dependendo do tamanho da forma e a quantidade de bolos que irá assar.
  • Aumente um pouco só a quantidade de óleo se o desmoldante ficou muito denso. No verão ou com a temperatura mais alta, deixe o desmoldante na geladeira para que a margarina não amoleça demais.
Forma com o desmoldante de chocolate sendo preparado para receber o bolo de cacau belga

vale mais

 Boas notícias para quem quer curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

Bolo de chocolate belga já desenformado – o desmoldante feito com cacau em pó deixou o bolo com uma cor bem escura, lindo mesmo

DIA DOS NAMORADOS – Amêndoas e limão siciliano sofisticam o bolo de fubá

Dia dos Namorados é logo na segunda-feira e não deu tempo para comprar presente… Mas você merece comemorar a data com a cara-metade com amor, carinho e um belo doce feito pelas suas mãos.

Bolo de fubá, amêndoas e limão siciliano: perfumado, delicioso, sabor intenso e uma cor incrível

O bolo de amêndoas, fubá e limão siciliano pode ser uma boa escolha: além de delicioso, é chic, perfumado e fácil de fazer. Além de não tombar a sua carteira.

Dá para aproveitar o finde para prepará-lo: o dia 12 de junho pode começar muito bem com um belo café da manhã ☕  para seu bolo brilhar.

O bolo é leve e marcante, pois o limão siciliano quebra qualquer excesso de doce trazido pelo açúcar

A receita é adaptada de uma bem famosinha da chef Nigella Lawson que ela batizou de “Lemon Polenta Cake”, ou bolo de polenta com limão siciliano.

Logo whatsapp Envie uma msg para 011 9-9985-3577 e receba vale mais no celular. Clique e saiba mais

A receita que adaptei um pouco só fica com uma cor linda. Sugiro fazer em forma de bolo inglês ou de pão, porque a massa é bem espessa e a forma mais fina ajuda a assar sem que ele “baixe” no meio (já aconteceu várias vezes em forma redonda).

Ingredientes usados na receita de bolo de fubá, amêndoas e limão siciliano

Ingredientes:

  • 150 gramas de fubá
  • 150 gramas de amêndoas moídas
  • 2 limões sicilianos
  • 3 ovos
  • 150 gramas de açúcar refinado
  • 1/2 ou quase 3/4 xícara de óleo
  • 1 1/2 colher de sopa de fermento em pó seco (Pó Royal)
Feito em forma redonda e fundo removível para facilitar a retirada do bolo que recebe a calda ainda quente

Para a calda:

  • 125 gramas de açúcar de confeiteiro
  • suco de 2 limões sicilianos

Como fazer o bolo de fubá, amêndoas e limão siciliano:

  1. Use papel manteiga para forrar a forma toda e unte com manteiga o papel.
  2. Pré-aqueça o forno em 180 graus centígrados (baixo).
  3. Bata no liquidificador ou no processador as amêndoas até que formem uma farinha;
  4. Bata as claras em neve e separe;
  5. Na mão ou na batedeira, bata as gemas com o açúcar e o óleo até que forme um creme com amarelo mais claro que das gemas cruas;
  6. Vá misturando o fubá e a farinha de amêndoas aos poucos.
  7. Adicione as raspas de limão.
  8. A massa vai ficar bem densa e dura. Hora de misturar as claras em neve.
  9. Coloque o fermento e misture sempre de baixo para cima. A massa fica bem espessa, quase dura, como uma polenta. Não se preocupe.
  10. Coloque na(s) forma(s) e deixe cerca de 35/40 minutos ou até que o palito saia da massa seco;
  11. Enquanto o bolo assa, ferva em uma panela pequena o suco de limão com o açúcar mexendo sempre e deixe ferver por cerca de 2 a 3 minutos;
  12. Tire o bolo do forno ainda quente (para saber se está assado, faça o teste do palito), fure o bolo todo com um palito de dente e despeje a calda de limão siciliano já preparada e quente, devagar e uniformemente. Use uma colher.

O bolo vai ficar brilhante e realmente uma delícia.

Optei por duas formas de bolo inglês para dividir a receita e obter um bolo mais baixo

Serve tranquilamente 10 a 12 pessoas e vai bem com café, chá ou sozinho mesmo.

DICA: A receita pode ser dividida em duas formas de tamanho médio para grande, que devem ir ao forno juntas.

vale mais

 Boas notícias para quem quer curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

BOM, BARATO E GOSTOSO – Flan de coco combina com calda de vinho 🍷

O tempo pede uma sobremesa geladinha, barata e, claro, bonita. Nada mais indicado que um flan ao molho de vinho para se fazer em casa. Dá para impressionar família e os convidados de final de semana, pode ter certeza!

Flan na calda de vinho, uma receita gostosa, barata e que impressiona
Flan de coco na calda de vinho, uma receita gostosa, barata e que impressiona

A receita é uma criação inspirada no livro de Evanilda Perissinotto Prospero, “Gastronomia: Saber e Cozer”.

