Arquivo da tag: Exposição

TERÇA É DE GRAÇA – Exposição mostra o vasto mundo de Renato Russo 🎶

O universo de Renato Russo 🎶 poderá ser visto de pertinho a partir de amanhã, 6 de setembro, em São Paulo. O MIS, Museu da Imagem e do Som, inaugura exposição com o nome do músico, morto em outubro de 1996, com objetos pessoais 🎸 📖 📝de um dos maiores ícones do rock brasileiro. Às terças-feiras a entrada é gratuita.

Renato durante apresentação da Legião Urbana no Metropolitan, Rio de Janeiro, turnê do álbum “O Descobrimento do Brasil”

São peças de vestuário, fotografias, discos, livros, manuscritos, instrumentos musicais, documentos escolares, desenhos, cartas de fãs, além de prêmios, fanzines, folhetos e impressos variados que irão mostrar a trajetória e carreira de Renato Russo. Com curadoria de André Sturm, a exposição nasceu quando Giuliano Manfredini, único filho do artista, o procurou depois de ver a exposição do MIS sobre David Bowie.

Violão Yamaha de Renato

Giuliano permitiu à equipe do MIS total acesso ao apartamento de seu pai, onde quase tudo do músico estava confinado.

Ouça uma playlist com 10 música de Renato Russo – no final do post!

O público poderá mergulhar no caráter multifacetado do líder da banda “Legião Urbana”, que, além de grande letrista, também produziu desenhos e pinturas, bem como uma peça de teatro e projetos cinematográficos.

Particularidades como suas coleções de anjos e de baralhos de tarô também poderão ser vistas.

“Na ocasião ele me perguntou se eu gostaria de fazer uma exposição sobre seu pai, pois ele tinha adorado o que tínhamos feito na exposição sobre o inglês Bowie. Convidou-me para ir ao apartamento de Renato no Rio de Janeiro, fechado e preservado. Lá, ele guardava tudo, do boletim escolar a rascunhos de músicas que se tornaram sucesso nacional. Muitos objetos de seu uso cotidiano também estavam lá: roupas, sapatos, livros… sua sala e quarto continham os móveis intactos usados por ele”.

Desenho de “Eduardo e Mônica”, música icônica de Renato Russo que você pode ouvir na play list no final do post

❤ Receba as boas notícias de vale mais no celular 📲. Salve o número 011 9 9985-3577 e envie a frase Eu Quero no WhatsApp. Pronto!

O curador fala que Renato Russo anotava tudo. “Diários, páginas soltas, tesouros para alguém interessado em montar uma exposição. Eu e a equipe do acervo do museu ficamos impressionados!”. A exposição tem como fio condutor a narrativa poética do líder da Legião Urbana. “Renato marcou as pessoas pela poesia, por essa capacidade de falar da vida de uma maneira que transcende a época em que ele viveu e o local. Por isso continua a ter tantos fãs e a conquistar novos”, relata Sturm.

O MIS está com inscrições abertas para o curso Renato Russo e os anos 80, que vai de 15 de setembro a 6 de outubro.

Letra manuscrita de “Geração Coca-Cola”, que você pode ouvir na playlist prepara pelo blog, no final do post

Além do curso, o MIS prepara uma programação paralela à exposição, que se estende até 28 de janeiro próximo, com filmes, shows, debates, lançamento do catálogo da exposição e outras atrações.

Ingressos na bilheteria

Ingressos para o dia 7 de setembro, feriado, somente na bilheteria do MIS. Os valores são de R$ 12 (inteira) e R$ 6 (meia). O mesmo valor é válido para todos os domingos, também com venda exclusiva na bilheteria.

As terças-feiras são gratuitas com retirada de ingresso na recepção do museu. Crianças até 5 anos não pagam.

Venda de ingressos antecipados

É possível comprar ingressos antecipadamente no site Ingresso Rápido. As entradas são para a pré-estreia – primeiro dia de visitação à exposição – e para as três primeiras semanas: 6 (pré-estreia), 8, 9, 13, 14, 15, 16, 20, 21, 22 e 23 de setembro. Vale mais saber que o site cobra uma taxa de R$ 6 ou R$ 3 (meia).

