Arquivo da tag: Passo a Passo

Faça picolés e dê um gelo no calor

Outono chegou e o calor tá pior que no verão… Socorro! Hora de relembrar um dos posts mais procurados do blog!

Nada melhor que um picolé prá aplacar este calor escaldante, nénão? Então o negócio é pegar aquelas frutas que você gosta e fazer um picolé em casa.

Também pode misturar com leite e iogurte para fazer alguns cremosos _e valem as versões sem lactose. Vai ficar gostoso do mesmo jeito, você vai ver.

Picolés à base de iogurte desnatado - com ameixa, com damasco, misto ameixa e damasco, e damasco com mirtilos inteiros
Picolés à base de iogurte desnatado – com ameixa, com damasco, misto ameixa e damasco, e damasco com mirtilos inteiros
Forma para picolés, palitos e mixer
Picoleteira, palitos e mixer

Maõs à obra: vai ser moleza, inda mais porque vale mais dá o passo a passo aqui. Optamos por picolés saudáveis: 0 gordura e 0 açúcar e alguns com 0 lactose.

Frutas frescas e no ponto
Frutas frescas e no ponto
Leites e iogurte
Iogurte e leite, várias opções

Gostou? Seu picolé vai ficar beeeeem mais barato que as paletas mexicanas que estão pipocando por aí, vendidas a partir de R$ 5/R$ 6 na versão mais simples. Nada contra, claro!

Então, mãos à obra. Você vai precisar de:

* Frutas frescas e no ponto de serem consumidas – algumas baratas e outras do dia a dia do brasileiro. Aproveita, vai… dá uma corrida na feira ou no supermercado e

Ameixas e damascos - secos e depois da hidratação
Ameixas e damascos – secos e depois da hidratação

pesca algo diferente: mirtilo, amora negra ou framboesa. Kiwi não fica de fora não, é uma delícia e dá um visual bem exótico!

* Iogurte e leite desnatados – a sua marca preferida. Usamos Batavo, Molico e Verdecampo sem lactose. Ou, melhor ainda, prepare um dia antes em casa _veja como neste link aqui. Com certeza vai ser mais gostoso…

Transformando a fruta em creme
Transformando a fruta em creme

* Uma forma para picolés ou picoleteira _ se você ainda não tem, tá na hora de comprar uma. Tem em lojas de produtos para festas e confeitaria, na Internet e também nessas lojas que tem mil coisas de cozinha.

As de plástico são bem baratinhas (a partir de R$ 6) e as de alumínio ou aço inox, com preços acima dos R$ 30/R$ 35, tem em versões para 6, 12, 15 ou até 24 picolés.  No final do post tem as lojas com fones e endereços e os links diretos para compra nos sites.

Mirtilos esperam o creme de iogurte com damasco entrar na forma, que fica completa; não esqueça os palitos e marque os picolés 0 lactose
Mirtilos esperam o creme de iogurte com damasco entrar na forma, que fica completa; não esqueça os palitos e marque os picolés 0 lactose

* Palitos apropriados, custa R$ 3 um maço com 100 deles. Também se compra em lojas de produtos para festas ou pela Internet.

Manga, manga com banana, pêssego com manga
Manga, manga com banana, pêssego com mamão

* Mixer ou liquidificador. Dispensa explicações.

Mãos à obra:

*** Picolés de frutas – pegue sua picoleteira e meça a quantidade, em mililitros, que você vai precisar. Assim não há desperdícios. Na forma utilizada nestas fotos, cada picolé tem cerca de 80 ml.

Manga, leite, banana e mirtilos, manga com kiwi, bifásico de manga e pêssego com maracujá e kiwi com banana
Manga, leite, banana e mirtilos, manga com kiwi, bifásico de manga e pêssego com maracujá e kiwi com banana

Liquidifique as frutas de preferência quase sem água. Preparamos algumas versões: manga, pêssego com maracujá (este puro, sem bater), banana com kiwi, kiwi com manga e por aí vai. Use sua imaginação.

Pêssego com amoras e kiwi com banana e morangos
Pêssego com amoras e kiwi com banana e morangos

Dica: corte rodelas finas de kiwi e banana. Elas serão usadas inteiras e dão um visual incrível. As amoras podem ir inteirinhas ou cortadas ao meio. Depende da forma.

Gallizzi, picoleteira para 12 picolés, no Shopping Cozinha, R$ 59,41
Gallizzi, para 12 picolés, no Shopping Cozinha, R$ 59,41
Papel alumínio para embalar os picolés
Papel alumínio para embalar os picolés

A banana ajuda a adoçar os picolés de frutas mais azedinhas, como o morango e o kiwi. Não abuse, uma rodela grossa já é o suficiente, ou o gosto desta fruta vai “marcar” todos os picolés. A banana, congelada, resulta em uma massa cremosinha e docinha… Hum… Prefere mel? Manda prá receita!

Quando for usar o maracujá com as sementes inteiras, separe a outra fruta em um copinho ou recipiente e deixe um tempo no freezer até que fique um pouco duro.

Picoleteira para 15 picoles, R$ 42,99 na Santo Antonio
Picoleteira para 15 picoles, R$ 42,99 na Santo Antonio

Aí misture a polpa do maracujá _como as sementes são pesadas, elas precisam de um meio mais sólido para não cair tudo no fundo da forma. Sacou?

O mesmo vale para o mirtilo, se quiser que eles fiquem por toda a extensão do picolé (veja na foto) e framboesa.

Forma na Posthaus, R$ 7,99
Forma na Posthaus, R$ 7,99

*** Picolés à base de iogurte ou leite: vale mais misturou ao iogurte damasco e ameixas secas. É preciso hidratá-los antes, durante algumas horas. Vai notar que o damasco vai aumentar bastante de tamanho.

Bata em separado: o picolé com damasco fica mais azedinho, e o com ameixa, mais doce. Você pode misturar meio a meio, fazer três divisões… Também colocamos mirtilos na versão com damasco. Fica uma delícia!

Com o leite, é como fazer uma vitamina: só bater com fruta. Usamos a banana para que ficasse com textura encorpada. Esta versão levou os mirtilos por inteiro _colocados em baixo da forma e depois, no alto. Gostoso e atraente também para os olhos. Como a gente encontra nas hashtags,

Forma da Dodô Brinquedos, R$ 7,06
Forma da Dodô Brinquedos, R$ 7,06

“pornofood”, ou “foodporno” (expressão em inglês que significa que o prato é tão apetitoso que dá vontade de comer imediatamente).

Bem, encha a forma, ponha as rodelas como preferir e coloque os palitos bem no centro. Atenção, na hora de levar ao freezer, os palitos podem sair do lugar se o que preparou não ficou bem consistente. Tudo bem, só ajeitar.

Pois depois de 4 horas… os picolés já estão prontos para aplacar o calor que anda derretendo.

⇒ DICAS:

Kiwi, banana, morango, amora e pêssego, a seu bel prazer
Várias frutas
Forma para 6 picolés, R$ 14,90 nas lojas Penselar
Forma para 6 picolés, R$ 14,90 nas lojas Penselar

Se você preparou muitas frutas, não se preocupe. Separe papel alumínio e guarde os que já congelaram no próprio freezer, devidamente embalados. Lave a forma e faça uma nova leva.

Diferencie os picolés feitos com iogurte ou leite sem lactose para não gerar confusão… Basta fazer uma marca na ponta do palito com uma faquinha de serra (veja a foto). Ótima ideia!

Na hora de tirar, um truque: encha um recipiente com água e coloque dentro por alguns segundos, mexendo para que o picolé solte da forma. Isso é muito rápido e você vai saber se está no ponto ao tentar puxar pelo palito… Ele sairá inteirinho, lindo, sem derreter. Deixou na água muito tempo, ah, ele vai derreter um pouco e o visual vai comprometer. Natural.

