Arquivo da tag: Grávida

GRIPE H1N1 2017 – Atenção, vacina gratuita só até 26 de maio

Falta apenas uma semana para a campanha de vacinação contra gripe acabar _e somente 28,7 milhões de pessoas se imunizaram. Isso significa 53% do objetivo do Ministério da Saúde. A informação, divulgada ontem, leva em conta os números de todo o país até o dia 17 passado. Hora de se ligar e saber que até o dia 26 de maio é tempo de ir até uma UBS, Unidade Básica de Saúde, ou um Centro de Saúde integrante do SUS para proteção contra a influenza,  e a terrível gripe H1N1.

Vacina contra gripe da campanha do Ministério da Saúde sendo preparada para aplicação no Rio de Janeiro, foto de Tânia Rego, Agência Brasil

Carla Domingues, coordenadora do Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde,  considera muito importante que as pessoas se vacinem neste momento para estarem protegidas no inverno, quando os vírus da Influenza começam a circular com maior intensidade.

👉👀 GRIPE H1N1 2017 – Lista de doenças crônicas que dão direito à vacina grátis para WhatsApp

“A vacina demora cerca de 15 dias para fazer efeito após aplicada, por isso é necessário que as pessoas, integrantes do público-alvo, se conscientizem e procurem os postos de saúde para se vacinarem antes do período de inverno”, aconselhou a coordenadora.

Vamos relembrar quais os grupos chamados prioritários que estão incluídos na campanha de 2017 e têm direito a receber a vacina gratuitamente:

  • Crianças de seis meses a menores de cinco anos;
  • Pessoas com 60 anos ou mais;
  • Trabalhadores de saúde;
  • Gestantes;
  • Puérperas (até 45 dias após o parto);
  • Pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis ou com outras condições clínicas especiais;
  • Professores das redes pública e privada.
  • Povos indígenas;
  • População privada de liberdade;
  • Funcionários do sistema prisional;

➡  Portadores de doenças crônicas não transmissíveis, o que inclui pessoas com deficiências específicas, devem apresentar prescrição médica no ato da vacinação. Pacientes cadastrados em programas de controle das doenças crônicas do SUS deverão se dirigir aos postos em que estão registrados para receber a vacina, sem a necessidade de prescrição médica.

A escolha dos grupos prioritários segue recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS).

É importante lembrar que, mesmo pessoas vacinadas, ao apresentarem os sintomas da gripe – especialmente se são integrantes de grupos mais vulneráveis às complicações – devem procurar imediatamente o médico.

Os sintomas da gripe são:

  • febre;
  • tosse ou dor na garganta
  • dor de cabeça;
  • dor muscular e nas articulações.

O agravamento pode ser identificado por falta de ar, febre por mais de três dias, piora de sintomas gastrointestinais, dor muscular intensa e prostração.

Logo cortado Receba as boas notícias de vale mais no celular 📲. Envie uma msg para 011 9 9985-3577 e pronto! Clique aqui e saiba mais

GRIPE H1N1 – Saiba como se prevenir e se cuidar

Para a campanha deste ano, o Ministério da Saúde adquiriu 60 milhões de doses da vacina, garantindo estoque suficiente para a vacinação em todo o país. Os estados com a maior cobertura de vacinação no país, até o momento, são: Amapá (76%), Paraná (69,8%), Santa Catarina (68%), Rio Grande do Sul (67%), e Goiás (60,6%). Já os estados com menor cobertura são: Roraima (34,7%), Pará (35,8%), Rondônia (39,9%), Mato Grosso (41,7%), Piauí (43,2%) e Maranhão (43,8%).

As pessoas com mais de 60 anos foram as que mais procuraram a campanha,  com 13 milhões de doses aplicadas, o que representa 62,3% deste público, seguido pelas puérperas (59,7%) e trabalhadores de saúde (54,7%).

Os grupos que menos se vacinaram foram os indígenas (31,2%), crianças (39,6%), gestantes (44,6%) e professores (44,7%).

Entre as regiões do país, o Sul apresentou o melhor desempenho em relação à cobertura vacinal contra a influenza, com 68,3%, seguida pelas regiões Centro-Oeste (53,1%), Sudeste (52,9%); Nordeste (47,8%) e Norte (43%).

Quem não se encaixa nos critérios do Ministério da Saúde para receber a vacina gratuitamente,  pode procurar uma clínica de vacinação particular.

Veja o vídeo sobre a gripe feito pela OMS em espanhol, aqui, no canal do blog no Youtube.

vale mais

 Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

 vale mais não se responsabiliza por informações transmitidas com incorreções. Imagens com licença Creative Commons: *16 de maio de 2015 fotos públicas.
Anúncios

GRIPE H1N1 – Vacinação gratuita começa dia 17 em todo o país

Está definido: a campanha de vacinação contra a gripe começa dia 17 de abril, segunda-feira próxima, em todo o país. Quem quer se proteger contra o temido vírus H1N1 e está na lista dos grupos que podem receber a vacina gratuitamente, pode ir para centros de saúde e UBS, Unidades Básicas de Saúde, que a imunização já estará disponível, informa o Ministério da Saúde.