Camiseta com o músico David Bowie

Pré-estreia e “Campanha Leia um livro”: Os fãs que optarem por visitar a mostra no primeiro dia (6 de setembro) ganham um pôster exclusivo da exposição e os ingressos para a data custam R$ 80 (inteira) e R$ 40 (meia).

Além da meia-entrada para estudantes, idosos e professores da rede pública, o MIS volta com a campanha “Leia um livro”, que concede 50% de desconto para quem doar um livro de ficção em bom estado no dia da visitação. Os livros arrecadados na campanha seguirão para instituições selecionadas pelo museu.

Primeiras semanas pelo site Ingresso Rápido: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia).

Saiba mais: Renato Russo

Baralho de tarô, que Renato costumava colecionar

Nome artístico de Renato Manfredini Júnior (1960-1996), Renato Russo foi um célebre cantor e compositor brasileiro, vocalista e fundador da banda de rock Legião Urbana. Influenciou gerações de músicos e pessoas entre os anos 1980 e 1990.

Como integrante e líder da Legião Urbana, Renato lançou sete álbuns de estúdio e um álbum ao vivo (Música para acampamento). Gravou ainda dois discos solo e cantou ao lado de diversos artistas como Dorival Caimmy, Adriana Calcanhotto, Flávio Venturini (14 BIS) e Marisa Monte. Sua obra continua reverberando até os dias de hoje.

Renato (1º à dir.), com irmã, mãe e pai, reprodução de Cinthia Bueno, MIS

Exposição Renato Russo no Museu da Imagem e do Som, MIS, aqui

Avenida Europa, 158, Jardim Europa, São Paulo, fone (11) 2117 4777. Acesso e elevador para cadeirantes. Ar condicionado.

Horário 10h às 21h (terça a sábado); e 9h às 19h (domingos e feriados). A bilheteria abre 30 minutos antes da visitação.

vale mais

Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções; links rompidos ou inexistentes; informações enviadas com incorreções. Imagens dos sites das empresas citadas. Preços de 4 de setembro de 2017.
Anúncios

TERÇA É DE GRAÇA – Exposição de Toulouse-Lautrec aborda sexualidade

Ver de pertinho obras de arte consagradas é uma oportunidade que não dá para deixar escapar. Pois vem aí “Toulouse-Lautrec em vermelho”, a maior exposição dedicada à obra de Henri de Toulouse-Lautrec (1864-1901) já realizada no Brasil. Abre no dia 30, sexta-feira próxima, no Masp, Museu de Arte de São Paulo. Às terças-feiras, a entrada no Masp é gratuita! Salve a data!

“A Grande Maria”, quadro parte da exposição Toulouse-Lautrec em Vermelho”, que abre nesta sexta-feira no Masp, em São Paulo

A mostra vai girar em torno de um tema que todo mundo gosta de pensar, abordar, discutir: sexualidade. Oi! Serão 75 obras, entre pinturas, cartazes e gravuras das mais emblemáticas do artista francês.  O artista gostava de retratar cenas do cabaré que frequentava, bailarinas, prostitutas e amigos.

O Divã
 ❤ Receba as boas notícias de vale mais no celular 📲.
Salve o número 011 9 9985-3577 e
envie a frase Eu Quero no WhatsApp. Pronto! ❤
“Rolande”, uma obra com muita intimidade

No Masp, as obras apresentam cenas de apresentações em cabarés, danças em bares, bailes de máscaras, retratos de figuras da sociedade e do célebre bairro Montmartre, que lhe renderam a fama ainda em vida. A exposição traz também cenas interiores das maison closes, como eram chamados os bordéis da época, com suas trabalhadoras em momentos de descanso e intimidade, em seus afazeres cotidianos.