Leite com mirtilos e banana e pêssego com maracujá
Leite com mirtilos e banana e pêssego com maracujá

Onde comprar as picoleteiras:

Lojas físicas:

São Paulo – Loja Santo Antônio – Rua Serra de Juréa, 736 – Tatuapé – Fone: (11) 2225-9100

Rio de Janeiro – Lojas Penselar – rua Humaitá 109 e 122 – Humaitá – Fone: (21) 2539-3236

Via Internet:

Shopping Cozinha, formas para 6 e 12 picolés neste link aqui e neste aqui

Posthaus neste link aqui

Loja do Dodo neste link aqui

Paraíso dos Confeiteiros, formas para 6 e 12 picolés neste link aqui e neste aqui

vale mais não se responsabiliza por alterações de preços e ausência de produtos nas bancas, lojas, sites e/ou estoque, assim como pela duração e garantia de produtos em promoções. Preços pesquisados em janeiro de 2015 não incluem cobrança de frete.

Anúncios

EU VOTO – Ajude a eleger o melhor boteco do Brasil

Uma rodada de prosa, petiscos e cerveja ou caipirinha num bar bacana com os amigos ou com a cara-metade é tudo de bom. Quem não quer relaxar e curtir a vida algumas horas em um boteco em boa companhia?

No Boteco do Murruga, de São Paulo, o petisco do concurso é o Mignonzinho 10 do Murruga, com direito a molho e hortelã
No Boteco do Murruga, de São Paulo, o petisco do concurso é o Mignonzinho 10 do Murruga, com direito a molho e hortelã

Pois a partir do dia 15 de abril próximo, esse boteco poderá se tornar o melhor do país. E você poderá ajudar o bar a conquistar esse título por voto _e com direito à urna. Opa, vamos exercitar!

Logo cortado Receba as boas notícias de vale mais direto no celular 📲. Envie uma mensagem para 011 9 9985-3577 e pronto! Clique aqui e saiba mais

É que vai começar o Comida di Buteco (isso mesmo, com I e depois com U), concurso que há 16 anos acontece em várias cidades brasileiras e que rola até 15 de maio.

Mapa com as cidades participantes do concurso Comida di Buteco 2016
Mapa com as cidades participantes do concurso Comida di Buteco 2016

Este ano tentam o título 500 botecos de 20 cidades espalhadas por 12 Estados do país _de Norte a Sul.

Para participar da votação, é preciso consumir um prato de petisco que é vendido especialmente nos 30 dias que duram o concurso. O prato custa no máximo R$ 25,90. Nada mal para ser dividido entre amigos, né?

Caso seja consumido, o frequentador recebe uma cédula para votar. O voto avalia o boteco em quatro quesitos:  petisco (item responsável por 70% da nota), higiene do local (10% do peso) , atendimento (10%)  e a temperatura da bebida (10%, caso seja consumida). As notas conferidas pelo consumidor vão de 1 a 10.

Kit Devaneio do famoso Bar do Justo, de São Paulo, que ganhou o concurso no ano passado
Kit Devaneio do famoso Bar do Justo, de São Paulo, leva morangos
Combinado Alemão, prato que concorre pelo Casa Velha, de Curitiba
Combinado Alemão, prato que concorre pelo Casa Velha, de Curitiba

Além dos frequentadores, os botecos são avaliados também por um júri convocado pela direção do concurso. O voto do júri vale 50% e o do público, 50%.

O Instituto de Pesquisas Vox Populi é o responsável pela apuração dos votos.

As receitas são de dar água na boca. Olha só este petisco que concorreu no ano passado pelo Bar da Frente, no Rio de Janeiro:

A eleição do Melhor Boteco do Brasil vai acontecer pela primeira vez no concurso. Em junho, finalizadas todas as premiações regionais, um comitê de jurados vai conhecer os vencedores de cada uma das 20 cidades, dará suas notas e, dessa forma, será eleito o melhor boteco do país.

Ah, botecos de redes de franquias não podem participar. O concurso só aceita estabelecimentos nos quais o dono está à frente do negócio. Bem brasileiro, né? Por isso o concurso diz que avalia “cozinha de raiz”.

Sonho Meu, prato do baiano Caranguejo do Pascoal
Sonho Meu, prato do baiano Caranguejo do Pascoal

Mais informações e downloads de aplicativo para celular (Android ou IOS):

Comida di Buteco

vale mais

 Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

 vale mais não se responsabiliza por informações transmitidas com incorreções.

PRATO DE CHEF – Açaí com banana mais granola com energia de Rita Taraborelli

Volta às aulas, à academia, à corrida no parque, a caminhada acelerada em busca de boa saúde. E ao corre-corre do dia a dia.
É, a comida também é ingrediente importante dos momentos que o corpo pede reposição. Então, hora de uma receita doce e gostosa _mas zero açúcar! Açaí com banana turbinada com granola caseira.
Açaí congelado e natural, banana nanica, suco de uva e guaraná e pó. Zero açúcar na receita
Açaí congelado e natural, banana nanica, suco de uva e guaraná e pó. Zero açúcar na receita, rapaziada, porque o lanche é saudável!

Uma boa pedida de preparo para este finde que começa na saída do trabalho desta sexta-feira.

Melhor: tudo feito pela chef Rita Taraborelli especialmente para você preparar na sua cozinha. Barato, prático e delícia que rende várias porções _prato típico que a gente gosta de mostrar aqui no blog vale mais.
Olha só o resultado:
Para quem não conhece, Rita é uma pessoa com muitas qualidades: além de ser chef, ela escreve blogues e livros, cozinha, costura, desenha, pesquisa no Brasil e em outros países.
Rita Taraborelli e dois de seus livros
Rita Taraborelli e dois de seus livros
Faz o blog Prato de PapelMultifacetada  e talentosa. Como se não bastasse, é praticante de yoga.

Hoje, um pouco de seus segredos de liquidificador que ela revela de sua casa, em Sorocaba, interior do Estado de São Paulo.

O liquidificador vai cuidar de misturar os ingredientes
O liquidificador vai cuidar de misturar os ingredientes

Vamos lá?

Receita de açaí com granola zero açúcar:
O creme – ingredientes:
300 gramas de polpa de açaí (sem xarope de guaraná)

4 bananas maduras

1 xícara de suco de uva sem açúcar

1 colher de chá de guaraná em pó

2 colheres de sopas de chia (opcional) – para engrossar

200 gramas de amora e framboesas (opcional)

Preparo: simplesmente bata tudo no liquidificador até ficar cremoso.

Logo cortadoReceba as boas notícias de vale mais direto no celular 📲. Envie uma mensagem para 011 9 9985-3577 e pronto! Clique aqui e saiba mais
Óleo de coco, aveia, mel, castanha do Pará, uva-passa, raspas de limão, cúrcuma e canela
Óleo de coco, aveia, mel, castanha do Pará, uva-passa, raspas de limão, cúrcuma e canela

1 xícara de aveia em flocos

2 colheres de sopa de castanhas de sua preferência

1/2 xícara de uva passa ou outra fruta desidratada

É tão fácil preparar a granola na frigideira!
É tão fácil preparar a granola na frigideira!

3 colheres de sopa (rasas) de óleo de coco

1 colher de café de cúrcuma

1 colher de café de canela

1 limão (raspas)

Em uma frigideira de fundo grosso derreta o óleo e adicione a cúrcuma, as raspas e a canela, em seguida adicione a aveia com as castanhas e mexa, em fogo baixo, até dourar. Levará em torno de 5 a 10 minutos.

Desligue o fogo e adicione as passas. Pronto!

Sirva sobre o açaí em tigelas e finalize com um fio de mel ou melado.

O açaí rende para três pessoas e ainda fica granola para guardar no armário.
Capa do livro Comidinhas Vegetarianas
Capa do livro Comidinhas Vegetarianas, R$ 54,90

Livro Comidinhas vegetarianas, de Rita Taraborelli,  na Saraiva neste link aqui e na Cultura, neste link aqui.

Snapchat de vale mais
Snapchat de vale mais
 vale mais

 Para quem quer curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções. Fotos do blog vale mais. Preços de 25 de fevereiro de 2016.