E realmente é muito fácil de fazer. Vamos lá:

Vidro de leite de coco
Vidro de leite de coco

Ingredientes:

  • 1 pacote de gelatina neutra incolor
  • 1 xícara de água para dissolver  a gelatina
  • 1 lata de leite condensado
  • 1 lata de creme de leite sem soro
  • 1 lata de leite
  • 1 colher de essência de baunilha
  • 1 vidro de leite de coco

Modo de fazer:

Coloque a gelatina na água e leve ao banho-maria para dissolver.

Bater todos os ingredientes no liquidificador.

Pacotinho de gelatina em pó incolor sem sabor
Pacotinho de gelatina em pó incolor sem sabor

Numa forma de flan ou de pudim, pincele óleo no fundo e nas laterais e coloque a mistura pronta.

Leve para a geladeira por no mínimo 5 horas ou de um dia para outro.

Calda:

  • 2 xícaras de vinho tinto suave ou vinho do Porto
  • 1 xícara de água
  • 1 xícara de açúcar
  • 2 colheres rasas de amido de milho (Maizena)

Numa panela média, coloque os ingredientes e mexa bem até engrossar (não muito).

Leve na geladeira para gelar.

Com cuidado, retire o flan da forma e despeje a calda sobre o doce.

Sirva após almoço ou jantar.

O branco do flan em contraste com o vinho fica bem elegante
O branco do flan em contraste com o vinho fica bem elegante
Receita enviada pela seguidora do blog Helaine Carrer

TORCIDA DOCE – Onde comprar formas para bolo e cupcakes do Palmeiras e São Paulo

Fazer um bolo com a cara do Palmeiras ou do São Paulo ficou fácil. As grandes redes e lojas oficiais dos times estão oferecendo formas de silicone com o emblema dos clubes de futebol. É show de bola para os torcedores e torcedoras que procuram economizar e fazer um doce em casa mesmo.

Forma para mini-bolo e pudins do Palmeiras, R$ 19,90, aqui, e para bolo tamanho padrão do São Paulo, R$ 33,90, aqui
Forma para mini-bolo e pudins do Palmeiras, R$ 19,90, na Americanas, aqui, e para bolo tamanho padrão do São Paulo, R$ 33,90, aqui

Os preços são acessíveis para quem planeja uma festa com o pessoal da torcida: R$ 19,90 para a forma com meia-dúzia de moldes para mini-bolos e em torno de R$ 33,90 (ou um pouco mais) para a forma para um bolo tamanho padrão (cerca de 3 litros), para fatiar.

A turma do Palmeiras, campeão brasileiro, pode comprar a forma do campeão brasileiro de 2016 ainda disponível em vários sites que reúne 6 moldes para mini-bolos (ou cupcakes?), pudim, gelatina e mousse.

A forma pode ser levada ao freezer (até -40°C), microondas ao forno a gás (até +240°C), e ao lava-louças. Pode ser dobrada e enrolada sem perder as características originais, informa a ficha técnica dos sites de compra online.

Para esclarecer bem, a forma deve ser lavada com esponja e detergente neutro, ou na máquina de lavar, sem necessidade de raspar ou esfregar.

Claro que não pode ser utilizada em contato direto com o fogo ou em forno elétrico. E muito menos ser manuseada com objetos que cortam ou perfuram. A forma mede 27 x 18 x 2,5 centímetros e cada molde tem capacidade de 95 ml. Atenção: se for fazer mini-bolo, é preciso untar no primeiro uso.

Logo whatsapp Receba as boas notícias de vale mais no celular 📲 . Crie um contato para vale mais no número  011 9 9985-3577 e envie a frase Eu quero no WhatsApp. Pronto!

Forma em Silicone do São Paulo - Mini Bolo, Pudim, Gelatina e Mousse, R$ 19,90, aqui
Forma em Silicone do São Paulo – Mini Bolo, Pudim, Gelatina e Mousse, R$ 19,90, aqui

A forma do São Paulo tipo grande também serve para fazer mousses, gelatinas e pudins. Mede 30,2 x 30,3 x 6 centímetros e tem capacidade para 3,1 litros. Bate um bolão!

É prática, bem para torcedoras e torcedores. Vai no freezer e no microondas e as características técnicas, vamos dizer assim, são as mesmas da forma para mini-bolos do Palmeiras.

E tem também a forma para mini-bolos do São Paulo, que é similar a do Palmeiras. E o preço, o mesmo. Ao menos por enquanto.

Onde comprar:

Palmeiras:

AmericanasCasas Bahia –  Extra – Shoptime – Walmart

São Paulo:

AmericanasCasas BahiaShoptime =  Walmart

vale mais

 Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções; links rompidos ou inexistentes; informações enviadas com incorreções. Imagens dos sites das empresas citadas. Preços de 3 de janeiro de 2017.