Arquivo da tag: Supermercado

VIDA SAUDÁVEL – Ler rótulos é importante

Edulcorante, maltitol, aspartame e umectante. Você sabe o que são estas substâncias? Em alimentos ultraprocessados, ou seja, que passaram por vários processos até chegar ao consumidor, eles etão muito presentes. E ler o rótulo desses alimentos _e de todos os outros_ antes de consumi-los é muito importante. No rótulo também constam informações como a composição do produto, além de dados nutricionais. Mais avisos do fabricante.

Ler rótulos antes de comprar o produto ajuda a definir os gastos, além de informar a composição do produto

A relações públicas Patrícia Marques já lê rótulos há tanto tempo que virou hábito. O que ela ganha com isso? “Tem muito alimento que parece ser saudável e na verdade não tem nada de saudável. Eles escondem isso com a embalagem. Têm produtos que você acha que não têm açúcar, gordura hidrogenada e na verdade é uma bomba calórica. Eles se disfarçam”, destaca.

 ❤ Receba as boas notícias de vale mais no celular 📲.
Salve o número   011 9 9985-3577 e
envie a frase Eu Quero no WhatsApp. Pronto! 

Depois que começou a conhecer os ingredientes dos produtos, a Patrícia retirou alguns alimentos da dieta dela, principalmente os que têm sódio em excesso. “Leio por cuidado mesmo, pra saber o que estou consumindo. Quem não tem a curiosidade de saber o que são esses nomes acaba ingerindo algo que pode ser ruim pra saúde. Tem que ler o rótulo dos alimentos! Você cria esse hábito e te ajuda a fazer as escolhas certas. Se comer errado, tem consciência do que está consumindo”, ressalta.

Conhecer a origem dos alimentos

Conhecer a composição daquilo que comemos é ainda mais importante para quem tem algum tipo de alergia alimentar. É o caso do fotógrafo Maurício Zanin, que não pode comer arroz ou derivados. Para evitar transtornos, há anos ele passou a ler os rótulos antes de comer qualquer coisa. “Tem uma quantidade de ingredientes colossal que pode te fazer mal e você não percebe. E você só vai saber quando tem uma reação alérgica forte. A partir de então, eu, minha mãe, minha esposa, antes de comer, lemos o rótulo”, conta.

Zanin lembra que há alguns anos os rótulos eram pouco interessantes e não traziam tantas informações como hoje. A legislação trouxe exigências para a indústria alimentícia. “Ainda têm aqueles mais claros e com letras pequenas. Ai se eu não consigo ler o rótulo eu não como o alimento. Imagine antes, quando não tínhamos o rótulo, quantas crianças não morreram de alergia sem saber o motivo”, lembra o fotógrafo.

A escolha dos alimentos e como ler o rótulo

A coordenadora de Alimentação e Nutrição do Ministério da Saúde, Michele Lessa, aconselha que criemos o hábito de ler as embalagens dos produtos. “O rótulo nos permite identificar entre os alimentos, qual deles têm menos sódio, menos açúcar, menos gordura. Quais têm ou não conservantes, de preferência os que não tenham. Se têm ou não glúten, para aquelas pessoas quem têm doença celíaca. O rótulo nos permite identificar se o produto está vencido ou não, quando observamos o prazo de validade do alimento”.

Outra dica da Michele é evitar alimentos com aditivos, edulcorantes e conservantes. “Quanto mais dessas substâncias que têm nomes esquisitos, pouco familiares, que não temos em casa, menos saudável o alimento é. Por isso precisamos optar por produtos orgânicos e preferir alimentos in natura ou minimamente processados. Além de limitar o consumo de alimentos processados e evitar os ultraprocessados”, ressalta.

Cabem às empresas que produzem alimentos se adequarem às normas de rotulagem dos produtos. É possível denunciar embalagens que não seguem a legislação à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) pelo email ouvidoria@anvisa.gov.br, pelo escritório da Vigilância Sanitária mais próxima, direto n Procon ou Ministério Público.

vale mais

 Boas notícias de como curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções; links rompidos ou inexistentes; informações enviadas com incorreções. Imagens dos sites das empresas citadas. Com informações do blog Saúde, do Ministério da Saúde.
Anúncios

VIDA SAUDÁVEL – Novo supermercado dedica-se a orgânicos  🍆 🌱 🍞 🍺 💄

Bairro conhecido por seus bares, restaurantes naturais, vegetarianos, livrarias, lojas e cafés descolados, a Vila Madalena ganha um novo ponto que promete chamar a atenção de seus moradores. A Casa Orgânica, que acaba de abrir com o objetivo de ser conhecido como um supermercado orgânico.

Casa Orgânica, em São Paulo, promete ser o primeiro supermercado de alimentos e produtos sem aditivos ou fertilizantes

Situado no coração da vila, na rua Fidalga, o super foi inaugurado sábado passado ainda incompleto. “Não dava mais para segurar”, diz Alessandro Duarte, que, ao lado da mulher, Naila Duarte,  comanda o super.

Alimentos in natura chamam a atenção nas bancas

Vale ressaltar que o novo ponto de orgânicos de São Paulo incentiva o consumo consciente _conforme diz em seu site.

Produtos orgânicos para animais domésticos estão entre as novidades

E localiza-se estrategicamente a cerca de 300 metros do Instituto Chão, inaugurado há praticamente dois anos,  também dedicado a orgânicos e que propaga a economia solidária (saiba mais no link abaixo).

≡ SAUDÁVEL E ECONÔMICO – Orgânicos  🍆 🍄 🐔 🌱 🍞 a preço de banana

Três tipos de feijão à venda na Casa Orgânica

Arquiteto, ele mesmo fez o projeto do supermercado, que tem caixas de madeira para acondicionar alimentos utilizadas como armários abertos, além de tomarem o lugar de lustres pendentes do teto.

Caixas para acondicionar alimentos no lugar de lustres

A Casa Orgânica tem hortifrútis, grãos como feijão a granel, além de alimentos processados ou minimamente processados. Com ou sem lactose, glúten, açúcar e produtos sem origem animal para contentar qualquer vegano.

Não faltam produtos de higiene e limpeza e até lingerie em algodão 100% orgânico, mais perfumaria.

Lingerie 100% algodão orgânico

As prateleiras também têm uma área dedicada a produtos para pets _opa, esta parte é beeeem nova!

Logo cortadoReceba as boas notícias de vale mais direto no celular. Envie uma mensagem para 011 9 9985-3577 e pronto! Clique aqui e saiba mais

As estantes também guardam sucos, bebidas e até maquiagem orgânica.

Muitos maços de cheiro verde para temperar o ambiente

Alessandro conta que nos fundos da loja haverá um café e uma padaria. Na parte intermediária, quase 10 estandes ou bancas que serão locadas para quem quiser vender _orgânicos, claro.

Dessa forma, o jovem casal que também mora na Vila Madalena pretende realmente oferecer um número bem grande de orgânicos.

E vamos ao que interessa: preços!

  • Tomate: R$  7,99
  • Feijão carioca : R$ 15,99
  • Maço de cheiro verde ou salsinha: R$ 4,70
  • Repolho roxi, R$ 19,90 o quilo
  • Chá de capim cidreira: R$ 5,75
  • Maçã nacional: R$ 15,90 o quilo
  • Abacate, R$ 25,60 o quilo
  • Melão verde, R$ 7,99 o quilo
  • Suco funcional Manti Bio, R$ 450 ml, R$ 15,90
  • Abacaxi, R$12,80 o quilo
  • Manga, R$ 10,08 o quilo
  • Abóbora cabotiã, R$ 6,40 o quilo
Bolos, pães e outras delícias orgânicas

O supermercado tem corredores largos e carrinhos sustentáveis, resultado de uma procura dedicada a empresas que procuram utilizar materiais menos agressivos ao meio ambiente.

 Casa Orgânica:
Rua Fidalga, 346, Vila Madalena, zona oeste de São Paulo, SP. Fone (11) 9- 9890-8590 (WhatsApp) e 3813-0800.
🕣 Aberto de segunda à sexta, das 11h às 19h e aos sábados, das 9h às 15h.

 vale mais

Casa Orgânica, novo supermercado orgânico de São Paulo

 Para quem quer curtir coisas boas com pouca ou nenhuma grana  

 vale mais não se responsabiliza por alterações de preços; ausência de produtos em lojas físicas, comércio online, estoques e tampouco durante promoções. Preços de 16 e março de 2017. Fotos do blog.