BARATO E SAUDÁVEL – 3 receitas arrasadoras de picolé de manga com coco, maracujá e cereja

Janeiro, época de manga. Hora certa pra se fazer picolé dessa fruta deliciosa com outras também desta época que vão deixar seu sorvete feito e casa chique e exótico. Melhor: é zero açúcar, zero lactose, zero gordura.

100% saudável, natural. Feito em casa. E, importantíssimo, feito por você e infinitamente mais barato que uma paleta dita mexicana.

Picolé de manga com coco ralado e toques de coco na base ou no topo do sorvete - chique!
Picolé de manga com coco ralado e toques de coco na base ou no topo do sorvete – chique!

E quem não quer comer bem e economizar?

vale mais começa o ano no capricho e traz três receitas arrasadoras de picolé de manga: Continue lendo BARATO E SAUDÁVEL – 3 receitas arrasadoras de picolé de manga com coco, maracujá e cereja

Prato de chef – Um bocadinho mais do espaguete de Jeff Morais

Comida gostosa a gente repete! vale mais traz hoje mais uma bicadinha do encontro especial com o chef Jeff Morais, do restaurante CT Trattorie, no Rio de Janeiro.

 

Misture alho e salsa com o azeite já quente
Misture alho e a sálvia com o azeite já quente

Sua receita de espaguete feito à mão com molho de tomate e camarões gigantes chamou a atenção!

No ponto certo de ir para o prato
No ponto certo de tirar do cozimento

Então vamos lá ver um pouco mais do passo a passo de seu Pici Aglione, prato típico da região da Toscana, na Itália, feito exclusivamente para o blog para a seção Prato de chef.

A receita tá aqui – PRATO DE CHEF – Espaguete feito à mão com molho de tomate e camarões de Jeff Morais.

 

Misture bem o espaguete com o alho e a salsa
Misture bem o espaguete com os camarões
Rale um pouco de queijo direto na panela
Rale um pouco de queijo direto na panela

 

 

 

 

 

 

 

image*  *  *  *  *  *  *  *  *  *  *  * 

vale mais

 O blog para quem quer curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

vale mais nas redes sociais _só clicar abaixo:

facebook_logo_detail           Twitter_logo_blue           Instagram_Icon_Large           Google+

PRATO DE CHEF – Espaguete feito à mão com molho de tomate e camarões de Jeff Morais

Prato de chef traz hoje a mão maravilhosa de Jeff Morais, chef da CT Trattorie, badalado restaurante que fica na Lagoa, Rio de Janeiro. Jeff cozinhou exclusivamente para vale mais um prato típico da Itália que ele faz para sua família:  o Pici Aglione.  No bom português, espaguete com camarões _e gigantes_  com molho de tomates.

Prato de Jeff Moraes: Espaguete com molho de tomate e camarões, ou Pici Aglioni
Prato de Jeff Morais: Espaguete com molho de tomate e camarões, ou Pici Aglione

A surpresa é que Jeff ensina tudinho tudinho, inclusive a fazer (isso mesmo) o espaguete. É, a ideia da seção Prato de chef é essa: mostrar o passo a passo de um prato feito pelo cara que entende do riscado para a gente fazer no nosso fogão.

Logo cortadoReceba as boas notícias de vale mais direto no seu celular. Você não paga nada!Envie uma mensagem para 011 9 9985-3577 no WhatsApp. Pronto! É de graça! Vem, o blog tá quente!

Ingredientes do espaguete de Jeff Morais
Ingredientes do espaguete de Jeff Morais

Jeff Morais estava morando na Itália quando o acaso o colocou de frente com o chef Claude Troisgros, um dos mais conhecidos e requisitados chefs do país. Dono da CT Trattorie e de outros restaurante estrelados do Rio, Troisgros convidou Jeff a voltar ao Brasil e tocar a tratoria, que tem cardápio italiano, claro.

E lá está ele, no comando de uma brigada de dezenas de pessoas que o ajudam no forno e no fogão.

Massa depois do descanso, pronta para virar espaguete
Massa depois do descanso, pronta para virar espaguete

Simpático, Jeff preparou um prato que é sucesso na Toscana _região que ele conhece bem, pois morou em Siena (UAU!). E melhor de tudo é que para este prato, exclusivo para vale mais, você irá gastar não mais que R$ 20 _e para duas pessoas.

Vamos lá ao espaguete grosso feito a mão, com molho de tomates, alho, sálvia e camarões, que na Itália é chamado de Pici Aglione.

Ingredientes – Você vai precisar de:

Massa (4 porções):DSC_3817

Farinha de trigo – 125 gramas

Farinha de sêmola – 125 gramas

Água  – 125 ml

3 camarões gigantes

1 colher de sopa de salsa

image4 colheres de sopa de azeite Extra Virgem

2 alhos laminados

Molho (2 porções)

Tomate pelati (sem casca) -125 gramas

Alho – 50 gramas

Azeite de Oliva – 125 ml

Sálvia – 1/4 de um maço

Parmesão – 30 gramas

Como preparar:

1 – Começando pela massa: misturar as farinhas com água aos poucos, fazendo um círculo e mexendo a massa no meio do círculo. Note que quando parar de grudar nas mãos, é o ponto de parar.

2 – Deixe descansar por 30 minutos em um canto quieto.

Enquanto isso… prepare o molho:

Misture tudo para juntar com o tomate
Misture tudo para juntar com o tomate

3 – Bata o alho cru com azeite e folhas de sálvia.

4 – Leve para o fogo e misture o tomate pelati.

5 – Se achar que precisa, corte a acidez do tomate com açúcar (só um poquinho). Use sal e pimenta a gosto (cuidado para não exagerar).

Mixer em ação no molho do espaguete
Mixer em ação no molho do espaguete

6 – Coloque tudo no mixer, porque vai ficar bem cremoso.

E agora que você já deu conta do molho, super fácil, voltemos ao espaguete:

7 – Corte a massa em partes pequenas e coloque sobre a mesa ou bancada onde você está trabalhando. Faça os rolinhos de espaguete, que em italiano são os pici (espaguete grosso).

Sal sem exagero para cozinhar a massa
Sal sem exagero para cozinhar a massa

8 – Cozinhe em água com sal. Fique de olho, não pode tirar ele ainda antes ou depois do ponto. A melhor hora de se tirar o espaguete é depois de experimentá-lo. Mas isso nem precisamos detalher, né?

Enquanto o espaguete está cozinhando, é o momento de preparar o camarão:

9 – Corte o alho em lâminas e “puxe” na frigideira com o azeite extra virgem e salsa com o camarão previamente limpo e cortado ao meio.

Coloque os camarões sobre o alho laminado
Coloque os camarões sobre o alho laminado e o cheiro verde
Coloque o molho na frigideira, sobre a massa e os camarões. Hum!
Coloque o molho na frigideira, sobre a massa e os camarões. Hum!

Não demora muito e você passa essa maravilha que vem do mar para o molho de tomate que acabou de fazer. Junte na frigideira mesmo!

Adicione a massa… Opa, prato pronto na panela!

O próximo e último passo é a…

Chef Jeff Morais com o Pici Aglione
Chef Jeff Morais com o Pici Aglione

Montagem do prato:

Coloque a massa delicadamente no centro do prato, de preferência fundo. Salteie com um pouco da água do cozimento e regue com azeite. Ah, não esquece de ralar o parmesão!

Clique no link  para ler Prato de chef: Frango com farofa caipira e batata ao murro de Fábio Vieira, do restaurante paulistano Micaela, situado nos Jardins, em São Paulo.

Bom apetite!

Pratos da CT Trattorie
Pratos da CT Trattorie (imagens do site)

CT Trattorie – avenida Alexandre Ferreira 66, Lagoa, Rio de Janeiro (RJ). Fone 21 2266 0838.

* * * * *

vale mais

 O blog para quem quer curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

Siga a gente nas redes sociais  _ só clicar nos ícones abaixo:

facebook_logo_detail           Twitter_logo_blue           Instagram_Icon_Large           Google+

EU FAÇO – Sopa de aspargos frescos sem gordura

Uma das sopas mais saborosas do inverno é a de aspargos. E sem gordura, melhor ainda. Para quem quer manter a cintura à Kim Kardashian e para todos os que estão suando para perder os extras do garfo & faca 🍴, é uma opção fácil de fazer. Ao contrário do que muita gente pensa.