Das onze obras de Toulouse-Lautrec que pertencem ao Masp, 9 estarão expostas; o restante são vem de museus como Musée d’Orsay, de Paris; Tate, de Londres; The Art Institute of Chicago; National Gallery of Art, de Washington; Museo Thyssen-Bornemisza, de Madrid; e Rijksmuseum, de Amsterdã. Isso além de coleções particulares. Uau!

“Moulin de la Galette”

Toulouse-Lautrec foi um dos artistas centrais da Paris do final do século 19, ao capturar a efervescência noturna da capital que despertava para a modernidade, quando suas ruas foram iluminadas a gás e as mais diversas figuras passaram a se encontrar nos espaços públicos, entre burgueses, boêmios, prostitutas, dançarinos e artistas.

Com curadoria de Adriano Pedrosa, diretor artístico, e Luciano Migliaccio, curador adjunto de arte europeia e assistência de Mariana Leme, “Toulouse-Lautrec em vermelho” dialoga de maneira próxima com outras duas exposições que também abrem no mesmo dia, em um eixo pautado por representações da prostituição.

Paul Viaud em almirante do século XVIII (O almirante Viaud)

Uma delas reúne fotografias de Miguel Rio Branco feitas em torno da prostituição no bairro do Pelourinho, em Salvador, em 1979; a outra exibe três vídeos de Tracey Moffatt — Puta, Other e Love —, feitos a partir de colagens de cenas de vídeo do cinema de Hollywood do século 20.

Essas três mostras, por sua vez, estão em diálogo com outras monográficas: de Teresinha Soares e Wanda Pimentel, atualmente em exibição no 2º subsolo e mezanino do 1º subsolo, respectivamente; e, no segundo semestre, de Guerrilla Girls, Pedro Correia de Araújo (1874-1955) e de Tunga (1952-2016). Todas essas exposições voltam-se para a mostra coletiva “Histórias da sexualidade”, que também reúne obras de diferentes períodos, territórios, meios, e com núcleos dedicados à prostituição, ao nu, ao homoerotismo, aos jogos sexuais, ao ativismo feminista e queer, entre outros.

“Artista com luvas verdes”

“Toulouse-Lautrec em Vermelho”

  • 30 de junho a 1 de outubro de 2017
  • Masp, 1º andar,  Avenida Paulista, 1578, São Paulo, SP, fone (11) 3149-5959
  • Terça a domingo: das 10h às 18h (bilheteria aberta até as 17h30); quinta-feira: das 10h às 20h (bilheteria até 19h30)
  • Ingressos: R$30  e R$ 15 (meia-entrada). Entrada gratuita às terças-feiras.
  • O ingresso dá direito a visitar todas as exposições em cartaz no dia da visita.
  • Estudantes, professores e maiores de 60 anos pagam R$ 15,00.
  • Menores de 10 anos de idade não pagam ingresso.
“Mulher com Cachorro”
Descaso durante o baile de máscaras

vale mais

 Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções; links rompidos ou inexistentes; informações enviadas com incorreções. Imagens de divulgação.

FINDE – Conheça Miró 🎨 de perto

Sábado e domingo chegando. E o frio pede ficar protegido. Joan Miró, a Força da Matéria é uma boa dica de programa legal para quem está sozinho ou acompanhado. O artista espanhol que ficou famoso por seus traços e cores 🎨 surrealistas tem 112 de suas obras no Instituto Tomie Ohtake, em São Paulo. A exposição é badalada e fica na cidade até o dia 16 de agosto.

Joan Miró, La Equilibrada
Joan Miró, La Equilibrada**

São 41 pinturas, 22 esculturas, 20 desenhos, 26 gravuras e três objetos (pontos de partida de esculturas), além de fotografias sobre a trajetória do pintor, que era da Catalunha, região da Espanha.

Você pode receber as boas notícias de vale mais direto no seu celular. Clique aqui para saber como, é fácil: 011 9 9985-3577. Vem!
Joan Miró, Cabeça, 1979, óleo e lápis sobre compensado, 122 x 122 cm
Joan Miró, Cabeça, 1979, óleo e lápis sobre compensado, 122 x 122 cm**

As peças vieram da Fundação Joan Miró, de Barcelona, e de coleções particulares.  A exposição divide-se em três grandes blocos por ordem cronológica  que coincidem com momentos vitais do artista.