Momento da aplicação da vacina usada durante a Campanha de Vacinação contra gripe, em Brasília, Elza Fiuza (Agência Brasil) no ano passado

A vacinação contra gripe promovida pelo governo federal termina no dia 26 de maio próximo. O Dia D, como é conhecido o dia em que há uma mobilização nacional em torno da campanha, será 13 de maio.  Deverão ser vacinadas mais de 54 milhões de pessoas que integram os grupos prioritários. O ministério adquiriu 60 milhões de doses para a imunização

Logo cortado Receba as boas notícias de vale mais no celular 📲. Envie uma msg para 011 9 9985-3577 e pronto! Clique aqui e saiba mais

A partir desta edição da campanha, professores das redes pública e privada passam a fazer parte dos grupos prioritários que podem receber a vacina durante a campanha. Cerca de 2,3 milhões desses profissionais em todo o País poderão se vacinar contra a gripe nos dias 2 e 3 de maio.

Profissionais que trabalham na área de saúde e funcionários de presídios também devem se vacinar. Este ano a campanha do governo começa antes da temporada de gripe chegar. Como a pessoa fica imune cerca de duas semanas depois, espera-se que bastante gente já esteja protegido.

Para relembrar, todos os anos a Organização Mundial da Saúde, OMS, sugere quais as cepas dos vírus que devem estar presentes nas vacinas para que a proteção efetiva. É que os vírus sofrem mutações e as novas vacinas precisam realmente imunizar as pessoas contra esses novos vírus que circulam nos ambientes.

Vírus H1N1 em ilustração de vídeo da OMS, você pode vê-lo completo em espanhol aqui

Olha só, para 2017 foi definido que as vacinas trivalentes devem conter em sua formulação cepas destes vírus:

  • um vírus similar ao vírus influenza A/Michigan/45/2015 (H1N1) pdm09, que é uma variação do vírus contido na vacina do ano passado;
  •  um vírus similar ao vírus influenza A/Hong Kong/4801/2014 (H3N2);
  •  um vírus similar ao vírus influenza B/Brisbane/60/2008.

As vacinas tetravalentes ou quadrivalentes, que normalmente podem ser encontradas em clínicas privadas de vacinação, devem ter as cepas da trivalente (acima) mais um vírus similar ao vírus influenza B/Phuket/3073/2013.

Funcionária usa seringa para retirar do vasilhame a quantidade necessária para uma aplicação da vacina contra a gripe produzida pelo Instituto Butantan, foto de Eduardo Saraiva, governo do Estado de São Paulo

O Ministério da Saúde informa quais os grupos mais vulneráveis devem se vacinar todos os anos:

  • Pessoas com 60 anos ou mais
  • Grávidas
  • Mulheres com até 45 dias pós-parto
  • Crianças de 6 meses a menores de 5 anos
  • Doentes crônicos
  • Trabalhadores da saúde
  • Populações indígenas
  • Professores das redes pública e privada

Também para relembrar, a gripe causada pelo terrível vírus H1N1 já foi conhecida como “gripe suína”. A transmissão de uma pessoa para outra ocorre através da saliva, por espirros ou tosse. Se não for bem tratada, pode causar complicações e levar à morte.

GRIPE H1N1 – Saiba como se prevenir e se cuidar

Seringa com vacina contra gripe (H1N1) sendo preparada para profissionais do hospital Emílio Ribas, foto de Rovena Rosa, São Paulo, EBC, 2016

Quem não se encaixa nos critérios para receber a vacina gratuitamente,  pode procurar uma clínica de vacinação particular.

Para saber mais sobre a gripe, a OMS criou este vídeo em espanhol. Veja aqui, no canal do blog no Youtube.

vale mais

 Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

 vale mais não se responsabiliza por informações transmitidas com incorreções. Imagens com licença Creative Commons: *16 de maio de 2015 fotos públicas.

DENGUE – Vacina está para chegar na rede privada

Quem quiser se prevenir contra a dengue logo logo irá contar com mais uma alternativa: a vacina contra essa doença está para chegar em clínicas de vacinação e estabelecimentos de saúde da rede privada.

Vacina contra dengue fabricada pela indústria farmacêutica Sanofi Pasteur, que deverá chegar em estabelecimentos de saúde da rede privada após definição de preço pelo governo federal
Vacina contra dengue fabricada pela indústria farmacêutica Sanofi Pasteur, que deverá chegar em estabelecimentos de saúde da rede privada após definição de preço pelo governo federal

A Anvisa, agência que regula os medicamentos no país, aprovou a vacina contra dengue produzida pela indústria farmacêutica Sanofi Pasteur para pessoas entre 9 e 45 anos em dezembro passado.

Atualmente, aguarda a definição de preço pela Cmed, Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos, informa a Sanofi Pasteur, também responsável pela sua importação direto da França. Notícias na imprensa chegaram a falar em cerca de R$ 400 por dose…

Helloou!!! Saiba se prevenir contra a dengue

A diretora médica da indústria, Sheila Homsani, explica que a eficácia na população acima de 9 anos é de, aproximadamente, 66% contra os quatro sorotipos de vírus da dengue.

O mosquito que transmite a dengue, Aedes aegypti, durante picada, foto Sanofi Pasteur, agosto de 2012
O mosquito que transmite a dengue, Aedes aegypti, durante picada, foto Sanofi Pasteur, agosto de 2012

“Isso significa que em um grupo de mil pessoas, 660 evitariam contrair a doença. Além disso, reduz os casos graves – aqueles que levam ao óbito – em 93% e os índices de hospitalizações em 80%”, complementa.

Importante saber que esta vacina não é indicada para gestantes, pois contém vírus atenuado _da mesma forma que ocorre com as vacinas contra rubéola, sarampo ou caxumba.

A vacina contra dengue da Sanofi Pasteur também não é indicada para mulheres que estejam amamentando, indivíduos com doença aguda ou doença febril moderada/grave, assim como imunocomprometidos.

Vacina contra a dengue em linha de produção da indústria francesa Sanofi Pasteur
Vacina contra a dengue em linha de produção da indústria francesa Sanofi Pasteur

A vacina é indicada para ser administrada em três doses com intervalos de seis meses (completando um ano da primeira até a última dose), complementa a diretora Sheila.

“A partir da primeira dose, a vacina já oferece proteção, mas é fundamental receber todas para garantir que a imunização seja duradoura e equilibrada para todos os sorotipos de dengue”.

Após aprovação e regulação de preços pela CMED _já prevista inicialmente para este semestre, a Sanofi Pasteur prevê que seja distribuída para o mercado privado (clínicas particulares) em todo o país.

A vacinação poderá ajudar a reduzir gastos com internações _estudos demonstraram redução de 81% das internações e de 93% dos casos graves, relata a indústria farmacêutica.

Linha de produção da vacina que protege contra a dengue produzida pela indústria francesa Sanofi Pasteur
Linha de produção da vacina que protege contra a dengue produzida pela indústria francesa Sanofi Pasteur

Entenda a vacina contra a dengue

  • A vacina contra a dengue da Sanofi Pasteur é uma imunização recombinante tetravalente (para os quatro sorotipos existentes da doença – tipos 1, 2, 3 e 4), produzida com vírus vivo atenuado e possui em sua estrutura o vírus vacinal da febre amarela, que lhe garante estabilidade.
  • Até ser aprovada, a vacina contra dengue da Sanofi Pasteur passou por um extenso programa de pesquisa clínica (25 estudos), envolvendo mais de 40 mil participantes (crianças, adolescentes e adultos), em 15 países, incluindo o Brasil, com cerca de 3,5 mil pessoas, em cinco cidades.
  • A eficácia na população acima de 9 anos é de, aproximadamente, 66% contra os quatro sorotipos de vírus da dengue.
  • Além do Brasil, a vacina também já está aprovada no México, em El Savador e nas Filipinas, onde em fevereiro já foi liberada a vacinação.

Vale ressaltar que a principal prevenção contra a dengue é a eliminação do Aedes aegypti, mosquito que, contaminado, transmite não só essa doença, mas também a terrível Zika e as febres Chicungunya e amarela.

Fabrica de vacina contra dengue da Sanofi Pasteur na cidade de Neuville sur Saône, na França
Fabrica de vacina contra dengue da Sanofi Pasteur em Neuville sur Saône, na França

vale mais

 Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

 Fotos da Sanofi Pasteur.

SAÚDE – Vacinação contra gripe H1N1 começa dia 11 em SP

A campanha de vacinação contra gripe do governo federal começa no próximo dia dia 11, segunda-feira, no Estado de São Paulo. No restante do país, a partir de 30 de abril (conhecido como Dia D) até 20 de maio. A vacina é GRATUITA, vale lembrar, pois faz parte da campanha de imunização nacional que ocorre há vários anos.

Vacinação contra gripe em Curitiba, foto de Cesar Brustolin SMCS*, 16 de maio de 2015 fotos públicas
Vacinação contra gripe em Curitiba, foto de Cesar Brustolin SMCS*

O governo de São Paulo antecipou a campanha por causa de surtos de casos da gripe H1N1 ocorridos em várias cidades da região Noroeste do Estado, entre as quais São José do Rio Preto.

A gripe H1N1 já foi conhecida como gripe suína e a transmissão de uma pessoa para outra ocorre através da saliva, por espirros ou tosse. Se não for bem tratada, pode causar complicações e levar à morte.

GRIPE H1N1 – Saiba como se prevenir e se cuidar

A partir de sexta-feira próxima, 8 de abril, profissionais da área de saúde, que podem se contaminar facilmente, serão os primeiros a receberem a vacina, informa o governo de São Paulo. Para quem não sabe a vacina contra gripe é produzida pelo Instituto Butantan.

Preparo da seringa para vacinação, foto de Osnei Restio, Prefeitura de Nova Odessa**
Preparo da seringa para vacinação, foto de Osnei Restio, Prefeitura de Nova Odessa**

Veja se você se encaixa nos grupos para poder receber a vacina contra gripe gratuitamente:

➡ grávidas;
➡ pessoas com idade acima de 60 anos;
➡ crianças a partir de 6 meses a menores de 5 anos;
➡ mulheres que acabaram de passar pelo parto (até 45 dias após);
➡ trabalhador na área de saúde;
➡ povos indígenas;
➡ população privada de liberdade;
➡ funcionários do sistema prisional;
➡ portadores de doenças crônicas não transmissíveis e portadoras de outras condições clínicas especiais.

Grávida recebe vacina contra gripe, Valter Campanato*, agência Brasil, maio de 2012
Grávida recebe vacina contra gripe, Valter Campanato*, agência Brasil, maio de 2012

O governo do Estado informa que a vacinação este ano deverá atingir 982,8 mil crianças maiores de seis meses e menores de cinco anos, 179 mil gestantes e 1,83 milhão de idosos da capital e Grande São Paulo, totalizando quase 3 milhões de pessoas.

A vacina é uma das melhores maneiras de se proteger contra a gripe H1N1, que já foi conhecida também como a  gripe suína, recomenda a médica infectologista Nancy Bellei, da Sociedade Brasileira de Infectologia.

Quem não é elegível para receber a vacina do governo federal gratuitamente, pode procurar uma clínica de vacinação particular. A vacina contra gripe custa, em média, R$ 100.

Logo cortado Receba as boas notícias de vale mais direto no celular 📲. Envie uma mensagem para 011 9 9985-3577 e pronto! Clique aqui e saiba mais

Quem tomou este ano a vacina do ano passado, que tem as cepas (famílias) de vírus que circularam em 2014, deve esperar 30 dias e tomar a nova vacina com as cepas dos vírus de gripe de 2015, complementa a infectologista Nancy.

vale mais

 Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

 vale mais não se responsabiliza por informações transmitidas com incorreções. Imagens com licença Creative Commons: *16 de maio de 2015 fotos públicas.

NOVIDADE: ZIKA, DENGUE – Lançado novo repelente com icaridina

O blog vale mais traz com exclusividade esta boa notícia: um novo repelente com icaridina começa a chegar nas farmácias e sites para compras online: o Sunlau.

Os repelentes para pele com esta substância são considerados um dos mais eficientes disponíveis no mercado para proteção contra picadas do Aedes aegypti. O Sunlau tem icaridina concentrada a 20%, considerada efetiva para espantar o mosquito do mal.

Gel repelente Sunlau com 125 gramas, R$ 49,50 no site da Sunlau, aqui
Gel repelente Sunlau com 120 gramas, R$ 49,50 no site da Sunlau, aqui

Mosquitos infectados com vírus podem causar Zika, dengue e as febres Chikungunya e amarela.

Logo cortadoReceba as boas notícias de vale mais direto no celular 📲. Envie uma mensagem para 011 9 9985-3577 e pronto! Clique aqui e saiba mais

Recomendado pela OMS, Organização Mundial de Saúde, órgãos do governo e associações médias, o repelente tem sido uma importante arma para grávidas e crianças, principalmente, na prevenção contra essas doenças.

Em spray para adultos e crianças e no formato gel, o Sunlau foi aprovado pela Anvisa recentemente. A Henlau, fabricante do novo repelente, está produzindo o repelente com icaridina praticamente 24 horas por dia, informa Marcos Brunieri, diretor comercial.

Prateleira com repelentes Exposis e Sunlau na Droga Raia da avenida Paulista, em São Paulo - qualquer um deles custa R$ R$ 57,01
Prateleira com repelentes Exposis e Sunlau na Droga Raia da avenida Paulista, em São Paulo – qualquer um deles custa R$ R$ 57,01

O executivo explica que a sugestão de preço para venda ao consumidor é de R$ 42 para o spray e R$ 45 para o gel. Bem menos, entretanto, do preço praticado na prateleira da Droga Raia da avenida Paulista, em São Paulo. No Mercado Livre e na OLX, os preços estão nas alturas _praticados por empresas pequenas e pouco conhecidas.

Fabricado aqui mesmo no interior de São Paulo com icaridina importada da empresa alemã Bayer, o Sunlau promete durabilidade de até 10 horas depois de aplicado no corpo.

A proteção da icaridina é contra o Aedes aegypti e outros insetos causadores de outras doenças. Por isso tanta procura por repelentes com essa substância.

A embalagem gel tem 20 gramas a mais que o similar Exposis (100 gramas). Portanto, para o consumidor, é vantagem adquirir um produto por preço igual ou inferior com embalagem maior _paga-se menos, claro.

Por estar chegando agora e ser um produto novo, não é em todo lugar que se encontra. Na unidade Droga Raia da avenida Paulista, por exemplo, ele está em um prateleira atrás do balcão. Foi sorte tê-lo visto lá!

Repelente Sunlau spray 100 ml versão para adultos, R$ 49,90
Repelente Sunlau spray 100 ml versão para adultos, R$ 49,90

Para compras online, vale mais localizou apenas um site além do próprio site do produto (links no final do post).

A imprensa tem noticiado constantemente que cientistas associaram o surgimento de microcefalia em bebês de mulheres que contraíram a Zika durante a gravidez.

No Brasil, até 27 de fevereiro 641 casos foram confirmados para microcefalia e outras alterações do sistema nervoso, sugestivos de infecção congênita. Ao todo, há 5.909 casos suspeitos de microcefalia com associação ao vírus Zika.

Grávida simboliza seu amor pelo bebê que está gestando, por Eric*
Grávida simboliza seu amor pelo bebê que está gestando, por Eric*

O uso de repelentes, então, torna-se uma forma importante de prevenção não só para grávidas, mas para todos nós.

Vale lembrar que repelentes com icaridina podem ser utilizados em crianças a partir de 2 anos de idade.

≡ ZIKA – Atenção: repelente com Icaridina pode custar até 54% a mais

Repelente Sunlau spray 100 ml versão infantil, R$ 49,90 no site da Sunlau, aqui e na ProntoShop, aqui

Outros repelentes com outros princípios ativos podem ser aplicados a partir de 6 meses, informa a Sociedade Brasileira de Pediatria  _LEIA com atenção este post aqui, VÍRUS ZIKA, DENGUE – Ataque de repelente contra o Aedes aegypti.

Entretanto, é importante saber que a melhor maneira de prevenção e solução para a propagação das doenças transmitidas pelo Aedes aegypti é acabar com a propagação do mosquito através da eliminação de criadouros como água parada, caixa de água destampada, pneus velhos expostos à chuva e correntes de água etc.

 DICA: A Henlau informa como usar o repelente sobre a pele:

  • A tendência natural é passar menos que o necessário. Deve-se aplicar em todas as partes expostas do corpo;
  • Aplique em todas as partes descobertas do corpo. A ação de um repelente se limita a 4 centímetros. Uma aplicação no rosto não protege a nuca, por exemplo.
  • O produto promete 10 horas de duração contra picadas
    O produto promete 10 horas de duração contra picadas

    Sunlau Kids e Sunlau Max com Bayrepel duram até 10 horas em temperaturas abaixo de 30º centígrados e 5 horas em temperaturas acima de 30º graus. Reaplique se molhar o corpo em piscina, mar ou se tomar banho.

  • O produto só pode ser usado em crianças acima de 2 anos.
  • Não é um irritante das mucosas.
  • Use em conjunto com o protetor solar: os produtos Sunlau não são foto-sensíveis e não interagem com o protetor solar.

Onde comprar repelente Sunlau:

Online: ProntoShopSunlau

Lojas físicas (indicação do fabricante): Droga RaiaDrogãoDrogasilFarmais – Walmart

vale mais

   Para quem quer curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  
 vale mais não se responsabiliza por: alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções; alterações de endereços de links. Imagens dos sites das empresas e *Licença Creative Commons, 25 de fevereiro de 2012; Preços pesquisados em 28 de fevereiro de 2016.

ZIKA – Atenção: repelente com Icaridina pode custar até 54% a mais

Com diferença de preços de até 54% , o Exposis, um dos mais procurados repelentes contra picadas do Aedes aegypti, aos poucos volta a ser encontrado com mais frequência nas prateleiras das farmácias e também para compras online.

Esse mosquito pode causar a Zika, a dengue e as febres Chikungunya e amarela.

Exposis na Netfarma, R$ 51,90 (estava R$ 65,00) e tem frete de R$ 6,90 para a região da avenida Paulista, em São Paulo
Exposis na Netfarma, R$ 51,90 (estava R$ 65,00) e tem frete de R$ 6,90 para a região da avenida Paulista, em São Paulo

Uma passeio pela avenida Paulista, em São Paulo, mostrou estes preços (abaixo) em farmácias para as versões da marca em spray (100 ml):

  • Drogaria São Paulo,  R$ 52,15
  • Drogasil: R$ 56,90
  • Droga Raia, R$ 57,01
O Exposis Extreme está bem à vista, perto da fila do caixa na Drogaria São Paulo da avenida Paulista, em São Paulo
O Exposis Extreme (R$ 52,15) está bem à vista, perto da fila do caixa na Drogaria São Paulo da avenida Paulista, em São Paulo

Ontem  à tarde, uma surfada vale mais na Internet mostrou:

  • Na Netfarma, a versão spray infantil, R$ 51,90 e a Extreme, R$ 60,85
  • No site da Onofre, versão spray infantil, R$ 51,98
  • No site da Droga Raia, R$ 57,01 _o mesmo preço da loja física;
  • No site da Drogaria Araújo,  spray e gel tinham o preço, R$ 79,90

O site da Drogaria Araújo coloca o repelente Exposis (R$ 79,90) em destaque e chama para a compra online

O site da Drogaria Araújo coloca o repelente Exposis (R$ 79,90) em destaque e chama para a compra online

Betina Orenbuck, gerente de marketing da Osler, laboratório farmacêutico que fabrica o Exposis, não revela números, mas diz que semanalmente saem caminhões carregados com repelentes para atender os pedidos das grandes redes do varejo.

Na prática, vale bater perna em farmácias próximas de casa ou do trabalho e pesquisar os sites na parte da manhã. A pesquisa de preços é extremamente importante nestes tempos de crise. E o valor do frete tem que entrar na conta final _variam muito de um site para outro.

Aedes Aegypti, por James Gathany*
Aedes Aegypti, por James Gathany*

O repelente Exposis é muito procurado por conter Icaridina, um dos princípios ativos efetivos contra o Aedes aegypty e outros insetos com efeito de até 10 horas no corpo, promete o fabricante.

O uso de repelentes contra as picadas do Aedes aegypti é uma das formas de prevenção. Neste momento, é um instrumento importante para as grávidas e também para crianças.

O repelente com Icaridina pode ser utilizado em crianças a partir de 2 anos de idade.

Outros repelentes com outros princípios ativos podem ser aplicados a partir de 6 meses, informa a Sociedade Brasileira de Pediatria  _LEIA com atenção este post aqui, VÍRUS ZIKA, DENGUE – Ataque de repelente contra o Aedes aegypti.

Na Droga Raia os repelentes estão atrás do balcão e já se pode ver que vários já deixaram a prateleira, tal a procura
Na Droga Raia os repelentes (R$ 57,01) estão atrás do balcão e já se pode ver que vários já deixaram a prateleira, tal a procura

O Exposis sumiu das prateleiras das farmácias e dos sites para compras online quando começou a se falar mais sobre o vírus Zika e os casos de microencefalia em bebês recém-nascidos em Recife e outras cidades do país.

 DICA: A Osler informa em seu site que a fórmula dos repelentes em spray para adultos e crianças são iguais.

Atenção, a luta contra o Aedes aegypti inclui principalmente o fim de criadouros dentro e fora de casa!  Helloou!! Saiba se prevenir contra a dengue

Medidas de prevenção para acabar com o Aedes aegypti, segundo o Ministério da Saúde
Medidas de prevenção para acabar com o Aedes aegypti, segundo o Ministério da Saúde

Onde comprar repelente Exposis online:

Drogaria Araújo – Drogaria Onofre –  Netfarma – Época Cosméticos – Droga Raia – Drogaria São Paulo

Site do Exposis, neste link aqui.

vale mais

   Para quem quer curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  
 vale mais não se responsabiliza por: alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções; alterações de endereços de links. Imagens dos sites das empresas; * Licença Creative Commons, 28 de março de 2011. Preços pesquisados em 15 e 18 de fevereiro de 2016.

ZIKA – Cartilha ensina prevenção e cuidados com grávidas e recém-nascidos

Aumenta a luta contra os estragos provocados pelo mosquito Aedes aegypti _que pode transmitir a Zika, além da dengue e as febres Chikungunya e amarela. O governo federal atualizou a cartilha que explica sobre a doença e fala dos cuidados que as grávidas devem ter _assim como também os bebês e os bebês nascidos com microcefalia.

As gestantes estão no alvo das campanhas do governo federal contra o Aedes aegypti
As gestantes estão no alvo das campanhas do governo federal contra o Aedes aegypti

GRÁVIDAS:

Às grávidas, uma das recomendações é utilizar em casa telas contra mosquitos em janelas e portas. Fora de casa, a orientação é procurar locais protegidos com telas, mosquiteiros ou outras barreiras disponíveis.

Comparando as barrigas, brincadeira clicada por Daniel Kulinsk*
Comparando as barrigas, brincadeira clicada por Daniel Kulinsk*

Deve-se usar calças compridas e blusas de mangas compridas. Caso as roupas deixem partes do corpo expostas, use repelente nessas áreas.

As grávidas também devem procurar uma Unidade Básica de Saúde para iniciar o pré-natal assim que descobrirem a gravidez para comparecer às consultas regularmente.

A cartilha diz que as grávidas devem ir às consultas uma vez por mês até a 28ª semana de gravidez. A cada 15 dias entre a 28ª e a 36ª semana. E semanalmente do início da 36ª semana até o nascimento do bebê.

Todas devem ir tomar as vacinas indicadas.

Capa da cartilha online com informações sobre o vírus Zika do Ministério da Saúde
Capa da cartilha online com informações sobre o vírus Zika do Ministério da Saúde

BEBÊS:

Diz a cartilha que a amamentação é indicada até o 2º ano de vida ou mais, sendo exclusiva nos primeiros 6 meses de vida.

Caso manchas vermelhas sejam observadas na pele do bebê ou criança, olhos avermelhados ou febre, o correto é procurar um serviço de saúde. Também é importante não dar ao bebê medicamento por conta própria.

BEBÊS COM MICROCEFALIA:

Além dos cuidados gerais para se evitar picadas do mosquito (telas, mosquiteiros e roupas adequadas), o bebê deve ter acompanhamento de rotina na Unidade Básica de Saúde e precisa ser encaminhado para a estimulação precoce, explica a cartilha.

vale mais publicou:

+ ZIKA, DENGUE – Berço com mosquiteiro protege bebês e crianças

Caso o bebê apresente alterações ou complicações (neurológicas, motoras ou respiratórias, entre outras), o acompanhamento por diferentes especialistas poderá ser necessário, a depender de cada caso.

A cartilha completa você pode ler aqui ⇒ Vírus Zika – Informações ao Público – Ministério da Saúde, fevereiro de 2016.

O governo também criou uma forma interativa e divertida para se saber mais sobre as doenças.

Mosquitos em matéria na página do governo federal
O governo criou mosquitos virtuais em site do governo federal para interagir com os internautas

No site brasil.gov.br e em outros sites do governo, três mosquitos virtuais sobrevoam a tela.

Aviso para ir para página de combate ao Aedes aegypti Basta clicar em um deles que surge um aviso com link para se ir à página com todas as informações para se combater o Aedes aegypti. Vale mais conhecer, aqui.

vale mais já abordou a importância da prevenção nestes posts:

+ ZIKA, DENGUE – Mosquiteiro garante sono protegido do Aedes aegypti

+ VÍRUS ZIKA, DENGUE – Ataque de repelente contra o Aedes aegypti

+ Helloou!! Saiba se prevenir contra a dengue

Saiba mais como se prevenir contra a Zika, dengue e outras doenças causadas pelo Aedes aegypti acompanhando o blog. Previna-se!

Onde comprar berços com mosquiteiros:

Abracadabra – Americanas – Mobly –  Walmart

vale mais

 Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

Nas redes sociais, é só clicar:

facebook_logo_detail          Logo Pinterest          Twitter_logo_blue          Instagram_Icon_Large          Google+       Logo tumblr azul no transparente

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções. Imagens dos sites das empresas citadas e *Licença Creative Commons, 12 de janeiro de 2014; Preços pesquisados em 31 de janeiro de 2016 não incluem frete.

ZIKA, DENGUE – Repelente com Icaridina disponível na Época Cosméticos

Um dos repelentes mais procurados para se evitar picadas do Aedes aegypti, o Exposis está disponível para compras online em apenas um site (link diretos para os produtos no final do post), o Época Cosméticos.

Informações sobre o Exposis Infantil no site oficial do Exposis

Informações sobre o Exposis Infantil no site oficial do Exposis

Como todo mundo já sabe, mas é bom relembrar, esse mosquito pode transmitir o vírus Zika, a dengue e  a febre Chicungnya. O Exposis contém Icaridina, um dos princípios ativos efetivos contra o Aedes aegypty e outros insetos.

Repelente infantil Exposis
Repelente infantil Exposis, R$ 56,26 na Época Cosméticos

VÍRUS ZIKA, DENGUE – Ataque de repelente contra o Aedes aegypti

Fabricado pelo laboratório Osler do Brasil, sumiu das prateleiras das farmácias e dos sites para compras online quando começou a se falar mais sobre o vírus Zika e os casos de microencefalia em bebês recém-nascidos em Recife e outras cidades de vários Estados do país.

O uso de repelentes adequados neste momento, principalmente para grávidas, já foi sugerido pelo próprio Ministério da Saúde e associações médicas, como a Sociedade Brasileira de Pediatria.

Importante saber que os produtos indicados devem estar devidamente registrados na Anvisa, Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Caso queira checar se o produto que irá utilizar tem esse registro, consulte o site neste link aqui.

Em sua página do Facebook o site Época Cosméticos avisa que dois produtos haviam voltado à venda no site, o gel e a versão infantil. Na noite de ontem, apenas a versão infantil estava disponível por R$ 56,26.

O Ministério da Saúde lembra que é importante seguir as instruções do rótulo. O site do produto Exposis esclarece alguns pontos sobre o Exposis Infantil, entre os quais que pode ser utilizado em crianças a partir de 2 (dois) anos. A fórmula deste produto em sua versão infantil é a mesma da versão Extreme, também avisa o laboratório.

 Helloou!! Saiba se prevenir contra a dengue

Medidas de prevenção para acabar com o Aedes aegypti, segundo o Ministério da Saúde
Medidas de prevenção para acabar com o Aedes aegypti, segundo o Ministério da Saúde
Aedes Aegypti, por Jentavery *
Aedes Aegypti, por James Gathany*

Onde comprar repelente Exposis online:

Época Cosméticos, repelente infantil neste link aqui.

vale mais

   Para quem quer curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

Nas redes sociais, é só clicar:

facebook_logo_detail          Logo Pinterest          Twitter_logo_blue          Instagram_Icon_Large          Google+       Logo tumblr azul no transparente

 vale mais não se responsabiliza por: alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções, alterações de endereços de links. Imagens dos sites das empresas; * Licença Creative Commons, 28 de março de 2011. Preço de 22 de dezembro de 2015.

VÍRUS ZIKA, DENGUE – Ataque de repelente contra o Aedes aegypti

O mosquito Aedes aegypti é um bicho que definitivamente deve estar fora do seu caminho. Agora, com o crescente número de casos de bebês com microcefalia em vários Estados do país causada pelo vírus Zika (transmitido pelo Aedes aegypti) , a prevenção contra picadas tornou-se assunto importante. Principalmente para grávidas.

Na Drogaria Araújo, repelentes Off! Kids Loção, R$ 20,99, Super Repelex Kids, R$ 19,35, e OFF! Spray, R$ 25,19
Na Drogaria Araújo, repelentes Off! Kids Loção, R$ 20,99, Super Repelex Kids, R$ 19,35, e OFF! Spray, R$ 25,19

O Ministério da Saúde já anunciou três boas medidas que ajudam a evitar picadas de insetos:

  1.  Usar repelentes indicados para o período de gestação
  2. Usar roupas de mangas compridas e calças compridas no lugar de vestidos e saias.
  3.  Evitar o acúmulo de água parada em casa ou no trabalho.

 Helloou!! Saiba se prevenir contra a dengue

Medidas de prevenção para acabar com o Aedes aegypti, segundo o Ministério da Saúde
Medidas de prevenção para acabar com o Aedes aegypti, segundo o Ministério da Saúde

Antes de comprar repelentes (mais abaixo link para compra direta online), é importante saber como usá-los.

Os repelentes indicados pelo Ministério da Saúde são aqueles que contém Icaridina , DEET, EBAAP ou IR3535.

O repelente da marca Exposis tem em sua fórmula a Icaridina.

Os repelentes Autan, OFF, OFF KIDS, Super Repelex Kids Gel contêm o DEET.

E os repelentes Skin 20 Soft (Avon) e Clear Lotion – Loção Antimosquito (Johnson’s Baby) contêm o EBAAP ou IR3535.

Logo cortado Receba as boas notícias de vale mais direto no celular 📲. Envie uma mensagem para 011 9 9985-3577 e pronto! Clique aqui e saiba mais

Documento do Ministério da Saúde informa que estes produtos de uso tópico devem estar devidamente registrados na Anvisa (Agência Nacional de Saúde) e as instruções do rótulo devem ser seguidas.

Aedes aegypti, por Marcos Freitas*
Aedes aegypti, mosquito que pode transmitir o vírus Zika e outras doenças, por Marcos Freitas*

O documento do Ministério informa com detalhes:

“Estudos conduzidos em humanos durante o segundo e o terceiro trimestre de gestação e em animais durante o primeiro trimestre, indicam que o uso tópico de repelentes a base de n,n-Dietil-meta-toluamida (DEET) por gestantes é seguro.

Produtos à base de DEET não devem ser usados em crianças menores de 2 anosEm crianças entre 2 e 12 anos, a concentração dever ser no máximo 10% e a aplicação deve se restringir a 3 vezes por dia.

Concentrações superiores a 10% são permitidas para maiores de 12 anos.

Johnson's Baby Loção Antimosquito, R$ 15,26 na Onofre
Johnson’s Baby Loção Antimosquito, R$ 15,26 na Onofre

Além do DEET, no Brasil são utilizadas em cosméticos as substâncias repelentes Hydroxyethyl isobutyl piperidine carboxylate (Icaridin ou Picaridin) e Ethyl butylacetylaminopropionate (EBAAP ou IR3535), além de óleos essenciais, como Citronela.

Embora não tenham sido encontrados estudos de segurança realizados em gestantes, estes ingredientes são reconhecidamente seguros para uso em produtos cosméticos conforme compêndios de ingredientes cosméticos internacionais.

Em entrevista ao site da Sociedade Brasileira de Pediatria, a alergista Helena Maria Corrêa de Sousa Vieira, presidente da Sociedade Catarinense de Pediatria diz que o OFF KIDS, o Super Repelex Kids Gel e o Exposis Infantil “podem ser usados em crianças a partir de dois anos de idade”. Os produtos com IR3535 tem tempo de duração estimado em duas horas, diz a especialista, e podem ser utilizados em crianças a partir de seis meses.

Para relembrar, o Aedes aegypti também causa a dengue e a febre Chikungnya.

O Ministério da Saúde informa que pelo relatado dos casos até o momento, as gestantes cujos bebês desenvolveram a microcefalia tiveram sintomas do vírus Zika no primeiro trimestre da gravidez. Mas o cuidado para não entrar em contato com o mosquito Aedes aegypti é para todo o período da gestação.

As gestantes não devem usar medicamentos não prescritos pelos profissionais de saúde e fazer um pré-natal qualificado e todos os exames previstos nesta fase, além de relatarem aos profissionais de saúde qualquer alteração que perceberem durante a gestação.

Onde comprar repelentes online:

A Onofre destaca o OFF! Family, por R$ 22,,92
A Onofre destaca o OFF! Family, por R$ 22,,92

Alguns já estão esgotados em farmácias e também em sites de compras online. No Rio de Janeiro, em farmácias pequenas há cobrança de ágio (ilegal) segundo noticia o site UOL.

vale mais encontrou disponíveis estes produtos nestes sites:

Drogaria Araújo, repelentes para adultos aqui – e para crianças aqui

Drogaria Onofre, repelentes neste link aqui, e loção Johnson’s anti-mosquitos, neste link aqui

vale mais

Repelentes Exposis, esgotados em praticamente todos os sites para compras online
Repelentes Exposis, esgotados em praticamente todos os sites para compras online
   Para quem quer curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

Nas redes sociais, é só clicar:

facebook_logo_detail          Logo Pinterest          Twitter_logo_blue

Instagram_Icon_Large          Google+       Logo tumblr azul no transparente

 vale mais não se responsabiliza por: alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções, alterações de endereços de links. Imagens dos sites das empresas. Preços de 13 e 14 de dezembro de 2015.