Sopa de aspargos frescos  sem gordura e sem segredo
Sopa de aspargos frescos sem gordura e sem segredo: chique e barata

Também é uma excelente pedida para receber amigos: aspargos frescos não são usados no dia a dia, certo? Ah, não se preocupe: esta receita aqui rende o suficiente para 5 a 6 pessoas (no capricho) e não vai te custar mais de R$ 20. Menos de R$ 4 por prato! 💰 

O aspargo que a gente acha nos supermercados aqui de São Paulo e  do Rio de Janeiro pode vir do Perú ou da Europa. Pode parecer difícil de lidar com ele, mas não é nada disso, pode ter certeza.  

A receita da sopa de aspargo 0 gordura aqui de vale mais leva frango 🐔. Assim seu jantar pode ter prato único e não vai deixar a desejar. Para quem não come carnes, só tirar o frango, ela irá ficar boa também _porém menos protéica, óbvio.

Receita de sopa de aspasgos sem gordura

Você vai precisar de:

Ingredientes da sopa de aspargos
Ingredientes da sopa de aspargos**

1 maço de aspargos frescos (fácil em supermercados grandes ou em mercados municipais)

1 batata-doce média ou 2 pequenas

300 gramas de peito de frango (em tiras ou cubinhos para cozimento rápido)

1 alho poró médio ou 2 pequenos

1 cebola grande

2 a 3 colheres de sopa de salsinha

2 a 3 colheres de sopa de cebolinha

sal

Vamos lá ao passo a passo:

1 – Coloque o frango na panela com água para cobrir. Quando ferver, tire aquela espuma que se forma com o cuidado de não pegar muita água junto

As pontas dos aspargos devem ser cortadas e desprezadas
Corte e jogue as pontas dos aspargos
Descasque o aspargo
Descasque o aspargo

2 – Lave e descasque os aspargos com o cuidado de tirar um pedacinho pequeno da ponta, que deve ser desprezado. Com as mãos, corte os aspargos em dois para encaixar na panela

Olha só como é fácil deixar o aspargo pronto para ir para a panela:

2 – Lave e descasque a batata-doce e corte em fatias largas ou pedaços médios

3 – Lave e corte o alho poró em dois pedaços

4 – Separe e lave salsinha e cebolinha a gosto _nesta receita vão umas 4 a 5 colheres de sopa.

Na panela, antes de cozinhar e depois de 15 minutos, tudo já cozido
Na panela, antes de cozinhar e depois de 15 minutos, tudo já cozido

Agora que já terminou todo este processo e com a panela com o frango já sem a espuma, coloque os ingredientes começando pela batata-doce. Em seguida, o alho poró e a cebola. No final, os aspargos e o cheiro-verde.  Um pouco de sal, com o cuidado de deixar um pouco para o final, assim você não corre o risco de exagerar.

Cuide para não colocar água demais na panela _a água deve cobrir os ingredientes somente.

Deixe cozinhar por cerca de 12 a 15 minutos na panela de pressão. Note que nesta receita o frango está em cubinhos e não há necessidade de maior tempo de cozimento.

Com a ajuda de uma concha, bata tudo no liquidificador. Atenção: não coloque água demais, ou a sopa irá ficar muito líquida ou fina demais.

Passe a sopa na peneira para separar as fibras da batata-doce e do aspargo (detalhe)
Passe a sopa na peneira para separar as fibras da batata-doce e do aspargo (detalhe)

Este tipo de sopa costuma ter um pouco de fibra que é desagradável na hora de comer. Coe em uma peneira grossa ou média _note que irá ficar uma massa de fibras. Aperte muito bem até que todo o caldo passe.

Experimente e acrescente sal, se necessário.

Pronto, tá aí a sopa de aspargos mais saudável do mundo. Esta receita rende de 5 a 6 porções bem caprichadas!

Acrescente um fio de azeite no prato. Para quem gosta, pode ralar um pouco só de queijo da Canastra. Vai ficar muito bom!

Aspargos brancos, Dicau58, abril de 2010
Aspargos brancos, Dicau58, abril de 2010*

DICAS – No lugar da batata-doce você pode usar mandioquinha, batata, mandioca ou uma escolha desses legumes, cuidando para não exagerar e “roubar” o sabor do aspargo. Não precisa picar o cheiro-verde, ele irá para o liquidificador, certo?

Bom apetite!

Aspargos, Tim Reckmann, maio de 2014
Aspargos, Tim Reckmann, maio de 2014*

*  *  *  *  *  *  *  *  *  *  *  * 

vale mais

 O blog para quem quer curtir coisas boas e economizar!  

Siga a gente nas redes sociais  _ só clicar nos ícones abaixo:

facebook_logo_detail           Twitter_logo_blue           Instagram_Icon_Large           Google+

*Fotos com licença Creative Commons; **Fotos de Kochtrotz (direita, acima), setembro de 2010, e Daniel Kulinski (direita, abaixo), setembro de 2013, com licença Creative Commons.

TOP 5 – Faça picolés e dê um gelo no calor

imageOra tá quente, ora tá chegando um vento meia-estação. vale mais publica hoje um dos posts mais acessados e lidos do blog prá você curtir este final de verão: os picolés mais saudáveis do mundo. Palito a palito!

40 graus… Socorro! Hora de um picolé prá aplacar este calor escaldante, nénão? Então o negócio é pegar aquelas frutas que você gosta e fazer um picolé em casa.

Manga com kiwi, kiwi com bananas, iogurte com mirtilos e manga com banana
Manga com kiwi; kiwi com bananas, iogurte com mirtilos e manga pura

Também pode misturar com leite e iogurte para fazer alguns cremosos _e valem as versões sem lactose. Vai ficar gostoso do mesmo jeito, você vai ver.

Picolés à base de iogurte desnatado - com ameixa, com damasco, misto ameixa e damasco, e damasco com mirtilos inteiros
Picolés à base de iogurte desnatado – com ameixa, com damasco, misto ameixa e damasco, e damasco com mirtilos inteiros
Forma para picolés, palitos e mixer
Picoleteira, palitos e mixer

São receitas top! Maõs à obra: vai ser moleza, inda mais porque vale mais dá o passo a passo aqui. Optamos por picolés saudáveis: 0 gordura e 0 açúcar e alguns com 0 lactose.

Frutas frescas e no ponto
Frutas frescas e no ponto
Leites e iogurte
Iogurte e leite, várias opções

Gostou? Seu picolé vai ficar beeeeem mais barato que as paletas mexicanas que estão pipocando por aí, vendidas a partir de R$ 5/R$ 6 na versão mais simples. Nada contra, claro!

Então, mãos à obra. Você vai precisar de:

* Frutas frescas e no ponto de serem consumidas – algumas baratas e outras do dia a dia do brasileiro. Aproveita, vai… dá uma corrida na feira ou no supermercado e

Ameixas e damascos - secos e depois da hidratação
Ameixas e damascos – secos e depois da hidratação

pesca algo diferente: mirtilo, amora negra ou framboesa. Kiwi não fica de fora não, é uma delícia e dá um visual bem exótico!

* Iogurte e leite desnatados – a sua marca preferida. Usamos Batavo, Molico e Verdecampo sem lactose. Ou, melhor ainda, prepare um dia antes em casa _veja como neste link aqui. Com certeza vai ser mais gostoso…

Transformando a fruta em creme
Transformando a fruta em creme

* Uma forma para picolés ou picoleteira _ se você ainda não tem, tá na hora de comprar uma. Tem em lojas de produtos para festas e confeitaria, na Internet e também nessas lojas que tem mil coisas de cozinha.

As de plástico são bem baratinhas (a partir de R$ 6) e as de alumínio ou aço inox, com preços acima dos R$ 30/R$ 35, tem em versões para 6, 12, 15 ou até 24 picolés.  No final do post tem as lojas com fones e endereços e os links diretos para compra nos sites.

Mirtilos esperam o creme de iogurte com damasco entrar na forma, que fica completa; não esqueça os palitos e marque os picolés 0 lactose
Mirtilos esperam o creme de iogurte com damasco entrar na forma, que fica completa; não esqueça os palitos e marque os picolés 0 lactose

* Palitos apropriados, custa R$ 3 um maço com 100 deles. Também se compra em lojas de produtos para festas ou pela Internet.

Manga, manga com banana, pêssego com manga
Manga, manga com banana, pêssego com mamão

* Mixer ou liquidificador. Dispensa explicações.

Mãos à obra:

*** Picolés de frutas – pegue sua picoleteira e meça a quantidade, em mililitros, que você vai precisar. Assim não há desperdícios. Na forma utilizada nestas fotos, cada picolé tem cerca de 80 ml.

Manga, leite, banana e mirtilos, manga com kiwi, bifásico de manga e pêssego com maracujá e kiwi com banana
Manga, leite, banana e mirtilos, manga com kiwi, bifásico de manga e pêssego com maracujá e kiwi com banana

Liquidifique as frutas de preferência quase sem água. Preparamos algumas versões: manga, pêssego com maracujá (este puro, sem bater), banana com kiwi, kiwi com manga e por aí vai. Use sua imaginação.

Pêssego com amoras e kiwi com banana e morangos
Pêssego com amoras e kiwi com banana e morangos

Dica: corte rodelas finas de kiwi e banana. Elas serão usadas inteiras e dão um visual incrível. As amoras podem ir inteirinhas ou cortadas ao meio. Depende da forma.

Gallizzi, picoleteira para 12 picolés, no Shopping Cozinha, R$ 59,41
Gallizzi, para 12 picolés, no Shopping Cozinha, R$ 59,41
Papel alumínio para embalar os picolés
Papel alumínio para embalar os picolés

A banana ajuda a adoçar os picolés de frutas mais azedinhas, como o morango e o kiwi. Não abuse, uma rodela grossa já é o suficiente, ou o gosto desta fruta vai “marcar” todos os picolés. A banana, congelada, resulta em uma massa cremosinha e docinha… Hum… Prefere mel? Manda prá receita!

Quando for usar o maracujá com as sementes inteiras, separe a outra fruta em um copinho ou recipiente e deixe um tempo no freezer até que fique um pouco duro.

Picoleteira para 15 picoles, R$ 42,99 na Santo Antonio
Picoleteira para 15 picoles, R$ 42,99 na Santo Antonio

Aí misture a polpa do maracujá _como as sementes são pesadas, elas precisam de um meio mais sólido para não cair tudo no fundo da forma. Sacou?

O mesmo vale para o mirtilo, se quiser que eles fiquem por toda a extensão do picolé (veja na foto) e framboesa.

Forma na Posthaus, R$ 7,99
Forma na Posthaus, R$ 7,99

*** Picolés à base de iogurte ou leite: vale mais misturou ao iogurte damasco e ameixas secas. É preciso hidratá-los antes, durante algumas horas. Vai notar que o damasco vai aumentar bastante de tamanho.

Bata em separado: o picolé com damasco fica mais azedinho, e o com ameixa, mais doce. Você pode misturar meio a meio, fazer três divisões… Também colocamos mirtilos na versão com damasco. Fica uma delícia!

Com o leite, é como fazer uma vitamina: só bater com fruta. Usamos a banana para que ficasse com textura encorpada. Esta versão levou os mirtilos por inteiro _colocados em baixo da forma e depois, no alto. Gostoso e atraente também para os olhos. Como a gente encontra nas hashtags,

Forma da Dodô Brinquedos, R$ 7,06
Forma da Dodô Brinquedos, R$ 7,06

“pornofood”, ou “foodporno” (expressão em inglês que significa que o prato é tão apetitoso que dá vontade de comer imediatamente).

Bem, encha a forma, ponha as rodelas como preferir e coloque os palitos bem no centro. Atenção, na hora de levar ao freezer, os palitos podem sair do lugar se o que preparou não ficou bem consistente. Tudo bem, só ajeitar.

Pois depois de 4 horas… os picolés já estão prontos para aplacar o calor que anda derretendo.

⇒ DICAS:

Kiwi, banana, morango, amora e pêssego, a seu bel prazer
Várias frutas
Forma para 6 picolés, R$ 14,90 nas lojas Penselar
Forma para 6 picolés, R$ 14,90 nas lojas Penselar

Se você preparou muitas frutas, não se preocupe. Separe papel alumínio e guarde os que já congelaram no próprio freezer, devidamente embalados. Lave a forma e faça uma nova leva.

Diferencie os picolés feitos com iogurte ou leite sem lactose para não gerar confusão… Basta fazer uma marca na ponta do palito com uma faquinha de serra (veja a foto). Ótima ideia!

Na hora de tirar, um truque: encha um recipiente com água e coloque dentro por alguns segundos, mexendo para que o picolé solte da forma. Isso é muito rápido e você vai saber se está no ponto ao tentar puxar pelo palito… Ele sairá inteirinho, lindo, sem derreter. Deixou na água muito tempo, ah, ele vai derreter um pouco e o visual vai comprometer. Natural.

Leite com mirtilos e banana e pêssego com maracujá
Leite com mirtilos e banana e pêssego com maracujá

Onde comprar as picoleteiras:

Lojas físicas:

São Paulo – Loja Santo Antônio – Rua Serra de Juréa, 736 – Tatuapé – Fone: (11) 2225-9100

Rio de Janeiro – Lojas Penselar – rua Humaitá 109 e 122 – Humaitá – Fone: (21) 2539-3236

Via Internet:

Abacaxi puro
Abacaxi puro

Shopping Cozinha, formas para 6 e 12 picolés neste link aqui e neste aqui

Posthaus neste link aqui

Loja do Dodo neste link aqui

Paraíso dos Confeiteiros, formas para 6 e 12 picolés neste link aqui e neste aqui

Siga a gente nas redes sociais!

http://www.facebook.com/sigavalemais; Instagram: @sigavalemais; Twitter: @sigavalemais.

Até logo!

vale mais não se responsabiliza por alterações de preços e ausência de produtos nas bancas, lojas, sites e/ou estoque, assim como pela duração e garantia de produtos em promoções. Preços pesquisados em janeiro de 2015 não incluem cobrança de frete.

REPLAY – Coalhada seca em 2 tempos, que barato!

imageO assunto hoje é delicioso! Tanto que se tornou um dos posts mais lidos e buscados em vale mais: coalhada. Saudável, natural, desnatada… e seca! Para quem não quer saber de gordura. Ah, e nas dicas finais, tem receita de zátar para acompanhar. Vamos fazer?

Nada como um boa porção de coalhada seca para se saborear em casa. No pão sírio, no francês, na torrada ou para acompanhar um quibe… hum, irrecusável!

Coalhada seca pronta para servir

Um pouco doce, um pouco azeda, um pouco densa. Ou mais para cremosa, não há quem diga não _exceto os intolerantes a lactose_ a uma porção bem temperadinha com azeite e zátar, ou pimenta do reino.

Mas a coalhada seca anda salgaaada…

Opa, não estamos falando do sal para temperar essa iguaria da culinária árabe. Mas do preço do prato vendido para viagem em restaurantes e rotisseries.

No Almanara, rede superconhecida e bastante frequentada em São Paulo, um pote com 200 gramas é vendido por R$ 20,50 _e isso na unidade da Praça da República, centro de São Paulo,  ou dos restaurantes dos shoppings. Ou do serviço de delivery de pedidos online. O preço é o mesmo.

Em outro tradicional, o Halim, situado no Paraíso, zona sul, um pote pequeno com 250 gramas custa R$ 12. Dá para três ou, estourando, quatro pessoas _como entrada ou acompanhamento.

Coalhada seca light Alibey em foto do site da empresaSe a gente for para o produto industrializado, no Pão de Açúcar online tem o pote com 300 gramas da marca Alibey na versão light que só vai chegar na sua casa por R$ 15,50. E na região da 25 de março, então… nem se fala: R$ 15,50 por 250 gramas no restaurante  Raful.

Então, o negócio é fazer coalhada em casa. Melhor da história: pouco trabalho e um pouco de tempo para que fique pronta.

Coalhada fresca

vale mais vai começar do começo: fazer uma boa quantia de coalhada fresca.

Você vai precisar de:

+ 1 copo de 170 gramas de coalhada.  Escolhemos o Ati Latte desnatado. Copo de coalhada fresca

+ 1 litro de leite que fica na geladeira do supermercado. Pode ser de saquinho ou embalado em garrafa de plástico branco. vale mais escolheu o Xandô desnatado. Nunca experimentamos leite de caixinha tetrapack. Mas ainda vou experimentar e contar aqui em outro momento.

+ Uma tigela de vidro tipo Marinex ou de louça.

1º tempo – fazer a coalhada fresca

Ferva o leite com o cuidado de mexer para não queimar na base da leiteira _cheiro e gosto de queimado ninguém quer, né?

Leite Xandô desnatadoDepois de fervido, verifique a temperatura – quando estiver entre o morno e o quente, ou quando você suportar o leite nas costas da sua mão sem queimar, é o momento certo para utilizar na feitura da coalhada.

Coloque o leite na tigela ou recipiente de vidro. Para um litro de leite, pegue 2 colheres de sopa cheias da coalhada comprada. Misture muito bem até dissolver.

Coloque a tampa do próprio recipiente ou utilize um prato que encaixe bem.

Envolva o recipiente com o leite ainda quente com uma toalha grossa e deixe em um canto sossegado que não tenha vento. O forno _desligado, claro_ é a melhor opção, pois conserva melhor a temperatura.

Deixe lá por 8 ou 10 horas. Se preparou a colhada de manhã, com certeza ao voltar do trabalho, estará pronta. Basta checar a consistência, que será firme, com um pouco de soro em cima e/ou em volta da coalhada.

2º tempo – o pinga-pinga da filtragem

Para fazer a coalhada seca, você vai precisar de muito pouco:

Jarra e pano de prato para filtragem

++ 1 pano de prato novo _lavado, obviamente.

++ 50 a 70 centímetros de uma fita ou barbante para amarrar.

++ 1 leiteira ou jarra com tamanho suficiente para conter a coalhada que você fez.

Coalhada fresca pronta para filtragemAmarração do saquinho de filtragemBem, agora é uma questão de jeito. Pegue o pano de prato e forre a leiteira. Coloque a coalhada dentro do pano de prato com a ajuda de uma colher ou concha.

Quando terminar, pegue a fita já separada, amarre o pano de prato, ainda dentro da leiteira, de maneira parecida a um ovo de Páscoa embrulhado. Deixe um pouco de espaço para não “apertar” a coalhada.

Escolha um canto na cozinha onde possa pendurar o saquinho com a coalhada. Use a leiteira para receber o pinga-pinga do soro da coalhada. Este processo vai rolar por horas.

Coalhada fresca em processo de filtragem

Pronto, de manhã cedo, ou depois de 6 ou 7 horas, está finalizada a sua coalhada seca: agora é só desamarrar o saquinho, que agora estará murcho, e guarda-la em um vidro ou louça com tampa.

2014-11-06 18.46.52Você vai notar que ficou bastante soro na leiteira _não jogue fora antes de ver se a coalhada ficou na textura desejada.

Há quem prefira a pasta bem densa. E sempre tem gente que aprecia mais cremosamente, mais leve. Se este for o seu caso, basta misturar uma ou duas colheres do soro de volta na colhada seca. Só isso.

Guarde na geladeira em recipiente de vidro ou louça, com tampa, ou pode ressecar.

Escolha um prato transparente ou com fundo que contraste com o branco da coalhada.

Acrescente azeite _opte por um com acidez baixa, sal e zátar ou hortelã em pó ou bem picadinha.

Coalhada secaSirva como entrada com pão sírio, francês ou torradas. Ou como acompanhamento de saladas, quibes ou carne. Delícia!

Por menos de R$ 5,50 coalhada seca para 6 pessoas. E sem gordura.

♥ ♥ Sugestão da Norma Lúcia Villares no Facebook para vale mais que copio aqui:

“Para preparar o seu zátar em casa, junte partes iguais de: tomilho seco, orégano, cominho, manjerona, sal grosso e gergelim branco. Macere tudo no pilão, prove um pouquinho para ver como está o sal e use para temperar saladas, queijos e carnes. A mistura original de zátar também leva sumac (sumagre), um pó vermelho e ácido, mas como não é tão fácil de encontrar, faça sem ele que ainda assim terá um resultado fantástico.”

Valeu, Norma, obrigada!!!

Bom apetite!

E você, costuma combinar esta pasta árabe com que comida?

Conte prá gente e, se quiser, envie fotos: sigavalemais@sigavalemais.com.br.

* * * *

vale mais fala de compras, prestação de serviços, música, cinema, gastronomia, comportamento & o que mais der na telha. Para quem quer curtir coisas boas e economizar _valorize seu dinheiro!

Siga a gente nas redes sociais!

http://www.facebook.com/sigavalemais;

Instagram: @sigavalemais; Twitter: @sigavalemais.

Até logo mais!

Faça picolés e dê um gelo no calor

40 graus… Socorro! Hora de um picolé prá aplacar este calor escaldante, nénão? Então o negócio é pegar aquelas frutas que você gosta e fazer um picolé em casa.

Manga com kiwi, kiwi com bananas, iogurte com mirtilos e manga com banana
Manga com kiwi; kiwi com bananas, iogurte com mirtilos e manga pura

Também pode misturar com leite e iogurte para fazer alguns cremosos _e valem as versões sem lactose. Vai ficar gostoso do mesmo jeito, você vai ver.

Picolés à base de iogurte desnatado - com ameixa, com damasco, misto ameixa e damasco, e damasco com mirtilos inteiros
Picolés à base de iogurte desnatado – com ameixa, com damasco, misto ameixa e damasco, e damasco com mirtilos inteiros
Forma para picolés, palitos e mixer
Picoleteira, palitos e mixer

Maõs à obra: vai ser moleza, inda mais porque vale mais dá o passo a passo aqui. Optamos por picolés saudáveis: 0 gordura e 0 açúcar e alguns com 0 lactose.

Frutas frescas e no ponto
Frutas frescas e no ponto
Leites e iogurte
Iogurte e leite, várias opções

Gostou? Seu picolé vai ficar beeeeem mais barato que as paletas mexicanas que estão pipocando por aí, vendidas a partir de R$ 5/R$ 6 na versão mais simples. Nada contra, claro!

Então, mãos à obra. Você vai precisar de:

* Frutas frescas e no ponto de serem consumidas – algumas baratas e outras do dia a dia do brasileiro. Aproveita, vai… dá uma corrida na feira ou no supermercado e

Ameixas e damascos - secos e depois da hidratação
Ameixas e damascos – secos e depois da hidratação

pesca algo diferente: mirtilo, amora negra ou framboesa. Kiwi não fica de fora não, é uma delícia e dá um visual bem exótico!

* Iogurte e leite desnatados – a sua marca preferida. Usamos Batavo, Molico e Verdecampo sem lactose. Ou, melhor ainda, prepare um dia antes em casa _veja como neste link aqui. Com certeza vai ser mais gostoso…

Transformando a fruta em creme
Transformando a fruta em creme

* Uma forma para picolés ou picoleteira _ se você ainda não tem, tá na hora de comprar uma. Tem em lojas de produtos para festas e confeitaria, na Internet e também nessas lojas que tem mil coisas de cozinha.

As de plástico são bem baratinhas (a partir de R$ 6) e as de alumínio ou aço inox, com preços acima dos R$ 30/R$ 35, tem em versões para 6, 12, 15 ou até 24 picolés.  No final do post tem as lojas com fones e endereços e os links diretos para compra nos sites.

Mirtilos esperam o creme de iogurte com damasco entrar na forma, que fica completa; não esqueça os palitos e marque os picolés 0 lactose
Mirtilos esperam o creme de iogurte com damasco entrar na forma, que fica completa; não esqueça os palitos e marque os picolés 0 lactose

* Palitos apropriados, custa R$ 3 um maço com 100 deles. Também se compra em lojas de produtos para festas ou pela Internet.

Manga, manga com banana, pêssego com manga
Manga, manga com banana, pêssego com mamão

* Mixer ou liquidificador. Dispensa explicações.

Mãos à obra:

*** Picolés de frutas – pegue sua picoleteira e meça a quantidade, em mililitros, que você vai precisar. Assim não há desperdícios. Na forma utilizada nestas fotos, cada picolé tem cerca de 80 ml.

Manga, leite, banana e mirtilos, manga com kiwi, bifásico de manga e pêssego com maracujá e kiwi com banana
Manga, leite, banana e mirtilos, manga com kiwi, bifásico de manga e pêssego com maracujá e kiwi com banana

Liquidifique as frutas de preferência quase sem água. Preparamos algumas versões: manga, pêssego com maracujá (este puro, sem bater), banana com kiwi, kiwi com manga e por aí vai. Use sua imaginação.

Pêssego com amoras e kiwi com banana e morangos
Pêssego com amoras e kiwi com banana e morangos

Dica: corte rodelas finas de kiwi e banana. Elas serão usadas inteiras e dão um visual incrível. As amoras podem ir inteirinhas ou cortadas ao meio. Depende da forma.

Gallizzi, picoleteira para 12 picolés, no Shopping Cozinha, R$ 59,41
Gallizzi, para 12 picolés, no Shopping Cozinha, R$ 59,41
Papel alumínio para embalar os picolés
Papel alumínio para embalar os picolés

A banana ajuda a adoçar os picolés de frutas mais azedinhas, como o morango e o kiwi. Não abuse, uma rodela grossa já é o suficiente, ou o gosto desta fruta vai “marcar” todos os picolés. A banana, congelada, resulta em uma massa cremosinha e docinha… Hum… Prefere mel? Manda prá receita!

Quando for usar o maracujá com as sementes inteiras, separe a outra fruta em um copinho ou recipiente e deixe um tempo no freezer até que fique um pouco duro.

Picoleteira para 15 picoles, R$ 42,99 na Santo Antonio
Picoleteira para 15 picoles, R$ 42,99 na Santo Antonio

Aí misture a polpa do maracujá _como as sementes são pesadas, elas precisam de um meio mais sólido para não cair tudo no fundo da forma. Sacou?

O mesmo vale para o mirtilo, se quiser que eles fiquem por toda a extensão do picolé (veja na foto) e framboesa.

Forma na Posthaus, R$ 7,99
Forma na Posthaus, R$ 7,99

*** Picolés à base de iogurte ou leite: vale mais misturou ao iogurte damasco e ameixas secas. É preciso hidratá-los antes, durante algumas horas. Vai notar que o damasco vai aumentar bastante de tamanho.

Bata em separado: o picolé com damasco fica mais azedinho, e o com ameixa, mais doce. Você pode misturar meio a meio, fazer três divisões… Também colocamos mirtilos na versão com damasco. Fica uma delícia!

Com o leite, é como fazer uma vitamina: só bater com fruta. Usamos a banana para que ficasse com textura encorpada. Esta versão levou os mirtilos por inteiro _colocados em baixo da forma e depois, no alto. Gostoso e atraente também para os olhos. Como a gente encontra nas hashtags,

Forma da Dodô Brinquedos, R$ 7,06
Forma da Dodô Brinquedos, R$ 7,06

“pornofood”, ou “foodporno” (expressão em inglês que significa que o prato é tão apetitoso que dá vontade de comer imediatamente).

Bem, encha a forma, ponha as rodelas como preferir e coloque os palitos bem no centro. Atenção, na hora de levar ao freezer, os palitos podem sair do lugar se o que preparou não ficou bem consistente. Tudo bem, só ajeitar.

Pois depois de 4 horas… os picolés já estão prontos para aplacar o calor que anda derretendo.

⇒ DICAS:

Kiwi, banana, morango, amora e pêssego, a seu bel prazer
Várias frutas
Forma para 6 picolés, R$ 14,90 nas lojas Penselar
Forma para 6 picolés, R$ 14,90 nas lojas Penselar

Se você preparou muitas frutas, não se preocupe. Separe papel alumínio e guarde os que já congelaram no próprio freezer, devidamente embalados. Lave a forma e faça uma nova leva.

Diferencie os picolés feitos com iogurte ou leite sem lactose para não gerar confusão… Basta fazer uma marca na ponta do palito com uma faquinha de serra (veja a foto). Ótima ideia!

Na hora de tirar, um truque: encha um recipiente com água e coloque dentro por alguns segundos, mexendo para que o picolé solte da forma. Isso é muito rápido e você vai saber se está no ponto ao tentar puxar pelo palito… Ele sairá inteirinho, lindo, sem derreter. Deixou na água muito tempo, ah, ele vai derreter um pouco e o visual vai comprometer. Natural.

Leite com mirtilos e banana e pêssego com maracujá
Leite com mirtilos e banana e pêssego com maracujá

Onde comprar as picoleteiras:

Lojas físicas:

São Paulo – Loja Santo Antônio – Rua Serra de Juréa, 736 – Tatuapé – Fone: (11) 2225-9100

Rio de Janeiro – Lojas Penselar – rua Humaitá 109 e 122 – Humaitá – Fone: (21) 2539-3236

Via Internet:

Shopping Cozinha, formas para 6 e 12 picolés neste link aqui e neste aqui

Posthaus neste link aqui

Loja do Dodo neste link aqui

Paraíso dos Confeiteiros, formas para 6 e 12 picolés neste link aqui e neste aqui

Siga a gente nas redes sociais!

http://www.facebook.com/sigavalemais; Instagram: @sigavalemais; Twitter: @sigavalemais.

Até logo!

vale mais não se responsabiliza por alterações de preços e ausência de produtos nas bancas, lojas, sites e/ou estoque, assim como pela duração e garantia de produtos em promoções. Preços pesquisados em janeiro de 2015 não incluem cobrança de frete.

Bauru mais chic de São Paulo – só R$ 14,90

Saindo no capricho _ e sem segredos!! vale mais publica hoje com exclusividade como se faz o sanduíche mais famoso de São Paulo, o bauru do Ponto Chic. Melhor, a rede que tem três lojas baixou o preço do lanche que vale por uma refeição de R$ 23,30 para R$ 14,90 das 15h às 19h, de segunda a sexta-feira. Uma economia de R$ 8,40, preço de um queijo quente em padarias de bairro.

Bauru do Ponto Chic, R$ 14,90 em promoção das 15h às 19h de segunda a sexta-feira
Bauru do Ponto Chic, R$ 14,90 em promoção das 15h às 19h de segunda a sexta-feira

A promoção tá rolando e vale mais recomenda você se programar para

Chapa quente, minha gente!
Chapa quente, minha gente!
Metade do pão vai por cima do rosbife
Metade já está pronta

estar nesse horário em qualquer das unidades da rede: centro da cidade, Paraíso, na zona sul, ou em Perdizes, na zona oeste (endereços no  final do post).

Primeira camada: rosbife, depois, tomates e os pepinos em conserva
Saindo da chapa, a camada de rosbife recebe os tomates e depois os pepinos em conserva

O sanduba do tradicional bar-restaurante-lanchonete paulistano ganhou fama com uma versão diferenciada do bauru, sanduíche que todo mundo já saboreou ao menos uma vez _até agora.

Sem pegar pesado no sal
Sem pegar pesado no sal

Essa versão chic foi criada pelo próprio restaurante, destaca o sócio Rodrigo Alves.

Preparando a mistura de queijos, que recebe água escaldante para o derretimento
Enquanto isso a mistura de queijos recebe água escaldante para o derretimento
Os queijos no ponto de puxa-puxa
Puxa-puxa é o ponto

Pudera: rosbife frio (mas pode ser quente), tomate, pepino em conserva e uma generosa camada de uma mistura puxa-puxa de queijos prato, suíço e estepe com gouda (estes dois últimos previamente misturados pelo laticínio) no pão francês.

Derretido, o queijo 4 em 1 vai para metade do pão, que é colocado sobre a outra metade no balcão. O prato ficou lotado!
Derretido, o queijo 4 em 1 vai para metade do pão, que é colocado sobre a outra metade no balcão. Corte feito _o prato fica lotado

Se você quiser pode ser no prato, ou no pão de forma, preto ou sírio.

Só falta o último prá receber a cara-metade
Só falta o último

Nas fotos do passo a passo clicado por vale mais não escapa nada. Tá tudo aqui para dar água na boca.

No comando da produção está o chapeiro Laelson Santos Silva, que tem nada menos que 11 anos de experiência nesse sanduíche.

Ele já fez milhares desses baurus nesse período _para se ter uma ideia, são consumidos cerca de 1.500 deles nas três lojas por dia!! Haja rosbife, feito pela própria cozinha do Ponto Chic, afirma Rodrigo.

Dois alçam voo rumo à mesa e outro é preparado para seguir viagem
Dois alçam voo rumo à mesa e outro é preparado para seguir viagem

Não dá prá negar, os caras entendem de bauru chic!

Tarcila Anieri abocanha o famoso e chic bauru
Tacila Anieri (dir) e Luciene Gurgel abocanham o famoso

Laelson Santos Silva, experiente chapeiro

Laelson Santos Silva, experiente chapeiro

Ponto Chic

Prontinho da silva
Prontinho da silva

Lojas
Centro – Largo do Paissandu, 27, Seg a Sáb das 11h às 20h – DELIVERY – (11) 3222-6528 – Estacionamento da avenida Rio Branco, 66 (pago, desconto para clientes).

Perdizes – Largo Padre Péricles, 139, Todos os dias das 11h às 2h da matina – DELIVERY – (11) 3826-0500 – Estacionamento pago ao lado (desconto para clientes) ou gratuito no pátio da Igreja São Geraldo.

Cartaz anuncia a promoção
Cartaz anuncia a promoção

Paraíso – Praça Oswaldo Cruz, 26, Todos os dias das 11h às 2h da matina – DELIVERY – (11) 3289-1480 – Estacionamento Av. Bernadino de Campos, 109, antes de chegar ao Ponto Chic (pago, desconto para clientes).

vale mais fala de compras, prestação de serviços, música, cinema, gastronomia, comportamento & o que mais der na telha. Economize e curta coisas boas.

Acabou de chegar no prato
No pódio…

Siga a gente nas redes sociais!

http://www.facebook.com/sigavalemais;

Instagram: @sigavalemais;

Twitter: @sigavalemais.

Até logo mais!

vale mais não se responsabiliza por alterações de preços e ausência de produtos nas bancas, lojas, sites e/ou estoque, assim como na duração e garantia de produtos em promoções. Preços pesquisados em dezembro de 2014 não incluem cobrança de taxas de serviços.

Fazer carne seca em casa, uma curtição

Do Norte ao Sul, não tem brasileiro que dispense um prato com carne seca. Se você é fã fiel e gosta de encostar o umbigo no fogão, então está mais que na hora de aprender a produzir esse ingrediente em casa. É fácil e não precisa ser chef nem gourmet experiente. Nesta receita que vale mais revela agora, o resultado é uma curtição que reúne bom gosto e um pouco de economia: quem não quer um escondidinho com mandioca e esse ingrediente, ou um sanduíche com essa delícia bem desfiada com um queijo derretendo de quente?

Carne seca acebolada
Prato pronto de carne seca acebolada
Carne seca sobre mandioca temperada e amassada na frigideira
Carne seca sobre mandioca amassada na frigideira

Bem, a economia de quem prepara a carne seca em casa não é taaaanta assim. Para se ter uma ideia, no site do Empório Ramon, que é uma banca muito conhecida do Mercado Municipal de São Paulo, o quilo de carne seca custa

Coxão duro à venda no site do Extra
Coxão duro à venda no site do Extra

R$ 22,90. No Empório Petali, também do Mercadão, que também vende para todo o país a partir de seu site, o quilo da carne secca – braço – sem músculo tem o preço de R$ 21,00.

Com um pouco menos, você poderá ter a sua carne seca preparada em casa. O quilo do coxão duro fresco custa R$ 18,39 no Extra. Cheque no açougue que você gosta de comprar. No final, sua carne seca terá menos gordura, muito gosto e bastante zelo.

vale mais vai mostrar o passo passo da carne seca para quem curte cozinhar.

Você vai precisar de:

* carne fresca – compre no açougue de sua preferência. Pode ser coxão duro ou outra carne que desfie bem. Corte em tiras um pouco grossas, parecidas com bifes bem grossos.

Meia hora depois de colocado o sal grosso sobre os bifes
Meia hora depois de colocado o sal grosso sobre os bifes

* sal grosso – no supermercado tem em saquinho em geral de 1 quilo.

* uma forma de preferência de vidro ou porcelana ou metal com anti-aderente.

* um tecido vazado tipo tela ou filó – de preferência novo e bem lavado e seco.

* alguns pregadores e um varal que fique na sombra. Bem lavados e secos, é claro.

Então vamos lá:

1 – Corte as tiras de carne – e cuide para tirar toda a gordura, se preferir.

R$1,66 no Pão de Açúcar
R$1,66 no Pão de Açúcar

2 – Forre a forma com uma camada de sal grosso.

3 – Deite os bifes sobre o sal e cubra com outra camada generosa de sal grosso de forma que não possa ver a carne.

4 – Deixe por 1 hora na geladeira ou temperatura ambiente se não for no verão.

5 – Tirar da geladeira, e retirar com uma colher todo o sal aparente.

Carne já embrulhada e pendurada no varal em processo de desidratação
Carne já embrulhada e pendurada no varal em processo de desidratação

6 – Embrulhar cada fatia bife de carne no tecido vazado  – o tecido é para proteger a carne somente. Escolha um ambiente fechado à sombra. Improvise um pequeno varal na cozinha sobre a pia e pendure as tiras uma a uma. Deixe uma noite. Vai

Bifes cortados já desidratados - note que a cor alterou
Bifes cortados já desidratados – note que a cor alterou

pingar o líquido e a carne estará seca no final do processo.  Pronto, a carne está seca ou serenada, como também foi batizada pelo processo utilizado.

Agora você pode guardá-la na geladeira por até três meses. E pode utilizá-la em escondidinhos, no feijão, no sanduíche ou pastel, cobrindo um bolo salgado de mandioca e como recheio de tapioca.

Chamada Horizontal

Antes de usá-la nos pratos de sua preferência, é necessário dessalgá-la com água fria – troque a água várias vezes. Ou fervê-la trocando a água por três vezes. E cozinhar de acordo com a receita que for utilizar.

No “Portal do Mercadão” tem várias receitas específicas com a iguaria. Separamos a de Nhoque de Banana da Terra com carne seca. Aqui neste link direto. E o programa “Caminhos da Roça” tem um video de Escondidinho de Carne Seca aqui neste link direto.

Links e fones para compra:

Carne fresca:

ExtraPão de AçúcarEmpório Petali

Sal grosso:

Delivery ExtraPão de Açúcar

Carne seca pronta:

Banca do Ramon – Televendas: (11) 3329-9300  e 3228-1377, de segunda a sábado das 7h às 18h e e domingos das 7h às 16h.

Empório Petali – Televendas: (11) 3312-0622 e 3228-1039, de segunda a sábado das 6h às 17h e domingos e feriados das 7h às 15h.

vale mais fala de compras, serviços, música, cinema, gastronomia, comportamento & o que mais der na telha. Economize e curta coisas boas.

Siga a gente nas redes sociais!

http://www.facebook.com/sigavalemais;

Instagram: @sigavalemaisTwitter: @sigavalemais.

Boas compras e até logo mais!

⇒ vale mais não se responsabiliza por alterações de preços e ausência de produtos nas lojas, sites e/ou estoque. Preços pesquisados em 26 de dezembro de 2014 não incluem valor do frete.