Esculturas de Miró em exposição no Instituto Tomie Ohtake
Esculturas de Miró em exposição no Instituto Tomie Ohtake**

Para evitar filas na bilheteria, a página do Facebook recomenda para quem quer ver a exposição de 1 a 16 de julho, já estão à venda ingressos online pelo site Ingresse.com (links no final do post).

Joan Miró, a Força da Matéria segue para Florianópolis (SC), no Museu de Arte de Santa Catarina, de 2 de setembro a 14 de novembro.

O famoso fotógrafo Man Ray fotografou Joan Miró em 1933*
O fotógrafo Man Ray retratou Joan Miró em 1933*

Instituto Tomie Ohtake

Avenida Faria Lima 201 (Entrada pela Rua Coropés 88), Pinheiros São Paulo.  Metrô 🚇 mais próximo – Estação Faria Lima/Linha 4 – amarela.

Joan Miró, a Força da Matéria

Terça-feira – entrada GRATUITA – Necessária retirada de senhas na bilheteria. O Instituto explica que podem ser retiradas 2 senhas por pessoa, até o término das senhas, com validade apenas para o dia em que forem retiradas.

Quarta-feira a domingo – R$ 10 (inteira) e  R$ 5 (meia entrada para estudantes, professores da rede pública e idosos (mediante documento que comprove). Crianças até 10 anos e deficientes têm entrada GRATUITA.

Geral da exposição
Geral da exposição**

Onde comprar ingressos:
Online:
www.ingresse.com (sem taxas), neste link aqui
Facebook do Instituto Tomie Ohtake, neste link aqui

Nas bilheterias do Instituto Tomie Ohtake – horário da bilheteria- terça a domingo, das 10h às 19h.

Horário de entrada na exposição – 11h às 15h30 e das 16h às 19h – Último horário de entrada para a exposição às 19h.

Fundação Joan Miró, neste link aqui

*  *  *  *  *  *  *  *  *  *  *  * 

vale mais

 O blog para quem quer curtir coisas boas com pouco dinheiro _ou nenhum!  

Siga a gente nas redes sociais  _ clique nos ícones abaixo:

facebook_logo_detail           Twitter_logo_blue           Instagram_Icon_Large           Google+

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços e de horários em exposições e eventos culturais. *Imagem do site do Fundação Joan Miró; ** Imagens do site e Facebook do Instituto Tomie Ohtake.

🎨 Picasso de graça só até segunda

Se ainda não foi, programe-se 📅. Porque “Picasso e a Modernidade Espanhola”, exposição que reúne parte da produção de um dos mais famosos pintores do século 20 e de outros pintores conterrâneos e contemporâneos, encerra sua temporada no Centro Cultural Banco do Brasil de São Paulo na próxima segunda-feira, 8 de junho.

Mulher sentada apoiada sobre os cotovelos, 1939, em foto de Pablo Ruiz Picasso
Mulher sentada apoiada sobre os cotovelos, 1939, em foto de Pablo Ruiz Picasso

A boa notícia é que dia 24 próxima, ela abre no Rio de Janeiro, no Centro Cultural Banco do Brasil, onde fica até o feriado de 7 de setembro.

🎨 Com quase 90 quadros, esculturas, desenhos e gravuras que fazem parte da Coleção do Museu Nacional Centro de Arte Rainha Sofía, que fica em Madri, Espanha, a exposição, desde que começou, tem atraído multidões.

Você pode receber as boas notícias do blog direto no seu celular 📱. Clique aqui e saiba como. É fácil e de graça. Vem!

São estudantes em grupos e pessoas de todas as idades 👪 que querem ver de perto o belíssimo “Retrato de Mira Maar” _mais tantas outras obras conhecidas de Picasso.

É programa que vale mais recomenda para este feriado que muitos irão emendar.

image

O Banco do Brasil informa que mais de 200 mil pessoas já visitaram a exposição. O CCBB fica no centro da cidade, entre duas estações de metrô 🚇: Sé e São Bento.

Você não poderá estar fora desta, claro!

Para ver obras de arte a centímetros de distância, você não vai gastar nada _a entrada é gratuita. Se prepare porque certamente vai ter fila para entrar _e vale mais aguardar. E o CCBB vai abrir normalmente no feriado de amanhã _mais um bom motivo para dar uma chegada lá.

O horário menos agitado é no final da tarde, informa o CCBB.

image

O que está exposto no CCBB mostra como o gênio e mito da pintura influenciou a arte moderna espanhola e como os seus traços e de outros artistas da época acabaram imprimindo sua marca na arte produzida em várias partes do mundo.

A exposição revela o caminho do pintor até sua obra mais famosa, Guernica, que retrata os horrores da Segunda Guerra Mundial. E fala de sua relação com outros mestres da arte moderna espanhola, como Gris, Miró, Dalí, Domínguez e Tàpies, que também podem ser vistos no centro cultural do Banco do Brasil.

Para dar água na boca, confira o site picassonobrasil.com.br, criado por iniciativa do grupo segurador Banco do Brasil e Mapfre.  Ótima ideia! 💡

Exemplos de como é o tour virtual do site Picasso no Brasil
Exemplos de como é o tour virtual do site Picasso no Brasil

Um dos destaques do site é o tour virtual por todos os andares do prédio onde está a exposição. Se pode ver várias obras dispostas nas paredes, de jeito muito parecido com o Google Street View. UAU!

Algumas dessas obras estão marcadas com o sinal “!“. Ao clicar na “!“, informações sobre a peça em foto de alta qualidade para você admirar na tela do seu 💻 ou📱.

Mas, óbvio, melhor ao vivo!

Brincando de Picasso com fotos de seu celular e o aplicativo da mostra
Brincando de Picasso com fotos feitas no celular e o aplicativo da mostra

Também foi criado um aplicativo gratuito para quem tem celular com plataforma Android ou iOS no qual você pode brincar com o cubismo, nome do movimento iniciado por Picasso que foi sua grande marca como artista.

Com duas fotos suas ou de alguém que você escolhe, uma de frente e outra de perfil, o app deixa sua imagem com cara de quadro cubista. UI!

Mais sobre Picasso e a Modernidade Espanhola:

Site Picasso no Brasil, neste link aqui

Aplicativo da exposição – disponível na Play Store e Apple Store. Só digitar PicassonoBR no campo de busca 🔍 que você chega lá. Gratuito.

Picasso e a Modernidade Espanhola – até 8 de junho – GRATUITO

Centro Cultural Banco do Brasil São Paulo, CCBB

rua Álvares Penteado, 112, centro de São Paulo;  (11) 3113-3651/3652;  ccbbsp@bb.com.br; Funcionamento: de quarta a segunda, das 9h às 21h.

+ + +

Centro Cultural Banco do Brasil Rio de Janeiro – de 24 de junho a 7 de setembro de 2015

Rua Primeiro de Março, 66, centro do rio de Janeiro, (21) 3808-2020

; Funcionamento: de quarta a segunda, das 9h às 21h.

Obras de Picasso no Museu Nacional Rainha Sofía, neste link aqui

*  *  *  *  *  *  *
Esta é uma cópia de foto que Man Ray fez de Picasso em 1933 e que faz parte do acervo do Museu Rainha Sofía
Cópia de foto que Man Ray fez de Picasso em 1933, acervo Museu Rainha Sofía

vale mais

 O blog para quem quer curtir coisas boas e economizar!  

Siga a gente nas redes sociais  _ só clicar nos ícones abaixo:

facebook_logo_detail           Twitter_logo_blue           Instagram_Icon_Large           Google+

vale mais não se responsabiliza por alterações de horários e dias de eventos e exposições culturais em qualquer instituição pública ou particular.

Confira como chegar 🚇 🚌 🚕 🚘 🚵🚶 no CCBB de São Paulo: